Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Governo resolve enviar ao Congresso proposta orçamentária com déficit de R$ 89 bilhões

Escrevi, na postagem acima , que por trás da desculpa de financiar a saúde com a recriação da CPMF, o governo pretendia cobrir um déficit de R$ 80 bilhões no orçamento de 2016 e que, diante da desistência da empreitada, o honesto seria enviar ao Congresso a proposta orçamentária com a previsão do déficit referido. Para minha surpresa, o governo resolveu enviar hoje (31), ao Congresso, a proposta orçamentária com a previsão de um déficit de R$ 89 bilhões, o que pode ser o início de uma conversa adulta com a população e com o Congresso, dando transparência fiscal à peça. É primeira vez que eu discordo do ministro da Fazenda , Joaquim Levy, que era contrário a uma peça orçamentária com previsão de déficit, confiando que uma reação econômica no decorrer de 2016 tinja de azul o vermelho com qual começará o ano e temendo que as agências de risco rebaixem a avaliação da economia brasileira, retirando-nos o “grau de investimento”. Se a economia reagir realinha-se o orçamento, mas o corre

Refugiados

Em pleno século 21 a Europa é o palco no qual se mostra ao mundo o drama dos que fogem da guerra tribal travada no Médio Oriente, principalmente a guerra civil na Síria e o avanço do Estado Islâmico nos países que se desfocam no Mediterrâneo. Mulheres e crianças são a maioria desse êxodo sem rumo certo, que já alcança entre 4 e 5 milhões de pessoas.

Dilma Rousseff desiste de recriar a CPMF

Diante da grita contrária à tentativa de ressuscitar a CPMF, a presidente Dilma Rousseff resolveu, no sábado (29), engavetar o projeto à espera de melhor clima para reapresentá-la. Clima bom para criação de taxas e impostos nunca há. Governos só conseguem enfiar a mão mais fundo no bolso do contribuinte quando têm o comando da coalizão parlamentar que os apoiam. Em a vassalagem estando fiel, o suserano muda até a lei da gravidade. A presidente ainda tentou apoio com os governadores, acenando-lhes com uma fatia do bolo, mas mesmo diante da oferta de dividir o bônus eles não toparam fornecer trigo para o ônus. Essa conversa de recriar a CPMF para financiar a saúde era para paciente ver. Na verdade, a arrecadação teria como destino cobrir um esperado rombo de R$ 80 bilhões no orçamento de 2016, que agora vai ter que ser costurado com outro retalho: mais corte de despesas. Como não mais é possível cortar despesas na atual estrutura orgânica da União, o jeito é mudar a estrutura, que pode

Zac Retz

O ilustrador norte-americano Zac Retz é um dos mais procurados desenhistas de personagens para filmes digitais dos EUA. Grande parte dos personagens dos filmes da Disney começam com as ilustrações de Retz e depois são digitalizadas para lhes dar o volume 3D necessário para os filmes. Clique na imagem para ver algumas ilustrações de Zac.

Forbes publica e edição 2015 dos bilionários brasileiros

A sucursal da Forbes no Brasil publicou ontem a edição de 2015 da sua lista de bilionários brasileiros. A lista 2015 revela que, mesmo em tempos de crise, de 2014 para 2015 o Brasil ganhou 24 bilionários, mas na conta do grande total é preciso diminuir 11 que eram bilionários em 2014 e não são mais em 2015, portanto, o Brasil tem hoje, segundo a Forbes, 163 bilionários. A lista mostra ainda que 80 dos 150 bilionários brasileiros do ranking de 2014 tiveram seu patrimônio aumentado, mesmo com os solavancos no mercado. Mas, em compensação, 56 bilionários sofreram corrosão nas respectivas fortunas, mantendo-se na lista, inobstante. A soma do patrimônio dos 163 bilionários brasileiros da lista 2015 alcança cerca de R$ 806,66 bilhões, o que equivale a 14,66% do PIB brasileiro em 2014. O detalhe é que os vinte primeiros colocados na lista de 2015 detém, juntos, 45% do total da fortuna dos 163, ou seja, há concentração de renda até para os bilionários. Abaixo a lista dos primeiros 20 bili

Auto retrato

O cartunista Benett fazendo troça com a presidente Dilma, que declarou ter demorado para reconhecer a crise.

