Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

Vale se prepara para iniciar o S11D, a maior mina do planeta

Já está em fase de testes o projeto que será a maior mina em exploração de ferro da Vale e a maior do mundo: o S11D, em Canaã dos Carajás, no Sul do Pará que, orçado em US$ 14 bilhões, deverá entrar em operação no final de 2016 e elevar a produção de ferro da Vale em 30% até 2020. O S11D é mais uma epopeia empresarial da Vale, erigido sob uma logística muito mais moderna e otimizada que aquela usada na Serra dos Carajás: levou 5 anos apenas para obter o licenciamento ambiental. Mas esse licenciamento ambiental, na verdade, não passa de um protocolo inútil, pois, ao final do empreendimento, tudo o que restará no lugar das montanhas que serão removidas e transportadas, principalmente para China, será um enorme campo estéril, e “estéril” é exatamente como são chamados os locais onde se entulham, ordenadamente, as terras e minerais não aproveitados na exploração. A mineração, apesar das divisas que geram enquanto lhes dura o manejo, ao cabo faz da terra onde ela chafurda tal qual aquel

A palha da cana voando

Enquanto o ex-presidente Lula vai à ONU denunciar perseguição e abuso de poder praticados pelo juiz Moro (será que ele espera que o Conselho de Segurança da ONU destitua Moro?), o jornal O Globo adiantou hoje (29) um tease do que virá a ser a delação premiada da construtora Odebrecht, principalmente a do seu ex-presidente Marcelo Odebrecht que, segundo nos autos consta, manejava pessoalmente o banco de propinas da empresa. Diz o Globo que a delação apontará “mais de cem deputados, senadores e ministros”, além de pelo menos “dez governadores e ex-governadores”. O Globo declina nomes a alguns bois: os “governadores do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB); de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB); e de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT)”. Mas a lista não para por aí e dedura o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB-RJ), que já foi delatado nas confissões premiadas de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras.

Ibope: Jones William, do PMDB, lidera em Tucuruí

O município de Tucuruí, no sudeste do Pará, saiu na frente na corrida municipal e publicou a primeira pesquisa do Ibope para a eleição majoritária que ocorrerá em outubro em todo o estado. Resultado da pesquisa estimulada: Neste cenário, os brancos e nulos foram 7% e os que não sabem ou não responderam somaram 7%. Resultado espontâneo: Neste cenário, os pré-candidatos Professor Jonatas e Engenheiro Midson pontuaram menos de 1%, os brancos e nulos foram 7% e não sabem e não souberam responder somaram 33%. Quando o Ibope simula a disputa municipal de Tucuruí entre os primeiro e o segundo colocado nos cenários anteriores, o candidato Jones William, do PMDB, aufere larga vantagem contra seu adversário Jairo Holanda, do PSDB: Nesse cenário, os votos brancos e nulos são 7% e 5% não souberam ou não quiseram responder. O Ibope também mediu a rejeição dos dois principais candidatos a prefeito de Tucuruí. À pergunta “em qual desses candidatos você não votaria de jeito nenhum?”, o can

Aviso aos navegantes

Portanto, todo cuidado ainda será pouco, pois quem sabe, essa será a eleição na qual os eleitos poderão ser surpreendidos pela cassação do registro, diploma ou mandato, por conta das contas.

Lugar comum em Salinas

Todo ano a maré cobra o seu devido tributo aos desavisados ou descuidados, que deitam os seus veículos nas areias da praia e se colocam ao dolce far niente . O resultado é a perda total, pois assim que o mar abocanha… Tão logo engole…

Brasil é a 5ª economia mais digitalizada do mundo

Apesar dos significativos avanços em Tecnologia da Informação (TI), a Oxford Economics, com fundamento em uma pesquisa de sua encomenda à Accenture, revela que apenas 22% da economia mundial “pode ser considerada digital”. Sustenta a Oxford Economics que 10% de crescimento na densidade digital de um país, pode representar um aumento de 0,40% do PIB em economias maduras e de 0,65% em economias emergentes. E, principalmente, em economias emergentes, caso do Brasil, os governos precisam fomentar investimentos em TI ou tornar o estoque tecnológico existente mais efetivo, pois há países que têm o estoque implantado, mas não o usam em sua plenitude por deficiências, principalmente, de recursos humanos. E estão exatamente nos recursos humanos as maiores deficiências do setor, pois as máquinas e sistemas nelas implantados estão praticamente globalizados. A pesquisa também avaliou especificamente a densidade digital das maiores economias do mundo, aferindo o parque tecnológico implantado, os

Aumento de impostos a vista

Traduzindo as linhas, o senhor ministro está avisando que, com certeza, haverá aumento de impostos para que não se rompa a meta de ajuste fiscal estabelecida. Antes porque, ainda não enxerguei, nesse 2016, nenhuma efetiva medida de contenção de gastos públicos para conter a fome do déficit, mantendo-o saciado à meta de 2017. Outrossim, “aumento pontual de imposto” é um eufemismo, pois aumento generalizado é suicídio.

