Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

As candidatas a Amy

As cantoras inglesas raramente saem das fronteiras do Reino Unido e se tornam sucesso no mundo. Amy Winehouse foi uma das que saiu dos limites de Sua Majestade, mas, pouco durou. Já estão abertas as bolsas de apostas para ver quem deverá preencher o vácuo deixado por Amy nas paradas inglesas e, porque não, no mundo. O colunista do “Globo”, Silvio Essinger, repercutindo matéria do “Tribune”, escala as jovens ingleses candidatas à sucessão de Amy: Adele Adkins , 23 anos, com o seu segundo álbum no topo das paradas, com 8,2 milhões de cópias vendidas, é uma das preferidas. Ao ser questionada sobre a sua preferência, respondeu: “Amy abriu o caminho para artistas como eu e fez com que as pessoas voltassem a ficar animadas com a música britânica.". Duffy , venceu um Grammy em 2008 com o álbum "Rockferry". Seu segundo álbum, "Endlessly", não fez o mesmo sucesso do primeiro, mas, está entre os 10 mais em várias listas do Reino Unido. Joss Stone que, segundo

Curiosidade

A vez do Ministério da Agricultura

Pelo jeito a presidente Dilma Rousseff, se continuar seguindo a pauta das denúncias publicadas na imprensa, vai ter que voltar ao supermercado para comprar mais detergente à faxina. Neste sábado a revista Veja mira na suposta corrupção no Ministério da Agricultura, através da bilionária Companhia Brasileira de Abastecimento (Conab), e quem faz as denúncias é Oscar Jucá Neto, irmão do senador Romero Jucá, líder do governo no Senado. Jucá Neto foi demitido da direção da Conab pelo ministro da Agricultura Wagner Rossi, que ocupa a pasta em uma espécie de consórcio entre o PMDB e o PTB. A causa da exoneração foi uma denúncia da própria Veja, de Jucá Neto teria “autorizado um pagamento de 8 milhões de reais a uma empresa-fantasma que já foi ligada à sua família e que hoje tem como ‘sócios’ um pedreiro e um vendedor de carros.”. Jucá não se rogou e saiu atirando para todos os lados: disse à Veja que na Conab “há um esquema de corrupção e desvio de recursos maior do que os escândalos do Dnit

Salsicha faz mal à saúde

Se você é chegado a cachorro-quente com salsicha, ou similar, saiba que a salsicha foi eleita, nos EUA, por um grupo de médicos, como a mais nova vilã da alimentação. O Comitê de Médicos para uma Medicina Responsável, com sede em Washington D.C., espalhou outdoors pelos EUA alertando a população de que salsichas estão entre uma das causas do câncer colorretal. Os médicos alegam que os ricos de contrair câncer para quem come salsichas regularmente são os mesmos daqueles que fumam regularmente. Um estudo do Fundo Mundial para Pesquisa de Câncer demonstrou que “50 gramas de carne processada por dia (a mesma quantidade de uma salsicha de cachorro-quente) aumenta os riscos da doença em 21%.”. A diretora de nutrição do comitê, Susan Levin, declara que “os cachorros-quentes deveriam vir com um rótulo de advertência para ajudar os consumidores a avaliarem os riscos para a saúde.”.

Bitcoin: a moeda virtual

Já está no ar, no Brasil, o “ Bitcoin ”: site que criou uma nova moeda no mundo, desatrelada de qualquer governo ou instituição bancária. A moeda, chamada “bitcoin”, cuja abreviação é “BTC”, já movimenta, segundo o portal de câmbio MtGox, em torno de US$ 100 milhões, e foi inventada pelo programador Satoshi Nakamoto, que elaborou o algoritmo que individualiza os lotes, como se fossem uma nota virtual. O que diferencia o BTC de outras moedas virtuais que foram criadas com o intuito de comercialização em redes sociais, como o Linden Dollar, do Second Life, é que ele pode ser usado para comprar bens reais e, também, ser sacado em moeda corrente de qualquer país onde haja o site. As autoridades monetárias dos EUA começam a lançar olhares desconfiados à moeda, pois ela não identifica os portadores: as transações são códigos alfanuméricos e podem estar sendo usadas para fins ilícitos. Um dos sites na mira das autoridades é o Silk Road, que só aceita BTC e há fortes indícios de que um dos pr

