Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

A face fascista da crise

A frase foi proferida no último domingo (28), quando Marieta respondeu a uma pergunta, no programa do Faustão, sobre o que ela achava de o Brasil ser o “ país onde a única coisa organizada era o crime e que somos o país da desesperança ”. Logo após a entrevista, a atriz começou a ser vilipendiada nos seus perfis nas redes sociais, como se ela fosse a mais odiosa agente política do governo de Dilma Rousseff. O mesmo ocorreu com o apresentador e humorista Jô Soares, que “ousou” entrevistar a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto, que chegou a ser admoestado a “morrer”, em uma pichação no asfalto em frente ao seu prédio residencial. Esse radicalismo autoritário, que não aceita o contraditório, fez certo pasto na Europa, principalmente na Itália, no início do século XX. O fascismo e os seus seguidores promoviam uma vigilância cerrada, que visava patrulhar tudo que pensasse diferente dos seus ideais. Benito Mussolini , o mais tresloucado dos insanos, que se auto intitulou

Fazendo as malas

Tanto o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, presidente Nacional do PSD, quanto o deputado federal Eder Mauro, candidatíssimo a prefeito de Belém, que recebeu hoje (30) a presidência do PSD de Belém das mãos de Kassab, devem estar muito preocupados com isso.

O jantar, a Blair House e Boris Yeltsen

Bruschetta de berinjela e salada caprese foi a entrada; cordeiro grelhado com ervas, cuscuz de couve-flor e salada de espinafre foi o prato principal; bolo de banana e coco com sorvete de café foi a sobremesa. Salvo o cordeiro grelhado, não me fez inveja o cardápio oferecido pelos EUA à presidente Dilma e comitiva, ontem (29), britanicamente às 18h, no Blue Room da Casa Branca. Da comitiva brasileira, estavam à mesa o ministro da Defesa, Jaques Wagner, das Relações Exteriores, Mauro Vieira, da Fazenda Joaquim Levy, do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do Planejamento, Nelson Barbosa e da Agricultura, Katia Abreu. O presidente dos EUA têm um staff de apenas 15 secretários de Estado, cargos que equivalem aos ministros brasileiros, que aliás são: 1 . Secretário de Agricultura; 2 . Secretário da Defesa; 3 . Secretário de Energia; 4 . Secretário da Segurança Interna; 5 . Secretário do Interior; 6 . Secretário do Trabalho; 7 . Secretário de Transportes; 8 . Secretário dos Ex-combatentes

Hypokrites Ramphastidae

As aspas foram proferidas pelo senador Neves quando lhe foi perguntado sobre a inclusão do nome do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), que foi o seu candidato a vice na chapa que disputou a presidência da República em 2014, na delação premiada do presidente da UTC, Ricardo Pessoa, como tendo recebido R$ 300 mil “por dentro” e mais R$ 200 mil “por fora”, como contribuição de campanha. Para o tucano doação proveniente de tunga na Petrobras, quando doada “por dentro”, é legítima apenas quando se faz à conta do PSDB: se for para o PT é produto de corrupção, mesmo declarado. Mas ele não deu palavra sobre os R$ 200 mil “por fora” que Ricardo Pessoa afirmou ter entregue ao seu candidato a vice. Deve ser porque os “por fora” só têm credibilidade quando a delação é contra o PT et caterva . Ainda, claro, a doação feita pela UTC à campanha de Aécio Neves, no valor de R$ 8,7 milhões, não teve a mesma origem daquela feita à campanha de Dilma Rousseff, R$ 7,5 milhões (o Aécio é mais simpático e por

