Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Enquanto isto, na Esplanada dos Ministérios

Recortado de o “Estado de S. Paulo”

NYT comenta câncer de Lula e diz que ele é o político mais influente do Brasil

De toda imprensa internacional que espiei, o “New York Times” foi o que dedicou maior espaço para relatar a doença do ex-presidente Lula, mesclando o assunto com comentários sobre a influência que o ex-presidente ainda mantém no Brasil. O “Times”, lavra que Lula acometeu-se de um câncer na laringe, “enquanto ainda goza da posição de figura política mais influente do país”, e comenta que em “seu mandato como presidente, que se encerrou no ano passado, ele liderou uma expansão vigorosa da economia brasileira e uma política externa mais musculosa”. É claro que quando Lula participou, com Dilma Rousseff, da inauguração da Ponte Rio Negro , em Manaus, há duas semanas, ele já estava, sem saber, com o tumor instalado. Mas, é tido como mau agouro caras pálidas colocarem cocar na cabeça. Se a minha avó Ciló fosse viva, não teria quem lhe tirasse do juízo que não foi o cocar posto por Lula que lhe causou o câncer.

PF pede indiciamento do ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi

O ex-ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff, Wagner Rossi (PMDB), que foi o quarto a cair sob fogo cerrado da revista “Veja”, por supostas irregularidades na Conab , está sendo acusado de “chefe de um esquema criminoso” pela Polícia Federal. Em um relatório de 40 páginas, a PF acusa o ex-ministro de ter “arquitetado fraude no Programa Anual de Educação Continuada (Paec) - capacitação de servidores - para desvio de R$ 2,72 milhões” e pede o indiciamento criminal dele e mais oito pessoas, por “formação de quadrilha, peculato e fraude à Lei de Licitações.”. Ao lavrar no relatório que "a trama inicia-se com a associação do lobista Júlio César Fialho com a cúpula do Ministério da Agricultura", a PF confirma a denúncia da “Veja”, que, na matéria contra o então ministro Rossi, alegava que o lobista Júlio César Fialho, embora não tivesse vínculo formal, detinha “poderes excepcionais” na pasta. Daqui a pouco não sobra ninguém para acender as luzes da Esplanada no crepúscul

Com a crise do Euro, o Brasil será a sexta economia do mundo em 2012

As projeções econométricas que entregavam ao Brasil o porte da sexta economia do mundo até 2015 não mediram uma variável exógena: um país não alcança classificações superiores somente quando a sua economia cresce, mas, também, quando a economia de quem está a sua frente diminui. Isto está ocorrendo na dança de cadeiras da economia mundial: o Brasil que era a oitava economia do mundo em 2009, viu-se, sem maiores reforços no PIB, um passo à frente, passando a Itália em 2010, que em virtude da crise do Euro, viu seu PIB esmirrar. Agora, com a recidiva da crise financeira da Zona do Euro (eu escrevi que não ia dar certo uma moeda única em economias diversas), quem vê o seu PIB murchar é a Inglaterra, que ainda ostenta o sexto lugar. Mas, segundo projeções do FMI e de duas consultorias internacionais, a EIU (Economist Intelligence Unit) e a BMI (Business Monitor International), na virada de 2011 o PIB brasileiro vai ultrapassar o britânico e seremos a sexta maior economia do mundo. Po

Bullying

A bela mocinha da foto acima é a modelo paulista Caroline Franscischini, 22 anos: mais uma brasileira a ser contratada pela “ Victoria’s Secret ”. Conta ela, ao Terra Magazine, que já foi vítima de bullying na escola: os rapazes a chamavam de “orelha de abano”, o que a deixava muito constrangida. Convenhamos: que tipo de rapazes eram estes, que tudo o que conseguiam ver na mocinha eram as orelhas?