Tanto quanto

Sobre a faxina que a presidente Dilma Rousseff vem fazendo no Ministério dos Transportes, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso aconselha o PSDB a apoia-la: "No caso da faxina, por exemplo, estou do lado dela e acho que seria um erro o PSDB deixar de reconhecer o esforço para conter a corrupção.”. Sobre as investidas da imprensa de que Dilma estaria tentando se distanciar de Lula, o ex-presidente responde com a eficaz tática do cliente sempre tem razão: "Vou dizer uma coisa definitiva aos que tentam me intrigar com a Dilma: se ela, por acaso, criticar o meu governo ou a mim, individualmente, saibam que eu estarei sempre errado, e a Dilma estará com a razão. Desistam!"

Em baixo d´água

A espanhola Andrea Fuentes em um perfeito movimento no Campeonato Mundial de Nado Sincronizado. Foto: AFP

Relatório do voo 447 revela indícios de imperícia humana

Mais um relatório parcial sobre o fatídico voo 447 da Air France foi publicado pelo BEA Desde a primeira postagem sobre a queda do 447, em 2009, posicionei-me em um ponto nuclear: os fabricantes das aeronaves embarcaram tecnologia nas máquinas e as empresas aéreas vêm negligenciando dotar os pilotos de perícia suficiente para toma-las nas mãos em caso de emergência. A queda do 447 foi a mais perfeita tradução de completo desentendimento “neurolinguistico” entre o homem e a tecnologia embarcada nas máquinas. O BEA, baseado nas análise da tragédia, não traz uma importante recomendação: o profissional precisa ser reconstruído para conviver com a, cada vez mais, sofisticada tecnologia embarcada nas aeronaves.   Segundo o mais recente relatório, os softwares que comandavam o A330 tentaram, em todos os segundos que antecederam o mergulho da aeronave no Atlântico, indicar aos pilotos quais as manobras que poderiam estabiliza-la, mas, os pilotos, pressionados pelas graves circunstâncias, acab

Especula-se a renúncia da ministra Ellen Gracie, do STF

É provável que a partir de agosto se deverá abrir uma vaga de ministro no Supremo Tribunal Federal. Especula-se que no retorno dos trabalhos da Corte, a ministra Ellen Gracie deverá formalizar a sua renúncia. Ellen Gracie já revelou que pretende disputar a vaga de Silvia Steiner no Tribunal Penal Internacional, todavia, caso ela venha a despir a toga do STF, suas chances na Corte Penal Internacional diminuem consideravelmente.

O “NÃO” de Glauco Lima

Sou paraense, nascido em Tucuruí, e a favor da multiplicação do Pará desde que tomei conhecimento da tese há mais de 30 anos. Isto, todavia, não me obstrui a razão e não faço digressões esgrimindo ódios e preconceitos. O prólogo é para dizer que ficou ótima a imagem de Glauco Lima, publicitário que comanda o marketing do “NÃO”, que colo abaixo. O tom que Glauco Lima embarcou na peça é perfeito para uma campanha que deve pretender afastar ideias e tentos mal concebidos: somos todos brasileiros.

ALEPA: juíza determina quebra de sigilo e bloquei de bens

A juíza Alda Tuma, na medida cautelar impetrada pelo Ministério Público do Estado no processo criminal que denunciou 26 pessoas por fraudes na ALEPA, deferiu a medida reclamada e autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos acusados, determinando ainda, conforme o pedido, o sequestro de bens dos denunciados. O despacho judicial foi lavrado no dia de ontem e, segundo informações divulgadas hoje na imprensa, já foram emitidas as determinações para os cartórios de registro de imóveis para que não efetuem transferência de propriedade de bens em nome dos incluídos na restrição. Os atingidos pela medida são, Daura Irene Xavier Hage, Elzilene Maria Lima Araújo, José Robson do Nascimento (Robgol), Rosana Cristina Barleta de Castro, Sérgio Duboc Moreira, Mileny Vânia Carneiro Rodrigues, Maria Genuína Carvalho de Oliveira, Edmilson de Souza Campos, Semel Charone Palmeira, Jorge Moisés Caddah, Danielle Naya Xavier Hage, Larissa Rebeca Hage Paraense, Adailton dos Santos Barboza, Amaury M

