Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Crise conjugal de meia idade

A crítica de costumes conjugais no bem humorado traço de Harry Bliss, na New Yorker.

Fusão Pão de Açúcar Carrefour: perigo para a concorrência

O grupo Pão de Açúcar e a rede francesa Carrefour, os dois maiores varejistas da América Latina, resolveram juntar as operações em uma fusão até agora pouco explicada ao mercado. O Pão de Açúcar, com faturamento anual de R$ 36,1 bilhões e o Carrefour com R$ 29 bilhões, detém, respectivamente, 18% e 14,5% do mercado nacional. A fusão dos dois gigantes do varejo colocaria nos carrinhos de compras da nova empresa 32,5% do varejo nacional: gôndola cheia para pressionar os fornecedores por preços diferenciados e deixar o restante da rede de varejo, que pulveriza mais de 5 mil estabelecimentos, a ver a carga passar.

Diário Alternativo

Mais um blog do sul do Pará. o “Diário Alternativo” é assinado pelo Antonio Guimarães, de Xinguara. Clique na imagem para visitar o blog que já está na posição 86 da lista à direita.

Lúcio Flávio Pinto disserta sobre a redivisão do Pará

“A aprovação da realização do plebiscito sobre a redivisão do Pará poderá ser a oportunidade de discutir a sério a grave questão do perfil geográfico da Amazônia. Unidades menores permitirão corrigir os erros evidentes no processo de ocupação da região ou apenas irão incrementar seus efeitos desastrosos? Eis a questão.” O texto acima é uma espécie de ementa interrogativa com a qual o jornalista Lúcio Flávio Pinto encabeça o seu artigo sobre a redivisão do Pará. Lúcio Flávio, em um exercício dialético peculiar, não fornece respostas, mas, faz as perguntas certas no contexto correto. As fronteiras traçadas para a divisão, um ponto que eu muito questionei em reuniões havidas sobre o tema,  é um dos detalhes verificados pelo jornalista. Clique na imagem para ler o texto.

As quatro irmãs

Comenta-se nos cafés dos jardins paulistanos, bairros que concentram os mais sugestivos proprietários de informações do Brasil, porque às protagonizam, que o motivo do leilão de concessões dos aeroportos nacionais à iniciativa privada ter sido adiado, foi que a presidente Dilma Rousseff quer encontrar uma maneira das operações não caírem nas mãos das “quatro irmãs”. As ditas cujas são as maiores empreiteiras nacionais: Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Odebrecht e Queiroz Galvão, que já se preparam para dividir o pudim. O problema está, entre as quatro, quem fica com o que, pois todas querem o pão de ló, no caso Guarulhos. Aliás, esta querela para saber quem leva a joia da coroa, dizem outros, na mesa ao lado, é que é o motivo, mesmo, do adiamento: as quatro irmãs são tão poderosas que conseguiram com que o Planalto não liberasse a decolagem enquanto elas não fechassem o romaneio. Tenha ou não fogo na fumaça do café, o fato é que as “quatro irmãs” têm o cacife que os mexericos lhes d

Saia justa

O traço é de Caco Galhardo. Qual será a profissão do entrevistado?

Sem rima

O ex-presidente Lula disse, em uma conversa com os senadores, que a presidente Dilma precisa urgentemente de uma Dilma. Ele está coberto de razão: o Palácio do Planalto ignora assuntos que ocorrem no Congresso que têm repercussão direta nas prerrogativas da presidência. Em almoço, na sexta-feira, como os senadores do PT, a presidente Dilma ficou surpresa com a notícia de que está em tramitação no Congresso um projeto de lei, de autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que visa restringir as medidas provisórias. A presidente virou-se ao seu chefe da Casa Civil, responsável, entre uma e outra consultoria, por averiguar a pauta do Parlamento, e perguntou como isto ocorrera sem a interferência do Planalto. Palocci confessou que não sabia, argumentado: “Eu só trato de coisas plurais. Isso eu desconheço.”. Por aí até que o consultor tem razão: leis que restringem prerrogativas da chefe dele são absolutamente singulares. A presidente tirou os olhos de Palocci e mirou no ministro Luiz

Está explicado

Recortado do espaço do leitor de o “O Estado de S. Paulo”, edição de domingo.

