Pular para o conteúdo principal

O Estado espetáculo

Abaixo, na foto de Giuliano Gomes para a PRPresso, o momento em que o ex-deputado Eduardo Cunha era conduzido pela PF para fazer exame de corpo de delito no IML de Curitiba.

Shot 005

Esse tipo de aparato, com policiais vestidos e armados como se fossem executar uma operação contra os personagens da franquia G.I. JOE, tornou-se usual na Lava Jato, pois e sabido que tem holofotes garantidos.

A não ser o espetáculo desejado, não há outro tipo de justificativa para tal paramento, a não ser é claro, que a PF tenha firmes informações, no caso em tela, por exemplo, de que o Estado Islâmico iria sair do sítio de Mossul, portando obuses e metralhadoras, para resgatar Cunha.

Fora isso, como, pelo que sei, Cunha não aguenta nem um safanão bem aplicado sem ir ao chão, bastaria o Newton Ishii, o nosso famoso Japonês da Federal, para a missão.

Aliás, vocês já viram o novo visual do Japonês da Federal? Vejam abaixo:

16300319

Notem que ele também adotou o visual com rabo-de-cavalo, mas chegou tarde no pedaço. O Japonês da Federal já era. A vez agora, como vocês já sabem, é do Lenhador da Federal, abaixo, no centro da foto quando, sem o uniforme do Pantera Negra, conduzia Cunha para Curitiba.

Shot 008

O nosso Lenhador, ou Hipster da Federal, já ganhou até marchinha de carnaval:

Comentários

  1. https://www.cdp.com.br//documents/10180/4b70eb00-a282-4b2f-b897-674515c72a56A
    IMPORTÂNCIA DE
    REDUZIR OS CUSTOS(O copo descartável para água e cafezinhos,
    por exemplo: será que ele realmente é preciso?)"isso só pode ser uma piada fora os outros item que seguem"?TEM QUE ME "MEXER" É AQUI: https://www.cdp.com.br/empregados-e-remuneracao SEM MIMIMI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sua pergunta sobre a necessidade de copos descartáveis é respondida por duas Normas Regulamentadoras (NR) do Ministério do Trabalho, que se desobedecidas e constatadas nas regulares fiscalizações da DRT (Delegacia Regional do Trabalho), acarretam pesada multa:

      NR 24 – 24.3.10. Água potável, em condições higiênicas, fornecida por meio de copos individuais, ou bebedouros de jato inclinado e guarda-protetora, proibindo-se sua instalação em pias e lavatórios, e o uso de copos coletivos.

      NR 18 – 18.4.2.11.4. É obrigatório o fornecimento de água potável, filtrada e fresca, para os trabalhadores, por meio de bebedouro de jato inclinado ou outro dispositivo equivalente, sendo proibido o uso de copos coletivos.

      Como se vê, e não é piada, as duas normas proíbem, como medida de higiene e prevenção de proliferação de doenças, o uso de copos coletivos, ou seja, a empresa ou tem que fornece a água em copos individuais, aquela água que já é comprada dentro do copo, ou, se instalar bebedouros, fornecer copos descartáveis.

      O segundo item que você apresenta, esbarra, idem, na legislação. Não há salário pago na empresa que não seja respaldado por lei. E não foi nenhum presidente da CDP que criou essas leis. Cabe, portanto, a quem as criou, modificá-las.

      Os dois casos, portanto, não são onomatopeias (mimimi) e sim leis. Eu discordo das duas, mas tenho que cumpri-las enquanto vigerem.

      Em 2016, o balanço mostrará isso, foram reduzidos cerca de R$ 4 milhões de custos na CDP. Se você tiver alguma outra sugestão de corte de custos, por favor, sugira. Se for possível legalmente, será avaliada.

      Excluir
  2. paíszinho de bosta o nosso. dá nojo. um querendo aparecer mais que outro.

    ResponderExcluir
  3. O problema é que a maioria só serve para criticar. Difícil é um pra dar forças e elogiar o bom trabalho que vem sendo feito. Queria ver o crítico aí acima propor uma forma de cortar custos.

    ResponderExcluir
  4. Avacalhou geral.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.