Dados do 1º semestre de 2015 apontam recessão econômica de 2,1% em relação a 2014

Anunciou o IBGE hoje (28), que a “ economia brasileira encolheu 1,9% no segundo trimestre, na comparação com o primeiro trimestre do ano ”. O primeiro trimestre de 2015 já apresentou declive quando comparado em igual período de 2014, o que torna correto afirmar que vivemos uma recessão. Já atravessamos período recessivo antes: no primeiro trimestre de 2009 a economia retraiu 2,2%. A inclinação negativa da ladeira nesse segundo trimestre foi prevista pelos economistas em uma media de 1,7%, portanto, guardada a margem de erro, eles acertaram, mas em prazo tão curto, e dado a situação tão óbvia, a previsão do cenário não poderia se afastar tanto do ponto. Quando a comparação com 2014 se faz considerando todo o primeiro semestre de ambos os anos (2014 e 2015), o resultado é uma retração econômica de 2,1%. Abaixo uma tabela que aponta a retração em cada setor da economia: Observa-se que o único setor que se mantém fora do vermelho no acumulado (3ª coluna) dos primeiros seis meses d

Tentativa de retornar a CPMF é mais problema que o governo causa a si mesmo

Por alguns dias achei que o governo teria, finalmente, aceitado que há uma grave crise política no país, com reflexos econômicas também graves, que precisa, de pronto, ser mitigada nas duas vertentes. Pelo visto, inobstante, foi só um soluço a constatação, pois o Planalto voltou a ser acometido de câimbra mental ao declarar a intenção de recriar a CPMF, sem sequer perguntar aos líderes do Congresso se haveria clima para, pelo menos, conversar sobre a empreitada. Em tempos de crise, como a que o Brasil vive , governos cortam gastos enxugando despesas. Criação de impostos ou taxas são medidas para serem tomadas em condições minimamente regulares de governabilidade, o que o Planalto não goza eventualmente. O valor que poderia ser arrecadado pela CPMF, que dificilmente vicejará nessa tentativa autista de semeá-la novamente, poderia ser conseguido com uma reforma administrativa séria e não com meras relocações de ministérios menores para dentro de pastas maiores, que vão manter a mesma est

Tráfico de roteiros na Globo

A corrupção não é uma prerrogativa de políticos e nem viceja apenas nos campos do erário. A sonegação de impostos, cujos valores anuais fazem dos desvios da Petrobras mero troco e as diversas faces do jeitinho brasileiro, que vai desde furar filas, passando por subornar o guarda e sustentar a indústria pirata de todo gênero, somados, ultrapassam o PIB da Argentina. Ontem, a Folha de S. Paulo, em matéria de Chico Felitti, reportou mais uma das muitas que corroboram a máxima de que ninguém vira corrupto porque se elege: já era antes e foi eleito. Diz a matéria que dentro da Globo há um mercado negro que há muito é praticado no seu maior estúdio de gravação de novelas, o famoso Projac, que é o furto e a venda de roteiros de novelas, por funcionários que trabalham na emissora. Como onde há corruptos há corruptores e para todo furto ou roubo há receptadores, quem recepta os roteiros furtados são revistas e sites afins, que pagam de R$ 1 mil a R$ 3 mil pelos papéis e os usam para confecci

Muy amigos

O ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa (esquerda) e o doleiro Alberto Youssef chegam à Câmara Federal, para acareação na CPI da Petrobras, na terça-feira, 25, quando Youssef inaugurou a delação premiada por cotas, ao afirmar que sobre o ex-minsitro Antonio Palocci há outra delação em andamento e " o Brasil saberá em breve ". Quem viver verá…

Tropeçando nos próprios pés

Em uma palestra, na terça-feira (25), para 800 empresários do setor varejista, em São Paulo, o ex-presidente FHC declarou que, apesar de “ não haver lideranças políticas capazes de criar soluções, o Brasil não está em um beco sem saída ”. Sobre o atual momento, FHC opinou que “ todos são responsáveis pela crise política que o Brasil atravessa ” e, para surpresa da audiência, já que o PSDB é o principal portador da baladeira, apontou que " a solução não é jogar pedra na presidente Dilma Rousseff ”. O ex-presidente tem alternado momentos antagônicos na labuta que o seu partido trava com o governo. Dias antes de recomendar enfiar a baladeira no bolso e as pedras no embornal, ele afirmou que a presidente Dilma “ deveria renunciar ”. A propósito, essa sugestão foi dada por Lula a FHC , em 1999, quando o ex-presidente tucano atravessava uma crise similar a essa que Dilma vive. Mas o próprio PSDB não mais se lembra disso, antes porque, como disse Nietsche, “ a maior mentira é aquela