Os alaridos tucanos

A convenção nacional do PSDB no sábado, 28, foi marcada pela inflexão da sigla rumo ao senador Aécio Neves, fortalecendo-lhe a candidatura à presidência da República em 2014. O grande derrotado foi José Serra que, rendendo-se aos panos mornos, conformou-se com um prêmio consolação: presidirá o conselho político do PSDB. Apaziguados os ânimos as orelhas do PT passaram a arder: foi pernada para todos os pontos cardeais. José Serra foi pra cima da escancarada intervenção de Lula na administração política do Planalto: “Em muito pouco tempo de governo aquilo que se considerava de pior já está acontecendo. Cada vez mais, na Presidência da República, a sua ocupante do cargo governa cada vez menos. E aquele que não foi eleito governa cada vez mais. Esta é a realidade”. E prosseguiu Serra, sob os aplausos da tucanada: “Este é o Brasil do engano. Temos um governo negligente, ineficiente, omisso, incompetente e que agora de novo começa a navegar nas águas da corrupção”. O ex-presidente FHC tamb

Marilyn Monroe por Andy Warhol

Gene Korman fotografou Marilyn Monroe, acima, para o cartaz do filme “Niagara", de 1953. Como base no cartaz, o artista pop Andy Warhol, em 1962, logo após o suicídio da atriz,  criou o seu mais famoso retrato em silkscreen, abaixo: A obra acima está avaliada em US$ 30 milhões.

O PT esqueceu os trabalhadores: por Mino Carta

“No tempo de FHC, cumprimos a tarefa ao denunciar as mazelas daqueles que Palocci diz imitar, na aparente certeza de que, por causa disso, merece a indulgência plenária. Luiz Carlos Mendonça de Barros, André Lara Rezende, e outros fortemente enriquecidos ao deixarem o governo graças ao uso desabrido da inside information, foram alvo de Carta Capital, e condenados sem apelação. Somos de coerência solar ao mirar agora em Antonio Palocci.” O trecho acima foi cortado de um artigo assinado pelo jornalista Mino Carta, editor da Carta Capital, que se viu na contingência de ter que desancar Antonio Palocci, que jamais conseguirá convencer a legalidade das suas consultorias ao distinto público, embora, com a ajuda do Planalto, consiga convencer a justiça, à exemplo do que ocorreu no caso do caseiro Francenildo. O que merece estudo mais profundo no que tange à neurologia da esquerda brasileira, principalmente aquela alinhada ao PT ou na periferia ideológica dele, é que de seus próceres pode vi

Bianca Balti

As modelos roubaram a cena das atrizes na edição mais recente do Festival de Cannes, que terminou no domingo passado, 22. Dentre as beldades que distribuíram beleza pelo tapete vermelho, destacou-se a modelo italiana Bianca Balti, 27 anos. Na foto, Bianca ostenta um belo colar de jade e esmeraldas, assinado pelo designer italiano Fawaz Gruosi. Calma aí, Dunga. A moça é casada.

Dilma ameaçou demitir os ministros do PMDB

A votação do Código Florestal revelou o quanto o governo está desarticulado no Congresso e como o gabinete presidencial conduziu mal o processo: um governo nunca levou uma surra tão grande como a que ocorreu naquela noite. A presidente Dilma, acostumada a pousar o chicote nos costados dos subalternos, quis agir da mesma forma com os deputados: determinou ao seu imediato, o ministro Palocci, que fizesse chegar imediatamente ao vice-presidente Temer (PMDB) que os ministros do PMDB seriam exonerados sumariamente caso o partido votasse com a emenda que anistiava a turma que derrubou a floresta antes de 2008. Palocci não embalou para presente a encomenda e entregou ao vice-presidente Temer, por telefone, a notificação. Temer tem personalidade formal: ao ouvir Palocci ao telefone, considerou uma ofensa à vice-presidência da República um recado malcriado ser dado por um subalterno do gabinete. Refutou a argumentação de Palocci e disse que pagaria o preço para ver se a encomenda seria ent

Varal

A belíssima foto acima foi tomada por Caetano Scanavinno. Foi trazida do “ Blog do Jeso ”, que posta desde Santarém.