A última bolacha do pacotinho

Sou obrigado a concordar, em todas as flexões, com o André Vargas. Indo além, a presidente Dilma Rousseff deveria exonerar Jobim por telegrama. Fonte: a imagem foi recortado da coluna “Repórter 70” de “O Liberal”, edição de 28.07.11.

Ventos gelados

A atabalhoada venda do terreno da OAB em Altamira, comandada pelo presidente da entidade no Pará, jogou ao chão a máscara de moralidade que ele desejava portar, e trouxe na sola da dor de cabeça aguda uma enxaqueca que insiste em se tornar crônica. Na tradução do dia atrás do outro, os afetados pelas precipitações de Jarbas Vasconcelos, vendo-o agora em maus lençóis, não hesitam em diminuir a temperatura. A primeira a rodar o dial do ar para baixo foi a promotora de Justiça Ociralva Tabosa, que o denunciou por crime de denunciação caluniosa, por conta de investidas dele contra a promotora Érika Oliveira, que abriu procedimento visando apurar suposta irregularidade em contratação de um escritório de advocacia pelo município de Nova Timboteua. Revela, hoje, o blog “ Espaço aberto ”, outra lufada de vento frio rumo aos rotos lençóis de Vasconcelos: um ofício do procurador da República Cláudio Dias, que, segundo a postagem do dito blog, atua no Ministério Público Federal em Santarém. O pr

Palpite infeliz

Leio no “ Blog do Hiroshi ”, que os que defendem o “SIM” para o Tapajós e “NÃO” para o Carajás revelaram a primeira peça gráfica da campanha, que, copiadas do citado blog, colo abaixo: A peça é preconceituosa com o “Tapajós” e repisa a equivocada ideia de que as riquezas minerais do “Carajás” são bens do estado. O “Tapajós” não é uma região desprovida de riquezas e oportunidades. O Carajás não é dono dos minérios que lá se exploram. O Pará não é dono do subsolo e nem do potencial hidrelétrico, pois ambos pertencem à União. Aliás, o Pará não recebe e nem percebe coisa alguma disto, devido ao diferimento legal que a União protagoniza e jamais abrirá mão. Portanto, em se dividindo o Pará, este não perderá as minas de Carajás e assimilados, porque não as tem e Carajás não as terá porque não lhe pertencerão. Se a campanha publicitária tem a lógica da riqueza no subsolo, os dois pratos deveriam estar vazios. Quanto aos outros ingredientes, há agricultura e pecuária em todo o território para

Ela cansou

Fonte: “O Estado de S. Paulo”

Lixão na mata da Pirelli

O meu amigo André Nunes vestiu a armadura novamente em defesa da única vegetação virgem na Região Metropolitana de Belém, a chamada “mata da Pirelli”. A primeira vez foi quando a ex-governadora Ana Júlia tentou por parte da mata abaixo para a construção de casas populares, o que pressionaria a área através de um ataque urbano anunciado. Na ocasião eu fui o relator do projeto de lei que autorizava o empréstimo para o apocalipse e rejeitei a matéria. Agora, o André Nunes denuncia em seu blog “Tipo assim... folhetim”, que o município de Marituba “ofereceu” a mata da Pirelli para fazer o aterro sanitário dos municípios da Região Metropolitana, ou seja, querem fazer lá um lixão. Já estou perfilado com o André Nunes em defesa, novamente, da mata da Pirelli. Clique na imagem para ver a postagem “Lixão de Marituba”, no “Tipo assim... folhetim”.