Paradoxo gastronômico

Em editorial, o Washington Post critica Dilma, que chega amanhã à Washington

A chegada da presidente Dilma Rousseff à capital dos EUA amanhã (30), foi saudada com um editorial de um dos principais jornais do país, o “ The Washington Post ”, na sua edição de ontem (28). A saudação, todavia, não faz salamaleques, mas duras críticas, começando pelo título do editorial: “ A setback in Brazil ”, no vernáculo, “Um retrocesso no Brasil”. O Post observa que “ há apenas dois anos ” o Brasil parecia se livrar da fama de ser “ o país do futuro ” e apresentava-se com viabilidade econômica segura, a ponto de ousar sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Mas a um ano das Olimpíadas “ a bolha parece ter explodido ” e o grande desafio da presidente passa a ser “ sobreviver no Planalto e tentar governar por mais três anos e meio ”. Qualifica o caso Petrobras como “ o maior escândalo de corrupção da história do país, com dezenas de empresários e mais de 50 integrantes do Congresso implicados em propinas que vão a US$ 2 bilhões ”. O Post aponta a mudança de rumo

Peter, Paul and Mary - Blowin’ in the Wind

De vez em quando uma lufada de bom gosto passa pelo rádio. Imaginem que eu ouvi hoje, voltando para casa, “ Peter, Paul and Mary ” cantando Blowin’ in the wind , e corri para fazer essa postagem. No início da década de 60, o empresário musical Albert Grossman juntou três cantores, criou o trio de folks , “ Peter, Paul and Mary ” e os apresentou no “ The Bitter End ”, um popular café do Greenwich Village, em Nova York. O trio fez sucesso e o seu primeiro álbum ficou no Top Ten da Billboard por dez meses. Doravante veio a fama: um Grammy, discos de Ouro, até que, em 1999, entraram para o panteão norte-americano dos artistas vocais, o Vocal Group Hall of Fame . Na icônica “Marcha sobre Washington”, em 1963, quando Martin Luther King fez o pronunciamento mais significativo da sua cruzada pelas liberdades civis, que ficou conhecido como “ I have a dream ” (Eu tenho um sonho), o trio se apresentou antes de Luther King, o que os marcou como artistas engajados, ao lado de Joan Baez e Bob

Alexander Yakovlev

O fotógrafo russo Alexander Yakovlev especializou-se em fotografar dançarinas em movimento. As fotografias, de Yakovlev já ganharam diversos prêmios e seu studio, em Moscou, é um dos mais requisitados na espécie. Clique na imagem para ver algumas das belas fotografias de Yakovlev:

Brasil: quantia movimentada na informalidade + sonegação + corrupção = PIB da Bélgica

Segundo o relatório divulgado ontem (25) pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO) e pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), o mercado informal brasileiro movimentou R$ 826 bilhões em 2014, o que equivale a 16,1% do Produto Interno Bruto nacional. Em se somando a informalidade com a sonegação praticada pelas empresas legalmente constituídas, que segundo o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional, foi de aproximadamente R$ 500 bilhões, teremos R$ 1,3 trilhão, ou 25,3% do PIB, idos pelo ralo em 2014. Ainda não acabou. Some-se a isso R$ 200 bilhões, que foi, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o montante aproximado da corrupção no Brasil em 2012, e a conta sobe para R$ 1,5 trilhão, o que é 29,1% do PIB. Se a informalidade, a sonegação e a corrupção brasileiras fossem um país esse seria o 24º país mais rico do mundo, com PIB igual ao da Bélgica. Temos jeito? Claro que temos. Como eu sempre digo, em

Não tente fazer isso em casa

As pedaladas do governador Aécio Neves, sem manchetes

Em letras miúdas, a imprensa anunciou ontem (25), que o Ministério Público Federal (MPF) “ ingressou com ação civil pública contra o Estado de Minas Gerais por descumprimento da Emenda Constitucional 29/2000 ”, que obriga os estados a aplicar, no mínimo, 12% do orçamento anual em ações e serviços de saúde. Diz o MPF que o governo de Minas Gerais, por 10 anos (2003 a 2012), não observou a obrigação constitucional, " em total e absurda indiferença ao Estado de Direito ", e para que o percentual mínimo fosse alcançado formalmente, “ efetuou manobras contábeis para aparentar o cumprimento da EC 29 ”, ou seja, por dez anos o governador de Minas Gerais andou de bicicletas. O MPF fez as contas e apontou que as pedaladas na saúde de Minas chegaram a R$ 9,6 bilhões, que atualizados para 2015 equivalem a R$ 14,2 bilhões, ou seja, a tunga tucana na saúde de Minas Gerais foi de R$ 1,42 bilhão por ano. O procurador da República que assina a ação opina que o “ desfalque ” revela-se hoje