Muito além da Taprobana

A revista “Carta Capital”, uma espécie de “Veja” do pessoal que se coloca no oeste do espectro político, e carimba como membro do tal “PIG” (Partido da Imprensa Golpista, termo popularizado por Paulo Henrique Amorim, mas inventado pelo deputado petista Fernando Ferro), tudo aquilo que vem dos outros pontos cardeais, não poupou o PCdoB na crise das supostas irregularidades no Ministério do Esporte. Mino Carta relata que a crise “não termina com a substituição de Orlando Silva por Aldo Rebelo. O partido, que controla o ministério desde 2003, continuará alvo de investigações” e avisa que “mesmo após a substituição de Silva, vários integrantes da legenda terão de dar explicações sobre o uso suspeito do dinheiro público e do possível aparelhamento do partido por meio do Ministério do Esporte.”. Se a “Carta Capital” e a “Veja” estão falando a mesma língua, é sinal que as peripécias comunistas no ME, para parafrasear Camões, nos Lusíadas, “passaram ainda além da Taprobana”. Clique na imag

Entre tapas e beijos

Um dos filhos de Francisco, o cantor Luciano, da dupla sertaneja “Zezé Di Camargo e Luciano”, deixa o hospital depois uma crise de intoxicação por ingestão de diuréticos. A dupla desentendeu-se na quinta-feira, 27, durante um show no Teatro Guaíra, em Curitiba: Zezé Di Camargo subiu sozinho ao palco e anunciou a separação, confirmada depois por Luciano. Mas, ao que tudo indica, o dito foi dado pelo não dito, apagou-se o que estava escrito e os dois seguem cantando juntos. O problema, mesmo, Luciano vai enfrentar quando for acertar as contas em casa. Se vocês olharem bem a foto da esposa dele, ela não está de bom humor: é que a briga da dupla, no camarim, foi em virtude de uma belíssima morena que atiçou a testosterona de ambos. Foto: Joyce Carvalho/Terra

ONGs reagem à orientação do Planalto de não mais fazer convênios com elas

A fala do ministro do Esporte, Aldo Rebelo (PCdoB-SP) que, “por determinação do Planalto”, não pretende fazer convênios com ONGs, "mas sim com prefeituras", surtiu a reação das ONGs, que calavam na borda do incêndio ateado na Esplanada. A Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), que abriga cerca de 250 ONGs, através da sua diretora, Vera Masagão, qualificou a medida de "uma covardia, uma falsa solução", sugerindo que a “transparência e o controle social são as únicas saídas”.” Masagão não poupou o PCdoB, dizendo que se houve erros "foi de gestores do partido dele, ministro, que não se interessou por fazer chamadas públicas, não fiscalizou, não acompanhou os programas.". Masagão tem razão. Embora tenha que haver um freio de arrumação no conluio entre os governos e certas ONGs, e eu coloco ainda as OSCIPs no balaio, redirecionar às prefeituras os convênios, não garante que os recursos serão absolutamente aplicados. O que precis

Conversas gravadas entre João Dias e Agnelo Queiroz comprovam fraudes no ME

A revista “Época” teve acesso ao processo que corre na na 10ª Vara Federal, em Brasília, e que será enviado ao STJ na próxima semana. No processo, gravações telefônicas feitas com autorização judicial, encalacram o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), que antecedeu Orlando Silva no Ministério do Esporte. Segundo a revista, “as conversas mostram uma frenética movimentação de Agnelo Queiroz e do policial militar João Dias”: os dois acertavam forjar documentos para livrar Dias de uma ação cível pública movida pelo MPF, que cobrava a devolução dos recursos repassados as suas ONGs, pelo Ministério do Esporte, em um total de R$ 3,2 milhões. Além do próprio João Dias e Agnelo Queiroz, também foram gravadas conversas com Roldão de Lima, diretor da regional de ensino de Sobradinho, uma das cidades-satélite de Brasília. Lima ajudava na montagem de um cadastro de crianças carentes a serem beneficiadas pelo programa “Segundo Tempo”. Relata a “Época” que o processo evidencia “u

