Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Estado de S. Paulo deve gastar R$ 180 milhões com publicidade em 2013

Já prevenindo a campanha de 2014, quando concorrerá à reeleição para o governo de S. Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) providenciou licitação de R$ 90 milhões para publicidade. Acharam muito o valor de R$ 90 milhões que vai ser torrado em propaganda pelo governo de S. Paulo? Pois o valor é para apenas seis meses. Isso significa que o Estado de S. Paulo pretende “investir”, no mínimo, R$ 180 milhões na rubrica em 2013, o que lhe garante o mesmo valor em 2014: por força de lei federal, em ano da eleição, os governos não podem “investir” em publicidade mais do que liquidaram no ano imediatamente anterior. > Só no Brasil O Brasil é o único país democrático em que os governos fazem propaganda de si mesmos, e indiretamente (alguns diretamente mesmo) dos mandatários de plantão. Propaganda de governo é coisa de país totalitário, para ufanar o regime e o ditador. O custo anual com propaganda pública em todos os níveis da Federação aproxima-se de R$ 12 bilhões. Tudo na mais perfeita ordem l

Ditados modificados

Quem ri por último é retardado. Alegria de pobre é impossível. Quem com ferro fere, não sabe como dói. Devo, não pago. Nego enquanto puder. Quem tudo quer, é consumista. Gato escaldado... Morre. Quem espera, sempre cansa. Quando um não quer o outro insiste. Os últimos serão desclassificados. Quem não tem cão, não caça. A esperança e a sogra são as últimas que morrem. Devagar se chega atrasado. Águas passadas não molham. Quem cedo madruga fica com sono o dia inteiro.

Financiamento público de campanhas

O financiamento público de campanhas sempre foi um fato no Brasil. A legalização do que já existe o tornaria menos injusto, propiciando uma relativa igualdade no alcance das verbas pelos candidatos e partidos. > Quanto custa uma campanha estadual? Se você quiser ter uma relativa ideia de quanto custa uma campanha estadual, basta ter disposição para garimpar no Diário Oficial do Estado os valores dos convênios assinados entre o Estado e os municípios no ano da campanha. Some tudo e dobre o valor e esse terá sido o total despendido. > Quanto custa uma campanha federal? No caso do Governo Federal a conta é a mesma. Pegue o Diário Oficial da União e some os convênios feitos pelo Governo Federal com os estados e municípios do Brasil. Você notará que os que estão na base aliada do governo receberão mais do que os outros. Sim, todos recebem, o que é uma forma de mascarar o uso eleitoral do erário: se alguém trombetear o governo se sai com o bordão de que “não discriminou ningu

ONGs receberam R$ 1,6 bilhão entre 2006 e 2011 do erário paraense

Matéria de “O Liberal”, edição de ontem (29) reporta que “de novembro de 2012 até janeiro deste ano, o Ministério Público do Estado já entrou com mais de 350 ações contra Organizações Não Governamentais (ONGs) que não prestaram contas de suas atividades”. A reportagem revela que há no Pará mais de 6 mil ONGs em atividade, mas, apesar de obrigatório, apenas 1.250 estão cadastradas na Promotoria competente. O cadastro é obrigatório, pois as ONGs, independente da fonte dos recursos que recebem, estão obrigadas a prestar contas das suas atividades ao Ministério Público. > Maioria recebe recursos públicos É fato que a maioria das ONGs recebe recursos do erário e, apesar de grande parte delas prestarem louváveis serviços, há joio no meio desse trigo e a fiscalização do Ministério Público é importante para coibir os desvios. A reportagem revela um valor impressionante que foge ao controle social, pois não é sabido quando e como esses convênios ocorrem e como são aplicados: o Poder Execu

