Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Barquinhos de papel e pinturas com café

Eu tenho uma mania que cultivo desde criança: fazer barquinhos de papel e despreza-los a navegar em qualquer água. Faço-os com qualquer pedaço de papel inservível que me venha às mãos, e não raro o atendente leva a minha xícara de café com um resto no fundo e um barquinho navegando nela. O arquiteto romeno Adrian Mitu tem uma mania bem mais peculiar que a minha, que o diferencia de mim: ele é um artista e eu um mero dobrador de papel. Mitu desenha automóveis com um lápis e depois os pinta, usando com única tinta o resto do café que bebe. O resultado da arte pode ser visto clicando sobre a imagem abaixo, que é uma das suas pinturas.

Jornalista dinamarquês publica documentário com entrevistados que afirmam extermínio

O jornalista dinamarquês Mikkel Jensen, duramente criticado, e até acusado de não existir, pela declaração de que crianças de rua estariam sendo exterminadas em Fortaleza-CE, cumpriu a promessa e publicou na quinta-feira (29) o documentário para o qual colheu material no Brasil. No documentário de 30 minutos, intitulado "O Preço da Copa do Mundo", Jensen entrevista crianças de rua, pessoas desalojadas por conta das obras da Copa e políticos, mostrando, independentemente de ser contra ou a favor da Copa, o lado B não do evento, mas do Brasil. > Denúncia com nome e sobrenome Sobre a acusação de extermínio de menores, o líder comunitário Manoel Torquato, diz textualmente que “ começou a haver na cidade grupos de extermínio atirando em meninos na rua ”. Prossegue que meninos “ estavam dormindo na fachada de uma farmácia de uma rua conhecida em Fortaleza, Avenida João Pessoa, e um carro preto baixou o vidro e atirou em todos. Quatro meninos foram baleados. Dois morreram. Doi

Eficiência tucana só existe na propaganda

A frase acima foi proferida ontem (29) depois que o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, revelou a prefeitos do Marajó e parlamentares da bancada federal paraense, que um convênio de R$ 21 milhões, firmado em 2012 com a Secretaria de Agricultura do Pará, está parado por falta de aplicação (construção de 61 sistemas de abastecimento d’agua) dos primeiros R$ 10 milhões repassados. Consuelo Castro, prefeita de Ponta de Pedras e presidente da Associação dos Municípios do Marajó (AMAM), e o secretário executivo da associação, Pedro Barbosa, diante da declaração do ministro Teixeira, reagiram indignados e incrédulos, o que obrigou o ministro à prova dos nove: sacou da gaveta a comprovação do depósito na conta da Sagri-PA. Ao ver o depósito, o secretário executivo da AMAM, Pedro Barbosa, rendeu-se à realidade e desabafou: “ O Governo do Estado não têm competência para gerir esse Plano, ele é totalmente inoperante . ”. Não se apoquente meu amigo Pedro, eu também fui um dos

Chico da Pesca reassume o mandato

Chico da Pesca (PROS), eleito em 2010, pelo PT, deputado estadual, e cassado pelo TRE-PA em 2012, após pouco mais de 13 meses de mandato, teve o seu mandato devolvido pelo TSE em abril desse ano e tomou posse ontem (29) na Assembleia Legislativa, para terminar o mandato. O ex-vereador Alfredo Costa (PT), primeiro suplente do PT, foi quem assumiu a vaga deixada por Chico da Pesca em 2012, e ontem teve que deixar a vaga, devolvendo-a a quem o TSE opinou ser ela de direito. Chico da Pesca deixou de exercer a metade do mandato para o qual foi eleito. Alfredo Costa renunciou ao mandato de vereador para assumir a vaga de deputado e agora não mais é deputado e nem vereador poderá voltar a ser nessa legislatura. Como mandatos têm prazos determinados e peremptórios, a Justiça Eleitoral jamais poderia cometer essas incongruências, pois da forma como agiu, no caso em tela, cometeu injustiça com os dois.

