Pular para o conteúdo principal

CNMP anula a decisão de Manoel Santino e determina o envio da lista ao governador

Na postagem “Enquanto isso no MPE-PA”, opinei que as chances da aventura recursal da procuradora Ubiragilda Pimentel de anular a eleição para procurador-geral de Justiça eram remotas.

Ontem (26), o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em decisão monocrática e liminar da lavra da conselheira Cláudia Chagas, anulou a decisão do procurador-geral em exercício temporário, Manoel Santino, que requereu ao governador do Estado a devolução da lista com os nomes dos mais votados.

Shot004

Por consequência, a lista deverá ser enviada, novamente, ao governador que, por praxe, deverá escolher o mais votado na eleição, o procurador Marco Antônio Ferreira das Neves.

A decisão da conselheira Chagas ainda será apreciada pelo pleno do CNMP, em reunião a ocorrer em abril, mas, como já dito, as chances de dar provimento à demanda são remotíssimas.

Aliás, a própria conselheira Chagas, nos fundamentos da decisão que lavrou, sustenta que o recurso da procuradora Ubiragilda Pimentel é “flagrantemente inviável”.

Para que não mais se prolongue o que não deveria ter sido esticado, o governador deverá nomear o novo procurador-geral de Justiça assim que lhe chegue a lista em mãos, pondo fim ao que nunca deveria ter começado.

Comentários

  1. Jorge Caddah...27/03/2013 09:12

    Amigo, os números da SENA, por favor....

    ResponderExcluir
  2. Hoje o corregedor do CNMP suspendeu a decisão da conselheira. Decisão só mesmo fim de abril, isso se sair.

    ResponderExcluir
  3. O maior interessado nesse recurso era o próprio Manoel Santino,único beneficiado com a demora na escolha do PGJ.

    ResponderExcluir
  4. Francisco Márcio27/03/2013 15:26

    É Deputado, Sua Excelência bem sabe... o poder é inebriante...
    CQC (custe o que custar).

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.