Flor que não se cheira

> Terça-feira, 29.01                 > Quarta-feira, 30.01

Governo Federal compensa o deságio da energia elétrica com ágio nos combustíveis

O consumidor de energia elétrica ainda não teve a felicidade de ver a materialidade do deságio no talão, mas a partir de hoje (30) a Petrobras vai entregar gasolina e diesel às distribuidoras com um aumento de 6,6% e 5,4% respectivamente. As distribuidoras, que não são irmãs de caridade, pronto repassarão o ágio ao consumidor. Como os combustíveis são indispensáveis na logística nacional, não pagará a conta apenas quem tem carro: o supermercadista pagará um frete maior pelo feijão que colocar na gôndola e repassará isso à clientela, que nem notará os centavos a mais na registradora. > A Petrobras alivia o caixa A Petrobras precisava desesperadamente do aumento: a contabilidade já não fechava com os preços artificialmente bancados para segurar a meta da inflação. O governo segurou o que pode. Abdicou, desde 2005, da arrecadação da Cide (imposto federal dos combustíveis) para anular a alta nos postos, mas chegou ao seu limite com tanta renúncia fiscal. Com o aumento, a Petrobras

MPE-PA rompe o silêncio sobre as investigações do contrato do Governo do Pará com Grupo ORM

O Ministério Público do Estado (MPE-PA) rompeu o silêncio ao qual se acometeu, junto com toda a imprensa paraense, sobre as investigações do contrato de prestação de serviços de transportes aéreos entre o Governo do Pará e as Organizações Rômulo Maiorana. O MPE-PA declara que “análises preliminares nas planilhas de voos apreendidas em janeiro deste ano, no escritório da Agência nacional de Aviação Civil (Anac), em Belém, apontam a necessidade de aprofundar as investigações”. A análise dos planos pretende verificar “os deslocamentos das aeronaves checando rota de origem e destino. E, num segundo momento checar se esses deslocamentos referem-se a requisições feitas pelo governo estadual. E, ainda, se efetivamente esses serviços foram prestados, já que existem pagamentos”, declarou o promotor de justiça Nelson Medrado. Revela ainda Medrado que, de setembro a novembro de 2012, a Casa Militar do Governo do Pará pagou R$ 444.000,00 pela utilização das duas aeronaves do grupo ORM”. O promoto

Grace de Mônaco

Grace Kelly nasceu para ser princesa. A sua passagem por Hollywood, apesar de espetacular, foi eventual. O destino dela era um pedaço de nobreza europeia: o principado de Mônaco, onde até hoje, anos depois de morta, ela é venerado pelos súditos. Hollywood resolveu filmar parte da vida de Grace Kelly e convidou a finíssima Nicole Kidman para o papel de "Grace of Monaco", que deverá estrear em 2014. A família real monegasca torceu o nariz para a película: Albert 2º, o príncipe de Mônaco, e as princesas Caroline e Stephanie, suas irmãs, emitiram um édito real: "Para nós, esse filme não constitui um trabalho biográfico, mas um retrato de apenas parte da vida dela, possuindo um glamour sem sentido e contendo imprecisões históricas importantes." Pronto: já é o filme mais esperado de todo o principado, pois os súditos querem conferir o glamour e apreciar as imprecisões históricas. Eu também, pois embora não nascido no rochedo de Mônaco, também sou um súdito da grand

Como manda o figurino

Soube, ontem (28), que o pronunciamento à nação da presidente Dilma foi debatido por mais de três dias no Planalto. De um lado os republicanos (eu achava que não existia essa espécie no Planalto Central), que concordavam com a fala da Presidência apenas para garantir à nação que não haveria racionamento de energia; do outro lado os pragmáticos que opinavam que a fala deveria rebater as críticas da oposição. > Desconforto com as críticas A inteligência lulo-petista sentiu-se incomodada com o discurso da oposição de que o governo estava travado (os plutões da Avenida Paulista insistem nisso com Lula). Detectou-se ainda que a nação começava a duvidar da capacidade do parque elétrico em resistir à deflexão dos reservatórios. Pesquisas qualitativas mostraram que se a oposição consolidasse a bandeira a presidente Dilma tisnaria naquilo que lhe construiu: a gerência eficiente dos programas de desenvolvimento nacional. > Rompendo limites Os pragmáticos venceram. Chamado, o marquetei

Santa Maria é a 2ª maior tragédia provocada por incêndio no Brasil

A tragédia de Santa Maria , que desde a madrugada de ontem enluta o Brasil, foi a segunda em número de mortes desde o incêndio no Gran Circus Norte-Americano, em Niterói, em 1961, quando morreram 503 pessoas. Clique na foto abaixo para ler sobre o triste episódio.

