Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

Está consumado

Ana Julia perdeu para si mesma. Isto não é demérito ao vencedor, mas, uma constatação da incompetência dos áulicos da DS que, ao se acharem exímios alpinistas, acabaram por cair em um abismo que cavaram com os próprios pés. O governo da DS começou pífio e termina catastrófico: Simão Jatene encontrará uma estrutura administrativa carcomida pelo aparelhamento e uma dívida pública estocada em quatro anos de inapetência gerencial. O Pará deixou de aplicar nestes quatro anos, aproximados R$ 2 bilhões do Orçamento Geral da União: em 2009, a SEDURB não foi capaz de executar 20% dos valores que dispunha para investimentos em infraestrutura. Na falta de muque próprio, o governo da DS se apropriou de obras da União, e até de investimentos privados – o caso da ALPA em Marabá foi o mais agudo - como se fossem seus. Esta rotina impregnou a neurologia da governadora e seus valetes, que todos começaram a acreditar que estavam mesmo “fazendo o Pará”: o fim do governo começou com esta grave esquizofre

Simão Jatene é eleito governador do Pará

Com 92,72% das urnas apuradas e não havendo mais aritmética capaz de mudar o resultado, o ex-governador Simão Jatene, com 56,2% dos votos válidos, bate a governadora Ana Júlia, que obteve 43,8%, e é eleito governador do Pará. O PT devolveu, devido a empáfia e a contumaz pesporrência da DS, o que tirou dos tucanos há quatro anos. Como disse Antoine Rivarol, "a política é como a esfinge da fábula: devora todos que lhe não decifram os enigmas": a meninada que sequestrou Ana Júlia, não conseguiu decifrar sequer um dos enigmas de governar.

Dilma Rousseff é eleita a primeira presidente do Brasil

Com 94,71% dos votos apurados em todo o território nacional, Dilma Rousseff, com 55,59% dos votos válidos, contra 44,41% de José Serra, é eleita a primeira mulher presidente do Brasil.

As cinzas de George Filkins

George Filkins morreu em setembro de 2008. Sua esposa decidiu cremá-lo, mas, a história não acaba em meras cinzas. Inspirada nos trabalhos da artista Val Thompson , que desenvolveu uma técnica para usar cinzas humanas em seus quadros, a viúva Filkins não se fez de rogada: resolveu pintar, ela mesma, uma tela com as cinzas do seu amado. A paisagem, um recanto pitoresco de Palma de Maiorca, na Espanha, ficou de bom tamanho: de boa esposa que talvez tenha sido, boa pintora se fez. Clique na imagem para ver o quadro.

D. Juan - O Filme

Sabemos que Don Juan foi um lendário devorador de corações femininos. Não há um autor do personagem: ele surgiu no meio de alguma conversa de cavaleiros entediados pelas estalagens do medievo espanhol, e ganhou vida literária no renascimento. Um grupo de jovens talentosos em Belém, que cultivam o cinema, resolveram virar Don Juan do avesso: segundo preempção do texto do roteirista Marcelo Marat, devo intuir que “D. Juan” é um filme que traduz a vingança feminina contra o personagem, mas, ao final, ela mesma acaba por rende-lo, ao redimi-lo. É um roteiro – não sei se inspirado nele – que lembra a inacabada versão de Lord Byron, onde “Don Juan” era lido não como um conquistador, mas como uma vítima dos desejos femininos. Parabéns aos componentes da “Sr. Cheff Produções”, que protagonizou o filme, cujo realizador é Mateus Moura, poster do blog “ Cinemateus ” elencado na lista à direita.

Jader escreve ao povo do Pará

O deputado Jader Barbalho escolheu o dia em que o Brasil vota, em segundo turno, para eleger quem vai ocupar a presidência da República e os diversos governos estaduais, para lançar o seu manifesto de apoio à democracia em uma carta aberta ao povo do Pará, na qual, também, tece considerações sobre a cassação do seu futuro mandato de Senador. Clique na imagem para ler a carta.