Ato falho no supermercado I

O letreiro “BACK TO SCHOOL” significa “VOLTA ÀS AULAS”.

Odebrecht delata propinas a políticos peruanos e panamenhos

Depois de aceitar delatar a suas estripulias no Brasil, revelando inclusive o sofisticado sistema de TI do seu “banco de propinas”,  cujo sistema era mantido em servidores na Suíça, a delação premiada fechada com a Odebrecht, além de entregar o diabo e o mundo a quem pagou suborno no Brasil, também atravessa as fronteiras nacionais e dedura políticos de países vizinhos, onde a empresa coçou os bolsos para angariar obras. Já tem nome impresso na delação um membro da família do presidente do Peru, Ollanta Humala, que entregará o mandato no próximo dia 28 de julho, ao seu sucessor eleito, Pedro Pablo Kuczynski. A Odebrecht “venceu” licitações no Peru para construir duas hidrelétricas e a parte peruana da Rodovia Interoceânica Sul, que liga o Peru ao Brasil, concluída em 2010. A Odebrecht também “venceu”, em 2014, a concessão, por 34 anos, do Gasoduto Sul Peruano, que a empresa ainda constrói em consórcio com a Enagás peruana. No Panamá, o delatado é o ex-presidente do país, Ricardo Mart

De acordo

A Lei de Acesso à Informação (LAI) veio à luz em 2011. Passados praticamente 5 anos, são poucos os sujeitos à ela que oferecem aos distinto público o conteúdo que ele determina, e quando oferecem é de forma precária e de difícil alcance, como se todos os contribuintes fossem experts em informática. Agora o que só na pátria amada ocorre (isso é uma força de expressão, pois há países muitos piores que o Brasil nesse aspecto) é ter que haver um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para cumprir uma lei. Ou seja, as Câmaras Municipais e as Prefeituras vão fazer um acordo, concordando em cumprir a legislação.

Folha de S. Paulo: “Filho de governador do Pará fornece combustível à PM do Estado”

A Folha de S. Paulo publicou hoje (20), no seu caderno Poder, a tão falada venda de combustível às frotas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, pelo empresário Alberto Jatene, que vem a ser o filho do governador do Pará, Simão Jatene (PSDB). Abaixo um fac-símile da matéria: “O filho do governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), é sócio de dois postos de gasolina que fornecem combustível para as frotas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado. Uma das unidades de Alberto Jatene, conhecido como Beto, é o Auto Posto Verdão, que foi o que mais vendeu para a PM do Pará entre janeiro de 2012 e outubro de 2014, somando R$ 5,02 milhões no período. Esse número corresponde a 9% do consumo global de combustível da PM paraense em quase três anos, que foi de R$ 55 milhões. Outro posto pertencente ao filho do governador, o Girassol, arrecadou, a partir de 2013, R$ 52,9 mil com abastecimento de carros da PM, segundo inquérito civil a que a Folha teve acesso. Em 2014, durante a d

Olimpicamente falando

Ao que revela a pesquisa do Datafolha publicada nesta terça (19), escaldado do logro da Copa Mundial de Futebol, cujo “legado” era vendido como o elixir de todos os males nacionais, mas que só encheu os bolsos de poucos e dos cartolas da Fifa, deixando um rastro de bilionário de passivos, metade dos brasileiros caiu na real. A pesquisa, realizada em 14 e 15 de julho, revela que 50% são contra as Olimpíadas, e 63% acredita que o evento trará mais prejuízos que benefícios ao Brasil. 40% são favoráveis porque “vai ser legal” e 9% não estão nem aí. Embora isso possa ser um avanço na mentalidade fiscal do cidadão, ainda é duro intuir que 40% “acha legal” torrar, nestas alturas do campeonato, cerca de R$ 30 bilhões em algo que vai durar 17 dias, ou seja, R$ 1,76 bilhão por dia (alguém aí ainda acredita no tal de legado?). Mais duro ainda é constatar que 9% não está nem aí para isso. Esse deve ser o verdadeiro espírito olímpico. Claro fique que nada tenho contra os jogos olímpicos e até paro