A Deus o que é de Deus

Levantamento da “Folha de S. Paulo” junto a Receita Federal revelou que, em 2011, somente as doações em dinheiro às igrejas católicas e evangélicas do Brasil, somaram R$ 20,6 bilhões. Revela a “Folha” que a quantia é “superior ao orçamento de 15 dos 24 ministérios da Esplanada ou 90% do disponível neste ano para o Bolsa Família.”. A matéria declara ainda que “entre 2006 e 2011, a arrecadação anual dos templos apresentou um crescimento real de 11,9%”. > Tributação sobre os dízimos? Já há tributaristas no governo que defendem a tributação desses valores. Pela atual legislação os partidos políticos, sindicatos e templos religiosos têm imunidade tributária. Não tenho ideia formada sobre a tributação, mas sou intuído a defender que os valores recebidos pelas denominações religiosas passem a sofrer algum tipo de fiscalização na aplicação. Há, inclusive, uma corrente de tributaristas que asseveram que a imunidade tributária não afasta a fiscalização, a exemplo do que ocorre com os

O Brasil é posto contra a parede em Davos

A edição de 2013 do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, terminou (sábado, 26) estatelada com a declaração da Inglaterra de promover uma consulta popular para decidir se o país permanece no Euro: os ingleses nunca concordaram em abrir mão da libra esterlina e se resolverem abandonar a União Europeia, o baque será duro para a confederação. > Sugestão indelicada O baixo crescimento do Brasil nos valeu pesadas críticas: houve quem sugerisse a retirada do B (Brasil) do acrônimo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) subtraindo o Brasil do bloco considerado de países emergentes. O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, não conseguiu explicar a gênese do nosso crescimento próximo a zero em 2012, que alguns sugerem ter sido negativo não fosse o artifício da contabilidade criativa. > Alinhamentos suspeitos Christine Lagarde, diretora-geral do FMI, perguntou a Tombini para onde o Brasil que ir, perorando o excessivo intervencionismo do governo na

Lady Gaga Fame

Como sempre fazem os famosos e famosas quando alcançam o auge da popularidade, Lady Gaga agora é  nome de perfume: o Lady Gaga Fame é a mais nova fragrância do mercado. O diferencial do LGF é que o líquido é preto, mas se torna incolor em contato com a pele.

Rio Grande do Sul vive a sua maior tragédia: 232 mortos em incêndio em boate

Atualizado às 16h30m O Rio Grande do Sul vive, no dia hoje (27) a sua maior tragédia e uma da maiores do Brasil: um incêndio de grandes proporções em uma boate, na cidade de Santa Maria, matou pelo menos 232 pessoas. O incêndio, que teria sido provocado por um show pirotécnico da banda que animava o baile,  ocorreu na boate Kiss, na madrugada desse domingo. Além dos 232 mortos, todos por asfixia e pisoteamento, há mais de 100 pessoas hospitalizadas. Havia mais de 400 jovens, que faziam uma festa para angariar fundos para uma formatura (Santa Maria tem uma das melhores universidades dos Rio Grande do Sul), em uma boate que só tinha uma saída e estava com o alvará de funcionamento suspenso.  Os 232 corpos foram retirados da boate e levados para um ginásio de esportes, onde um Comitê Gestor da Crise recebe as famílias para identificação dos corpos e posterior liberação para os velórios. A presidente Dilma Rousseff, que estava no Chile, ao saber da tragédia cancelou os compromissos o

