Pular para o conteúdo principal

Carnufex carolinensis

Shot

A imagem acima é a digitalização artística do Carnufex carolinensis, tido como o maior predador da América do Norte antes da chegada dos dinossauros.

Paleontologistas da Universidade Estadual da Carolina do Norte e do Museu de Ciências Naturais da Carolina do Norte, publicaram na edição de março da Scientific Reports, a descoberta da fera, que seria um ancestral do crocodilo americano, que andava sobre as patas traseiras.

O Carnufex carolinensis tinha até 2,75 metros de comprimento e o fóssil descoberto data de 230 milhões de anos atrás, o auge do Triássico Superior, conhecido como Idade Carniana, quando o supercontinente Pangeia começava a se separar para formar aos continentes que temos hoje.

Abaixo os fósseis encontrados na Carolina do Norte, a partir dos quais foi possível montar a estrutura óssea do Carnufex carolinensis, preenchendo as ausências com as similaridades dos esqueletos dos seus possíveis já descobertos:

carol

Comentários