O tiro pela culatra

O que hoje é a Turquia já foi um dos maiores impérios da história, cujo estabelecimento inaugurou a Idade Moderna, com a tomada de Constantinopla pelos otomanos em 29 de maio de 1453, selando o final do Império Romano do Oriente. Mais exatamente, a vitória otomana sobre Constantino XI, não somente lhe finou a dinastia oriental, mas sepultou o que foi o próprio Império Romano latu sensu, pois o Império Romano do Ocidente já havia caído há quase um milênio. Com a queda de Constantinopla, o Império Otomano vicejou por mil anos e nada deveu aos romanos: no seu auge englobou a Anatólia, o Oriente Médio, parte da África e do sudeste europeu, estendendo-se desde o estreito de Gibraltar, passando pelo mar Cáspio e golfo Pérsico, indo estabelecer fronteiras com o que hoje é a Áustria, a Eslovênia, o Sudão e o Iêmen. O Império Otomano foi a força muçulmana que mais perto chegou de esfacelar o poderio da Europa Ocidental, mas acabou adoecendo do mesmo mal que matou o Império Romano: cresceu

Licenciosidades

Em artigo intitulado “O crime organizado no governo Jatene e na SEMAS servindo à multinacional Bunge”, o advogado socioambiental Ismael Moraes, revela o suposto conluio entre a autoridade ambiental do estado e a multinacional Bunge, que segundo ele recebe da Semas tratamento diferenciado das demais empresas que buscam licenciamento para exercerem atividades no Pará. Para ler o artigo, clique na imagem.

Os cookies de Judit Poór

A confeitaria Mézesmanna, em Ajka, na Hungria, é famosa e frequentadíssima pela delicadeza dos seus doces, mas especialmente pela peculiaridade dos seus cookies, famosos por serem peças pintadas à mão, pela chef Judit Poór, que é uma verdadeira artista. Os cookies da chef Poór são tão bonitos que, se não fossem comida, mereceriam ser colocados em uma moldura para decoração. Veja abaixo um vídeo de como os cookies são “pintados”: Para ver alguns cookies da Mézesmanna, clique aqui .

Lula lidera, em todos os cenários, em 1° turno, mas perde em todos em 2° turno

Pesquisa do Datafolha publicada no final da noite de ontem (16), coloca o ex-presidente Lula na frente, em todos os cenários  da corrida presidencial de 2018. Isso significa, no mínimo, que caso Lula venha a ser candidato, o que deverá ocorrer, ele tem cadeira cativa no segundo turno, mas a simulação de 2° turno o aponta como provável derrotado em todos os cenários pesquisados. Cenário 1, com Aécio na disputa pelo PSDB Nessa simulação, brancos e nulos somam 18%, e 7% não opinaram. Cenário 2, com Geraldo Alckmin na disputa pelo PSDB Nessa simulação, brancos e nulos somam 20% e não sabem são 7%. Cenário 3, com José Serra na disputa pelo PSDB Nesse cenário os brancos e nulos somam 19% e não sabem são 7%. Cenário 4, com os três candidatos do PSDB e o juiz Sergio Moro na disputa Esse cenário contempla a hipótese de Aécio Neves, Geraldo Alckmin ou José Serra, todos do PSDB atualmente, mudarem de partido e dois deles disputarem a presidência por outros partidos. Nesse cenário

Theresa May, premier britânica, passa a comandar a 5ª economia do mundo

Desde a Dama de Ferro, Margaret Thatcher, que deixou o cargo em 1990, o Reino Unido não tinha uma mulher como premier. O jejum de quase 26 anos foi quebrado ontem quando sua majestade, Elizabeth II, aceitou a renúncia de David Cameron e confirmou Theresa May, do Partido Conservador, como primeira-ministra do Reino. Ela é a segunda mulher a assumir a chefia do governo desde que o parlamentarismo se instituiu no Reino. A confirmação do trono é protocolar, pois a rainha não tem a prerrogativa de exonerar ou nomear primeiros-ministros, mas o rito é indispensável. O trono não pode recusar a renúncia do chefe de governo, pois que é um ato unilateral de vontade, mas embora não tenha ocorrido desde 1708, em tese o trono pode não confirmar ao cargo a indicação de um primeiro-ministro, e nesse caso o Parlamento teria que “recomendar” outro nome ao trono. Assim como Thatcher, May vem de uma família de classe média-baixa: seu pai era um vigário anglicano do remoto sul da Inglaterra e as suas duas

Qatar compra 10% da Latam

Mesmo com a recaída do Congresso na lei que autorizaria a participação de 100% de aéreas estrangeiras no capital das nacionais, o que seria um alento ao mercado doméstico de passageiros e uma alavancagem substancial no setor, a Latam não arrancou a placa de venda do hangar. E como a Latam é a nacional mais saborosa aos investidores estrangeiros, a Qatar Airways, que pertence ao fundo soberano do Qatar, resolveu abocanhar 10% dela, em uma oferta firme de US$ 618 milhões, o equivalente a R$ 2,1 bilhões. O movimento da Qatar é uma reação à compra de cerca de 3% da Gol pela norte-americana Delta, e a estratégia de ambas é abrir um flanco permissivo nos respectivos estoques acionários para quando o Brasil resolver sair do proterozoico, alcançarem o controle majoritário. A Qatar Airways acaba de ser eleita a 2ª melhor aérea do mundo e já é a maior acionista do International Consolidated Airlines Group, que controla um dos ícones do Reino Unido, a British Airways e a aérea símbolo da Espanha