Além da conta

Eu sempre falei que o pessoal que manejava, mal, o governo anterior, pegava na rodilha sem ter a mínima ideia do peso do pote.

O teto da dívida

Ontem o presidente dos EUA ninou os ouvidos dos republicanos: em cadeia nacional defendeu significativos cortes em setores estratégicos do país. Na mesma fala causou um frio na barriga dos democratas: em véspera eleitoral mostrou-se decidido a aumentar impostos e eliminar isenções fiscais. A fala do trono se dá na sola do nó górdio no qual os republicanos amarram o teto da dívida pública dos EUA que transborda, segundo o próprio Obama, em 02 de agosto, quando o Tesouro, embora tenha opção financeira, não mais disporá de margem legal para bancar as contas. Obama calculou mal a retomada da economia americana e cometeu a impropriedade de, no curso de duas guerras bancadas pelo erário, e na saída da crise derivativa, ter cortado impostos. O corte dos impostos e a indisposição da economia doméstica fez com que a dívida pública se afogasse no orçamento e Obama precisa da autorização do Congresso para alonga-la. Isto se dá porque, diferente do Brasil, onde o Poder Executivo já recebe, na vot

Sem conciliação

O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal dos Estados do Pará e Amapá (SINDJUF-PA/AP) publicou nota denunciando a Presidência do Tribunal Regional do Trabalho 8ª Região “que descontou integralmente os dias parados do salário dos servidores daquele tribunal que estavam em greve, sem aceitar qualquer negociação e designando as ausências em razão do movimento paredista como ‘faltas injustificadas’”. Revela o SINDJUF-PA/AP que “durante o período de greve a direção/administração do TRE-PA e da JF/PA receberam o comando de greve da categoria para ouvir os motivos que levaram os servidores à paralisação. A presidência do TRT foi a ÚNICA que não recebeu o comando de greve.”. Clique na imagem para ler a nota do SINDJUF-PA/AP.

Arrependida

Fonte: “Folha de S. Paulo”

Muvuca cultural

A Secretaria de Cultura do Estado do Pará resolveu ser a dona da verdade no que tange ao objeto da sua pasta. O secretário Paulo Chaves, na sola desta vera, traçou uma linha no chão da sua sapiência maniqueísta e separou as águas: de um lado “a muvuca cultural”, que ele abomina e manda sair, para entrar “em cena o autor.”. Segundo a Secult, em sua divina lavra, agora, no “lugar do populismo devasso”, passamos nós, reles ignorantes, a sorver “seriedade cultural.”. Aliás, leio que os familiares do escritor paraense Dalcídio Jurandir, à cata de espaço na XV Feira Pan-Amazônica do Livro, para lançar a mais recente edição do “Chove nos campos de Cachoeira”, não tem conseguido êxito com a Secult. Vá ver que o cachoeirense Dalcídio está considerado “muvuca” na divisão deste latifúndio e lhe seja mais aconselhável um espaço no canto Sul da Praça da República, onde aqueles hippies vendem cultura devassa. E que corram os rebentos de Dalcídio, pois, na linha da “seriedade cultural” da Secult, a

Dormindo com o inimigo

O pacato Reino da Noruega, 12° país em qualidade de vida no mundo, teve o seu dia de cão na sexta-feira, 22, quando uma bomba explodiu na capital, Oslo, 24º cidade com melhor qualidade de vida no planeta. Após a explosão, que atingiu o complexo de prédios governamentais, o autor do atentado, Anders Behring Breivik, 32 anos, um norueguês de extrema direita, rumou para a ilha de Utoeyao, dentro dos limites da capital, e abriu fogo contra jovens que se confraternizavam no local, matando pelo menos 80 deles. O trágico saldo das duas operações já totaliza 93 mortos. Segundo a imprensa norueguesa é o momento mais trágico do país depois dos episódios da Segunda Guerra Mundial. Ambos, coincidentemente, causados pela mais expressiva tradução do extremismo de direita, o nazismo. Anders Breivik está preso. Com ele foi encontrado um texto de 1.500 páginas, no qual revela estar preparando o atentado desde 2009. As suas razões são as mesmas de qualquer outro extremista tomado pela doença do fun

Está?…

Tirada do Bruce Erik Kaplan, para o “New Yorker”, sobre o mais recente filme do Jim Carrey, “Os pinguins do papai”, que eu achei ótimo para uma sessão da tarde.