Recurso improvido

As pesquisas de opinião laboradas nas vésperas de 03 de outubro apontavam Simão Jatene como vencedor do pleito em 1° turno. A coligação “Acelera Pará”, turbinada pelo esforço da maquina administrativa, que empresta considerável torque a quem a maneja, bufou nas ventas e no dia da eleição pressionou os tucanos, deixando-os a 1,08 pontos percentuais da vitória. Já naquele momento, 64% do povo paraense, dividindo-se pelos demais candidatos da corrida, deu um claro recado à governadora Ana Júlia: não aprovava o seu governo. Governantes bem avaliados vencem em primeiro turno e, se chegam ao final do primeiro round combalidos, como chegou a governadora, com uma votação menor que a rejeição que amarga, torna-se estatística e politicamente improvável virar o jogo e vencer o round seguinte. Os aprendizes de feiticeiros da governadora, mesmo sentindo o aziago gosto da derrota nas papas da língua, não perderam a fleuma e, sem a opção da deserção, tentaram tocar fogo em uma militância não mais ag

Última pesquisa Ibope para o 2° turno do governo do Pará

O quadro abaixo revela os resultados da última pesquisa Ibope, publicada esta tarde, para o segundo turno da eleição para governo do Pará. Tanto em votos nominais quanto válidos a diferença pró Jatene é de 18 pontos percentuais. Nos votos nominais, os brancos somam 5%, e os indecisos 3%. A pesquisa estava impugnada pela “Acelera Pará”, mas foi liberada esta tarde pela Justiça. Registrada sob o 19614/2010, ouviu 812 eleitores em todas as regiões do Estado, de 27.10 até 30.10. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

2006 e 2010: tucanos e petistas voltam ao ringue

“Tem gente que não gosta de números, tem gente que adora números. Os números mostram a mensuração dos fatos. Gostar de gente, todos gostam (alguns de maneira diferente, mas gostam).”. Com o parágrafo acima, Dornélio Silva, da “ Doxa Pesquisa e Comunicação ”, começa um artigo no qual tece considerações, cotejando as eleições governamentais do Pará, em 2006 e 2010. Clique na imagem par ler o artigo.

A Delegacia Especializada em Meio Ambiente tucanou

A Delegacia Especializada em Meio Ambiente – DEMA, órgão da Policia Civil do Estado do Pará, tucanou de vez. Os membros da DEMA declaram isto no site da instituição. Clique na imagem e veja a figura do lado direito do cabeçalho do site.

Pesquisas impugnadas poderão ser publicadas a qualquer momento

A coligação “Acelera Pará” impugnou as pesquisas do Ibope e do Instituo Desttaq e, porque os resultados do Vox Populi lhe são extremamente desfavoráveis, também não liberou esta para publicação. O Ibope e o Instituto Desttaq, cujos números já são conhecidos de alguns, dando ampla vantagem à Simão Jatene, estão labutando judicialmente para publicar, ainda hoje, seus resultados. Assim que a Justiça liberar, as duas serão publicadas imediatamente aqui no blog: a postagem já está pronta.

A morte das folhas

É outono em Nova York. Os nova-iorquinos, nesta curta época do ano, não deixam de “dar um pulo” até o Hudson River Valley para apreciar o que eles chamam de “ fall foliage ”. É um espetáculo da natureza a duas horas de carro da selva de concreto positivista que é a capital econômica da Terra: mais de 50 tipos de arvores, cujas folhas, ao fenecerem, apresentam tons diferentes do verde, amarelo, marrom e vermelho. Depois vem o inverno e desnuda tudo, jogando as folhas mortas ao chão, que, na primavera, serão o adubo para o renascimento. Deus, de fato, quando criou a Terra e seus ciclos, fez tudo de forma tão obviamente bela, que, sem duvidas, estava Apaixonado.

A corrida eleitoral presidencial

Clique na imagem para assistir uma animação feita pela “Folhapress”, que viaja desde a primeira pesquisa presidencial, com os três principais candidatos, até a mais recente, de ontem, do Datafolha, que aponta Dilma Rousseff com 56% dos votos válidos contra 44% de Serra.