Vendo a marcha passar

A marcha contra a “Corrupção, pela Vida e pela Paz”, organizada pela OAB-PA com o patrocínio da ORM, ocorrida na manhã desta sábado não teve, como anunciado, 15 mil pessoas: nos dois momentos em que eu verifiquei não era possível calcular mais do que 2 mil participantes, o que foi número suficiente para engrossar positivamente a parada. A passeata foi representativa, bem humorada e com visual gráfico encorpado, expressando as mais diversas correntes que dela participaram. Não faltou para ninguém. A marcha que, em princípio se restringia à investir contra as fraudes na ALEPA, acabou generalizando os protestos que, além do objeto inicial, dissertou por denúncias diversas. Sobrou até para um dos patrocinadores da caminhada: várias faixas foram carregadas com palavras de ordem contra Romulo Maiorana Jr., por conta do seu suposto envolvimento em fraudes na SUDAM. A ex-governadora Ana Júlia, o deputado Federal Puty, os ex-deputados estaduais Domingos Juvenil e Robgol e o ex-deputado fed

Precisando ligue…

O bem humorado traço de Jean, para a  Folha”, sobre a visita de Lula para aconselhar Dilma a lidar com a crise do Palocci:

De volta pro aconchego

Vocês devem lembrar das patacoadas da chancelaria brasileira no folhetim patrocinado pelo ex-presidente de Honduras Manuel Zelaya, que pretendeu imitar Chávez e se perpetuar no poder através de um golpe constitucional, em 2009, e acabou sendo deposto por um contra golpe. Exilado para Manágua depois de passar um temporada em santuário na embaixada do Brasil em Tegucigalpa, Zelaya retorna à pátria amada hoje, em virtude de um acordo com o presidente atual de Honduras, Porfirio Lobo, que o anistiou pelas estripulias cometidas. Zelaya pousa em Tegucigalpa acompanhado por representantes do Brasil, Venezuela, Colômbia e Nicarágua. Representado o Brasil está o ainda assessor internacional da Presidência, Marco Aurélio Garcia. Ele merece.

General Barbivai

A senhora da foto acima é a primeira mulher a chegar ao mais alto posto militar em um dos mais temíveis exércitos do mundo. Orna Barbivai, 49 anos, casada, três filhos, recebeu a patente de general das Forças de Defesa de Israel. “Estou muito emocionada. Estamos nos preparando para um grande desafio”, declarou a general Barbivai, que está no exército israelense desde 1981.

Divulgado relatório parcial da análise das caixas pretas do AF 447

Em 01.06.2009, um dia após a queda do Airbus da Air France no Atlântico, eu postei a notícia e, ao final, fiz a seguinte observação: “Quando as mãos do comandante dirigiam as aeronaves, a maioria decidia desviar das tempestades, embora isto fosse provocar atrasos no voo. Com a tecnologia embarcada nos aviões, e o cumprimento dos horários rigidamente estabelecidos, é um computador de bordo quem decide se uma aeronave entra em uma turbulência ou desvia dela. O problema é que se delegou aos computadores de bordo medir, também, o imponderável: isto pode causar tragédias.”. Na manhã desta sexta-feira, após analisadas as caixas pretas da aeronave, o Escritório de Investigações e Análises da França (BEA), divulgou um relatório preliminar, sem análise conclusiva, do que ocorreu em minutos imediatamente anteriores ao sinistro. O relatório preliminar ratifica o que eu intuía um dia depois da queda: o Airbus enfrentou uma tempestade que estava além daquilo que fora projetado para combate

Quem vota no plebiscito?