Ex-presidente Lula tem câncer de laringe

Boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, publicado esta manhã, relata que o ex-presidente Lula desenvolveu um tumor cancerígeno na laringe. O boletim informa que o ex-presidente passa bem e que o câncer será tratado de forma ambulatorial, através de quimioterapia. Está descartada, no momento, qualquer cirurgia. Há mais de mês Lula vinha reclamando do excesso de rouquidão, quando foi aconselhado a procurar um médico para tratar o problema. A descoberta do câncer foi uma surpresa para Lula e toda a família. Abaixo, o boletim do Hospital Sírio-Libanês: "O ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe. Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial. A equipe médica que assiste o Ex-Preside

Irmão do novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, é citado em inquérito da PF

Antes e nomear a sua equipe no ministério do Esporte, o ministro Aldo Rebelo (PCdoB-SP) já vê o seu irmão, Apolinário Rebelo, vice-presidente do PCdoB do Distrito Federal, citado no inquérito aberto pela PF sobre os supostos desvios do programa “Segundo Tempo”. Mais uma vez o pivô da confusão é o militar João Dias Ferreira, que, em depoimento na PF, semana passada, relatou que Apolinário Rebelo comandava a arrecadação de dinheiro de ONGs financiadas pelo programa Segundo Tempo, no DF. Dias afirmou que Apolinário Rebelo indicou Fredo Ebling, outro dirigente do PCdoB local, “para controlar a arrecadação.”. Apolinário refutou a acusação: “Isso é uma mentira, uma infâmia, uma calúnia. Eu jamais faria um negócio desses. Nunca fiz isso ou algo parecido com esse senhor. Essa é mais uma das mentiras que ele levanta sem provas, iguais às outras. Tenho honra, história e dignidade. Jamais faria uma coisa dessas.”.

Maranhão do Sul

O Carlão, que mora em Imperatriz, postou no Facebook a manifestação em prol do plebiscito para a criação do estado do “Maranhão do Sul”, que tramita no Congresso Nacional, juntamente com outros 14 pedidos de plebiscito em vários estados do Brasil. De longe, a democracia é a mais elaborada forma de governo, onde as diferenças se resolvem com o voto popular.

Abandonados pelos deuses

Em 1999 assisti, em Marrakesh, no Marrocos, o festival dos tuaregs, tribos nômades apátridas que perambulam pelo Saara e, de dois em dois anos, reúnem-se em Marrakesh para eleger o Sheik dos sheiks. > Peregrinos do deserto A peregrinação dos tuaregs começa no Marrocos, contorna a Cordilheira do Atlas pela Algéria, margeia o Mediterrâneo pela Tunísia, Líbia e Egito, atravessando o deserto de Sakara, onde estão as pirâmides, até o Sudão. Do Sudão eles rasgam a Etiópia e entram na Somália até a borda do Oceano Índico, de onde começam o retorno pelo Quênia, Uganda, Zaire, Congo e Gabão, quando margeiam o Atlântico, passando pelos Camarões, Nigéria, Togo, Costa do Marfim, Libéria, Serra Leoa, as duas Guinés, Senegal e Mauritânia, por onde alcançam, novamente, Marrakesh. Pelo caminho, os “abandonados pelos deuses” - significado de tuareg em Tamasheq, a língua original das tribos - nascem, morrem, namoram, casam, riem e choram. Estima-se que há até 3,5 milhões deles vagando pelo

Tenente interventor

Quando Getúlio Vargas chegou à presidência com a Revolução de 30, destituiu todos os governadores dos estados, e nomeou tenentes interventores afinados com o seu governo. O advogado catarinense, radicado no Paraná, Roberto Busato, ex-presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, foi nomeado como interventor na OAB-PA. Busato deverá aterrissar em Belém na próxima semana para assumir a sina de ser o primeiro interventor na história da Ordem dos Advogados do Brasil. Deve chegar cantando o trecho daquela famosa marchinha do Lamartine Babo “O teu cabelo não nega”, que satirizava a nomeação dos interventores de Vargas: “mulata, mulatinha, meu amor, fui nomeado o teu tenente interventor.”.