Trocando as bolas

O Portal do “Estado de S. Paulo” traz hoje um interessante artigo do sociólogo e analista político alemão, atualmente  residente no México, Heinz Dieterich, sobre a atual situação da Venezuela. O artigo está mal traduzido, por sinal, o que arrisca um leitura medianamente ineficiente. Mas não é exatamente sobre o artigo de Herr Dieterich que eu quero falar e sim da imagem abaixo, que o ilustra: A chamada da ilustração induz o leitor a enxergar na fotografia uma tomada da capital da Venezuela, Caracas, mas a única coisa da Venezuela na imagem é a bandeira. A fotografia, na verdade é da capital de Cuba, Havana. Quem conhece a hospitaleira cidade, como eu, imediatamente identificará, em primeiro plano, o Hotel Nacional de Cuba, no alto da colina de Taganana, no Malecón. O largo prédio por detrás do Hotel Nacional de Cuba é o Edifício Focsa, onde funciona hoje um hotel e lojas comerciais. Abaixo, uma fotografia mais aberta dessa área de Havana, onde se veem os dois edifícios da fot

Por que a nota zero?

Discordo totalmente da nota dada ao aluno, apesar do “parabéns pela criatividade”, pois o que está no papel, também é um resumo de 10 linhas sobre a Segunda Guerra Mundial. Eu sempre digo que para perguntas vagas e idiotas a melhor resposta é a irreverência criativa.

Juiz decreta a prisão de 05 vereadores de Itupiranga-PA

O tempo fechou ontem (23) para cinco dos treze vereadores da Câmara Municipal de Itupiranga, no sudeste do Pará. O juiz substituto da Comarca, Cristiano Magalhães Gomes, a pedido do Ministério Público, decretou a prisão dos vereadores Derimar da Silva (PPS), Jhonnatan Baima (PSC), Nilton Araújo (PPS), Raimundo Costa (PT) e Isaias Pereira Alves (PMDB). Também foram decretadas as prisões do ex-vereador Jailton da Silva (PSB), que renunciou ao mandato maio de 2014 e, por não ter sido encontrado na cidade foi declarado foragido, e do advogado Antônio Quaresma. O motivo da prisão foi a comprovação de que os vereadores tentavam obstruir a Justiça através de coação de testemunha, em um processo no qual são réus, desde 2013, acusados pelo MPE por formação de quadrilha e fraudes em empréstimos junto ao Banpará. O advogado Antônio Quaresma, que recebeu o benefício da prisão domiciliar, foi acusado de produzir provas falsas no processo. O MPE narra na peça acusatória que os referidos veread

PF intercepta bilhete do presidente da Odebrecht contendo suposta instrução para destruir provas

O presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, preso desde 19.06.2015 na carceragem da PF de Curitiba (PR), foi flagrado ao enviar um bilhete à empresa ordenando destruição de provas. A PF tem a prerrogativa de abrir a correspondência dos seus custodiados para verificar se a comunicação coloca em risco a produção de provas ou o andamento do procedimento. No bilhete, Marcelo Odebrecht, além de outras orientações, escreveu “ destruir e-mail sondas ”. Segundo a PF, o termo se deve referir a e-mails trocados entre funcionários da Odebrecht, que versavam sobre superfaturar um contrato de afretamento e operação de sondas com a Petrobras, que constitui uma das evidências para o indiciamento de Marcelo Odebrecht. Abaixo o bilhete (parece que ele é médico). A parte referida está contornada: A prisão deixa qualquer um atarantado , mas Marcelo deve ter perdido o tento, pois não é possível que o presidente da maior empreiteira do Brasil e um dos maiores grupos empresariais do mundo, cujo faturam