Há aqueles que defendem que a população a ser ouvida no plebiscito é somente aquela cujos títulos eleitorais se registram nos territórios a serem deslembrados, e os que advogam que os eleitores de todo o estado devem ser consultados simultaneamente. Os que defendem a consulta somente na área a ser emancipada alegam que assim lavra a Constituição Federal ao asseverar, no terceiro parágrafo do artigo 18 que, sobre a divisão, deve ser consultada “ a população diretamente interessada ”. A definição, todavia, do que é “a população diretamente interessada” está na lei 9.709, de 1998, que se remete à Carta Magna e coloca fim à quizília ao declarar que população diretamente interessada é “ tanto a do território que se pretende desmembrar, quanto a do que sofrerá desmembramento ”. Há quem alegue que a lei 9.709 de 1998 regulamenta emancipações municipais e por isto não teria validade no caso de divisões de estados: é de remota possibilidade jurídica qualquer decisão do TSE que não atenda,

Em guarda

O ex-presidente Lula entrou em campo para ajudar o governo a calafetar a nau do ministro Palocci que não para de fazer água. Desde o Panamá, Lula ligou para o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho e deu gás: “Vocês não podem baixar a guarda!”, disparou. O ex-presidente, apesar de verificar que próceres do PT abanam a crise, não tem dúvidas de que a brasa foi acesa pelo PSDB e tem certeza de que o José Serra comandou a operação. Deste responso surgiu a fala da presidente Dilma, ontem, quando pela primeira vez defendeu Palocci publicamente ao afirmar que o PSBD está querendo protagonizar um 3º turno. O PSDB reagiu às ilações e acusou Lula de elaborar uma “teoria da conspiração”, mas, pelo talvez, não deixa de ter sentido o enredo, pois Serra é vezeiro nesta tonalidade. Pragmático, Lula ensinou que não adianta ficar defendendo Palocci disto ou daquilo, já que há o fato, legal ou não, do seu aumento patrimonial. O que a presidente precisa fazer, segundo Lula, é sair da toca

A OAB-PA, o paletó, o pote e a rodilha

O casarão do Largo da Trindade se fechou no dia de ontem. Enclausurou-se lá o Conselho Regional da OAB-PA em uma reunião secreta, sem direito a ata. Para os anais da instituição, se assim foi procedido, a reunião não foi havida. Como qualquer parede erguida no mundo, as do velho casarão têm ouvidos. E quem ouve fala: o ser humano tem a necessidade de transmitir mensagens da mesma forma que transmite genes. O objeto da reunião foi a forma como Jarbas Vasconcelos vem agindo na presidência do Conselho, manifestando, em nome da instituição, posições que não são emanadas do colegiado. Os conselheiros, em maioria, fizeram objeções à forma como a OAB-PA se tem conduzido no episódio envolvendo a Assembleia Legislativa: todos apoiam a apuração dos fatos, mas, discordam dos excessos cometidos pelo presidente Vasconcelos, como o fato de ele ter pregado a sumária prisão dos investigados, o que vai de encontro ao que cabe um advogado defender. A maioria dos conselheiros também faz reservas ao

Presidente Dilma Rousseff veta o kit anti-homofobia

A presidente Dilma Rousseff decidiu, ontem, jogar uma pá de cal sobre o polêmico kit anti-homofobia, que logo recebeu o apelido de kit gay, pronto para ser distribuído pelo MEC (Ministério da Educação) às escolas. O governo nega, mas, a presidente cedeu à pressão da bancada evangélica no Congresso, que, em audiência no Planalto, entre outras ponderações, deu a entender que comporia com a oposição na coleta de assinaturas pela CPI mista para apurar os ganhos de Palocci, caso o kit aterrissasse nas salas de aula. A versão oficial, todavia, é que a presidente assistiu aos vídeos e não gostou do material. Qualquer que tenha sido o motivo da suspensão a presidente agiu certo ao por fim nos arroubos de servidores do MEC que resolveram elaborar cartilhas para procedimentos que são de natureza eminentemente pessoal: tais comportamentos não devem ser objeto de elucubrações do Estado. Há códigos de ética para médicos, advogados, engenheiros, políticos etc. Não é possível elaborar um código de

Governo é derrotado pela própria base na votação do Código Florestal

O governo federal, na sua primeira grande prova de fogo na Câmara Federal saiu queimado, ao perder duas vezes em uma só noite. A primeira derrota foi a própria aprovação do Código Florestal, relatado pelo deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que continha pontos contrários à orientação conceitual do governo quando à política florestal. A segunda derrota, mais significativa, foi a aprovação de uma emenda, encampada pelo PMDB, que tira do governo federal a exclusividade de regulamentar o uso de Áreas de Preservação Permanente, as APPs. Dentre outros efeitos danosos à política florestal do governo federal, esta emenda também anistia desmatadores que passaram a motosserra na floresta até junho de 2008. E vai ter alguém dizendo que desmatou depois disto? Esta segunda derrota pesa mais ao Planalto pois é considerada um completa inobservância a um apelo pessoal da presidente Dilma: o próprio líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), assomou à tribuna e declarou