Juízo catequético e apuração seletiva

O “extremamente grave”, mesmo, é que o ministro Gilmar Mendes usa uma métrica bêbada na sua medida, ao arrotar exação apenas nas contas de campanha da presidente Dilma Rousseff. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) declarou nas suas contas de campanha de 2014, ter recebido, pelo menos, R$ 20 milhões de seis das nove empreiteiras apanhadas na Lava Jato. São elas: Odebrecht, OAS, UTC, Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa. As mesmas empreiteiras doaram à campanha da presidente Dilma Rousseff e é esse o motivo do pedido de investigação do ministro Mendes, que deve achar que o dinheiro doado pelas indigitadas, quando foi à conta de Dilma Rousseff, lá chegava cheio de pecados, mas aquele pago à Aécio Neves passava antes pelo purgatório, de onde saia igual a Virgem Maria: sem pecado original. O juízo de Mendes, pelo visto, além de catequético, não é erga omnes, mas erga singulum.

Alberto Youssef confirma que Aécio Neves recebeu propina de Furnas

Em acareação ontem (25), na CPI da Petrobras, o doleiro Alberto Youssef, repetindo que já havia dito na sua delação premiada, disse que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) teria recebido dinheiro proveniente da corrupção em Furnas (MG). Ao ser questionado se Aécio Neves havia recebido algum repasse, Youssef foi categórico e seguro: " Eu confirmo por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador ". Abaixo o vídeo: Mas a imprensa não abre manchetes sobre o fato e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não coloca o senador Aécio Neves na sua lista de investigados. Delações premiadas têm tido valor absoluto até quando o delatado é o papa, mas nada vale se tucanos são citados.

Senado aprova, em 1º turno, reserva obrigatória de cadeiras para o sexo feminino nos parlamentos

O Senado aprovou ontem, 25, em 1º turno, uma PEC que eu sempre defendi e já foi assunto de postagem aqui: reserva legal mínima obrigatória de cadeiras para mulheres em todos os parlamentos brasileiros. A PEC, que precisa ser aprovada em 2º turno, é diferente da legislação atual (Lei 9100/95) que criou cota de candidaturas femininas, pois, em sendo promulgada, criará reserva obrigatória de cadeiras para as mulheres na Câmara dos Deputados, nas assembleias legislativas, na Câmara Legislativa do DF e nas câmaras municipais. Na primeira legislatura após a promulgação da Emenda Constitucional, a reserva será de 10% das cadeiras, na segunda legislatura a reserva será de 12% e da terceira em diante será de 16%. Se a emenda for aprovada e promulgada até o final de setembro, já terá validade para a composição das câmaras de vereadores em 2016. Um município cuja Câmara Municipal tem 13 vereadores, obrigatoriamente deverá ser preenchida com, no mínimo, uma mulher. A PEC não ousa o suficiente , p

Presidencialismo de coalizão, parlamentarismo, legalidade e legitimidade

O termo cunhado pelo cientista político Sérgio Abranches, para denominar a forma como o presidente da República consegue, e mantém, maioria parlamentar, o “presidencialismo de coalizão”, faz água no Brasil, pois o ministério montado pela presidente Dilma não reflete o correspondente apoio no Congresso Nacional. A forma que o Brasil desenvolveu e vê corroída estruturalmente é típica do parlamentarismo, mas ali a coalização se dá sobre o conteúdo programático dos partidos e garantia da base parlamentar que, inapelavelmente, vota sob a orientação partidária. Aqui a coalizão se estriba em interesses grupais, sob partidos internamente distendidos e sem comando programático. No parlamentarismo, quando se instala uma incontornável crise de confiança na política do primeiro-ministro, ele próprio, para resolver o impasse, pode propor a dissolução do Parlamento e convocar novas eleições, ou qualquer partido pode propor o voto de desconfiança que, caso aprovado, derruba o primeiro-ministro e

Magra ou saudável?