A bela e as baleias

A moça da foto é a russa Natalia Avseenko, 36 anos, campeã mundial de prender a respiração debaixo d'água. Isto não lhe bastou à fama. Ela resolveu fazer-se a uma aventura mais ousada: nadar completamente nua ao lado de baleias-brancas que vivem nas águas do Círculo Polar Ártico, em temperaturas de -2º Celsius. Natalia prestou-se a um experimento que pretendia demonstrar que as belugas captam ondas cerebrais emitidas pelos humanos e “entendem” o significado das mesmas. Conta Natalia que ao mergulhar nua nas gélidas águas, sentiu extrema vulnerabilidade. As belugas, ao lhe perceberem a presença, aproximavam-se dela e tentavam guia-la de volta para o buraco cavado no gelo, que lhe possibilitava voltar à superfície. Foto: Viktor Lyagushki (Clique na imagem para ampliar)

Última parada, bairro boêmio

A cantora inglesa Amy Winehouse, 27 anos, foi encontrada morta em sua casa no boêmio bairro londrino de Camden Town, morada de muitos artistas da City. A vida de Winehouse foi ceifada pelo álcool e pelas drogas, contra os quais ela vinha esgrimindo, sem sucesso, desde que o sucesso a apanhou, em 2006, com o single "Rehab". A carreira da tão talentosa quanto desregrada Amy foi tão meteórica quanto a sua existência: apenas dois anos depois de “Rehab” ela arrebatou quatro Grammys e fez fortuna. O seu mal digerido sucesso, todavia, acabou escrevendo, ainda em vida, o seu epitáfio e ela se foi tornando o retrato de Dorian Gray de si mesma. As chamadas do noticiário norte-americano incluem a cantora inglesa como a mais nova integrante do “Forever 27 Club” (Para sempre 27 Clube), cujos membros são ídolos planetários do rock que faleceram aos 27 anos. Os mais conhecidos membros do fatídico clube são o guitarrista Jimi Hendrix, a cantora Janis Joplin, Jim Morrison, vocalista do The D

Uma cratera embaixo da cama

Na segunda-feira, 18, Inocenta Hernández, 65 anos, da sala da sua casa na cidade da Guatemala, assustou-se ao ouvir um estrondo. Intuiu que poderia ser o botijão de gás, mas, ao chegar à cozinha, constatou que tudo estava em perfeita ordem. Com a insistência dos vizinhos de que a explosão viera da sua casa, Inocenta fez-se a procurar nos cômodos algo de anormal. No quarto, ao arredar a cama, quase cai em uma enorme cratera de 12 metros de profundidade. Parte da Cidade da Guatemala está construída em cima de material vulcânico instável, afirma o especialista Conred de León, por isto, estas ocorrências, conhecidas como ravinas. A maior delas ocorreu em 2007, quando um buraco de mais de 150 metros de profundidade tragou várias casas e um caminhão, causando a morte de três pessoas. No ano passado, outra ravina, de 60 metros de profundidade , tragou um prédio de três andares no centro da cidade.

O jingle do SIM

Ausente do Pará não pude participar do lançamento das frentes a favor da criação dos estados de Tapajós e Carajás, e do lançamento das respectivas campanhas publicitárias. Acompanhando, todavia, a movimentação, copio do “ Blog do Hiroshi ” o jingle abaixo: Leio, ainda, que o deputado federal Zé Geraldo (PT-PA), que era contra a criação dos estados, convenceu-se a favor. Duda Mendonça comanda a campanha publicitária do “SIM” e Orly Bezerra assume o comando da publicidade do “NÃO”. E assim começa a tomar ares e ruas o plebiscito de dezembro que, como todo processo eleitoral, terá peso específico de maior massa na emoção do que na razão. Mas, a razão não pode deixar de ser um norte e, não há razão alguma naqueles que argumentam que a divisão seria um fator de desintegração. Leia aqui um artigo por mim escrito em 2009 , mas que permanece atual, sobre o assunto.