O mago do skate

Não acredite, de pronto, em tudo o que você lê nos jornais

Com raras exceções, toda a imprensa nacional abriu manchetes ontem (23) à tarde anunciando em letras similares: “ Dona da rede Magazine Luiza assume Conselho Público Olímpico ”. As manchetes se referiam a Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues, presidente da nona rede de varejo do Brasil, o Grupo Magazine Luiza. O erro que a imprensa sempre comete ao chamar Luiza Trajano de “ dona do Magazine Luiza ” é imperdoável para veículos como O Globo, Folha de S. Paulo, Estado de S. Paulo e outros do mesmo naipe, pois induz o leitor a erro. Se em tal “banalidade” a imprensa veicula notícia errada, imagine-se no que mais suas letras enganam o leitor desavisado e crédulo em tudo que sai nos jornais. Luiza Trajano não é dona do Magazine Luiza. Sequer o nome da loja veio do seu próprio nome e sim do da sua tia, Luiza Trajano Donato que, juntamente com o esposo, Pelegrino José Donato, comprou, em 1957, em Franca (SP), uma loja chamada “A Cristaleira”, cujo nome foi mudado para “Magazine Luiza”, em ho

O debate sobre a redução da maioridade penal no Brasil

O debate sobre a diminuição da maioridade penal no Brasil reduziu-se à passionalidade coloquial, ao empirismo comparativo e às pesquisas de opinião. Sem sistematizar seu estoque científico, o Brasil trata os seus problemas - e a criminalidade juvenil é um enorme problema – de forma tópica, inferindo causas, modelos, efeitos e consequências de forma irresoluta. A bancada da bala, que devido à insegurança das ruas tem coro nelas, debate a questão com um termo aditivo: ao argumento “ bandido bom é bandido morto ” adaptou a frase para “ menor bandido bom é menor bandido morto ”. É a institucionalização do bang-bang . Há aqueles cujo argumento é a comparação do Brasil com países outros, mas regra geral os dados que trazem são equivocados e desprovidos do contexto em que a legislação é aplicada a nível local. Já ouvi que “ na Inglaterra a maioridade penal é aos 7 anos ” o que está errado. Na Inglaterra, a responsabilidade penal juvenil começa aos 10 anos e progride, na proporção da gr

Vereador que apresentou projeto para reduzir salário recebeu o seu integralmente

O projeto não logrou êxito: imaginem se alguém quer reduzir o próprio salário… O vereador em questão é Cleber Rabelo (PSTU). No seu portal , o PSTU, escreveu que “ a forma como a votação foi encaminhada e os argumentos utilizados revelaram toda a hipocrisia que está presente no parlamento ”. O vereador, doravante, para continuar a sua cruzada, deveria tomar a parte que desejava reduzir do próprio salário e depositar à conta do erário, fazendo assim valer para ele o que os demais não quiseram recepcionar. Mas, como escreveu o seu próprio partido, a hipocrisia fez morada no parlamento.

Lula, o PT, Chico Buarque, o PSDB, Otto von Bismarck, nós…

A tradução da fala de Lula foi a dura constatação, por ele mesmo, de que o PT associou-se ao sistema que combateu um dia. O nosso sistema político-eleitoral consolidou aquela “roda-viva” que cantou o Chico: “A gente vai contra a corrente Até não poder resistir Na volta do barco é que sente O quanto deixou de cumprir Faz tempo que a gente cultiva A mais linda roseira que há Mas eis que chega a roda-viva E carrega a roseira pra lá” E enquanto essa roda-viva houver não haverá roseira que dure, pois ela tanto encanta que inebria, e quem ébrio fica o senso perde. A forma como o PT chegou ao governo foi revolucionária. Não a revolução da força, mas a do ideal, feita pelo voto. Lula está certo ao opinar que o PT perdeu a utopia. Na verdade, toda a classe política, se um dia a teve, depositou-a em uma poupança com prazo ad aeternum e perdeu o número da conta e a senha para resgatá-la. O ex-presidente FHC , em um daqueles momentos no quais o vulgo, achando que á fácil tomar decisões