A clientela de Palocci

A imprensa, para manter acesa a chama nos calcanhares de Palocci, vazou esta tarde uma lista com algumas empresas que receberam consultoria da Projeto. Esta primeira leva inclui pesos pesados da economia nacional e mundial: Itaú Unibanco, Grupo Pão de Açúcar, Rede Íbis, LG, Samsung, Claro-Embratel, TIM, Oi, Sadia Holding, Embraer Holding, Dafra, Hyundai Naval, Halliburton, Volkswagen, Gol, Toyota, Azul, Vinícola Aurora, Siemens, Royal Transatlântico e a WTorre, que já havia vazado antes. Com estes gigantes no portfólio, já começo a achar que o Palocci cobrou pouco, pois a bagatela de R$ 20 milhões que ele faturou em 2010 só uma delas poderia ter pago, por um simples aperto de mão. Para encostar mais lenha na fogueira, à falta de maiores explicações para o repentino ganho, começam a pipocar em Brasília, e mais ao sul, notícias de que parte do dinheiro da Projeto adveio de sobras de campanha.

Senador Itamar Franco (PPS-MG) está com leucemia

O ex-presidente da República e hoje senador Itamar Franco (PPS-MG), 81 anos, está internado, desde o dia 21.05, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. A assessoria do senador publicou nota declarando que ele foi diagnosticado com leucemia. A leucemia é um termo amplo que significa câncer no sangue. A assessoria do senador não especificou que tipo de leucemia o acomete, mas, revela que a doença está no seu estágio inicial, o que facilita a cura. Foto: Agência Senado

Contas de 2010 de Ana Júlia aprovadas com ressalvas pelo TCE

Há 14 anos, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou as contas do então governador Almir Gabriel com ressalvas. Desde então, todas as demais contas de governadores apreciadas pelo órgão não contiveram ressalvas. Nesta segunda-feira, 23, o TCE voltou a colocar ressalvas em uma prestação de contas governamental, desta feita, as contas do exercício de 2010 da ex-governadora Ana Júlia Carepa. O relatório coube ao conselheiro Ivan Barbosa, que fez várias restrições às contas de Ana Júlia, recomendando à Assembleia Legislativa a aprovação das mesmas, com as ressalvas apontadas. O único conselheiro a discordar das ressalvas foi o ex-deputado estadual Luiz Cunha. Uma das restrições mais graves apontada nas ressalvas seria suficiente para rejeitar as contas da ex-governadora: ela ultrapassou o limite de 18% autorizado pela ALEPA para remanejamento orçamentário o que é sobejamente inconstitucional. Além disto, o relatório aponta total falta de transparência na aplicação do famoso emprés

Governador afirma que o assassinato dos camponeses não ficará impune

O delegado Marcos Cruz, da Polícia Civil do Pará revelou que o casal de líderes agroextrativistas que foram assassinados na manhã de ontem, em Nova Ipixuna, tiveram as orelhas decepadas pelos executores. Este requinte de crueldade é praxe de pistoleiros, que levam a orelha da vítima para o mandante, como prova de que a encomenda foi cumprida. O governador Simão Jatene (PSDB) divulgou nota no início da noite de ontem, classificando o crime como uma “atitude irracional e hedionda” e declarou que “no momento em que o Estado se empenha em implantar e efetivar um programa de desenvolvimento sustentável, que valoriza a preservação da floresta e pacifica as relações entre produtores, trabalhadores e poderes constituídos – o Programa Municípios Verdes -, não se pode assistir a essa brutalidade sem uma providência enérgica”. Jatene afirmou, ao final, que os crimes “não ficarão impunes”.