Exame da Ordem é constitucional

O Supremo Tribunal federal decidirá, no segundo semestre, se o exame da OAB para que os bacharéis em direito exerçam a advocacia, é, ou não, constitucional. Várias ações foram protocoladas atacando a constitucionalidade do exame, por isto o julgamento da primeira terá repercussão geral, ou seja, todos os coelhos serão abatidos com uma só cajadada. A Procuradoria Geral da República, através do subprocurador-geral Rodrigo Janot, depositou, esta semana, no STF, o seu parecer sobre o tema, opinando que o “é inconstitucional a exigência de aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil para o exercício da advocacia.”. Afirma o subprocurador que "assegura a Constituição vigente em seu art. 5º, XIII, o direito ao livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, vinculando-o à observância das qualificações profissionais que a lei estabelecer.". Permito-me discordar do subprocurador e opinar que, destarte o questionável modo com que a OAB procede-lhe a aplicação, o exa

A tigresa de Jinan

Wendi Deng, chinesa, 43 anos, esposa do magnata Rupert Murdoch, virou heroína na China. Os sites chineses rotularam-na de a “Tigresa de Jinan”, sua cidade natal, e afirmam que as mulheres da China são a melhor defesa para os seus companheiros. Tudo devido à espetacular arremetida que Deng cometeu rumo ao jovem britânico que tentou atingir Murdoch com uma torta, quando o magnata prestava depoimento no Parlamento Britânico. Wendi Deng acompanhava o depoimento e, ao notar os movimentos hostis a Murdoch, lembrou-se dos seus tempos de jogadora de voleibol colegial e voou rumo ao atacante, acertando-lhe o rosto com uma possante bofetada que o tirou do ramo. Mas, não foi somente a China que rendeu graças ao voo de Deng: todos os periódicos britânicos estamparam o bote da "tigresa", comparando-a com uma das personagens do filme "As Panteras". Veja abaixo a performance da “Tigresa de Jinan”:

MPE adita denúncia sobre fraudes na ALEPA

Muitos leitores estranharam, e se indignaram, com a exclusão de Maria Genuína Carvalho de Oliveira, ex-diretora administrativa da ALEPA, na denúncia criminal protocolada pelo promotor Arnaldo Azevedo, tendo como objeto as fraudes nas folhas de pagamentos da Casa. Ontem, o MPE aditou a denúncia e acrescentou, além de Maria Genuína, Danielle Naya Xavier Hage, que vem a ser filha de Daura Hage, já denunciada na primeira peça. No aditamento, o MPE argumenta que as duas “se beneficiaram do esquema de funcionários fantasmas” e ambas já constam no rol de pessoas contra as quais a promotoria, em medida cautelar interposta no início da semana , requereu a quebra do sigilo fiscal, bancário e sequestro de bens.

Quando agosto chegar

O PR, para sensibilizar a presidente Dilma e tentar arrefecer a faxina praticada no Ministério dos Transportes, que atingiu a conexão da sigla com a pasta, fez circular um boato no Planalto. Conta-se que o PR pretende fazer uma reunião no início de agosto para avaliar a sua permanência no governo. Argumentam seus líderes que seria melhor entregar os cargos salvos do terremoto e sair da base aliada, adotando uma postura de independência para cobrar do Planalto a extensão das ondas do epicentro para outros xerimbabos que, igualmente, possuem ligações perigosas do público com o privado, inclusive o PT, cujo principal lugar-tenente no dito Ministério, continua impávido. É fato que o PR, com 41 deputados e sete senadores, tem musculatura para gozar de uma sadia independência do governo. No entanto, eu quero duvidar que a sigla desfralde as velas rumo ao labirinto da oposição, pois os seus componentes se acostumaram, desde a gênese, a navegar no remanso. E haja remanso: apesar do saponáceo

