Pular para o conteúdo principal

Hoje o poeta-cantor nada mais tem, senão um poema de amor…

shot006

Eu li em algum lugar que não lembro agora, que o grande santareno, maestro Wilson Fonseca, coloquialmente conhecido como maestro Isoca, fez o bolero para o filho que chorava no colo da mãe. Se alguém aí souber a história completa, ou diferente do que enunciei, por favor conte-a.

“Um poema de amor”, do maestro Isoca, é um daqueles maravilhosos boleros que se deve dançar em salão grande, para rodar com o par os passos largos que o tom exige. O solo de sax é um primor. Quem canta é Odilson Matos:



Um poema de amor

E, quando a noite desceu,
O poeta escreveu
Sua história de amor.

Tinha a grandeza do mar,
O esplendor do luar
E a beleza da flor.

Era o romance uma linda canção
Nascida do coração..

Hoje, o poeta-cantor
Nada mais tem, senão
Um poema de amor.

Comentários

  1. Parfisal, faça a doivulgação do Dia em que todos os Promotores de Justiça do Pará tiveram que enfim cumprir com a Constituição que obriga que cada Promotor de Justiça resida na Comarca que é titular, NO DIAÁRIO OFICIAL DE HOJE VC ENCONTRA 52 PROMTORES DE JUSTIÇA inclusive famosos da midia que na verdade deveriam estar no interior, como MArco Aurelio Nascimento e Arnaldo Azevedo.

    ResponderExcluir
  2. Hoje, antes da sessão, o Ministério Publico comunicou aos Vereadores Chico Enfermeiro e Zé Gomes que foi aberto procedimento de investigação contra eles. Desde então, os Vereadores Jone William, Tom Bonfim, Pastor Antonio, Zé Gomes, Chico Enfermeiro, Titonho, Max, que atualmente formam a base do governo do Sancler, estão em reunião fechada com o Ademildo e não se separam sem para ir na privada. Parece que a coisa está ficando preta nas câmara de Tucuruí!!!! Viva a PTzada!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.