Sem limites

Por volta de 2003 eu li, de Alan Glynn, “The dark fields”. Neil Burger adaptou o livro para o cinema com o título “Limitless”, que estreou no Brasil, no início de 2011, como “Sem limites”. O enredo trata de um escritor fracassado que ingere uma pílula, ainda em fase de testes que, por certo tempo, permite ter acesso total ao seu cérebro, livrando-se do limite de 20% normalmente utilizado. A revista “Annals of Surgery” publicou um artigo relatando que dos estudos para aprimorar o medicamento “Ritalina”, usado no tratamento de déficit de atenção, surgiu uma droga chamada “Modafinil”, “que serve para manter em alerta a parte cognitiva do cérebro.”. O artigo, em certo ponto, assimila-se ao livro de Glynn: pessoas que se propuseram a usar a droga, ainda em fase experimental, “foram mais atentos a rotina de trabalho e também tiveram melhoria na memória.”. O artigo sugere que com o aperfeiçoamento da droga, seria possível administrá-la, por exemplo, para “melhorar a memória de testemunh

Simão Jatene indica André Dias para a vaga de conselheiro do TCE-PA

O governador Simão Jatene enviou na tarde de hoje, 27, à Assembleia Legislativa do Estado, a indicação do nome do deputado federal André Dias (PSDB-PA), para preencher a vaga de conselheiro, existente no Tribunal de Contas do Estado (TCE). A vaga em questão é de indicação privativa do governador do Estado. André Dias é economista e bacharel em direito. Foi presidente da PARATUR, vereador, deputado estadual e é primeiro suplente de deputado federal pelo PSDB. Com a licença do deputado federal Nilson Pinto (PSDB-PA), para assumir uma secretaria de estado, André Dias assumiu o mandato de deputado federal. O presidente da ALEPA deverá encaminhar o expediente do governador do Estado à Comissão de Constituição e Justiça na próxima semana, quando se iniciará o trâmite da indicação.

Keep Walking

O ótimo comercial do whisky “Johnnie Walker” , feito exclusivamente para o Brasil:

William Waack, o infiltrado

O Wikileaks, que anunciou na semana passada a sua paralisação por falta de recursos para mantê-lo, postou que William Waack, um dos âncoras da TV Globo, era contratado pelo Departamento de Estado do governo dos EUA para “sustentar posições na mídia brasileira afinadas com as grandes linhas da política externa americana”. No jargão da CIA, Waack seria um “infiltrado” encarregado de expor no noticiário nacional, de forma subliminar, posições favoráveis à política externa estadunidense, e expor de forma negativa, as posições do governo brasileiro que não fossem ao encontro da doutrina norte-americana. A irreverente revista “The New Yorker”, insinua na sua edição desta semana, que o dono do Wikileaks, Julian Assange , teria feito um acordo com o governo dos EUA para não mais atualizar o site e, para cumpri-lo, teria inventado a falta de dinheiro.

A força dos ventos

Eu tenho dito que a política é a profissão mais perigosa do mundo: arremessa, em um dia, o objeto do seu capricho aos píncaros da glória, e no dia seguinte, poderá remetê-lo ao quinto dos infernos. O julgamento político não obedece a processos ou prazos regimentais e não carece de provas. Desde o início deste, e de outros episódios similares que solaparam outros cinco ministros da presidente Dilma, eu afirmava que a queda era uma questão de tempo: ao distinto público, qualquer suspeita sobre políticos é a mais sumária forma de condenação. Se isto é bom ou ruim, caberá ao amadurecimento democrático avaliar em um futuro próximo, mas, definitivamente, estes métodos de obter estrutura partidária e enrijecimento eleitoral estão ruindo sobre o próprio peso. Como nos cálculos que os estruturalistas belenenses estão entregando às construtoras, este pessoal está esquecendo de compor a força dos ventos.