Desvios

Perícia atesta falsidade ideológica em fichas de fundação do PSD

A “Folha de S. Paulo” desta quinta-feira revela que o nascituro PSD, gestado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, ex-DEM, pode ser um natimorto, ou, ao menos, já nasce com vício de origem. Reporta a “Folha” que as listas de apoio, necessárias à fundação de qualquer partido, de dois importantes estados, São Paulo e Rio de Janeiro, “foram preenchidas com assinaturas falsificadas.”. A “Folha”, com base em depoimentos, já havia aventado esta possibilidade, agora, todavia, há uma perícia grafotécnica atestando a fraude. A reportagem revela que em uma das fichas com dez assinaturas coletadas “5 foram feitas pela mesma pessoa. No documento do Rio, há assinatura atribuída a um eleitor que morreu.”.

Somos?…

Fonte: montagem a partir de publicação da revista Veja

Conselheiros pedem afastamento do presidente da OAB-PA

Reporta o “Diário do Pará”, edição de hoje, que os conselheiros da OAB-PA, Ismael Moraes, Kleverson Rocha, Mauro Santos, Mário Freitas Jr., Raphael Vale, Valena Jacob, Leônidas Alcântara, Almyr Favacho e Leonardo Silva, formalizaram ontem, ao Conselho Federal da OAB, intervenção na OAB-PA com o afastamento do presidente Jarbas Vasconcelos e toda a diretoria, composta pelo vice, Evaldo Pinto, secretário-geral Alberto Albuquerque Campos, tesoureiro Albano Martins Junior, e secretário-geral-adjunto Jorge Medeiros. O motivo é a malsinada venda do terreno da instituição em Altamira, que, devido aos supostos delitos cometidos, inclusive falsificação em procuração pública, já está escrito nas crônicas policias como o “Caso Altamira”. Revela ainda a matéria que o fato é inédito nos “mais de 100 anos de história da Ordem”. O procedimento, lavrado por nove conselheiros, sela uma irremediável divisão na OAB-PA. A atual diretoria, diante dos irrefutáveis fatos que embarcaram o “Caso Altamira”, d

O inferno de Rupert Murdoch

Sou admirador do australiano, naturalizado norte-americano, Keith Rupert Murdoch. Com o seu talento e suor fez da medíocre News Corporation, que herdou da família, o maior conglomerado de mídia da Terra, o que o transformou, segundo a Forbes, na 117º pessoa mais rica e a 13ª mais poderosa do mundo. A News Corporation controla estúdios de cinema, é dona da FOX, das operadoras de TV por assinatura SKY e DirecTV do My Space, do "New York Post", dentre outros menos conhecidos globalmente. É dona também da centenária marca britânica “News of the World”, que detinha a maior circulação diária do Reino Unido antes do escândalo das escutas telefônicas ilegais lhe detonarem a reputação fazendo com que Murdoch tomasse a decisão de fecha-lo. As escutas, praticadas por editores do “News of the World”, já fez a News Corporation perder US$ 1,3 bilhão em valor de mercado, desfazer-se de seus mais valiosos quadros administrativos, levou Murdoch a ser sabatinado na Câmara dos Comuns, em um m

Chocolate negro

Belíssima pintura de Sandra Knuyt , intitulada "Chocolat Noir".

Nem tudo está perdido

Diferido a curto prazo

Reportagem do IG revela que quatro deputados federais e três senadores que foram empossados devido à Lei da Ficha Limpa, que já teve a sua validade, para as eleições de 2010, negada pelo STF, usaram R$ 842 mil em verba indenizatória, desde fevereiro de 2011. Na Câmara Federal, Ságuas Moraes (PT-MT), Professora Marcivânia (PT-AP), Delegado Waldir (PSDB-GO) e Zonta (PP-SC), que usaram R$ 492,8 mil da verba, foram substituídos, na semana passada, por João Pizzolatti (PP-SC), Janete Capiberibe (PSB-AP), Magda Mofatto (PTB-GO) e Nilson Leitão (PSDB-MT), que tiveram os seus registros deferidos e foram diplomados em seus respectivos estados. No Senado ainda exercem mandato, Marinor Brito (PSOL-PA), Wilson Santiago (PMDB-PB) e Gilvam Borges (PMDB-AP), que juntos usaram R$ 349 mil da verba indenizatória. Segundo a matéria do IG, Marinor Brito (PSOL-PA) “foi a que apresentou a maior conta: R$ 173 mil, dos quais R$ 79 mil gastos em viagens de avião e R$ 43,6 mil com transporte terrestre, hospeda

