Pular para o conteúdo principal

Brasil: quantia movimentada na informalidade + sonegação + corrupção = PIB da Bélgica

Shot 002

Segundo o relatório divulgado ontem (25) pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO) e pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), o mercado informal brasileiro movimentou R$ 826 bilhões em 2014, o que equivale a 16,1% do Produto Interno Bruto nacional.

Em se somando a informalidade com a sonegação praticada pelas empresas legalmente constituídas, que segundo o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional, foi de aproximadamente R$ 500 bilhões, teremos R$ 1,3 trilhão, ou 25,3% do PIB, idos pelo ralo em 2014.

Ainda não acabou. Some-se a isso R$ 200 bilhões, que foi, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o montante aproximado da corrupção no Brasil em 2012, e a conta sobe para R$ 1,5 trilhão, o que é 29,1% do PIB.

Se a informalidade, a sonegação e a corrupção brasileiras fossem um país esse seria o 24º país mais rico do mundo, com PIB igual ao da Bélgica.

Temos jeito? Claro que temos. Como eu sempre digo, embora seja uma utopia (mas as utopias têm que ser buscadas), bastaria que todos, eu disse todos, fizessem as coisas certas.

Comentários

  1. Parsifal, esse texto da veja merece uma leitura:
    http://veja.abril.com.br/noticia/economia/e-preciso-reformar-as-leis-para-proteger-os-acionistas-minoritarios

    ResponderExcluir
  2. Todos temos um discurso de que queremos um pais melhor,as poucas pessoas que agem corretamente em tudo, são rotuladas como bobas e otárias, ficando claro a inversão de valores. A todos nos cabe educar as novas gerações para que eles não cometam os mesmos eros. para que elas faça o que nos dissermos mas não faça o que nos fazemos sejam melhores.....


    Fabio Marques...

    ResponderExcluir
  3. eu gostaria de uma opinião sobre uma questao de vizinhança.
    um vizinho lindeiro, na zona urbana cortou algumas arvores que estavam proximas a divisa, ficaram com um pouco menos de 1 metro de altura, elas estavam inclinadas e na parte alta estavam sobre o terreno do vizinho, mas onde ele cortou está a quase 1 metro da divisa. O fato de eu não estar mais morando lá, pode servir de justificativa para intervir dessa maneira em minha propriedade?
    por outro lado, será que o codigo civil proibe o acumulo de restos de vegetais (mesmo gerados na propriedade) na area urbana?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A parte da árvore que se estende ao terreno do vizinho não pode sofrer intervenção sem a sua autorização, principalmente se o produto da poda decair sobre sua propriedade.
      O acúmulo de detritos em terrenos urbanos e a sua remoção são normatizados pelo Código de Posturas do município.

      Excluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.

Postagens mais visitadas deste blog

Mateus, primeiro os teus

Convalescendo da implantação de um stent , o governador Simão Jatene (PSDB-PA) foi apanhado, ainda no Hospital do Coração (SP), na manhã de ontem (03), por uma desagradável matéria da “Folha de S. Paulo” reportando que “ao menos sete familiares, além da ex-mulher e da ex-cunhada” de Jatene exercem cargos de confiança no Executivo, no Legislativo e no Judiciário do Pará. A reportagem declara que, somados, os salários dos familiares do governador “ultrapassam R$ 100 mil mensais”. > Sem incidência de nepotismo As averiguações já foram matérias em blogs locais. Quando me foi perguntado se feriam a Súmula 13 do STF (nepotismo), opinei que não, o que foi agora ratificado pela reportagem da “Folha” que, ouvindo “especialistas” declarou que os “casos não se enquadram diretamente na súmula vinculante do STF”. Nenhum dos parentes ou afins relacionados pela “Folha” está a cargo de órgãos vinculados ao executivo estadual e a matéria não demonstra a existência de cargos ocupados, no Poder

O HIV em ação

A equipe do cientista russo Ivan Konstantinov arrebatou o primeiro lugar no “International Science and Engineering Visualization Challenge”, um concurso que premia imagens científicas da forma mais verossímeis e didáticas possíveis. Abaixo, a imagem em 3D do mortal vírus da Aids (HIV), em laranja, atacando uma célula do sistema imunológico, em cinza. A tática do HIV é se estabelecer dentro da célula, sem destruí-la. Na imagem abaixo foi feito um corte para mostrar o HIV já estabelecido no núcleo da célula imunológica, usando-a para se reproduzir, expelindo mais vírus que atacarão mais células imunológicas para torna-las hospedeiras, por isto o sistema imunológico do portador do HIV fica reduzido. As imagens foram retiradas do portal russo Visual Science .

Ninho de galáxias

A imagem acima foi liberada pela NASA e elaborada a partir de dados colhidos do telescópio VLT do Chile, o maior do mundo.   É o conglomerado de galáxias JKCS041, que vem a ser o mais distante ponto do universo visualizado até hoje: está a 10,2 bilhões de anos-luz da Terra.   1 ano luz é a distância que a luz percorre em uma ano, ou seja, se já tivéssemos tecnologia para viajar à velocidade da luz, a nave que nos poderia levar até a JKCS041 demoraria 10,2 bilhões de anos para chegar lá.   Mas, o que o VLT viu, não é o presente, e sim o passado: a luz emitida pelo conglomerado que agora chegou aos portões da Via Láctea, o nosso endereço no universo, saiu de lá há 10,2 bilhões de anos.   Passado este lapso de tempo, as coisas devem estar bem diferentes por lá.   Mas, o que eu quero mesmo é dar uma de Carl Sagan : na Via Láctea há milhões de sistemas, com milhares de planetas em cada um deles.   O JKCS041 é um conglomerado de milhares de galáxias, com milhões de s