Supremo Tribunal Federal mantém exame da OAB

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, ontem, 26, por unanimidade, que é legal o exame da OAB o qual é condição sine qua non para o exercício da advocacia. O bacharel em direito João Volante, autor da ação, argumentou que “a exigência era um desrespeito a quem tinha conquistado o diploma de graduação em Direito e, portanto, estaria apto para atuar.”. O relator, ministro Marco Aurélio, considerou que o “Exame de Ordem” é “uma forma de selecionar os profissionais para atuar no mercado, almejando-se oferecer à coletividade profissionais razoavelmente capacitados.”. Argumentou o advogado, Ulisses Tomazini, patrocinador da causa, que “a preocupação devia ser com a melhoria do ensino e não com exame arrecadatório. Abusivo, inconstitucional, famigerado exame, feito para reprovação em massa, que arrecada por ano R$ 72,6 milhões, sem prestar contas. Feito para reprovar e manter reserva de mercado.”. Está coberto de razão o ministro Marco Aurélio, assim como está coberto de razão o advogado

Documentos ultrassecretos

O Senado rejeitou o substitutivo do senador Fernando Collor (PTB-AL) que possibilitaria prorrogação indeterminada do sigilo de documentos ultrassecretos: aprovou o texto da Câmara que torna acessível quaisquer tipos de documentos em até 50 anos. A lei aprovada classifica as informações sigilosas em reservadas (5 anos de sigilo), secretas (15 anos) e ultrassecretas (25 anos). Os ultrassecretos poderão ter o prazo de sigilo renovados uma única vez. O governo está encarregado de reclassificar os documentos. O substitutivo do senador Collor dominou o debate. Collor justificou a sua pretensão argumentando que " é necessário haver esse tipo de salvaguarda. Nenhum país do mundo abriu mão dessa salvaguarda. Se for aprovado e sancionado sem vetos, o Brasil será o primeiro país a abrir todas as suas informações. Não somente das ações que o governo vem desempenhado, mas as informações que estão guardadas com as devidas salvaguardas porque dizem respeito à soberania nacional, integridade

Conclusão da turma que usa Linux

Ministro do Esporte entrega a sua carta de demissão hoje à tarde

Na esteira das faltas supostamente cometidas  em campo, o ministro do Esporte, Orlando Silva, decidiu sair do jogo na tarde de hoje: às 15h está marcada a audiência com a presidente Dilma Roussef, na qual Dias entregará a carta de demissão, onde reitera a sua inocência, mas, acha por bem deixar a pasta para evitar maior desgaste. O deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP), o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB-MA), e a deputada Luciana Santos (PCdoB-PE) ex-prefeita de Olinda, são concorrentes à substituição de Dias. É o sexto ministro que cai em 10 meses de governo. Clique aqui e leia os problemas detectados nos ministérios. Foto: Ailton de Freitas

Lamento cametaense

Recebi, na postagem “ Amazonas inaugura Ponte Rio Negro. Dilma prorroga Zona Franca por mais 50 anos ”, o comentário de um cametaense, que reproduzo abaixo: “Deputado, eu sinto é vergonha, pois, nascido na Vila do Carmo, a gente vê entrar governo e sair governo e somos incapazes de construir duas pontezinhas de 50 metros para chegar ao Carapajó/Cametá, Vila do Carmo e Mocajuba, fundamentais para aqueles pobres paraenses que moram naquelas bandas. Uma vergonha! A balsa dá uma pausa para o almoço e à noite o serviço para totalmente. Se o senhor já andou por ali sabe do que estou falando.”. De fato, são duas travessias que uma balsa pequena apenas faz um giro de 180º para que os carros desembarquem e embarquem, respectivamente. Foto: Fernando Macedo

STF abre inquérito contra Orlando Silva (PCdoB) e Agnelo Queiroz (PT-DF)