Presidente desliga a conexão do PR com o Ministério dos Transportes

Com as exonerações, publicadas ontem no Diário Oficial da União, do coordenador-geral de Operações Rodoviárias, Luiz Varejão, do coordenador-geral de Administração Geral, Mauro Fatureto, e do secretário de fomento para ações de transportes, Darcy Michiles, a presidente Dilma desligou a conexão do Ministério dos Transportes com o PR. Todos os exonerados são pessoas de confiança do senador Alfredo Nascimento (PR-AM), ex-ministro dos Transportes e do deputado federal Valdemar Neto (PR-SP). O PT continua com o seu homem forte no Ministério, o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit, Hideraldo Caron, que chegou a ser anunciado como afastado , mas que continua dando expediente no órgão. A oposição coloca sob suspeição o atual ministro Paulo Passos, filiado ao PR, que era o secretario executivo do Ministério, sobre quem pesa a denúncia de ter pagado, de maneira irregular, mais de R$ 78 milhões à empreiteiras que, no mesmo ano do recebimento, 2010, teriam doado mais de R$ 5 milhões à can

Não precisa entender

Piratas do Marajó

Os constantes ataques de piratas nos labirintos fluviais da Ilha de Marajó, no Pará, ganharam o noticiário nacional. A “Folha de S. Paulo” do último domingo, 17, em reportagem do enviado especial Felipe Luchete, narra que “piratas têm aterrorizado pescadores, ribeirinhos e turistas que circulam pelos extensos rios do norte do Pará.”. Luchete reporta que os piratas roubam, matam, estupram e desaparecem “nos labirintos formados pela mata fechada”, revelando que os barcos circulam no arquipélago com grandes “montantes de dinheiro, já que apenas 4 de seus 16 municípios contam com agências bancárias.”. A reportagem narra que embora a Secretaria de Segurança Pública do Pará tenha registrado, no primeiro semestre de 2011, 19 ocorrências de pirataria, os moradores da região retificam que “ao menos 150 ações do gênero ocorreram só neste ano, incluindo assaltos a casas de ribeirinhos.”. Foto: Janduari Simões, ilustrando a reportagem da Folha de S. Paulo.

TRE-PA nega diplomação de Paulo Rocha

Com quatro votos contrários e dois favoráveis o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), negou, esta manhã, o pedido do ex-deputado federal Paulo Rocha (PT-PA), para ser diplomado como senador da República. Rocha, o terceiro mais votado para o Senado, teve o registro da sua candidatura indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na Lei da Ficha Limpa. Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a dita lei não tinha vigência nas eleições de 2010, Rocha pleiteou a sua diplomação para assumir o mandato hoje exercido por Marinor Brito (PSOL-PA). O indeferimento do pedido se reporta ao fato de o TSE ainda não ter apreciado o registro da candidatura de Paulo Rocha depois da decisão do STF, tendo sido este um dos argumentos do Procurador Eleitoral para se manifestar contrariamente ao pedido. Ao lado daquele argumento, a Procuradoria alegou ainda o princípio da segurança jurídica, pois há a iminência do direito de Jader Barbalho ser reconhecido, portanto, a di

O processo legal da divisão

Algumas pessoas imaginam que o plebiscito é a última palavra na divisão de um Estado. Eu já expliquei aqui que não é assim: a última palavra é do Congresso Nacional, que poderá, mesmo vencendo o “SIM”, rejeitar a divisão. Veja abaixo um infográfico com o fluxo nas hipóteses do “SIM” e do “NÃO”. Infográfico: jornal “Folha de S. Paulo”