Pular para o conteúdo principal

O novo organograma do governo do Pará

shot008

Aprovado o projeto de lei que criou as secretarias especiais, coloquialmente chamadas de “super secretarias”, o novo organograma do governo ficou como abaixo:

1.SECRETARIA ESPECIAL DE GESTÃO

01 Secretaria de Administração
02 Secretaria da Fazenda
03

Secretaria de Planejamento, Orçamento e Finanças

04 Instituto de Gestão Previdenciária
05

Instituto de Assistência dos Servidores do Estado

06 Instituto de Desenvolvimento Econômico Social e Ambiental
07 Escola de Governo
08 Loteria do Estado do Pará
09 Imprensa Oficial do Estado
10 Empresa de Processamento de Dados
11 Banco do Estado do Pará

2.SECRETARIA ESPECIAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E INCENTIVO À PRODUÇÃO

01 Secretaria de Agricultura
02 Secretaria de Pesca e Aquicultura
03 Agência de Defesa Agropecuária
04 Junta Comercial
05 Empresa de Assistência Técnica
06 Centrais de Abastecimento
07 Companhia de Desenvolvimento Industrial
08 Companhia Paraense de Turismo
09 Fundação de Amparo à Pesquisa

3.SECRETARIA ESPECIAL DE INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

01 Secretaria de Transporte
02

Secretaria de Integração Regional, Desenvolvimento Urbano e Metropolitano

03 Secretaria de Obras Públicas
04 Secretaria de Meio Ambiente
05 Secretaria de Ciência e Tecnologia
06 Instituto de Terras
07 Agência Estadual de Regulação e Controle de Serviços Públicos
08 Companhia de Saneamento
09 Companhia de Portos e Hidrovias
10 Companhia de Habitação
11 Companhia de Gás

04.SECRETARIA ESPECIAL DE PROMOÇÃO SOCIAL

01 Secretaria de Educação
02 Secretaria de Cultura
03 Secretaria de Esporte e Lazer
04 Universidade do Estado do Pará
05 Instituto de Artes
06 Fundação Cultural Tancredo Neves
07 Fundação Carlos Gomes
08 Fundação Curro Velho

05.SECRETARIA ESPECIAL DE PROTEÇÃO SOCIAL

01 Secretaria de Saúde Pública
02 Secretaria de Assistência Social
03 Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda
04 Secretaria de Justiça e Direitos Humanos
05 Defensoria Pública
06 Instituto de Metrologia
07 Hospital Ophir Loyola
08 Fundação Santa Casa
09 Fundação Centro de Hemoterapia
10 Hospital de Clínicas Gaspar Viana
11 Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará

Comentários

  1. Tem sentido e quem no caso (s) comandará estas super secretarias, já foram escolhidos, "os agregadores', pois terão que ser qualificados, pois, do contrário é só bacana no papel.

    ResponderExcluir
  2. Virgilio;

    Para mim não é novidade desde quando se sabe que o Jatene é um homem esquivo e focado apenas naquilo que lhe convém - bem diferente daquele sujeito popular e acessível que a mídia criou na campanha eleitoral, abraçando gentes nas ruas e baixadas. Esse organograma é a melhor tradução daquilo que se chama oligarquia - o poder só está acessível a uma estrita minoria capaz de barganhar alto, acima deste quadrilátero da enrolação. Jatene está desenhando o seu olimpo, e os "agregadores" devem ser as "divindades" já conhecidas.

    ResponderExcluir
  3. Ai está, uma visão greco-romana das secretarias especiais. De repente...

    ResponderExcluir
  4. A Defensoria não tinha sido excluída?! Por causa da autonomia?

    ResponderExcluir
  5. A Defensoria continua autônoma. O projeto original a trazia vinculada diretamente ao Gabinete Civil.

    ResponderExcluir
  6. Caro Deputado,

    Onde foi parar a Secretaria de Comunicação - SECOM?

    Raimundo Rodrigues - Belém Pará

    ResponderExcluir
  7. A SECOM continua vinculada ao gabinete governamental.

    ResponderExcluir
  8. Jatene mantém seu estilo centralizador, sendo as "divindades" as mesmas já conhecidas de longa data: Sérgio Leão, Zenaldo (aposta do Jatene para a prefeitura, pois o Flexa pode fazer sombra e a vaidade e orgulho do governador não querem alguém competente, assim Jatene apoia Zenaldo e torce para que este perca, mas se ganhar, sabe que será seu servo), Nilson Pinto, Bacury, etc
    O gov só escuta quem só o elogia e com isso se cerca, na enorme maioria das vezes, de gente puxa-saco interessada em mamar no governo e sem planejamento para o Estado.
    A resposta aos governos negligentes será dada no plesbicito com a divisão do Estado, contra o interesse do governador. Digo mais, o pior dos mundos será a criação do Estado da Vale, digo de Carajás, e a não criação do estado do Tapajós, pois a riqueza se vai e ficam os problemas. É esperar para ver!

    ResponderExcluir
  9. Deputado, qual sua opinião sobre a compra de um hospital-maternidade, projetado para convênios, inteiro pelo governo em tão pouco tempo?

    ResponderExcluir
  10. Desculpe, por favor seja mais explicito, pois não tenho conhecimento de compra de hospital que foi projetado para convênio.

    ResponderExcluir
  11. Parsifal, a Pergunta do comentarista Fagner procede.

    Com a emenda na Comissão de Justiça, a Defensoria ficou vinculada diretamente ao Gabinete, e nao mais na Secretaria de Proteção Social.

    Não foi isso?

    ResponderExcluir
  12. Olá Bruno,

    A DP está vinculada à SECRETARIA ESPECIAL DE PROTEÇÃO SOCIAL. O projeto original à trazia no Gabinete Civil, o que foi rejeitado na CCJ e feita uma emenda vinvulando-a à referida secretaria, como está na postagem.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.