Joaquim Barbosa anuncia aposentadoria do STF

A frase acima foi proferida ontem (29) pelo ministro presidente do STF Joaquim Barbosa, 60 anos, ao ser perguntado sobre o mensalão, por jornalistas que cobriram a sessão plenária na qual ele anunciou a sua aposentadoria da magistratura. > Origem pobre Primogênito de 8 filhos havidos por um pedreiro e uma dona de casa, aos 16 anos, Barbosa saiu de Paracatu-MG para Brasília, onde conseguiu o seu primeiro emprego, na gráfica do Correio Braziliense. Sempre em escolas públicas, formou-se em Direito na Universidade de Brasília, onde também tornou-se mestre em Direito do Estado. > Carreira proficiente Foi Oficial de Chancelaria do Ministério das Relações Exteriores, quando serviu na Embaixada do Brasil em Helsinki, na Finlândia. No retorno, foi advogado do Serpro, quando foi aprovado em concurso público para procurador da República, cargo do qual se licenciou para cursar mestrado e doutorado em Direito Público, na Panthéon-Assas , uma das 13 subdivisões da Universidade de Sorbonne,

Nada funciona e ninguém se importa

Salman é o autor de "Versos Satânicos", lançado em 1989, pelo qual foi condenado a morte pelo então Aiatolá Khomeini, líder do Irã, por "blasfemar contra o islamismo". A condenação original determinava que qualquer seguidor do islamismo, mesmo fora do Irã, poderia assassinar Salman e fugir para o Irã onde receberia santuário. Cinco anos depois, por pressão internacional, o Irã retificou a extraterritorialidade da pena, dando-lhe vigência apenas dentro do território iraniano. Salman tem razão em um ponto: nós, brasileiros, rotineiramente, aceitamos maus serviços passivamente, mesmo quando pagamos, e caro, por eles. O sistema de telefonia celular é um deles.

Promessa matrimonial nos tempos das redes sociais

Impostômetro, sonegômetro e corruptômetro

Destaco sempre que a sonegação de impostos é a maior corrupção nacional, batendo, de longe, as tungas no erário perpetradas por políticos e a corrupção existente nas empresas privadas juntas, mas eu nunca vi alguém ser condenado por sonegação e os maiores sonegadores são as grandes empresas, cujos maiores acionistas constam nas listas das maiores fortunas do Brasil. Alguns retrucam que sonegar é um imperativo porque os impostos são altos, o que nos leva à esquizofrenia moral de justificar assaltos a bancos porque os banqueiros estão bilionários. > Números Ontem (28) o “ Impostômetro ” cravou R$ 659,9 bilhões de impostos arrecadados desde 01.01.2014. O “ Sonegômetro ” apresentou a marca de R$ 203,3 bilhões no mesmo período, ou seja, a sonegação no Brasil está em 30,8% do que se arrecada. No mesmo período, o “ Corruptômetro ”, que mede a corrupção pública e privada, em média mensal de R$ 17,6 bilhões, alcançou a marca de R$ 88,4 bilhões, o que vem a ser 13,3% do que o país arrecado

Ministério Público Federal opina que Simão Jatene desvirtua a publicidade institucional

Depois de puxar a orelha do PMDB, por conta da caravana “Queremos Ouvir o Pará”, que acha de cunho eleitoral, o Ministério Público Eleitoral, deu uma portentosa cachuleta na orelha do governador Simão Jatene. O ralho se fez no parecer oferecido em ação movida pelo PMDB, que requereu a retirada da ilusória propaganda do governo, que faz publicidade do que não tem, do que já teve, ou do que já tinha, tudo apresentado como se fosse obra e graça do agora: a propaganda do governo vende gato por lebre. “ Apesar de não apresentar a imagem do representado, governador Simão Robison de Oliveira Jatene, nas inserções, há clara finalidade de exaltar e promover as obras, mesmo antigas, e os serviços públicos, e, por consequência, daqueles que fazem parte da atual administração ”, diz o parecer do MP Eleitoral. E completa que “algumas das obras, como dos Hospitais Regionais, sequer foram inauguradas no governo atual ”, ou seja, segundo o MPF, o governo, além de desvirtuar a propaganda institucional

O doleiro dos meus sonhos

A colagem acima foi cortada da coluna PAINEL, da Folha de S. Paulo, edição de 18.05.2014.

