Pular para o conteúdo principal

Crise de liquidez na Pró-Saúde, que opera o Hospital Regional de Santarém

shot002

Recebo notícias de Santarém, pedindo postagem, que o Hospital Regional do Estado instalado na cidade, que presta serviços de saúde em toda a mesorregião do Tapajós, operado pela Pró-Saúde, corre o risco de desabastecimento.

Alega-se que a Pró-Saúde está “atrasando o pagamento de fornecedores, e que vários desses fornecedores não estão mais fornecendo materiais até que sejam pago os atrasados.”.

Consta, ainda, que a Pró-Saúde “vem atrasando o pagamento das cooperativas que pagam os médicos.”.

A Pró-Saúde, por sua vez, alega que não consegue atualizar os pagamentos aos fornecedores e às cooperativas, porque a Secretaria de Saúde do Estado não tem pagado as suas faturas em dias, o que a faz operar com déficit.

Faz-se necessária uma intervenção da SESPA para esclarecer a questão e colocar o trem de volta aos trilhos.

Comentários

  1. Deputado, sua filha passou no concurso da PGE, o sr. já sabia? Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. 17:05:00,

    Sim. Ela me ligou assim que soube. Graças a Deus nenhuma das três precisou de mim para empregar-se: as três foram aprovadas em concursos públicos. Uma é procuradora da República, a outra é oncologista do Albert Einstein, em SP e agora, a Lígia, é procuradora do Estado.
    Acho que já posso me aposentar.

    ResponderExcluir
  3. Era isso que o Governador e o Secretário de Saude queriam fazer o Hospital Regional de Tucurui

    ResponderExcluir
  4. naldo bastos28/11/2011 21:44

    parabens,grande e abencoado homem.

    ResponderExcluir
  5. Eis a razão pela qual nós da região do Tapajós, queremos nossa independência, não aguentamos mais tanto descaso, de que adianta construir um baita Hospital, se o Estado não consegue administrar a contento, os eleitores de Belem, tem que entender, que o Estado do Pará, não é só a Capital, o nosso Estado já estar divido a muito tempo, só estamos querendo legalizar esta situação, aqui para se conseguir marcar um exame no regional, tem que fazer promessa e quando se faz o resultado é uma via cruscia, onde as desculpas e de que os equipamentos estão sempre com defeito, uma paciente foi levada as pressas para o Hospital aqui em stm com quadro clinico coronário,o médico sem examina-la,receitou paracetamol e mandou levar para casa os familiares ficaram com ela no banco fora do centro de Saúde, com as dores no peito,e em menos de 15 minutos a paciente foi a óbito, é esse o Pará que o Dep.ZENALDO COUTINHO quer grande?.

    ResponderExcluir
  6. sueli lameira28/11/2011 22:32

    Olá, Dep, aqui em Santarem, não é só o Hospital que vai mal, em Mojuí dos Campos a ponte que liga a Cidade a Santarem na Trans Mojuí, estar des de a eleição em reconstrução a ex. governadora gastou 450 mil reais na construção da mesma que não prestou, o governo Jatene já gastou 500, e a obra parou a mais de 5 meses, e o povo não tem como escoar sua produção, pois tudo depende do Governo em Belem, temos um Dep. do PSDB, eleito com mais de 45 mil votos em Santarém, que nada faz, segundo o respónsavel do Órgão responsavel pelas construção do Estado em Santarém a ponte esta dependendo de duas vigas de concretos que estão em Belem e só o transporte para stm, custa 80 mil reais, será que não temos cimento com uma fabrica em itaituba,não poderia ser construidas em santarém?, imaginem só o frete de Belem sai mais caro doque as vigas ou estão favorecendo alguem, queremos, gente ter o direito de gerenciar nossos próprios recursos, e não é so isso é muito mais

    ResponderExcluir
  7. ademir patricio28/11/2011 22:43

    Parabéns nobre Dep.só Jesus Cristo de Nazaré, para lhe agraciar com três dádivas abençoadas,tudo o que Você é , tudo o que tem, agradeça sempre ao grande arquiteto deste grande Universo,(DEUS), o autor e consumador de nossa fé, e que ele possa continuar te cobrindo de bençãos, e a boa obra que ele começou em sua vida, ainda irá concluir. Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  8. Caro Deputado,

    Não é somente o hospital de Santarém q/ está desabastecido, na mesma situação encontram-se os outros hospitals regionais, em Marabá, Redenção, Altamira e até o hospital Metropolitano em Belém, e, em piores condições estão os outros hospitais regionais como é o caso do hospital de Tucuruí.
    Esse é o governo do PSDB: previlegia o investimento e a propaganda em detrimento do atendimento a população.
    Onde está o Dr. Helenilson Pontes que deveria cuidar da saúde?
    Onde estão os deputados Alexandre Von, Lira Maia, Antônio Rocha, João Salame, Jorddy, Wandenkolk, que embora tenham condições de pressionar o governo, nada fazem em prol da população q/ os elegeu?
    Onde está o Dr. Helenilson Pontes, q/ sendo o Secretário Especial responsável pela saúde, nada faz por esse setor, nem por Santarém?
    Esse Governo repete suas mazelas: bom de propaganda e ruim de trabalho, de cuidar do povo.
    E o Sr. Deputado, como lider do PMDB, da base do Governo, não acha q/ poderia fazer muito mais pela região Sul do Pará e pelo seu Tucuruí, que tanto lhe proporcionaram?

    ResponderExcluir
  9. Caro Deputado, em decorrencia do loteamento das secretarias, devido a acordos políticos para vencer as eleições passadas, o Governador Jatene acabou entregando a Secretaria de Saúde ao PPS do Jordy, que fez o Dr. Hélio seu secretário, o qual pode ser bom Médico, mas é um péssimo administrador, ele acabou engessando a saúde no Estado, esta crise financeira, extrapola os Hospitais Regionais administrados por OS, que estão prestes a paralisar as suas cirúrgias, o caós já está instalado nos Hospitais Administrados diretamente pela SESPA, Tucuruí, Cametá, Salinópolis, Conceição do Araguaia e Abelardo Santos. Falta de tudo por lá, desde de itens básicos, até material para esterilização de artigos médico/cirúrgico, os equipamentos estão sendo sucateados, e pasme Deputado, o Dr. Hélio, simplesmente deixou deliberadamente de adquirir material necessário para colocar em funcionamento equipamentos de altíssimo custo, como autoclaves de peróxido, adquiridas pelo governo do PSDB na gestão passado, a custo de altos investimentos, visando a qualidade, segurança e modernização destas unidades, nós servidores que trabalhamos diretamente com estes equipamentos, ficamos indignados com este tratamento dispensado pelo Secretário, que pelo meu ver, tem a intenção de sucatear os mesmos, causando um prejuízo inestimável aos cofres públicos. A direção do nosso hospital tem tentado incansavelmente sensibiliza-lo para aquisição destes materiais, sem sucesso, será que não seria a hora do nosso Governador interferir nesta situação e nomear alguém competente, como Dr. Vitor Mateus, Dr. Fernando Dourado, José Manoel, dentre diversos nomes dentro do partido??

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.