Muros altos

Terminou no dia de ontem o longo processo penal ao qual se submeteu o réu confesso de um dos mais propagados crimes do Brasil: o assassinato da jornalista Sandra Gomide, pelo também jornalista, e seu namorado, Pimenta das Neves . O jornalista, que exerceu o cargo de diretor de redação de um dos maiores jornais do mundo, o “Estado de S. Paulo”, matou Sandra Gomide, 30 anos mais nova que ele, com um tiro nas costas, em um haras no interior de São Paulo, em 2000. O motivo do crime: ele não aceitou o fim do relacionamento imposto por ela. Pimenta das Neves, 74 anos, teve o seu último recurso negado pelo Supremo Tribunal Federal na tarde de ontem, 24, e as 23h30m do mesmo dia de ontem, o carcereiro bateu à porta da sua residência na zona sul de São Paulo, para conduzi-lo ao cumprimento da pena de 15 anos de reclusão, à qual foi condenado em 2006. "Não tenho nada a declarar. Não estou surpreso", com estas palavras o condenado abriu a porta da sua residência e recebeu seus cond

Sorvete man show

Funeral de lavradores

A foto acima é do casal Maria do Espírito Santo da Silva e José Claudio Ribeiro da Silva, assassinados esta manha na comunidade Maçaranduba, no município de Nova Ipixuna, sudeste do Pará. Os dois lideravam o Projeto Agroextrativista Praialta-Piranheira, criado em 1997 às margens do lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. O projeto escora a sua sustentabilidade em uma comunidade composta de aproximadamente 500 famílias cuja atividade principal é a exploração sustentável de óleos vegetais, açaí, cupuaçu e demais produtos florestais da região. Alegam os moradores da região que o casal sofria constantes juras de morte, por conta de desinteligências com madeireiros que cismavam em ultrapassar as fronteiras de 22 mil hectares do projeto para subtrair espécies nobres de árvores como a castanheira, o angelim e o jatobá. Abaixo um vídeo com um depoimento de José da Silva, em 2010, em um encontro em Manaus, quando ele declarava estar jurado de morte. Foto: IG

Nafissatou Diallo

A moça da foto acima é Nafissatou Diallo, 32 anos, mulçumana muçulmana nascida na Guiné, que imigrou para os EUA com o marido, do qual se separou. Diallo é a camareira do Sofitel Manhattan, que acusa o ex-diretor gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, de te-la atacado sexualmente. A foto foi publicada no jornal francês, “Le Figaro”.

Não precisa usar, basta ter um

Quem correu a comprar Ipads e assemelhados, os tão sonhados “tablets”, não tardará a sentir aquele gosto amargo de ver o objeto do seu desejo, um dia depois de comprado, em liquidação, pela metade do preço. É que o governo federal publicou ontem, 23, a medida provisória nº 534, que zera o PIS e o Cofins cobrados sobre o valor de venda dos “tablets” no Brasil. A medida derrubará o preço dos produtos em aproximados 40%: em um Ipad de R$ 2 mil, o resultado será um preço final de R$ 1,2 mil. Embora o governo não confesse, a medida foi uma das exigências feitas à presidente Dilma durante a sua recente viagem à China, pela chinesa Foxconn, para que esta iniciasse a produção de “tablets” no Brasil. Na esteira da Foxconn outras fabricantes serão beneficiadas, como as nacionais Positivo e Itautec, e as multinacionais Motorola, Samsung e LG.

Cubo mágico

A demasiada exposição midiática, o vazamento de depoimentos e a publicidade sem critérios dos trabalhos em curso, no caso das supostas fraudes perpetradas na folha de pagamentos da ALEPA e aonde mais se queira ir, aliados a certa demora nos indiciamentos, têm fornecido material suficiente para que os investigados elaborem uma linha de defesa que poderá repercutir em dificuldades judiciais à frente. Processos volumosos são tudo o que advogados adoram e juízes de instrução detestam: aqueles pelas facilidades de embaralhar encadeamentos lógicos, estes pelas dificuldades em concatenar produção de provas que resultem em sentenças bem elaboradas, que não estejam passíveis de reformas em instâncias superiores. Como em linchamentos usuais, todos se habilitam a aplicar um pescoção em quem passou a mão na bolsa da donzela: de deputados federais de duvidoso passado recente, passando pela imprensa que atira no que a opinião pública enxerga visando acertar o que esta não vê, chegando à OAB-PA que