A modelo brasileira Carol Trentine clicada por Jairo Goldflus. Os troladores de plantão disseram que ela está magra demais. Ela retruca que está saudável. Como acho toda mulher bonita, por mais feia que outros possam achar, não sou a pessoa certa para opinar e vou pedir a opinião do Dunga: E aí, Dunga, A Carol está muito magra ou está ao ponto? (Esse “ao ponto” me soou machista…)

Vice-presidente Temer deixa a articulação política do governo

Em reunião ontem à noite (24) o vice-presidente Michel Temer (PMDB) comunicou à presidente Dilma que deixava a articulação política do governo, mas continuaria a ajudar o Planalto na macro política. Entenda-se “continuaria a ajudar o Planalto na macro política” como nada. Embora isso não signifique rompimento, Michel Temer selou ontem o seu afastamento do governo, pois diante do crescimento da sua estatura na crise, o núcleo palaciano, em um péssimo erro de avaliação eventual, já conspirava para isolá-lo. Ontem, aliás, o governo cometeu outro erro de forma, ao anunciar que “cortará 10 dos 39 ministérios ate o final de setembro”. Essas coisas não se anunciam: fazem-se rápido. Uma notícia que poderia ser uma agenda positivo para o Planalto, comunicada de forma vaga e sem data definida, dá tutano ao estresse da base que, naturalmente, começa a se engalfinhar em busca de realinhamento espacial. Voltando a Temer , o pomo da discórdia iniciou há duas semanas, quando ele cometeu o ato

Operação Madeira Limpa desbarata quadrilha que operava madeira suja

Eu tenho dito que se alguém quiser continuar praticando atos de corrupção, afinal o juízo de cada um é o mestre de cada qual, deve imediatamente mudar os métodos e inventar algo novo, pois os métodos usuais estão esgotados. Mas há pessoas tão temerárias que, diante de tudo o que ocorre, continuam a tocar a banda do seu jeito, achando que ela vai passar ao largo. A operação “Madeira Limpa” é mais uma das inúmeras que dão substância ao que digo. Deflagrada pela PF, na manhã de hoje (24), visando “ desmontar quadrilha de comércio ilegal de madeira ”, a operação cumpre 22 mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária, 41 mandados de busca e apreensão, além de 10 mandados de condução coercitiva, no Pará, Amazonas e Santa Catarina, demonstrando que o esquema era interestadual. No Pará, a PF cumpre mandados de prisão contra servidores públicos federais do Incra, Ibama, Semas e Sefa. Foram presos o superintendente do Incra em em Santarém, Luiz Bacelar Guerreiro Júnior e do Instituto

Sem IPVA

Fiquei com inveja: da BMW e da isenção de IPVA.

Presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, sai em defesa da presidente Dilma Rousseff

O engenheiro e mestre em Ciências da Engenharia pela Universidade de Stanford, Roberto Setubal, 60 anos, é presidente do Itaú Unibanco, a maior instituição bancária privada do Brasil e do comitê consultivo da Febraban, além de copresidente do Fórum Econômico Mundial 2015. Voz influente no empresariado brasileiro, Setubal poderia fazer o coro anti-Dilma pelo tratamento que sua família recebeu do PT na campanha de 2014, por sua irmã, Maria Alice Setubal, ter apoiado Marina Silva (PSB), mas declara-se contra o impeachment, por não enxergar “ até agora ”, nenhuma ligação direta da presidente com a corrupção na Petrobras. Setubal faz coro com o editorial do último 17.08, do New York Times, que, apesar de reconhecer a gravidade da crise, também reconhece que, nos casos de corrupção, a presidente zela pela consolidação democrática ao " permitir investigações totais sobre o tema ." Sobre a propaladas “pedaladas fiscais”, outro tema usado para acossar a presidente porta afora, Set

Para voar tem que ser belo

O industrial francês Marcel Dassault, criador dos famosos caças Mirage, dizia que “ para um avião voar bem precisa ser b onito“. É verdade. A aerodinâmica, quanto mais perfeita, mais bela nos parece. Mas alguns projetistas aeronáuticos desprezaram a aerodinâmica em nome de funcionalidades eventuais e, quem sabe por isso, seus projetos não vingaram. Clique na imagem para ver nove projetos de aeronaves que foram efetivamente construídas, mas não conseguiram mercado, talvez por terem um péssimo design.

