Pular para o conteúdo principal

As devidas explicações

Shot005

Diante dessa explicação do deputado Azeredo, o meu finado amigo Agostinho, que sempre tinha um chiste na manga, comentaria que a diferença, então, é que os tucanos pagaram a vista e os petistas em módicas prestações mensais.

Ao invés de “mensalão”, seria “avistão”. Mas não é possível usar esse termo porque é marca do Carlos Santos.

Comentários

  1. kkkkkkk o Senhor matou a pau. É isso aí deputado, quem for santo que se atire do Manoel Pinto da Siva. ótimo, divino maravilhoso.

    ResponderExcluir
  2. Luiz Mário de Melo e Silva19/11/2012 13:23

    Tomara que os petistas consigam fazer passar a limpo essa História. O problema é que, se assim for, pegarão o lula. Os petistas estão dispostos a pagar o preço ou será apenas pirotecnia?????

    ResponderExcluir
  3. Ismael Moraes19/11/2012 16:31

    Tudo começou com esse mantra repetido à exaustão por Lula e Dirceu:"Nunca houve mensalão..."
    A experiência, a História deveriam ter ensinado ao Azeredo que essa não é uma boa estratégia.

    ResponderExcluir
  4. Por falar em Governo do PSDB, foi publicado no Site Contas Abertas (www.contasabertas.com.br) o Índice que demonstra a transparência das contas públicas dos estados e do Distrito Federal em 2012. Infelizmente, e sem nenhuma surpresa, o Estado do Pará aparece em 22ª posição no ranking, apontando uma queda em relação ao ano de 2010 de seis posições, ano em que o Pará era o 16º. Baseado nestes números podemos constatar que o atual governo não demonstra nenhum interesse em fortalecer a cultura da transparência no Estado, situação esta que se evidencia quando se observa o "engavetamento" do Projeto de Modernização do Sistema de Controle Interno e criação da Secretaria de Transparência, o qual está há um ano para ser analisado pela SEAD (Processo nº 2011/502743) por determinação expressa do Governador. Com a palavra a Secretária Alice Viana.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.