Multiplicação do Pará II

No início de 2010, quando começaram os ensaios para a votação do decreto legislativo que autorizaria o plebiscito que ouviria o povo sobre a multiplicação do Pará, o jornal “O Liberal”, que se posiciona contrário à divisão, publicou um entrevista como o cientista social André Martin, Doutor em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (USP). Em artigo posterior, refutei as argumentações do Doutor Martin, demonstrando a fragilidade dos argumentos por ele levantados. Clique na imagem para ler a entrevista concedida a “O Liberal” e o meu artigo em resposta.

Administrando a crise

O gabinete presidencial, irritado com a administração da crise gerada pela revelação do irregular crescimento patrimonial do ministro Palocci, e vendo que a imprensa solta bombas de percussão durante o processo, chamou a cavalaria. A presidente incumbiu o ex-ministro da Comunicação Institucional do governo Lula, Franklin Martins, de abrir a caixa de ferramentas para blindar Palocci do ponto de vista publicitário. Franklin Martins acha que a imprensa está de posse de todas as consultorias recebidas por Palocci e quem as pagou. A “Folha” já deu uma amostra grátis do que tem, ao revelar que o grupo WTorre, uma das empresas no portfolio da Projeto, fechou negócios avaliados em R$ 1,3 bilhão com fundos de pensão e com a Petrobrás, depois de receber consultorias do ministro. A tática do governo é tratar o caso a nível institucional e fazer todos os esforços para não permitir que a oposição consiga leva-lo à investigação política. O oposição se arregimenta, na Câmara e no Senado, para tent

Encontro de governadores da Amazônia

O governador Simão Jatene recebeu no sábado, 21, os governadores dos estados da Amazônia. A peça de resistência do encontro é a sonhada busca de integração estrutural e geopolítica da região. Participaram do encontro o governador Simão Jatene, do Pará, José de Anchieta, de Roraima, Confúcio Moura, de Rondônia, Camilo Capiberibe, do Amapá, Siqueira Mendes do Tocantins, Silval da Cunha, do Mato Grosso e Tião Viana, do Acre, além dos vice-governadores do Amazonas José Melo e do Maranhão Washington Oliveira. Os discursos não foram além do lugar comum que se ouve nestas ocasiões. Inobstante, a iniciativa, em vingado a intenção, pode inaugurar consequências para que o norte do Brasil consiga impor mudanças à agenda nacional, no que concerne aos investimentos dispostos à região. Os governadores promoverão estudos para fundamentar a agenda esboçada. “A partir desses estudos, vamos identificar projetos que respondam à necessidade de integração regional e de redução de custos e vamos negociar

Bom de copo

Na foto acima o presidente dos EUA, Barak Obama, sorve uma dose de 500 ml da famosa cerveja Guinness, em visita ao pub “Ollie Hayes”, em Moneygall, na Irlanda, onde chegou hoje para visitar o país. Se fosse o ex-presidente Lula a virar o copo, as notícias sobre o gole seriam menos pitorescas e mais pejorativas. Foto: AP

STF extingue mandado de segurança contra o plebiscito

Eu adiantei em postagem aqui, que o Supremo Tribunal Federal (STF), não acolheria o pedido do deputado estadual Celso Sabino (PR-PA), que impetrou mandado de segurança visando anular a sessão da Câmara Federal que aprovou o plebiscito sobre o desmembramento do Pará, além de outros pedidos relacionados à matéria. Na sexta-feira, 20, a ministra Ellen Gracie, em sede de decisão monocrática, comunicou ao pleno do STF que extinguiu o mandado de segurança, sem resolução de mérito. Como a decisão foi monocrática, ainda cabe recurso ao pleno da Corte, mas, o recurso, se intentado, terá o mesmo destino, pois a ação carece de qualquer juridicidade.