Django livre

Em “Django livre”, Quentin Tarantino cumpre o seu peculiar ritual. Quando eu ouvi os primeiros golpes no banjo e a aveludada voz de Elvis Presley, voltou-me à mente “Django”, a música e película originais com as quais Sergio Corbucci embalou o primeiro “Django”, que eu assisti nos anos 70 com o mais icônico dos atores do gênero, Franco Nero. Mas o de Tarantino não é uma reedição do original: apenas lhe tem o nome e a música principal. Foi ótimo ver o próprio Franco Nero “dando uma canja”, de uns dois minutos, lá pelo meio da jornada do Dr. Schultz (o impagável Christoph Waltz) e do Django (Jamie Foxx), durante uma luta de mandigos patrocinada pelo fazendeiro Calvin Candie (Leonardo DiCaprio). A cena em que Tarantino “tira sarros” com a Ku Klux Klan é um dos pontos altos do fino humor do diretor. Samuel L. Jackson rouba a cena como Stephen, um negro que detesta negros, principalmente os que ousam “se comportar como brancos”. “Django livre”, como todo Tarantino, é um sucesso, mas t

A mais famosa da Itália

Em 1923 as casas de prostituição na Itália eram obrigadas a fixar os preços na porta do estabelecimento. Abaixo um tarifário da época: Tradução: Tarifário da famosa Casa do Prazer da Madame Renata, os preços mais baixos da Itália. Rapidinha……………………………….. 1,10 liras Normal…………………………………… 1,90 liras Meia hora……………………………….. 2,90 liras Uma hora………………………………... 5.50 liras Com duas senhoritas ao mesmo tempo. 12.30 liras Água, sabonete e toalha oferecidas pela casa. Sala com braseiro acrescentar mais 20 centavos. Roma, janeiro de 1923. Tarifas reduzidas para estudantes e militares. Vejam que desde 1923 os estudantes já tinham direito a meia entrada (sem trocadilhos, por favor).

Justiça paraense condena o jornalista Lúcio Flávio a passar 1 ano na Lua

O Tribunal de Justiça do Pará, através da 3ª Câmara Cível Isolada, indeferiu as razões do jornalista Lúcio Flávio Pinto em um recurso por ele oposto à sentença de juízo singular que o condenou a pagar, por danos morais e materiais, R$ 408 mil a Romulo Maiorana Jr. e a Delta Publicidade. A ação, uma das 19 movidas pelos Maioranas, ainda não chegou ao final: o jornalista ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça e pode chegar ao Supremo Tribunal Federal. > Condenação não atende à razoabilidade Em ações do tipo o juízo precisa atentar para uma condição subjetiva e vários fatos objetivos para lavrar a sentença e quantificar o valor da indenização. A parte subjetiva é avaliar a intensidade da dor sofrida pelo autor. As partes objetivas são: a condição social do autor, a gravidade do fato causador do dano, o grau de culpa e, finalmente, para quantificar o valor da indenização, a situação econômica do réu. É notório que Lúcio Flávio não possui recursos materiais para liquidar a

Negócio mais lucrativo de Angola é o restaurante da filha do presidente

A senhora da foto abaixo é Isabel dos Santos, filha de José dos Santos, o ditador, quer dizer, o presidente de Angola (ele foi eleito em 1979 e desde então tem sido reeleito). Apesar de ser o segundo maior produtor de petróleo e exportador de diamantes da África Subsaariana, Angola é um dos países mais pobres da Terra. Os angolanos têm expectativa de vida média de 42 anos. > 1ª bilionária da África Isabel foi listada na última edição da Forbes como a primeira mulher da África a ter mais de US$ 1 bilhão. Tudo começou em 1997, quando ela, formada em engenharia pelo King´s College de Cambridge, na Inglaterra, voltou a Angola e abriu o “Miami Beach”, um restaurante na capital, Luanda. O “Miami Beach” deu tão certo que hoje Isabel dos Santos é uma das maiores investidoras dos ativos angolanos dos bancos portugueses BPI (28,8%) e BIC (17%) e das companhias telefônicas Zon (19,5%) e Unitel (25%), ou seja, no sistema financeiro e de comunicações de Angola quem dá as cartas é ela