JBS compra a inglesa Moy Park por R$ R$ 5,31 bilhões e se estabelece na Europa

Como o Brasil, destarte a eventual virose, é uma das dez maiores economias do mundo, ou as empresas nacionais, à exemplo das corporações transnacionais, buscam escala ou serão engolidas por quem sair na frente. Foi essa a lógica da trinca Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, que se acabaram tornando, com a AB InBev, nos controladores de 20,2% do mercado mundial de cervejas. Depois deles, outra corporação é dona de 9,5% do mercado de cervejas: a britânica SAB-MILLER. E é essa a lógica de Wesley Batista, CEO da brasileira JBS, que já é uma maiores indústrias de alimento do mundo. Quem para de crescer perde escala , é o mantra das corporações, e por isso a JBS anunciou ontem (21) a compra de toda a unidade Moy Park do grupo Marfrig Global Foods , a britânica que é uma das líderes em produção de carne na Europa. No fato relevante publicado ontem, a JBS declara que pagará à vista, pela Moy Park , US$ 1,19 bilhão (R$ 3,81 bilhões) e assumirá a totalidade da

Pontos de vista

Folha antecipa eleição presidencial em três anos para alentar Aécio Neves dentro do PSDB

A três anos para a eleição presidencial de 2018, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, deslancha uma escancarada corrida interna para ser o indicado dos tucanos para disputar a presidência. José Serra, mais discreto, corre por fora, mas já avisou que está no páreo, enquanto o senador Aécio Neves resmunga que a disputa é extemporânea e, em se acirrando, serve para tirar o foco que interessa à oposição, que é o desgaste do governo. No meio da liça, para dar alento ao senador Aécio Neves, a “Folha de S. Paulo” publicou, na sua edição de ontem (21) uma pesquisa eleitoral que coloca o ex-candidato tucano em primeiro lugar, na frente do ex-presidente Lula, que costumava ser imbatível nessas simulações. A Folha deixou o senador José Serra de fora dos dois cenários pesquisados, o que quer dizer que ele precisa urgentemente fazer uma visita aos irmãos Frias. > No cenário 1 o senador Aécio Neves seria o candidato do PSDB: > No cenário 2 o governador Geraldo Alckmin seria o ca

Il buono, il brutto, il cattivo

O ukulele, uma espécie de pequeno violão de quatro cordas de tripas, originou-se no arquipélago da Madeira, com o nome de rajão, no século XIX, e foi levado para o Havaí, por emigrantes que foram trabalhar no cultivo da cana-de-açúcar, onde se popularizou. Em 1985, um grupo de músicos aficionados pelo instrumento fundou a Ukelele Orchestra of Great Britain , adaptando vários temas musicais para as quatro cordas e o curto braço do instrumento. Uma das adaptações que fez sucesso foi a do tema musical, composto por Ennio Morricone, para o clássico do spaghetti western , como eram chamados os filmes italianos que retratavam o western norte-americano, dirigido por Sergio Leone, " Il buono, il brutto, il cattivo ", que no Brasil se chamou "Três Homens em Conflito". Abaixo a formidável apresentação:

Levar Lula ao banco dos réus é o sonho de consumo de Sérgio Moro

Os insiders da política nacional apostam que a apoteose desejada pelo juiz Sérgio Moro é colocar o ex-presidente Lula no banco dos réus. Desde a primeira delação do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do ex-gerente Pedro Barusco, ambos afirmaram que tanto a Odebrecht quanto a Andrade Gutierrez eram parte do clube, mas Moro mantinha os capi das empresas fora das celas. Nesse ínterim, pressionava a PF para reunir evidências que pudessem levar ao cárcere, juntamente com os capi da Odebrecht e da Gutierrez,  o ex-presidente Lula. Por isso a postergação, por mais de três meses, da ordem de prisão preventiva de ambos. Tudo o que a PF conseguiu colher foi o suposto patrocínio da Odebrecht às viagens que o ex-presidente fez, na companhia do diretor de Relações Internacionais da empresa, Alexandrino Alencar, à Cuba, República Dominicana e Estados Unidos, em janeiro de 2013. Para Moro colocar algemas nos pulsos de alguém o único pré-requisito é esse alguém ter pulsos, mas como

Tempos de claque

Eu aprendi, e pensava que era o certo, que os tribunais de contas julgavam as contas de forma absolutamente técnica e analítica, pois seria essa a natureza jurídico-institucional da Corte, cabendo ao Poder Legislativo o parecer político sobre a matéria julgada. Mas já que está solapada a Carta e embaralhadas as atribuições, como ainda tenho uma conta a ser julgada no TCU, vou providenciar uma “sociedade” para pressionar os senhores ministros a aprovarem.

Lava Jato: presos os presidentes da Odebrecht e da Andrade Gutierrez

Em mais um capítulo da Lava Jato, desta vez intitulado " Erga Omnes ", brocardo jurídico que se refere a uma decisão que "vale para todos", a PF cumpriu, hoje (19) pela manhã, 8 mandados de prisão preventiva, 4 de prisão temporária, 9 de condução coercitiva e 38 de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. A “vale para todos” é uma espécie de “satisfação” aos que recorriam à pergunta: por que todos os presidentes das maiores empreiteiras do Brasil foram presos e foram poupados os da Odebrecht e da Andrade Gutierrez? O juiz Sergio Moro, para não se rogar, resolveu atender às delações forçadas , premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, e do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, que afirmaram em seus depoimentos que receberam propina da Odebrecht e da Andrade Gutierrez. Portanto, nesse capítulo, embora tenham sido presas preventivamente 8 pessoas, o FrontPage é a prisão do presidente da Odebrecht, a

Admirável Mundo Novo

Cada vez mais o Brasil se vai tornando em algo que os EUA têm de pior: um mercado concentrado nas mãos de grandes corporações, infelizmente uma tendência mundial ditada pela busca cada vez maior de escala. Ontem (18), o Grupo Abril, que edita a revista Veja, engoliu mais um naco da concorrência: os Civita adquiriram, por R$ 725 milhões, todas as operações da Saraiva no setor de ensino e impressão. Em 2008, em uma operação de R$ 60 milhões , a Saraiva abocanhou a quase centenária Livraria Siciliano, fundada em 1928 por Pedro Siciliano, e formou a Saraiva e Siciliano S.A.. A Livraria Siciliano, uma das minhas preferidas, sumiu do mapa e ficou apenas a Saraiva. Agora, com a operação do Grupo Abril, a Saraiva sai definitivamente da área editorial e passa a focar nas suas lojas que cada vez mais diversificam o mix, perdendo o saudoso formato da livraria e entrando de vez na era do varejo. O Grupo Abril passará, assim que a operação for concluída, a controlar, através da Abril Educação, mai

Pérolas do WhatsApp

Trump is a tramp

O bilionário norte-americano Donald Trump, segundo a Forbes, é dono de uma fortuna pessoal de US$ 9 bilhões (R$ 28 bilhões). Na terça-feira (16), Trump lançou-se à corrida para a indicação do Partido Republicano para disputar a eleição de presidente da República dos EUA. Trump tem poucas chances de ser o indicado dos Republicanos, que deverão indicar Jeb Bush, filho do ex-presidente George W. Bush e irmão do ex-presidente George W. Bush para a vaga, mas com certeza, como não tem papas na língua (quem tem US$ 9 bilhões no bolso tem a liberdade de expressão dobrada) é quem mais dará alegrias à imprensa. Abaixo, algumas frases proferidas em entrevistas e no discurso de Mr. Trump: 1. Sobre o México "Quando o México manda seu povo, mandam pessoas que têm um monte de problemas e trazem estes problemas para nós. Eles trazem as drogas, trazem o crime, são estupradores. E alguns deles, eu confesso, são boas pessoas". 2. Sobre a China "É tempo de sermos mais duros com os chine