Por unanimidade, TSE mantém alteração da bancada federal de 13 estados

A judicialização da política protagonizou mais um round no cabo de guerra entre o Congresso e o Tribunal Superior Eleitoral, na definição do número  de deputados federais por estado da Federação. > Origem O TSE alterou, em abril de 2012, o tamanho das bancadas de 13 estados na Câmara Federal, tendo como base o censo de 2010 do IBGE. Os congressistas dos estados prejudicados se insurgiram e aprovaram um Decreto Legislativo anulando a resolução do TSE. > O dito pelo não dito Ontem (27), o TSE, por unanimidade, repristinou a resolução alegando, preliminarmente, que o decreto foi aprovado em novembro de 2013, a menos de um ano do pleito de 2014. No mérito alegou o TSE que apenas uma nova lei complementar, ou a declaração da inconstitucionalidade da atual sobre a matéria, poderia revogar a resolução, e não um decreto legislativo. > Ainda rolam as águas O quiproquó vai parar no Supremo Tribunal Federal, onde já dormem ações que contestam a decisão do TSE. Se o conflito não fo

Fifa convida Gisele Bündchen para entregar a taça da Copa

Agora eu comecei a considerar como factível a compra de um ingresso, no câmbio negro, pois não existe mais no oficial, para assistir a última partida da Copa. É que eu soube hoje (27) que a Fifa convidou a Gisele Bündchen para entregar a taça do mundo à seleção campeã da Copa 2014. Sabem, comecei a mudar o meu conceito sobre a Fifa… A irmã da Gigi, Patricia Bündchen, confirmou o recebimento do convite, mas diz que ainda não sabe “se a agenda vai permitir". Pelo sim, pelo não, já vou protocolar um pedido de permissão à Dona Ann, explicando-lhe a razão do meu repentino interesse por futebol. Vocês que sempre vão aos jogos: tem como invadir o gramado na hora da entrega da taça? E por falar em Copa, quer dizer, em Gisele Bündchen, não tem jeito mesmo: falou em Brasil abroad e lá está mulher nua em evidência. Vejam abaixo a capa da mais recente edição da revista francesa Lui , que fala, coincidentemente, sobre a Copa no Brasil: Será que ela vai entregar a Taça como está na cap

Primeiro o mais importante

Deputado federal do PMDB de MG declara que o PSDB lhe ofertou R$ 20 milhões para coligar

O ex-ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff, deputado federal Antônio Andrade (PMDB-MG), ateou fogo na pré-campanha mineira: afirmou ontem (26), em entrevista coletiva, que o presidente do PSDB de Minas, deputado federal Marcus Pestana, ofereceu a ele R$ 20 milhões, e a vaga do Senado, para que o PMDB coligasse com o PSDB no estado. O PMDB já está fechado com o PT em Minas e, segundo Andrade, a intenção do PSDB ao fazer a oferta era isolar o PT no Estado. " A declaração é uma mistura de irresponsabilidade, delírio e leviandade. Nosso padrão ético é diferente e ele que não venha nos medir com a régua e compasso de suas medidas, que não são a nossa ", reagiu Pestana, ao saber das declarações de Andrade. As declarações de Andrade não são inverossímeis: não raro, e até frequentemente, as articulações partidárias passam por argumentos impressos na Casa da Moeda. Crível, idem é, que Andrade tenha aumentado, ou até inventado a trolha, pois embora se diga que “ o povo au

O mais moderno e os menos modernos

> O mais moderno Na última sexta-feira (23), a um custo de R$ 19 milhões, o governo do Estado inaugurou o Terminal Hidroviário de Belém, que carimbou como “ o mais moderno do Brasil ”. Mesmo em não conferindo os comparativos, como diz o próprio Simão Jatene quando quer desdizer Goebbels, “ uma mentira mil vezes repetida continua sendo uma mentira ”. Mas Jatene parafraseou quem sempre desdiz ao declarar que “ o Terminal está sendo construído para atender a toda a população do Estado, mas, principalmente, aos ribeirinhos, essa gente fantástica que, normalmente, não consegue ter acesso a serviços dessa qualidade . ”. Menos verdade! > Os menos modernos A parte dos “principalmente”, a maioria dos ribeirinhos, continuará a embarcar e desembarcar nas dezenas de portos há décadas improvisados e espargidos pela orla de Belém. Se os ranfastídeos não adorassem purpurinas atentariam que luxo e riqueza são triviais, mas conforto e funcionalidade são necessários: com os R$ 19 milhõ

Fotos mundo afora

A belíssima foto abaixo, que mais parece uma pintura de Goya, flagrou, por trás da cortina de uma janela, uma criança indiana observando um comício na aldeia Rawalpora, na Índia. A foto foi tomada por Rouf Bhat par a AFP. E abaixo a tomada de um militante do Movimento islâmico Jihad, que participa de uma marcha para comemorar o Dia dos Prisioneiros, em que se pede a libertação de presos palestinos, na Faixa de Gaza. A foto foi tomada por Mahmud Hams para a AFP.