Pagando o circo com o próprio bolso

Na mais perfeita tradução da fórmula pão e circo, os chefes de poderes executivos no Brasil fazem festas para o distinto público e pagam os caros caches com o erário. Isso, além de ser propaganda política pessoal indevida é um desperdício de monta. Mas caso a justiça julgue procedente uma ação que o Ministério Público Federal ajuizou ontem (24) contra o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), a farra deve diminuir, acabar, ou os gestores terão que apelar à alquimia para pagar a conta. O MPF pede que a justiça determine que Cid Gomes devolva ao erário, do próprio bolso, R$ 650 mil pagos à cantora Ivete Sangalo, na inauguração de um hospital em Sobral, no dia 18 de janeiro. Segundo o MPF, o valor pago foi retirado do Fundo Municipal de Saúde (FMS). “ O que ele vem fazendo são privilégios. Isso viola o princípio da moralidade administrativa. Nós vivemos hoje uma verdadeira crise de atendimento nas emergências dos hospitais públicos, que não têm estrutura. É um desrespeito com os pacien

Embraer fecha venda de R$ 4 bilhões e suas ações quase dobram de valor

As ações da Embraer subiram ao Olimpo (praticamente dobraram de valor) ontem (24) após o anúncio da venda de 47 jatos E175, por US$ 2 bilhões, à Republic Airways, uma regional da norte-americana, American Airlines. O contrato é firme e a Embraer começa a entregar em julho desse ano. Segundo a nota da Embraer a Republic pagará US$ 42 milhões por aeronave e o contrato prevê a opção de dobrar o pedido, o que viria a ser a maior venda da Embraer a uma só empresa e um sinal de que a Republic pretende padronizar a totalidade da sua frota com os E175. A Embraer está consolidada mundialmente no segmento de 70 a 120 assentos. Seus jatos, nessa faixa, voam em cerca de 60 companhias aéreas de 40 países.

A tabela com os descontos na conta de energia elétrica em todo o Brasil

O desconto na conta de energia elétrica anunciado na quarta-feira (23) pela presidente Dilma Rousseff não será o mesmo em todo o Brasil. Os deságios vão de 18 a 25,94% conforme a distribuidora local. O governo não explicou o motivo das escalas. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) declarou que embora o decreto presidencial determine a redução a partir de ontem (23), as contas que já foram geradas não terão o deságio. No Pará, conforme tabela abaixo, publicada pela Aneel, o desconto será de 18,83%. 

O doce aceno do totalitarismo

O PSDB reagiu ao pronunciamento da presidente Dilma Rousseff feito ontem (23) em cadeia nacional, no qual ela anunciou o deságio no preço da energia elétrica. A nota inicia dizendo que " o governo do PT acaba de ultrapassar um limite perigoso para a sobrevivência da jovem democracia brasileira .”. E finaliza opinando que “ em vez de assumir suas responsabilidades de gestora, fazendo o governo produzir, o que se vê é o lançamento prematuro de uma campanha à reeleição ”. > A presidente extrapolou as prerrogativas da presidência Assisti o pronunciamento: a presidente ultrapassou os limites constitucionais da sua prerrogativa de convocar cadeia de rádio e televisão para se dirigir à nação. Essa prerrogativa não é da presidente e sim da presidência (e aí o cargo é impessoal e apartidário) para falar sobre assunto de relevante interesse nacional. Quem o usa está obrigado a agir como mandatário maior de um dos poderes da República e não como filiado, ou mandatário, de partido p

O erotismo em 1920

A foto é da década de 20. Os rapazes da época, ao mirarem uma pose dessas, tinham surtos de ejaculação precoce e ser pego com algo assim no material escolar era expulsão sumária por perversão aguda.

Ouro de tolo

A presidente Dilma anunciou que a conta de energia, a partir de ontem (23), tem um decréscimo de 18% para pessoas físicas e até 32% para as indústrias. Então a energia elétrica era cobrada com ágio? Não era. E como ainda estamos em fase de ampliação do parque elétrico e os custos são ascendentes, no mínimo a energia não poderia subir: jamais baixar. > Sem responsabilidade fiscal Qualquer país que respeita o cidadão presta claras explicações à nação sempre que majora ou diminui preços públicos. Como o brasileiro não cobra essas satisfações, os governantes decretam ágios ou deságios ao puro sabor do humor político e bancam o déficit com renúncias que serão absorvidas com a mais nova invenção da irresponsabilidade fiscal: a contabilidade criativa .  > Aritmética de açougue Tem aquele açougueiro que vende a carne mais barata, mas deita o dedo na balança para o seu quilo ter menos massa. Os feiticeiros do governo, no decréscimo da conta de luz, fizeram uma aritmética de açougue, c

O Portal da Amazônia

Na postagem “ O fogo é amigo, mas cerrado ”, fez-se um comentário que achei por bem trazer ao frontpage para averiguar concordâncias ou contestações, pois, independente de méritos, o local é aprazível e não deve ser estressado por uso urbano inadequado. Um anônimo alega ele que o local “se tornou palco de depredação e espaço privatizado com a realização de uma parte do Carnaval de Belém, para exploração exclusiva de André 'Kaveira'.”. Indigna-se o comentarista ao narrar que o “bloco do Kaveira foi expulso da Cidade Velha através de abaixo-assinado dos moradores do bairro, que denunciaram o desrespeito com os transeuntes, a violência e os arrastões, a urina desenfreada pelos logradouros e casas, o sexo ao vivo, o consumo de drogas ao ar livre e o barulho. A solução das autoridades foi exportar o problema para o Portal da Amazônia.”. Prossegue que “Kaveira montou uma segurança particular e privatizou, além de toda orla, a SECOM e a Guarda Municipal a seu serviço particular.

Chamem a polícia! A polícia foi assaltada…

A segurança pública no Pará, e em todo o Brasil, está bem aquém daquilo que poderia ser chamado de tolerável. O cidadão anda com medo e está “acostumado” a ouvir, e sofrer, todo tipo de violência urbana. A ousadia da delinquência, todavia, provocou na tarde de ontem, em Belém, uma notícia inusitadamente surreal: a polícia foi assaltada. Dois homens armados, em plena luz do meio-dia, entraram no prédio da Ouvidoria do Sistema de Segurança Pública do Pará, na Rua Presidente Pernambuco, em Batista Campos, rederam os 13 funcionários do órgão e fizeram a limpeza geral: os funcionários só mantiveram as roupas. A polícia foi chamada em seguida...

Brasil se alinha a países totalitários para impor censura na internet

Só agora tive acesso aos relatórios da conferência, realizada em dezembro passado em Dubai, que debateu a atualização do tratado internacional das telecomunicações. A peça de resistência foi a internet. Acalorou os embates as hipóteses da rede ser regulada por tratado internacional ou por delegação à ONU: as duas coisas seriam um desastre. A delegação brasileira se alinhou à China, Rússia, Irã e Afeganistão e defendeu a regulação tanto por tratados quanto por delegação à ONU. > Os EUA vetaram Os EUA se recusaram a chancelar o documento final, o que funcionou como um veto. Mas não fizeram isso por bondade: não querem abrir mão do comando exercido pelo ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), que detém o controle formal da rede e é controlado por eles. > Fiscalização dos pacotes Um dos pontos propostos na regulação, e com qual o Brasil concordou, seria uma espécie de censura através da “ Deep Packet Inspection” ( Inspeção Profunda de Pacotes ), que já é usa

Como uma moeda de ouro

Meu pai cursou apenas o primário e desde cedo trabalhou pesado: seu primeiro trabalho foi ser “ porco d´água ”: os embarcadiços do alto Rio Tocantins que saltavam nas cachoeiras entre Tucuruí e Marabá para passar o cabo de aço nas pedras enquanto os de bordo içavam o barco rio acima, no molinete. Quando assisti “Fitzcarraldo ” , do Werner Herzog, não contive as lágrimas quando um enorme barco é içado ladeira acima, de um rio para outro, através da floresta: a juventude do meu pai reincidiu-me a mente. (A propósito, Werner Herzog está espetacular no mediano “Jack Reacher – o último tiro”, fazendo uma ponta como The Zec, um enigmático vilão: os 5 minutos dele valem pelas duas horas do filme) > De volta ao assunto Voltando ao meu pai, ele tinha um modo peculiar de ralhar-me: eram frases curtas ou gestos peculiares que me servem de lição até hoje, muito tempo depois dele ido. Sempre que eu cometia uma indelicadeza ele ralhava em tom grave: “ rapaz, boa educação é como uma moed

As esculturas de Michael Grubb

Michael Grubb é um escultor equilibrista. Em Boulder, Colorado, EUA, ele monta monumentos com pedras que são atrações turísticas incríveis, como essa abaixo: Grubb nada usa para colar as pedras: elas “simplesmente” são postas umas sobre as outras.

Gestão pública: um dos principais gargalos da Federação

Contou a imprensa que a primeira reunião, de 2013, do governador Jatene com o secretariado fez-se tensa quando Sua Excelência, assuntando que a produtividade do governo está aquém do esperado, exasperou resultados. Diz-se também, que diante de algumas suscetibilidades arranhadas, o governador baixou o tom, mas é fato que o governo precisa de sintonia e maior produtividade. > Problema nacional Destarte o que já se investiu em capacitação, o problema de gestão é nacional. A inapetência gerencial causa prejuízos bilionários, sangrando o erário à ilharga da corrupção e da sonegação. Estima-se que 4,8% do PIB escorra ao ralo, por ano, devido à má gestão em todos os níveis da Federação. > Com vento, mas sem transmissão Estão concluídos 26 parques eólicos, no Rio Grande do Norte e na Bahia, que agregam 600 MW ao sistema, o que é suficiente para encostar uma das maiores termoelétricas do Brasil, Uruguaiana, que gera poluindo o ar e o erário: 1 MW de energia eólica tem custo médio de R

56% dos eleitores brasileiros são apartidários

Em 1988, uma pesquisa do “Estado de S. Paulo” apontou que os brasileiros que se declaravam apartidários era 38% do eleitorado. No final de 2012, o jornal repetiu a pesquisa (Ibope) e constatou que, 24 anos depois, subiu para 56% os eleitores sem preferência partidária. > PT, PMDB e PSDB são os mais preferidos Os 44% que declararam preferência partidária colocam os três principais partidos do Brasil nas 3 primeiras colocações: o PT lidera com 24%, seguido pelo PMDB com 6% e pelo PSDB com 5%. A pesquisa revela que todos os partidos perderam simpatizantes. O partido que mais perdeu foi o PT que, desde 2010, caiu de 33% para 24% na preferência do eleitorado. > Crise partidária A pesquisa reflete a crise de identidade partidária nacional. Cada vez mais as siglas se parecem entre si e o eleitor opta por se orientar pelo pior: o culto à própria personalidade que praticam os candidatos. > Partidos no Brasil: mera interface de poder político Os partidos passaram a ser meros meios a

DSK pagou US$ 1,5 milhão para Diallo

Sabe agora, em matéria do semanário francês Journal du Dimanche (JDD) que o ex-diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, pagou US$ 1,5 milhão (aproximadamente R$ 3 milhões) para que a camareira Nafissatou Dialo, que o acusou de agressão sexual no Sofitel de Nova York, retirasse a ação civil de indenização movida contra ele. O acordo foi feito em dezembro de 2012, no tribunal do Bronx, mas nada se sabia do valor pago por DSK. Mas a feira de Nafissatou Diallo (foto ao lado) não parou na banca de DSK. Ela também processou o New York Post, que a chamou de prostituta. Na mesma leva de DSK o  New York Post propôs um acordo a Diallo, que consentiu. O valor pago pelo New York Post ainda não foi revelado. Uma coisa é certa: Miss Diallo nunca mais precisará do uniforme de camareira.

A bela e a fera

Pâmela Bório, 29, esposa do governador Ricardo Coutinho (PSB), 52, casal conhecido em João Pessoa, devido a disparidade de beleza física, como “a bela e a fera”, tem causado enxaqueca no valete de ouros do Palácio da Redenção, sede do governo da Paraíba. Habitué das redes sociais, Pâmela, que foi Miss Bahia 2008, causa frisson ao postar fotografias com caras bolsas de grifes francesas e jogos de lingeries sedosos. A exposição, ao lado de denúncias de gastos supérfluos, causou uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) nos gastos da residência oficial do governo, a Granja Santana. > Auditoria do TCE-PB A auditoria revelou que licitação é algo que não existe na Granja Santana e que até os enxovais do rebento do casal foram pagos com o erário paraibano. O bebê da casa real tem apetite de leão: em menos de 30 dias foram consumidas 460 latas de farinha láctea. Os pais não ficam atrás e se deliciam com "cauda de lagosta de primeira", "bacalhau do P