Começaria tudo outra vez

No “Salão do Automóvel”, hoje em São Paulo, o presidente Lula foi interrogado sobre a recomendação de Sua Santidade aos bispos brasileiros, para que ao condenarem a descriminalização do aborto e da eutanásia, lembrem aos cidadãos "o direito, que é também um dever, de usar livremente o voto para a promoção do bem comum.". Lula respondeu irritado com a contumácia do assunto: "Eu não vi nenhuma novidade na declaração do Papa. Esse é o comportamento da Igreja Católica desde que ela existe. Isso pode ser falado a qualquer momento, ontem, hoje, amanhã, depois de amanhã. Toda vez que você perguntar ao papa sobre a questão do aborto, ele vai dizer exatamente o que disse ontem." Perguntaram se Lula achava que as declarações do pontífice poderiam interferir no processo eleitoral. Ele arrematou: "Cada um vota de acordo com a sua consciência. Esse País é um país democrático e laico, portanto as pessoas se manifestam do jeito que quiserem. A liberdade é boa por isso, a

Pesquisa LCP/UFPA/Veritate para governo do Pará

Embora já em adiantada hora, a imagem abaixo revela os resultados da pesquisa realizada pelo LCP/UFPA/Veritate, publicada hoje pela manhã no “ Bilhetim ”. Os votos brancos e nulos somaram 5.9% e os indecisos ainda são 9.8%.

Tatoo

Do Apokalips . Eu só traduzi.

Muito além do horizonte

Os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, ambos do Supremo Tribunal Federal e este ultimo também presidente do Tribunal Superior Eleitoral, deram declarações, ontem, de que não houve repercussão geral no julgamento do recurso de Jader Barbalho. Alegam os ministros que como não houve provimento, ou desprovimento do recurso, tendo terminada a votação empatada, a repercussão geral não pode ser havida. A consequência imediata deste entendimento é que a decisão do dia 27.10, tem validade apenas para Jader Barbalho e, quando um outro recurso similar chegar à Corte Suprema, esta, já com o 11° ministro em sua composição, poderá chegar a um desempate. Caso este desempate seja pela não aplicação da “Lei da Ficha Limpa” para as eleições de 2010, Jader Barbalho poderá entrar com uma ação, no próprio STF, para anular o que foi decidido a seu respeito, mesmo em tendo transitado em julgado a decisão. “A ação rescisória desconstitui uma coisa já julgada. Hoje, existe uma evolução jurisprudenc

Concessa maxima venia

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), João Maroja, em entrevista à “Globo News” esta manhã, declarou que “no dia 17, vamos diplomar o primeiro e o quarto candidatos mais votados. Esse é o entendimento que a corte toma”. Declara o presidente do TRE-PA que a legislação eleitoral prevê nova eleição, no objeto discutido, apenas para os cargos do Poder Executivo e sentencia: “Estamos falando de eleição para o Parlamento”. Faço uma observação e levanto uma discordância: 01. Causa-me espécie o presidente do Tribunal asseverar uma decisão que a Corte ainda não tomou: a anulação da eleição ainda não foi demandada. Se o TRE-PA, em alguma reunião informal, já tomou a decisão de indeferir o pedido do PMDB antes mesmo que ele seja protocolado e distribuído, estaremos diante de uma teratologia pior do aquela protagonizada pelo STF no dia de ontem, quando o futuro mandato de senador de Jader Barbalho foi cassado por um empate. 02. Permito-me discordar das razões do presiden

Muito aquém do nariz

A charge acima, da lavra do cartunista “Paixão”, que eu trouxe do “ Espaço Aberto ”, é a mais perfeita tradução da paupérrima campanha presidencial que se finda sem que os candidatos debatam as grandes questões nacionais: um só enxerga o outro.

Olha só Dunga…

A bela e simpática mocinha da foto acima, como você deve saber, é a atriz global Mariana Ximenes. Em conversa com repórteres que acompanharam a gravação da novela “ Passione ”, ontem, a senhorita disse que está solteira, mas que não tem tempo para namorar pois as gravações a tomam por inteiro. Meu amigo, Dunga, se você estiver pelo Rio, e se você puder e o seu dinheiro der, habilite-se: quem sabe ela acha tempo.