Estado atrasa até 4 meses pagamento de obras

Na postagem “ Tireomegalia desvirginada ” foi postado o comentário da empresa que empreitou a obra de reforma da escola ali citada, o qual colo abaixo: “A obra da Escola Justo Chermont não é uma pintura de R$ 1,99 como você diz ai não, é uma reforma geral, inclusive com climatização das salas e troca de todas as esquadrias, toda a parte elétrica, com nova subestação e muita coisa mais, no valor total de R$ 958.532,59. E ainda nobre deputado, a empresa jamais está de descaso com a comunidade escolar, pois se estivesse, já teria abandonado a obra há muito tempo, pois, desde dezembro de 2013, veio receber pagamento em abril. Não quero saber de quem é a culpa deputado, mas garanto a você e posso provar que da empresa não é. A foto em referência foi tirada em uma sexta-feira ou sábado pela manhã que é quando a empresa faz a limpeza dos entulhos da obra. Alguma pessoa, aproveitando-se da situação, enviou-lhe esta foto. Agora eu gostaria de perguntar a vossa excelência, se você trabalha 4

Na Vanguarda

Uma ótima campanha da Vanguarda publicada em “O Liberal”, edição de hoje, 25.05.

STF decide: corte de ponto de grevista é ilegal

Em 01.11.2013, durante a greve dos professores da rede de ensino estadual, discordando da recomendação do Ministério Público Estadual de cortar o ponto dos grevistas, na postagem “ MPE-PA emite nota. Eu discordo ”, escrevi: “Tal procedimento é no antijurídico, pois nega o direito que a Justiça, ao declarar a legalidade da greve, quer garantir. Por que? Porque o corte do ponto, que resulta no confisco do salário correspondente, retira do paredista a parcela alimentar da sua sobrevivência pessoal. Porque, ao negar esse alimento, o empregador chantageia o paredista com a expectativa da fome. Que raios de direito é esse, que oferece ao cidadão a volta ao trabalho ou a morte por inanição?!” > STF decide Ontem (23) o STF manteve decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, que declarou a ilegalidade do desconto do ponto do grevista, dando repercussão geral à decisão, ou seja, doravante é ilegal o desconto de ponto durante movimentos paredistas. Além do entendimento dou

Bungee jumping em Queenstown

A cidade de Queenstown, na Nova Zelândia, é o paraíso dos esportes radicais. Acima, um corajoso saltador pula em uma queda livre de 400 metros antes de ser puxado pela corda. A foto é de Lisa Wiltse, para o New York Times. Clique na foto para ampliar.

De estudos, processos, fezes, intocabilidades e vaidades

A jornalista Franssinete Florenzano postou em seu blog, em 18.02.2011, que o então vereador de Belém, Gervásio Morgado, teria pronunciado, na Câmara Municipal, em resposta ao questionamento sobre pedreiros que arriscam as vidas nas construções, o repto: “ Quem mandou não estudar? ”. O jornalista Marcelo Marques, repercutiu, no “Blog do Bacana”, a postagem do “Blog da Franssinete”. O vereador Gervásio Morgado resolveu acionar civil e penalmente os dois. > Vitória civil e derrota penal Na esfera civil Morgado obteve a condenação de Franssinete Florenzano a pagamento de indenização por danos morais, do que ela recorre. Na esfera penal Morgado foi derrotado: sentença lavrada pela 2ª Vara Criminal de Belém rejeitou-lhe a queixa-crime e o condenou ao pagamento das custas processuais e honorários de sucumbência, arbitrados em R$ 2 mil e R$ 500 em favor de Franssinete Florenzano e Marcelo Marques respectivamente. > Sentença irreparável A sentença do juiz Rafael Maia é tecnicamente cor

Tireomegalia desvirginada.