"Há fortes indícios de irregularidade na execução do Programa Segundo Tempo do Ministério do Esporte, cujos recursos seriam desviados em proveito de integrantes do PCdoB, entre os quais, supostamente, o ministro Orlando Silva e o governador Agnelo Queiroz" : assim se manifestou o Procurador Geral da República, Roberto Gurgel, ao requerer abertura de investigação em desfavor do ministro do Esporte Orlando Silva (PCdoB) e do governador do DF Agnelo Queiroz (PT-DF). A ministra do Supremo Tribunal Federal, Carmen Lúcia, determinou ao Tribunal de Contas da União e à Controladoria-Geral da União que enviem, em até 10 dias, “todos os convênios do Ministério do Esporte sob investigação que foram assinados na gestão de Orlando Silva.”. No mesmo despacho e prazo, a ministra determinou que o Ministério do Esporte “envie documentos sobre contratos firmados no programa Segundo Tempo”, e deu prazo de 48 horas para que o Superior Tribunal de Justiça “envie o inquérito contra o ex-minist

Dor de cabeça

Não contesto a informação da PF, mas, não coonesto a especificidade por região: desvio de recurso público não é uma questão de geografia e sim de atitude pessoal. Caso se verifiquem outras regiões, o percentual acabará sendo o mesmo.

Publicidade de Estado ou propaganda de governo?

A ONG “Contas Abertas”, que não foi criada para fazer convênios com governos, relata que nos nove primeiros meses de governo, a presidente Dilma reduziu os gastos com publicidade em 42% em ralação ao mesmo período do ano passado. Em 2010, ano eleitoral, o governo federal gastou R$ 523,4 milhões com publicidade. O Orçamento da União apartou, para 2011, R$ 626,4 milhões para torrar com propaganda, mas até setembro, o governo tocou fogo “somente” na metade disto. Um disparate: o Fundo Nacional de Saúde, gestor financeiro dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), já gastou em 2011, R$ 66 milhões em publicidade. Tem muita coisa errada aí, pois a imprensa mostra, todos os dias, gente morrendo por falta de atendimento na rede. O Brasil é o único país do mundo que faz propaganda de governos, disfarçado em publicidade de estado. É também o único país do mundo que dispõe percentual para publicidade encravado na Constituição. Clique na imagem e leia um artigo que publiquei, em 2007, sob

Doa a quem doer

Jarbas Vasconcelos publica nota sobre intervenção na OAB-PA

Abaixo a nota, recortada de “O Liberal”, edição de hoje, 25.10.11, assinada pelo presidente afastado da OAB-PA, Jarbas Vasconcelos, na esteira do “Caso Altamira”.

Três em uma

Em entrevista concedida ao “Estado de S. Paulo”, Elena Landau diz com todas as letras, aquilo que eu sempre imaginei sobre o esporte, mais especificamente, sobre a Copa do  Mundo no Brasil: um espetáculo privado com dinheiro público. Clique na imagem para ler a entrevista. Quadro montado a partir de entrevista de Elena Landau ao “Estado de S. Paulo”.

Amazonas inaugura Ponte Rio Negro. Dilma prorroga Zona Franca por mais 50 anos

A cacique, quer dizer, presidente Dilma Rousseff, ao lado do morubixaba Lula e do governador do Amazonas Omar Aziz (PMN), participou da inauguração, hoje, 24, da Ponte Rio Negro, que liga a capital Manaus, aos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão. A inauguração coincide com as comemorações dos 342 anos da capital do Amazonas. A obra foi inteiramente custeada pelo Estado do Amazonas: R$ 586 milhões foram financiados pelo BNDES, e R$ 513 milhões bancados pelo orçamento estadual. A Ponte Rio Negro acalenta grandezas ufanas: é a maior ponte da Amazônia, com 3.595 metros de extensão; com 400 metros de trechos suspensos por cabos, é a maior ponte estaiada sobre águas fluviais do Brasil e a segunda maior do mundo sobre águas fluviais, perdendo apenas para a ponte do Rio Orinoco, na Venezuela. Na mesma ocasião a presidente Dilma assinou a prorrogação da Zona Franca de Manaus por mais 50 anos. Ao largo do ufanismo da obra, ouvem-se as vozes do críticos, que vão do popular cha

Contra Ali Saleh

A foto acima, tomada por Yahya Arhab, da EFE, mostra centenas de milhares de iemenitas em passeata contra o regime de Ali Abdullah Saleh, que há 33 anos governa o Iêmen. A marcha se deu logo após o Conselho de Segurança da ONU aprovar resolução exortando Saleh a assinar um acordo para abandonar a presidência, e interromper os violentos ataques do governo contra opositores. Ali Saleh, do Iêmen, e Bashar Al Assad, da Síria, parecem ser os próximos da fila no tufão da “Primavera Árabe.”.