O verde dos teus olhos

A participação de Marina Silva na eleição presidencial teve como principal substrato a inserção de uma velada “agenda verde” na campanha de segundo turno. Os dois candidatos guinaram ao musgo com a mal disfarçada intenção de conquistar os eleitores de Marina. Embora o eleitor de Marina não seja necessariamente um “verde”, não há como o futuro, ou a futura, presidente da República apagar o discurso ambiental de um futuro governo. O governo Lula que se finda, para emprestar credibilidade à tez verde que Dilma inaugurou, declara que 14 ministérios traçam um plano para controlar a expansão da fronteira agropecuária na Amazônia e, afirma o Gabinete, logo após o segundo turno será editado um decreto definindo o macrozoneamento Ecológico-Econômico da Amazônia Legal. Gesta-se no decreto do zoneamento a divisão da Amazônia em dez regiões: o agronegócio estará restrito ao sul da floresta, onde já se consolidou o desmatamento; um trecho do centro geográfico amazônico será constituído como escud

Tá tudo muito bom

“Imagina uma reforma trabalhista? O Brasil iria parar para discussões intermináveis que, ao final, poderiam nem alterar tanto as coisas.” A frase acima, não simpática a uma reforma trabalhista, não veio de um sindicalista que refuta qualquer rufo supressivo de direitos, mas, da boca de Roberto Setúbal, presidente do Itaú Unibanco, maior banco privado do país. Setúbal fez a declaração na sede da Fecomércio, em São Paulo, em um seminário da Fletcher School. Há algo errado com Setúbal ou há algo muito errado com a legislação trabalhista no Brasil: enquanto o establishment econômico do Brasil labuta por uma reforma trabalhista que desonere o empregador, alegando que isto turbinaria o crescimento do PIB, Roberto Setúbal, capo de uma das maiores empresas do mundo diz que “não precisa”. Setúbal, do alto do que maneja, não deve ter feito apenas um jogo de palavras, portanto, a minha conclusão é que os seus feiticeiros lhe devem ter informado que a atual legislação trabalhista brasileira é bo

Tiririca no BOPE

Fonte: Pavablog

Campanha militar

O corte acima é da coluna “Repórter Diário” de “O Diário do Pará”. Nunca na história deste estado um governo avacalhou tanto o uso da máquina no desesperado arroubo da reeleição.

Sem comunicação

Cortado da coluna “Repórter 70”, de “O Liberal”, edição de hoje, o texto acima revela a desordem administrativa a que chegou o Pará em véspera de eleição.

Avant première

Ainda não se concluiu a eleição presidencial, mas, uma virtual vitória de Dilma Rousseff já ensaia uma primeira crise politica entre PT e PMDB pela disputa das presidências das duas casas parlamentares. O PMDB detectou sinais de fumaça vindos do Palácio do Planalto que visam estimular deputados e senadores do PT a endurecerem o jogo pelo comando do Congresso. Decifrou ainda, o PMDB, nas entrelinhas do fumo, que o PT trabalha com a hipótese de, em não prosperando a opção de arrebatar à sigla o comando pretendido, incentivar novos parlamentares do PMDB a abrirem dissidência dentro do partido, a fim de obstaculizar a pretensão de Renan Calheiros no Senado e Henrique Alves, na Câmara, a conquistar as respectivas presidências. Os alvos pretendidos pelo governo, para, dentro do próprio PMDB estabelecer a luta interna de poder, são os novos senadores Marcelo Miranda (TO) e Eduardo Braga (AM). Avalia o PT que a estratégia, no mínimo, faria o PMDB pressionar Michel Temer a reavaliar a candidat

Justiça Eleitoral indefere pedido governista de não publicar pesquisa

O cientista politico Edir Veiga, poster do “ Bilhetim ”, informa que a juíza Maria do Céu Coutinho indeferiu o pedido da coligação “Acelera Pará”, para impugnar a terceira pesquisa LCP/UFPA/VERITATE, que deverá ser pulicada, segundo o referido blog, na manhã de 29.10. A coligação “Acelera Pará”, sabendo que todas as pesquisas que se realizarem no Estado apresentarão resultados desfavoráveis a Ana Júlia, tenta impedir-lhes a publicação, mas, a Justiça Eleitoral não atende a desejos e sim a fundamentos jurídicos.

PMDB comunica que irá requerer nova eleição para o Senado

Como manifestado na postagem imediatamente anterior a esta, o PMDB decidiu esta noite emitir nota na qual “comunica que tomará todas as providências jurídicas necessárias para a realização de nova eleição para o cargo de Senador da República”. Clique na imagem e leia a integra da nota do PMDB.

Não está consumado

Mais uma vez o STF estacionou em um impasse na sessão de hoje que julgou o recurso de Jader Barbalho, contra a aplicação da “Lei da Ficha Limpa”: nenhum dos ministros mudou o voto e o empate permaneceu em 5 a 5. Ao contrario do que ensimesmei, a Corte pautou o recurso sem que uma saída para o impasse já esperado se solucionasse. Ato posterior ao acolhimento dos votos o STF prorrogou a sessão para discutir um critério que proporcionasse a emissão de acórdão sobre o julgamento empatado, pondo fim ao mesmo: venceu a proposição do ministro Celso Melo que asseverou a manutenção da decisão do Tribunal Superior Eleitoral que já houvera decidido pelo indeferimento do registro de Jader Barbalho e pela aplicação da “Lei da Ficha Limpa” para as eleições de 2010. Em resumo: está indeferido o registro de Jader Barbalho. Com isto, deverá agora, ao Tribunal Regional Eleitoral do Pará, ser solicitada, pelas razões já aqui aduzidas , a anulação da eleição senatorial e a posterior convocação de novo pl

Todas as pesquisas de 2° turno

O portal R7 elaborou um infográfico com o histórico de todas as pesquisas realizadas no 2° turno. A primeira, concluída em 09.10, realizada pelo instituto Datafolha, quando Dilma Rousseff liderava as intenções de votos com 48% e Serra com 41%. A mais recente, do instituto Sensus, publicada hoje, com Dilma Rousseff liderando as intenções de votos com 51,9% e Serra 36,7%. Clique na imagem para ver o infográfico.

Porcelanas

O traço é de Lézio Júnior, para “O Estado de São Paulo”.

Ordens de pagamento

A COSANPA, em uma semana, pagou a uma empresa R$ 32 milhões. A COHAB, em 24 horas, concluiu um processo de pagamento de R$ 18 milhões à UNI Engenharia, a mesma empresa arrolada pelo MPF em ação ajuizada em abril contra o prefeito Duciomar Costa (PTB), que agora comanda a COHAB, por ter, segundo a inicial, desviado R$ 31,2 milhões por meio de irregularidades na licitação e nos projetos de engenharia das obras de urbanização da Vila da Barca. Este ultimo pagamento, inclusive, fez a palha da cana voar na COHAB: alguns servidores que não quiseram lavrar as suas assinaturas em atestados de obras, para emitir o pagamento, foram afastados para que outros, prontos a comprometer a chancela, foram nomeados. Temos, portanto, somados os dois pagamentos, somente em dois órgãos, na semana que antecede a eleição, R$ 50 milhões.

A Policia Federal joga a tarrafa

Ao que parece a Policia Federal resolveu ouvir meus apelos e fez uma pequena escala no Pará. Estão, agora mesmo, sendo cumpridos mandados de busca e apreensão nos comitês dos deputados estaduais eleitos Fernando Coimbra (PDT) e Chico da Pesca (PT). Os mandados em poder da PF também determinam busca e apreensão na Secretaria Federal de Pesca e na Superintendência Regional do Trabalho em Belém. As residências de dois servidores dos órgãos acima referidos também estão sendo alvo da operação. Segundo o “ Blog da repórter ”, “a busca e apreensão foi determinada para coletar provas numa investigação sobre fraudes na concessão do seguro de defeso no Pará.”.

Representação tem repercussão nacional

O portal “Folha.com”, do jornal “Folha de São Paulo”, destacou a postagem deste blog na qual transcrevo a representação feita contra a governadora Ana Júlia. Em reportagem de João Carlos Magalhães o “Folha.com”, transcreve trechos da representação e finaliza com a alegação da assessoria de campanha de Ana Júlia que “afirmou, pedirá uma perícia da gravação.”. Declara ainda a reportagem da “Folha.com”, que a assessoria da governadora informou ter revisto, ontem, “todas as gravações feitas no dia da reunião com os taxistas e o suposto áudio não foi encontrado.”. A assessoria da governadora finaliza a declaração sugerindo que no áudio “há indícios de montagem”, e que “Ana Júlia não cometeu nenhum tipo de abuso de poder.”. Clique na imagem para ler a reportagem completa.

Recurso de Jader será julgado hoje

O Supremo Tribunal Federal pautou para a sessão de hoje o julgamento do recurso apresentado por Jader Barbalho, contra a “Lei da Ficha Limpa”.” Em julgamento com objeto similar, o STF encruzilhou-se: a votação empatou e o presidente da Corte, Cezar Peluso não se habilitou ao desempate. Como Joaquim Roriz renunciou à candidatura, desistindo do recurso, este foi julgado prejudicado. O julgamento do recurso de Jader Barbalho não guarda condicionamento de votos com o de Roriz, pois a Corte, ao arquiva-lo, não formou jurisprudência, podendo, quaisquer dos ministros, proferir voto diverso daquele lavrado na sessão que julgou o caso anterior. Além do mais, há sutis diferenças entre um e outro fato concreto, no que tange a renuncia de ambos. Os ministros, entendendo que o impasse anterior tisnou a imagem da Corte, não pautariam este julgamento sem que já não tivessem um caminho a tomar na encruzilhada a que chegaram: acredito que o norte já está apontado e o STF colocará um termo na aplic

Sangria desatada

O “ Olho de Lince ”, na postagem “Veias abertas na Secretaria de Educação – PARTE I” e “Veias abertas na Secretaria de Educação – PARTE II”, revela duas ocorrências que precisam ser averiguadas pelo Tribunal de Contas do Estado, TCE. Na primeira, revela-se que a SEDUC já pagou, em 2010, “aproximadamente R$ 7 milhões a duas empresas de eventos. Como, segundo os levantamentos demonstrados, cada evento custa uma media de R$ 18 mil, a SEDUC já teria feito, em 2010, 388 eventos. Ao final o “Olho de Lince” pergunta: “Que eventos são esses? Onde aconteceram? Qual sua finalidade? Na segunda postagem o blog revela que uma única empresa, de pequeno porte, que não tinha contrato maior que R$ 40 mil por mês com o governo, não mais que repente passou a ser agraciada com dispensas de licitações para fornecer agentes de portaria à SEDUC. Ao final, a partir de julho deste ano, a “Marco Coelho Serviços- EPP”, tornou-se uma das maiores fornecedoras de agentes de portaria da SEDUC, com contratos que som

Representação contra a governadora do Estado do Pará

Exmo. Sr. Procurador Regional Eleitoral do Estado do Pará Parsifal de Jesus Pontes, brasileiro, casado, cidadão brasileiro cadastrado no CPF n° XXX.XXX.XXX-XX, vem perante V. Ex.ª Representar contra Ana Julia de Vasconcelos Carepa, governadora do Estado do Pará, pelos fatos abaixo: 01. Em 19 de outubro próximo passado, a governadora reuniu-se em um hotel de Belém, com dirigentes de cooperativas e de associações de taxistas de Belém e Ananindeua. 02. Segundo noticia disponível no site de campanha da governadora, os dirigentes, “foram à reunião confirmar o voto no 13, no próximo dia 31 de outubro.” 03. Em áudio gravado durante a reunião, a governadora do Estado conclamou os taxistas a fazerem propaganda eleitoral em seus respectivos veículos, adornando-os com “qualquer coisa vermelha”, seja um adesivo um lenço, ou o que o valha para fazer às vezes de propaganda eleitoral petista. 04. Ao ouvir tal conclamação, e sabendo que o pedido da governadora era flagrantemente ilegal, algué

Matando a saudade

O soldado inglês Russ Miller é recebido por sua companheira Emily Potter em, em Londres, na chegada do regimento britânico, que retornou domingo, 24, do Afeganistão. A foto é de Tim Ireland, da AP

Faltando um pedaço

O corte acima é da coluna “Repórter Diário” de “O Diário do Pará”, edição de hoje. A imprensa tem noticiado que secretários de estado e dirigentes de órgãos estaduais estão, constantemente, instando servidores a pegarem nas bandeiras, portanto, a missão da PGE, PF e MPM, é também enjaular quem manda e não somente quem cumpre.

Lula dirige o MiEV

Em 20 de outubro passado, o presidente Lula dirigiu o protótipo do MiEV (Mitsubishi innovative Electric Vehicle), que a Mitsubishi pretende fabricar no Brasil até 2013.

Metrô em Belém

O “ Blog do Flávio Nassar ”, mantido pelo Arquiteto e professor da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Pará, Flávio Nassar, posta sobre a necessidade e atesta a viabilidade de Belém construir linhas de metrô. Nassar sugere aos candidatos a governador a inclusão do assunto em seus respectivos projetos de governo. Clique na imagem para ler a postagem. 

Please, go back to Harvard!

O ex-ministro da Secretaria de Longo Prazo, Mangabeira Unger reapareceu ontem na plateia do debate presidencial, na TV Record. Bob Unger insiste em se inserir na equipe de campanha de Dilma Rousseff, alegando que tem ótimas contribuições a dar. Segundo os presentes, o marqueteiro do PT, João Santana, tentou se esquivar do “palpiteiro”, mas, ao final, Unger aboletou-se na Van que levou a equipe para o hotel. Unger é um ótimo professor de direito, de mérito inquestionável, em Harvard. A melhor ajuda que ele pode dar a Dilma Rousseff na campanha, e em um eventual futuro governo, é continuar ministrando aulas em Harvard. Fora daí, Mr. Unger se constitui em um verdadeiro desastre, mais ou menos parecido com os meninos que a Ana Júlia tirou da academia e arruinaram o seu governo.

Bate-boca judicial

Quando o promotor Maurício Lopes, que representou contra Tiririca, soube que o advogado Ricardo Porto, que defende o artista, afirmou que iria protocolar a defesa somente no ultimo minuto do prazo, não se conteve e disparou: "advogado é sórdido". O presidente da OAB de São Paulo, Luiz D’Urso, não gostou da generalização e publicou uma nota na qual "repudia veementemente" a afirmação do promotor e diz que "a ofensa não só atinge o advogado visado, mas toda a advocacia, ao atribuir ao profissional expressão que significa 'imundo, abjeto, repugnante', segundo o Dicionário Aurélio". É fato que desde o inicio do processo que coloca em duvida a capacidade de ler e escrever de Tiririca, o promotor eleitoral e o advogado têm trocado farpas que desabonam a postura profissional de ambos. Ricardo Porto, ao protocolar, ontem, a defesa, antes de saber da fala do promotor já lhe açoitava a bílis ao afirmar à imprensa que “deve existir um interesse pessoal dele.

Soco inglês

No terceiro bloco do debate presidencial de ontem à noite na TV Record, quando o assunto era o MST, a candidata Dilma Rousseff mandou: "Nós somos a favor da reforma agrária no Brasil e fizemos o maior número de assentamentos de reforma agrária neste País. Nós não tratamos nenhum movimento social com cassetete, nem aceitamos episódios como aquele de centenas de mortos que foi Eldorado dos Carajás .". Sem querer, mas sem pestanejar, Dilma desferiu o punho na boca do estomago da recandidata Ana Júlia: 01. A PM do Pará, no governo de Ana Júlia, investiu os cassetetes contra professores da rede estadual de ensino, para dispersar um protesto em frente ao Palácio dos Despachos. 02. Ana Júlia aliou-se a Almir Gabriel, que era o governador do Pará quando houve o episódio “de centenas de mortos de Eldorado de Carajás”. Ao que parece, ao contrario de Dilma Rousseff, Ana Júlia já aceita o episódio “de centenas de mortos de Eldorado de Carajás.”.

O abraço do Cristo

Ponte “Octavio Frias”

Ponte Estaiada "Octavio Frias de Oliveira", no Brooklin: um dos mais recentes cartões postais de São Paulo. A foto é de Paulo Vitale. Clique na imagem para ampliar.

Esclerose eleitoral

Um dado interessante, mas não novo, da ultima pesquisa do Datafolha: duas semanas depois do primeiro turno das eleições, 28% dos brasileiros já não sabem em quem votaram para senador. Para deputado, a taxa de esquecimento é maior: 30% não sabe em quem votou para deputado estadual e federal.