Nadando no céu

O Ballymore Group concluiu o projeto de um peculiar condomínio de apartamentos de Londres, o Embassy Gardens. O condomínio, de classe média alta, não teria maiores diferenciações dos demais da categoria na City não fosse uma particularidade que o torna exclusivo: ligando o topo das duas torres de 10 andares cada, há uma piscina transparente, como um dos equipamentos de lazer. Sean Mulryan, o CEO do Ballymore Group declarou, no lançamento da obra, que a piscina no céu “ resultou de um desejo de testar os limites da capacidade de construção e engenharia, fazendo algo jamais feito antes ”. A piscina terá 10 metros de comprimento, 4 de largura, 3 metros de profundidade nas extremidades apoiadas nas torres e 1,2 metros de profundidade no vão livre. A sua estrutura será toda em vidro de 20 centímetros de espessura, fundido a laser. As obras começarão, britanicamente, em setembro de 2015. Se você estiver interessado em adquirir um apartamento, o preço parte de £602 mil, o equivalente a R$

A propina bêbada

A Polícia Federal entregou ontem (20) ao STF relatório atestando que os deputados federais Luis Fernando Farias (PP-MG) e José Otávio Germano (PP-RS) pagaram propina de R$ 200 mil ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, para que a Fidens Engenharia pudesse renovar o certificado que lhe permitia se inscrever nas licitações da Petrobras. O fato, por suposto, ocorreu em 2010 e as investigações contra os dois deputados, com autorização do STF, foram feitas a partir da delação premiada de Paulo Roberto Costa, que confessou ter recebido a quantia das mãos de ambos, no Hotel Fasano, no Rio de Janeiro. Até aí nenhuma novidade no modus operandi das propinas desveladas pela Lava Jato, mas a forma de pagamento desses específicos R$ 200 mil é que foi peculiar: Paulo Roberto Costa confessou que recebeu a quantia, em espécie, “ dentro de uma garrafa de cachaça ”. Cá com os meus botões, já imaginei todas as formas de colocar R$ 200 mil dentro de uma garrafa de cachaça

Psicose com causa

A volta do anzol

Em contraponto aos protestos de domingo (16) que pediram a renúncia ou o impeachment da presidente Dilma, saíram ontem (20) às ruas manifestações, planejadas pelo PT, em 25 estados e no Distrito Federal, que contaram com a participação da União Nacional dos Estudantes (UNE), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Os números, como nas manifestações de domingo, são desencontrados, e vão desde 300 mil pelos cálculos dos organizadores e 170 mil pelos cálculos das policiais militares. Tanto um quanto outro número não superam os respectivos contabilizados no domingo (16), o que sugere precipitação na mobilização em pleno meio de semana.  As entidades, apesar da unanimidade na defesa da permanência da presidente Dilma no governo, saíram divididas em várias capitais, por não concordarem em ter como único ponto a discordância do impeachment e várias manifestações tinham como ponto central críticas ao ajuste fiscal e palavras de ordem contra o pres

Cunha e Collor são denunciados pelo MPF ao Supremo Tribunal Federal

Foram protocoladas às 13h desta quinta-feira (20), no STF, as denúncias contra o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara Federal, e o senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL). Nas denúncias, oferecidas pelo procurador-geral geral da República, Rodrigo Janot, Cunha e Collor são acusados de “ recebimento de propinas referente a contratos da Petrobras investigados pela Operação Lava Jato ”. Pesa contra Cunha a delação premiada de Julio Camargo, da Toyo Setal, que afirmou lhe ter entregue US$ 5 milhões para facilitar a contratação de navios-plataforma da Petrobras pela sul-coreana Samsung Heavy Industries. Collor, por sua vez, teria recebido R$ 26 milhões em propinas entre 2010 e 2014, para favorecer contratos com a BR Distribuidora. Embora o procurador-geral da República , Rodrigo Janot, tenha pedido ao STF a investigação de 22 deputados federais, 12 senadores, 12 ex-deputados e uma ex-governadora, e sejam esperadas mais denúncias saídas da sua lista , o fato de