Caso Altamira: OAB nacional decreta intervenção na OAB-PA

Nunca antes na história da Ordem dos Advogados do Brasil, o Conselho Federal havia aprovado uma intervenção em uma de suas seccionais. O atual presidente da OAB-PA, Jarbas Vasconcelos, foi aquele que teve o infortúnio de inaugurar tão desgastante e vergonhosa condição: na noite de ontem, 23, depois de nove horas de um julgamento que entrou na madrugada de hoje, por 22 votos a 4, a OAB nacional decidiu intervir na OAB-PA, por conta do já famoso “Caso Altamira”. O Conselho Federal da OAB decidiu que os dirigentes envolvidos no processo ficarão afastados por seis meses das atividades administrativas da OAB-PA. Neste prazo, a 2ª Câmara da Ordem decidirá o futuro dos envolvidos, em processo disciplinar que será aberto, cujas sanções vão desde simples advertências até a perda da carteira da OAB, o que impede o exercício da advocacia. Foram julgados como envolvidos no processo, além do presidente Jarbas Vasconcelos, o secretário-geral, Alberto Campos Júnior e os diretores licenciados E

Argentina reelege Cristina K para presidente

Os resultados preliminares da apuração na Argentina indicam que Cristina Kirchner, 58 anos, está reeleita em primeiro turno. Caso mantenha o percentual de 53,4% dos votos válidos até o final da apuração, Cristina K terá sido a candidata eleita com maior percentual, desde o mítico Juan Domingo Perón, criador do peronismo, que detém o recorde de 62% dos votos em um eleição argentina. A presidente Dilma Rousseff ligou para a sua colega argentina parabenizando-lhe pela vitória. "Agradeço à companheira Dilma pelas palavras que me disse", pronunciou-se Cristina, em cadeia de rádio e TV na Argentina. No seu pronunciamento, ela também lembrou o esposo, Nestor Kirchner, falecido há um ano e meio, que inaugurou o que os argentinos chamam de a era “K”, ao se eleger presidente em 2003. "Sem ele, sua valentia e sua coragem teria sido impossível chegar aqui", afirmou.

O carro de R$ 8 milhões

A foto acima é do único Runabout do mundo em perfeito funcionamento, dentre os cinco ainda existentes. Trata-se do primeiro automóvel pessoal fabricado no mundo. A autora da proeza foi a montadora francesa De Dion, em 1884, que, na verdade, fez uma locomotiva pessoal: o Runabot tem três rodas, lugar apenas para o motorista, é movido a lenha, alcança a temerária velocidade de 55 km/h e a sua caldeira tem autonomia para 32 km. A raridade, de 127 anos, foi arrematada no domingo, 09, nos EUA, por US$ 4,62 milhões (cerca de R$ 8 milhões). O Runabout arrematado ainda agrega um valor considerável: é o único carro existente que participou da primeiro corrida de automóveis do mundo, que ocorreu em Paris, em 1887.

Anne Hathaway

A bela atriz nova-iorquina, nascida no Brooklin, Anne Hathaway, na capa da prestigiada “ C ”, a revista preferida de Bervely Hills. A beldade será a “Mulher Gato” no próximo “Batman”, de Christopher Nolan. Este Batman é mesmo um cara de sorte…

Caminhoneiro

Não se pode negar que esta menina, a Paula Fernandes, é uma coisa linda, cativante e afinada, mas, a coisa toma mesmo corpo e enche o ambiente quando o Dominguinhos entra na deixa: o cara é a tez do que canta.