O governador obliterou que no final desse 2014 o PSDB completa 16 anos de poder no Pará, onde aparelhou o governo e, escancaradamente, as estruturas do próprio Estado. A mencionada pós-graduação de Simão Jatene está perempta e é possível sugerir que sequer a ele mesmo ela serviu, pois foram necessários 15 anos de anêmica governança para que ele concluísse que “ a dicotomia de Estado rico e povo pobre ” poderia ser quebrada com um “Pacto pela Educação” enjambrado no ocaso do segundo governo. E pelas vaias que Jatene tem recebido de professores e alunos Pará adentro, o “Pacto pela Educação” não passa de uma tireomegalia desvirginada.  Para ilustrar o bócio perfurado do tal pacto, abaixo se cola uma fotografia do estado da Escola Estadual Doutor Justo Chermont, em plena capital do Estado, mais precisamente na avenida Pedro Miranda, esquina com a travessa Vileta. A respeito, a Seduc informa que a escola está em obras, com prazo de entrega em junho, mas as aulas não foram paralisadas

A Er Yue Er

No segundo dia do segundo mês do ano, ocorre a milenar festa do Er Yue Er, na cidade de Hefei, na China. Um dos rituais da festividade consiste em os pais das crianças que ainda não completaram o segundo ano de vida, levarem-nas à Praça Leijie, no centro da cidade, para terem a cabeça completamente raspada. A foto é da agência chinesa Zhang Duan/Xinhua.

Ibope: presidente Dilma recupera três pontos. Aécio e Campos sobem

O Ibope publicou ontem a mais recente pesquisa da corrida presidencial mostrando que a presidente Dilma Rousseff cresceu 3 pontos percentuais, 1 ponto percentual acima da margem de erro declarada na pesquisa: de 37% na pesquisa de abril, para 40% na atual: Embora a diferença entre a intenção de votos da presidente Dilma e a soma dos demais candidatos tenha diminuído - desde a pesquisa Ibope publicada em abril -  de 13 pontos de vantagem para apenas 3, o levantamento ainda demonstra a possibilidade de vitória em 1º turno. Abaixo o quadro comparativo, elaborado por “O Globo”, das pesquisas de abril e maio do Ibope: > Rejeição A resposta à pergunta “em qual candidato você não votaria de jeito nenhum” revelou que a maior rejeição é da presidente Dilma:   O Ibope simulou um provável segundo turno entre Dilma e Aécio: E entre Dilma e Eduardo Campos: Foram ouvidos 2.002 eleitores em 140 municípios entre os dias 15 e 19 de maio. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para m

Governador voa para Paris e não me convidou para compor a comitiva

Governar é uma atividade solitária e desgastante: como todos os ofícios tem os seus ossos. Mas como tudo na vida tem as suas compensações, em compensação as benesses do poder pagam as penas dos ossos roídos. O governador do Estado, com a devida autorização da Assembleia Legislativa, se ausentará do Brasil entre 24 de maio e 1º de junho. Sua Excelência se faz até Paris, onde o Pará receberá a Certificação Internacional de Estado Livre de Febre Aftosa, e eu estou pesaroso: não fui convidado para compor a comitiva, que viajará com tudo pago pelo erário.  É claro que tal certificado poderia ser enviado pela “ La Poste ”, a rede de correios francês, mas aí perderia o glamour da cerimônia que, para arrematar a joie de vivre da cidade luz, será regada a champanhe e caviar belga, tudo pago pelo erário, não da França, pois os franceses são algo arredios a acepipes com os seus impostos. Como dizia um amigo meu: “essa burguesia sabe viver...”. Em tempo, o vice-governador do Estado também se faz

Alfisina Mecânica

Os intocáveis

Há 47 anos Sudhira, 60, sai de casa todas às manhãs portando uma pá e um cesto para começar o seu trabalho: colher as fezes de 10 casas cujos proprietários lhe pagam 20 rúpias (R$ US$ 0,72) e um pão. Sudhira pertence a uma casta chamada de “Dalits” ou “intocáveis”. A denominação é óbvia: ninguém, salvo os membros da própria casta, podem tocar nas pessoais que fazem tal trabalho, pois elas são “poluídas”. Mais da metade dos indianos pratica o sistema de castas, advindo da crença religiosa, produzida na organização social, de que as pessoas vêm ao mundo para cumprir uma obrigação na vida, o karma. O karma dos 1,3 milhão de intocáveis na Índia é penoso: colher fezes por toda a vida. E adivinhem quem, na casta, está obrigado a fazer o trabalho sujo: as mulheres. > Na 3ª economia do mundo Tal excrescência ocorre na Índia, segundo dados do Banco Mundial, publicados em 29.04.2014, a 3ª economia do mundo, mas onde 600 milhões de pessoas – praticamente a metade da população – expelem se