Grampos telefônicos

Grampos telefônicos, autorizados ou não, tornaram-se uma rotina em procedimentos investigatórios no mundo inteiro. No Brasil, a medida é usada sem muita parcimônia: contam relatos policiais que alguns mais afoitos procedem ao grampo primeiro e, quando já há elementos suficientes para que a justiça o autorize, pleiteiam-no. Matéria de “O Liberal”, assinada por Thiago Vilarins, edição de ontem, reporta que aproximadamente 200 linhas telefônicas estão “grampeadas” atualmente no Pará, com autorização judicial. A maioria dos monitoramentos se faz em investigações de tráfico de drogas. A reportagem revela que “nos quatro primeiros meses desse ano, seiscentas linhas telefônicas tiveram seus sigilos quebrados e foram interceptadas para andamentos de investigações.”. Abaixo o quadro sintético do número de escutas autorizadas no Pará em 2010 e este ano: No relatório de 2010, nota-se que o mês com maior número de escutas autorizadas foi em outubro: coincidências à parte, foi o mês do ápice

Os esboços de Christian Dior

A Europa saia da Segunda Grande Guerra. Queria consumir e se divertir. As mulheres queriam ser vaidosas novamente. Ao minimalismo de Mademoiselle Chanel surgiu a abundância de tecidos de  Christian Dior , que esboçou a sua primeira coleção pós guerra, chamando-a de “New Look”. "Nós saímos de uma época de guerra, de uniformes, de mulheres-soldados, de ombros quadrados e estruturas de boxeador. Eu desenho femmes-fleurs, de ombros doces, bustos suaves, cinturas marcadas e saias que explodem em volumes e camadas. Quero construir meus vestidos, moldá-los sobre as curvas do corpo. A própria mulher definirá o contorno e o estilo."  Da maneira acima o próprio Christian Dior definiu a sua glória. Para mim, ele foi um dos melhores traços de moda do mundo. Observe o esboço, por ele traçado acima, e o perfeito resultado final abaixo: É isto que faz um gênio.

Jane Fonda

Na foto acima, na jovialidade dos seus 31 anos, na década de 60, assim mesmo, toda vestida, Jane Fonda era um dos mais desejados sex simbols do cinema mundial. Imaginem quando Roger Vadin a deixou quase como veio ao mundo, em 1968, em “Barbarella”: foi um êxtase. Aqueles cabelos cheios, altos e meio esvoaçados dos anos 60 e início dos 70, que agora algumas modelos ensaiam voltar, eram as mulheres querendo parecer com a Barbarella.

Definições partidárias

“O PMDB, antigo partido da Frente Democrática, apresenta problemas de identidade, é um grupo esponjoso. O PT, que na origem "se dizia" um partido socialista revolucionário, chegou ao Poder e se transformou (na melhor das hipóteses) num partido social-democrático igualzinho aos outros, principalmente nos defeitos. O PPS parece marca de refrigerante, gelado e gasoso, de vez em quando faz bem, ajuda a digestão. E o PSDB nacional se empurrou politicamente para a centro-direita, apesar de serem localizados aqui e acolá uns "bolsões" de militantes que defendem a mensagem original dos fundadores do partido, entre a qual se inclui com destaque o nacionalismo econômico.” Excerto da postagem “ Esclarecimento ”, assinada por CJK, em seu blog.

Onde moram os bilionários

A mais recente edição da revista “Forbes” revela que a cidade de São Paulo tem mais bilionários que Los Angeles, nos EUA. No ranking de morada de bilionários São Paulo e Mumbai, na Índia, dividem o sexto lugar no mundo, com 21 magnatas cada. A glamorosa Los Angeles, morada das mais renomadas estrelas do cinema mundial, está em oitavo lugar na lista da “Forbes”, como morada de bilionários. O primeiro lugar cabe a Moscou: a ex cidade capital do comunismo mundial, agora é a Meca do capitalismo global e abriga em suas ruas 79 bilionários, batendo Nova York, que ficou em segundo lugar com 59, Londres, com 41, que ficou em terceiro e Hong Kong, com 40, na quarta posição. A “Forbes” elabora o ranking da “morada dos bilionários”, com base no endereço principal dos 1.210 bilionários da sua lista anual de pessoas que alcançaram, como fortuna pessoal, quantias a partir de US$ 1 bilhão. Abaixo as 10 cidades com mais bilionários no mundo: 01. Moscou (Rússia) – 79 02. Nova York  (EUA) – 59 03. Lon