Terremoto de 7,3 graus castiga o leste da Turquia

A agência de notícias turca “Anatolia” informa que o terremoto que atingiu, hoje, o leste da Turquia, causou entre 500 e 1.000 mortos na cidade de Van capital da província de mesmo nome, na fronteira com o Irã. O diretor do instituto de sismologia turco, Mustafa Gedik, relatou que o tremor atingiu o grau 7,3. Foto: AFP

Em cima do lance

Recebi por e-mail, sem o devido crédito.

IstoÉ: Agnelo Queiroz (PT-DF) era o “chefe” verdadeiro do esquema no ME

Enquanto a VEJA mantem a alça de mira no ministro Orlando Silva, a  IstoÉ, que já está nas bancas, dispara no rumo do atual governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT-DF) ex-PCdoB e ex-ministro do Esporte. Em entrevista à revista, o auxiliar administrativo Michael Silva, acusa Agnelo de ser o verdadeiro "chefe" do esquema de desvio de recursos na referida pasta. Michael Silva, foi a principal testemunha da Operação Shaolin, deflagrada no ano passado pela Polícia Civil no DF, e trabalhou nas ONGs comandadas pelo policial João Dias. Na entrevista, Silva diz que sacou R$ 150 mil para entregar ao então ministro Agnelo, e revela que um dos operadores de Agnelo no ministério era Luiz Medeiros, “ongueiro” e amigo do atual governador. "Medeiros falava demais. Sempre comentava que estava cansado de dar dinheiro a Agnelo", revelou Michael Silva à IstoÉ. Segundo as revelações de Michael Silva, “o esquema de fraudes com ONGs de fachada transcendia as fronteiras do

Desconstruindo Cazuza

Recebi um e-mail, que teria sido assinado por uma psicóloga chamada Karla Christine. O texto emite um juízo sobre Cazuza, a partir do filme sobre a vida dele, “ Cazuza – O Tempo não Para ” , que eu assisti em 2004. As músicas do Cazuza estão entre as minhas preferidas. Não é possível negar o ângulo abordado pela Karla, mas, todos nós temos defeitos. Os artistas, a meu ver, devem ser lembrados pela arte que nos legaram e não pelos defeitos que tiveram. Eis o texto. “Fui ver o filme Cazuza e me deparei com uma coisa estarrecedora. As pessoas estão cultivando ídolos errados. Como podemos cultivar um ídolo como Cazuza? Concordo que suas letras são muito tocantes, mas reverenciar um marginal como ele, é inadmissível. Marginal, sim, pois Cazuza foi uma pessoa que viveu à margem da sociedade, pelo menos uma sociedade que tentamos construir com conceitos de certo e errado. No filme, vi um rapaz mimado, filhinho de papai que nunca precisou trabalhar para conseguir nada, já tinha tudo n

A novela Orlando Silva: VEJA traz mais um capítulo

Como era esperado, a VEJA que chegou às bancas neste sábado pinga mais uma gota do fel servido ao ministro do Esporte Orlando Silva. A revista relata gravações de uma conversa, havida em abril de 2008, entre João Dias e Fábio Hansen, encarregado do programa “Segundo tempo”, e Charles Rocha, então chefe de gabinete da secretaria executiva do ministério. Na gravação João Dias cobra solução para um ofício do Ministério do Esporte, enviado à PM responsabilizando-o por desvios em um convênio. Hansen e Rocha, na gravação, arquitetam uma fraude para livrar João Dias da investigação. "A gente pode mandar lá um ofício desconsiderando o que a gente mandou", propôs Charles Rocha. Ao que Hansen completou: "Você faz três linhas pedindo prorrogação de prazo." Hansen ainda ensina que o pedido de prorrogação deveria ter data falsa. Nos dias seguintes, a operação foi realizada exatamente como programado. A revista reproduz os documentos em seu site . Foto: VEJA