Pular para o conteúdo principal

Sonhar é preciso…

Shot006

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) elabora um projeto que visa extinguir a reeleição para presidente, governadores e prefeitos, ampliar de quatro para cinco anos os mandatos a partir de 2014 e ajustar os mandatos atuais para as que eleições, em todos os níveis, coincidam.

A coincidência de mandatos vem sendo tentada no Congresso há algum tempo, mas não tem conseguido passagem, pois sempre tem alguns que não desejam que os seus adversários nos estados e municípios tenham o tempo esticado. Se o projeto rumar para a supressão de tempo a coisa fica pior.

Da mesma forma, sempre se cogita em acabar com a reeleição, mas os projetos que isso versa acabam indo parar no arquivo morto: lugar para onde vão todas as tentativas de fazer uma reforma política que leve a representatividade ao futuro que a nação já chegou, para ver se ambos falam a mesma língua.

Comentários

  1. Mas assim não dá, assim não pode. Hahahaha o FHC iventou a reeleição para se tornar rei do Brasil, priemiro e único, e agora estão querendo acabar com a invenção? Mesma coisa foi a Lei Kandir, que no Pará causa prejuizos, mas foi conestada pelo governo tucano local, há epoca da criação. É o criador se opondo a criação em função das suas "necessidades".

    ResponderExcluir
  2. ACREDITO que o governo vai ser favorável a proposta, e digo o porquê: como a proposta é a partir de 2014, a DILMA poderia concorrer a reeleição, e ficaria no governo mais 5 anos, portanto, teria um mandato de 9 anos.

    ResponderExcluir
  3. Parsifal
    Com certeza, o povo brasileiro aplaude eleições gerais - i, é, uma única eleição para eleger de cabo a rabo, ou seja, tudo junto: vereador, prefeito, governador, deputados estadual e federal, senador e presidente. Esses gastos com eleições de dois em dois anos está acabando com o Brasil! O maior e injustificável escândalo, é mandato de oito anos para Senador. Uma tremenda pilantragem! O sujeito tem o privilégio de mamar durante quatro anos como Senador, infiltra-se no poder da República, faz o caixa de campanha, e candidata-se sem medo ou à prefeito em dois anos de mandato ou à governador nos dois outros, e restam-lhe mais quatro de manadto para o seu suplente na melhor das hipóteses ou mais quatro de mandato como senador. É brincadeira isso. Tem que ser tudo igual. Se forem quatro anos para federal, será de quatro tb para o senador. Deus ilumine o Dr. Aécio Neves - sensata essa proposta e vai ao encontro do anseio dos eleitores brasileiros.

    ResponderExcluir
  4. Melhor mesmo é um projeto para termos eleições todos os anos, se possível duas por ano. A cada mês teríamos inúmeras inaugurações, ninguém em filas de hospitais, cesta básica a vontade, portarias definitivas, compra de voto adoidado, gráficas funcionando a todo vapor, etc e tal. E o mais importante seria a presença dos políticos nas comunidades pelo menos duas vezes por ano. E Viva a DEMOCRACIA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apoiado, só assim os politicos trabalhariam todos os anos

      Excluir
  5. kkkkkkkkkkk, tem cada tucano!!!!!
    A reeleiçao não acaba tão cedo, pois o PT fez o que PSDB não soube fazer, divir o governo com os aliados, é só olhar o GOVERNO Jatene e ZENALDO.
    Parabenizo o PT, E OLHA QUE NÃO VOTAVA NESSE PARTIDO. MAIS AGORA VOTO .

    ResponderExcluir
  6. Muito se fala do crescente poder político das igrejas evangélicas no Brasil, basta lembrar deputado da eleição de 2010. Mas veja o que o governo de Angola acabou de fazer

    http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2013/04/1269733-angola-proibe-operacao-de-igrejas-evangelicas-do-brasil.shtml


    Até onde vai a liberdade religiosa, deputado?

    O que separa o respeito às crenças das pessoas do combate ao charlatanismo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como em tudo na vida, há joio e trigo em todos os campos. O Brasil, por respeito à regra constitucional de liberdade de culto, tem negligenciado a fiscalizar onde está o joio e onde está o trigo.
      O artigo é ótimo. Vou repercutir.

      Excluir
    2. Mas infelizmente a história não é tão objetiva assim dep. Parsifal

      http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2013/04/1269734-medida-do-governo-angolano-assegura-monopolio-a-universal.shtml

      muitos interesses escusos em jogo, e a influência da IURD nesse país, é tudo tão parecido conosco


      Lívia Marine

      Excluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.

Postagens mais visitadas deste blog

Mateus, primeiro os teus

Convalescendo da implantação de um stent , o governador Simão Jatene (PSDB-PA) foi apanhado, ainda no Hospital do Coração (SP), na manhã de ontem (03), por uma desagradável matéria da “Folha de S. Paulo” reportando que “ao menos sete familiares, além da ex-mulher e da ex-cunhada” de Jatene exercem cargos de confiança no Executivo, no Legislativo e no Judiciário do Pará. A reportagem declara que, somados, os salários dos familiares do governador “ultrapassam R$ 100 mil mensais”. > Sem incidência de nepotismo As averiguações já foram matérias em blogs locais. Quando me foi perguntado se feriam a Súmula 13 do STF (nepotismo), opinei que não, o que foi agora ratificado pela reportagem da “Folha” que, ouvindo “especialistas” declarou que os “casos não se enquadram diretamente na súmula vinculante do STF”. Nenhum dos parentes ou afins relacionados pela “Folha” está a cargo de órgãos vinculados ao executivo estadual e a matéria não demonstra a existência de cargos ocupados, no Poder

O HIV em ação

A equipe do cientista russo Ivan Konstantinov arrebatou o primeiro lugar no “International Science and Engineering Visualization Challenge”, um concurso que premia imagens científicas da forma mais verossímeis e didáticas possíveis. Abaixo, a imagem em 3D do mortal vírus da Aids (HIV), em laranja, atacando uma célula do sistema imunológico, em cinza. A tática do HIV é se estabelecer dentro da célula, sem destruí-la. Na imagem abaixo foi feito um corte para mostrar o HIV já estabelecido no núcleo da célula imunológica, usando-a para se reproduzir, expelindo mais vírus que atacarão mais células imunológicas para torna-las hospedeiras, por isto o sistema imunológico do portador do HIV fica reduzido. As imagens foram retiradas do portal russo Visual Science .

Ninho de galáxias

A imagem acima foi liberada pela NASA e elaborada a partir de dados colhidos do telescópio VLT do Chile, o maior do mundo.   É o conglomerado de galáxias JKCS041, que vem a ser o mais distante ponto do universo visualizado até hoje: está a 10,2 bilhões de anos-luz da Terra.   1 ano luz é a distância que a luz percorre em uma ano, ou seja, se já tivéssemos tecnologia para viajar à velocidade da luz, a nave que nos poderia levar até a JKCS041 demoraria 10,2 bilhões de anos para chegar lá.   Mas, o que o VLT viu, não é o presente, e sim o passado: a luz emitida pelo conglomerado que agora chegou aos portões da Via Láctea, o nosso endereço no universo, saiu de lá há 10,2 bilhões de anos.   Passado este lapso de tempo, as coisas devem estar bem diferentes por lá.   Mas, o que eu quero mesmo é dar uma de Carl Sagan : na Via Láctea há milhões de sistemas, com milhares de planetas em cada um deles.   O JKCS041 é um conglomerado de milhares de galáxias, com milhões de s