(A + B) – C = OK

Meirelles propôs, para 2017, um teto de R$ 139 bilhões para o déficit das contas públicas, isso sem contar os serviços da dívida, ou seja, os juros, que em 2015 foram estratosféricos, para arredondar, R$ 450 bilhões, farejando 8% do PIB. Jogando a conversa no chão, isso significa que a União, além de ter que manter a dívida engraxada, está autorizada a gastar R$ 139 bilhões a mais do que arrecadar, ou seja, somos uns estroinas juramentados. Voltando aos serviços da dívida, esse ano vai ser igualzinho ao que passou, pois já pagamos, até ontem (11), de juros, segundo o “Jurômetro da FIESP”, R$ 209 bilhões. Nessa proporção, fecharemos 2016 jorrando nos cofres dos credores R$ 360 bilhões e a dívida continuará do mesmo tamanho. Por isso, apostar no Tesouro Direto , ou seja, entrar para o clube dos credores do erário, em se considerando que o Brasil é o único país do mundo no qual dinheiro aceita desaforo, é o melhor investimento para quem tem algum procurando parada. Mas voltando à meta de

A pintura hiper-realista de Sushant Rane

O indiano de 19 anos, Sushant Rane, nunca frequentou uma escola de pintura, muito menos alguém lhe ensinou a delicada técnica de perspectiva que permite enganar os olhos humanos fazendo-o ver em 3D aquilo que, na verdade, está pintado em uma única dimensão plana. Sushant Rane aprendeu sozinho a técnica chamada de pintura hiper-realista e conta que passa um dia inteiro para pintar uma só imagem como a abaixo: Abaixo um video no qual Rane prova, para os incrédulos, que os “objetos” de fato são pinturas: E para ver algumas pinturas clique aqui .

Paisagens exóticas VIII

O Deserto Manpupuner, na Rússia.

Paisagens exóticas VII

O Deserto Branco, no Egito.

Constitucionalissimamente

Quando, por maioria de 7 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal decidiu, apreciando um caso concreto, que era possível a prisão do réu após decisão condenatória de Segunda Instância, ou seja, de um Tribunal, opinei aqui, independente do mérito da tese, que a decisão do STF não era vinculante como festejaram os precipitados que opinam que a prisão, ou mesmo a execução sumaria de um réu, é o elixir para todos os males. Além de não ser vinculante, ou seja, só valer para o estrito caso que o STF julgou, idem opinei que era uma decisão equivocada, pois colidia frontalmente com a letra constitucional que assegura que ninguém pode ser considerado culpado antes de sentença definitiva, ou seja, transitada em julgado. É o princípio basilar da presunção da inocência, uma das últimas salvaguardas do indivíduo frente ao gigantismo do Estado. Ontem, o decano do STF, ministro Celso de Mello, veio-me ao socorro ao julgar outro caso concreto, no qual determinou, liminarmente, a suspensão de prisão o

Paisagens exóticas VI

O Parque Nacional Geológico de Zhangye Danxia, na China.

Bateu levou

Eu não sei se o deputado Pedro Paulo tem razão sobre Freixo, mas eu tenho certeza de que, pelo menos em tese, já que Pedro Paulo nega as acusações, Marcelo Freixo tem razão no que afirma.

Paisagens exóticas V

O Lago Rosa, no Senegal.

Cauby Peixoto

Cauby Peixoto Barros nasceu em Niterói, no estado do Rio de Janeiro, com a música na concepção. Seu pai, Eliziário, era um exímio tocador de violão. Alice, a mãe, tocava bandolim. O irmão do pai era pianista, um dos irmãos da mãe era o músico Nonô, que popularizou o samba clássico. Cauby era primo do cantor e compositor Ciro Monteiro, cuja peculiaridade era marcar o compasso do samba em uma caixa de fósforos e foi quem imortalizou o samba de Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins, “Se acaso você chegasse”. Cauby começou a cantar no coro da igreja do Colégio dos Padres Salesianos de Niterói, onde estudava, e antes de completar 17 anos, na segunda metade da década de 40, começou a participar de programas de calouros nas emissoras de rádio cariocas. A adolescência de Cauby foi marcada pela morte do seu pai, o que impôs a ele e seus cinco irmãos graves dificuldades financeiras. Só não passaram fome, conta Cauby, por conta da ajuda da “Tia Corina”, irmã do pai falecido, que gozava