Enquanto os homens exercem seus podres poderes…

Segundo o relatório “ Financing Global Health 2014 ”, publicado ontem (16), a ajuda dos países ricos para as áreas de saúde dos países pobres foi de US$ 458 bilhões (R$ 1,46 trilhão) nos últimos 23 anos (1990-2013). Os maiores doadores foram o governo dos EUA (US$ 143,1 bilhões), e a Fundação Bill & Melinda Gates, com US$ 69,9 bilhões. Bill Gates é o maior doador privado do mundo. Segundo o mesmo relatório, destarte as doações, os índices de desenvolvimento nas áreas que recepcionam os investimentos não têm crescido na mesma proporção. Em 2005, chamou-me a atenção uma manchete da edição inglesa da revista alemã, Der Spiegel: “Pelo amor de Deus, parem de ajudar a África!”. Tratava-se de uma entrevista concedida à revista pelo economista queniano, James Shikwati, sugerindo que a ajuda à África, se parasse, ninguém sentiria a falta, mas tão somente a burocracia corrupta dos países destinatários. “Burocracias enormes são financiadas, a corrupção e a complacência são promovidas,

Sem conversa

Não queres conversar com a moça, Dunga?

Rei posto rei morto

José de Ribamar Ferreira de Araújo Costa, como José Sarney foi governador do Maranhão, senador da República, presidente do Senado por três vezes e presidente da República, tendo se tornado um dos políticos mais influentes do Brasil. Mas eis que José Sarney resolveu, aos 85 anos, aposentar-se. Seus adversários afirmam que a aposentadoria foi uma forma de não ser derrotado em uma eleição na qual ele teria grandes probabilidades de perder, mas é fato que quatro anos antes da eleição de 2014 ele já afirmava que não concorreria a cargo algum. Há quatro meses sem mandato e sem o governo do Maranhão, que lhe poderia dar sustento político para continuar tendo a atenção da bancada do PMDB do Maranhão e do Amapá, Sarney, por não mais ter o que entregar ao Planalto, experimenta a alvorada de um ostracismo que ele não esperava chegar tão pronto. Talvez nas suas centenas de conversas com o ex-presidente Lula, ele não tenha levado a sério o que Lula sempre fala brincando, mas é a mais perfeita tra

Xiaomi, terceira maior fabricante de celulares do mundo, chega ao Brasil em agosto

Recebi convite da fabricante chinesa de celulares Xiaomi, para participar do lançamento da marca no Brasil, no dia 30 de junho, em São Paulo. A Xiaomi, fundada em 2010 por Lei Jun, que é chamado pelos corredores da tecnologia de Steve Jobs chinês, já vale US$ 46 bilhões e já é a terceira maior fabricante de celulares do mundo, atrás apenas da Samsung e da Apple. Lei Jun tenta desembarcar no Brasil há um ano, mas a burocracia o tem segurado, mas pelo visto conseguiu todos os carimbos e vai começar a fabricar os seus aparelhos em agosto. O consumidor agradece, pois os aparelhos da Xiaomi são os melhores fabricados na China, não ficam a dever em nada à qualidade dos tops de linha da Samsung e da Apple e, principalmente, são menos caros. O top de linha da Xiaomi, por exemplo, o Mi Note Pro, é um octa core com 4GB RAM, 64GB ROM, display de 5.7” com resolução de 2560x1440, vidro Gorilla Glass e carenagem metálica em alumínio: um aparelho superior ao top da Samsung e da Apple, que deverá se