Coxinhas x Mandiocas

Laerte Bessa: o esclerosado Cesare Lombroso do século 22

O deputado federal Laerte Bessa (PR-DF) é o relator do projeto de redução da maioridade penal na Câmara Federal. A entrevista foi dada ao The Guardian , para compor uma reportagem sobre o tema no Brasil. Diante da repercussão negativa da distopia por ele imaginada, Bessa emitiu uma nota declarando que a frase foi “ mal colocada ”. O presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil, o bispo anglicano de São Paulo dom Flávio Irala, reagiu: “Isso é lamentável. Cabe a todas as pessoas de boa vontade buscar superar essas situações, trabalhar para construir uma sociedade justa e não pensar no que a genética pode conquistar para matar crianças no ventre das mães.”. Lygia da Veiga Pereira, professora titular de genética da Universidade de São Paulo, advertiu: “A gente tem de tomar cuidado em como interpretar o que está no genoma. A maioria das características é complexa. Os comportamentos têm influência do ambiente em enorme escala. DNA não é uma bola de cristal. A ideia de

Pra inglês ver

Enquanto parte das escolas estaduais do Pará não conseguem cumprir o quadro curricular e amargam aulas em prédios cujas condições estão abaixo do corte entre a precariedade e a indigência, a Secretaria de Educação do Estado contrata, por R$ 180 milhões , a empresa BR7 Editoria e Ensino Ltda. para ministrar aulas de inglês em carretas. Não quero aqui tratar da legalidade e oportunidade do ato, pois essas facilidades com o erário, apesar de tudo que vemos, ainda são um temerário procedimento padrão. Podem crer que o lucro da empresa, a cada nota faturada e liquidada, aproxima-se dos 50%. O que assevero é o aproveitamento pedagógico da empreitada que gira próximo do zero e qualquer estagiário na área educacional é capaz de ratificar isso, o que nos permite concluir que quem contrata tal temeridade adora ver dinheiro ser atirado no ventilador. O pior é que os alunos não juntarão um real sequer do que o vento das palhetas jogar de volta ao chão, pois há indivíduos mais céleres para peg

Um hotel no Palácio de Versalhes

A 16 Km de Paris está o Palácio de Versalhes, uma das joias da arquitetura monárquica europeia, residência das cortes de Luís XIV a Luís XVI e hoje uma das atrações turísticas mais visitadas do mundo. Nesses tempos de crise, a República francesa, proprietária do palácio, resolveu aumentar a renda e vai conceder três dos prédios de Versalhes para fazer um hotel de luxo, de cujas suítes os hóspedes poderão contemplar os belos jardins do palácio. Os prédios a serem arrendados são os edifícios onde morava a vassalagem, que seguem a mesma linha arquitetônica de todo o complexo, obrigando o governo a lhes dar manutenção, o que a cada ano custa mais. Segundo o semanário francês Journal du Dimanche , a administração de Versalhes já abriu o chamado e se você estiver interessado corra, pois o recebimento das propostas irá até 14 de setembro. A proposta não deverá ser menor que US$ 7,7 milhões e quem vencer deverá despender umas 10 vezes isso para adaptar os três prédios. O prazo de conc

As verdades que vêm do Norte

O maior jornal dos EUA e um dos mais lidos do mundo, o “The New York Times”, publicou editorial na segunda-feira (17), intitulado “ Brazil’s Rising Turbulence ”, “A Crescente Turbulência Brasileira”, em tradução livre, opinando que “ o impeachment da presidente Dilma Rousseff provocaria sérios danos à democracia brasileira, que vem se fortalecendo notavelmente nos últimos trinta anos, uma vez que não existem provas concretas de que Dilma cometeu irregularidades em seu governo .”. O jornal reconheceu o estrago que vem fazendo o escancaramento do “ esquema de corrupção massivo ” na Petrobras, mas ao contrário do que a imprensa nacional e a oposição não querem enxergar, elogiou a atitude da presidente que “ em vez de restringir as investigações que desafiam a sua gestão, indicou Rodrigo Janot, à frente das investigações da Operação Lava-Jato, para se manter no cargo de procurador-geral da República ”. A linha do editorial foi toda na base de uma no cravo e outra na ferradura, mas as mar

Pacto pela educação

Sem aulas regulares, desde o início do ano letivo de 2015, nas matérias Biologia e Sociologia e, em pleno agosto, sem o início das aulas do segundo semestre, pais e alunos da Escola Estadual Maria Luiza Costa, no Bengui, na iminência de perderem o ano letivo, protestam contra a precariedade da escola na capital do Estado. Imaginem o que acontece pelo interior… 

Briga de foice no escuro

Na batida das panelas

O escritor e articulista da Folha de S. Paulo, Antonio Prata, publicou, no domingo que passou, 16, um dos mais ilustrativos artigos do transtorno bipolar do brasileiro, que quando o assunto é política comporta-se na tradução daquele samba-bolero do Lupicínio, “Esse Moços”, que “ deixam o céu por ser escuro e vão ao inferno à procura de luz ”. São impagáveis e pertinentes as observações de Prata: Para ler todo o artigo, clique aqui .