Tão longe de mim distante…

A foto abaixo é a ilustração digital da maior estrutura de corpos siderais já detectada a partir do nosso planeta. Trata-se de uma gigantesca aglomeração de quasares. Segundo o artigo da  Royal Astronomical Society , a luz demoraria 4 bilhões de anos para atravessar a região. Um quasar, abreviatura em inglês para a denominação “ quasi-stellar radio source” (fonte de rádio quase-estelar), é uma poderosa fonte energética que contém uma “pequena” galáxia em seu núcleo. A Via-Láctea, onde moramos, e de onde os nossos descendentes daqui a alguns bilhões de anos terão que se mudar, é milhares de vezes maior que um quasar, que é medido pelo tempo que a luz passa para atravessa-lo: em média 10 milhões de anos. As grandezas siderais são o último desafio da exploração humana, mas não iniciaremos a jornada além do nosso pequeno horizonte solar enquanto o nosso paradigma científico e tecnológico se restringir à física convencional. Há algo infinitamente mais veloz que a luz que, uma vez ade

O Bunker de Hitler

O DVD "O Bunker do Führer", proporciona uma realista reconstituição do abrigo antibombas de Hitler. Christoph Neubauer, o criador do DVD, teve como material de pesquisa mais de 800 fotografias e documentos de arquivos públicos e privados em Berlim, pois as estruturas originais do bunker foram parcialmente destruídas ou ficaram sepultadas durante 30 anos sob lama e água. O resultado revela uma imagem acurada de grande parte da arquitetura, bem como de alguns espaços interiores do Terceiro Reich. Sobrepondo projetos e estudando fotografias, Neubauer foi capaz de criar uma imagem tridimensional que corresponde à aparência real do bunker. O bunker ficava no centro de Berlim, perto da praça de Potsdam e a 50 metros de onde hoje está o Memorial do Holocausto, que recorda os seis milhões de judeus assassinados pelos nazistas na Europa. Para ver 10 tomadas digitais tiradas do DVD, clique aqui.

Acertando o passo

Empresários e cardeais da base aliada do governo federal têm alugado os ouvidos do ex-presidente Lula com lamentos dirigidos à postura prussiana da sua pupila, a presidente Dilma Rousseff. Os gemidos vão do travamento do governo devido ao excesso de centralização no triunvirato Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann e Ideli Salvatti, exatamente nessa ordem, até o viés neo intervencionista na economia, o que tem afastado importantes players do capital privado mundial. > Sintonia fina Contam as paredes que Lula tem concordado com as queixas e agendou uma conversa com a presidente na próxima semana para ver se consegue lubrificar as engrenagens da máquina a tempo de não perder o embalo de um ano desafiador como 2013, prelúdio do ano eleitoral. > Megaevento em Brasília Entrementes, Lula também aconselhou Dilma a fazer um grande evento político para aproximar os prefeitos de todo o Brasil do governo: está marcado para 28 a 30 de janeiro, no Centro de Exposições, em Brasília, um megae

Foto inédita da finada princesa de Gales vai a leilão nos EUA

Será leiloada no final de janeiro, nos EUA, uma fotografia da então jovem Diana Spencer, depois a icônica Lady Di. A fotografia (abaixo) pertence ao jornal londrino “Daily Mirror” que a recebeu à época do casamento de Diana com o príncipe herdeiro do trono inglês, mas carimbou-a com a recomendação de “não publicar”. A foto é dos anos 80 e mostra Diana despojadamente deitada no colo de um jovem. No parapeito da janela descansa uma garrafa do clássico destilado escocês Johnnie Walker. Pelo tamanho da garrafa o blend deveria ser Gold: nada mais apropriado para o paladar da então futura princesa de Gales, que tão jovem (36 anos) recebeu a definitiva visita da indesejada das gentes.