Todo o poder à Globo

No último dia 5 de agosto, o vice-presidente do Grupo Globo, João Roberto Marinho, foi ao Senado para uma sessão solene em homenagem aos 50 anos da TV Globo. Essas homenagens só existem por aqui. Eu não tenho notícia que o Parlamento inglês se tenha reunido em sessão solene para homenagear o “ The Times ”, o maior jornal da Inglaterra, ou que o Congresso dos EUA tenha votado salamaleques ao “ The New York Times ”, o maior dos EUA, mas isso é outra história. João Roberto Marinho aproveitou para falar com três ministros do governo Dilma Rousseff: o da Casa Civil, Aloizio Mercadante, o chefe da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, e o ministro do Turismo, Henrique Alves, dono da afiliada da TV Globo no Rio Grande do Norte. No Senado, Marinho reuniu-se com o presidente Renan Calheiros, e com os líderes partidários do governo e da oposição. De lá foi ao Jaburú, ter com o vice-presidente Michel Temer, de onde saiu para tomar um café com o presidente do PSDB, senador Aécio Neves.

Restaurantes

Houve um tempo em que a maioria dos restaurantes finos de Nova York pertenciam à máfia, pois, dizem, era uma das formas mais eficazes de lavagem de dinheiro. Mas isso é coisa do passado, pois, hoje em dia, os clientes pagam com cartão de crédito…

Aquelas ondas

Os organizadores declararam 2 milhões. Os calculistas do governo retrucaram que não foram mais de 400 mil. Segundo os cálculos das polícias militares, as manifestações de ontem (16) levaram aproximadamente 795 mil pessoas às ruas, em pelo menos 59 cidades em todos os Estados brasileiros e o Distrito Federal. De 400 mil a 2 milhões, continuam as manifestações providas de legitimidade e pertinência, tenham sido elas organizadas por coxinhas, croquetes ou empadas, e tradutoras do mau humor da população com o governo. Os manifestos, de difusos que eram , concentram-se agora no governo: a regra da grita foi contra Dilma, Lula e o PT, ou seja, o triunvirato perdeu empatia popular no quadro político eventual. Inculcou-se que a corrupção investigada pela Lava Jato - embora tenha sido uma novela de diversos atores - foi produzida e dirigida pelo PT, que usou as engrenagens da República para financiar a sua permanência no poder e prover outras siglas no seu perímetro de vassalagem. Reconhe

Janette Rose

A artista morte-americana, Janette Rose , define-se como uma mãe e esposa que gosta de arte. Quando se casou, abandonou um bacharelado em medicina nuclear para morar no Michigan com o esposo e logo começou a se dedicar à pintura, hobby que acabou por lhe gerar renda. As pinturas de Rose são ótimas, mas o que me chamou atenção foi um dos peculiares elementos usados como “tela”: folhas secas caídas das árvores da sua vizinhança. Clique na imagem para ver as pinturas em folha de Janette.

Água oxigenada

A imprensa lavrou manchetes garrafais, no final da tarde de hoje (14), que havia tido acesso a um grampo telefônico, autorizado pela Justiça Federal, no qual conversavam o executivo da Odebrecht Alexandrino de Salles Alencar e o ex-presidente Lula. O Estadão estampou: “Grampo da PF mostra telefonema de Lula para executivo da Odebrecht” Alexandrino foi preso na Operação Erga Omnes , juntamente com o presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht. As manchetes supõem que o grampo revela uma bomba e todos correm para ler a transcrição. Mas a decepção é enorme ao final da leitura, ao constatarem que a conversa se limita a Alexandrino elogiar a performance do chefe dele, Marcelo Odebrecht, no seminário promovido pelo Valor Econômico, intitulado “ Uma agenda para Dinamizar a Exportação de Serviços ”, e Lula resmungar “ aham ”, ou seja, pura água oxigenada: só espuma. Abaixo a transcrição: As matérias parecem aqueles filmes nos quais o trailer é melhor. No caso, a manchete é melhor.

A evolução dos trajes de banho

Trajes de banho em 1920: Em 1930: E hoje: