Pular para o conteúdo principal

Os esboços de Christian Dior

A Europa saia da Segunda Grande Guerra. Queria consumir e se divertir. As mulheres queriam ser vaidosas novamente. Ao minimalismo de Mademoiselle Chanel surgiu a abundância de tecidos de  Christian Dior, que esboçou a sua primeira coleção pós guerra, chamando-a de “New Look”.dior

"Nós saímos de uma época de guerra, de uniformes, de mulheres-soldados, de ombros quadrados e estruturas de boxeador. Eu desenho femmes-fleurs, de ombros doces, bustos suaves, cinturas marcadas e saias que explodem em volumes e camadas. Quero construir meus vestidos, moldá-los sobre as curvas do corpo. A própria mulher definirá o contorno e o estilo." 

Da maneira acima o próprio Christian Dior definiu a sua glória. Para mim, ele foi um dos melhores traços de moda do mundo.

Observe o esboço, por ele traçado acima, e o perfeito resultado final abaixo:

esb

É isto que faz um gênio.

Comentários

  1. Carlos Eduardo23/05/2011 02:34

    Faça um favor à quem te colocou no poder! Assine a CPI da ALEPA. Já diz o ditado, quem não deve não teme, então, honre o povo paraense!

    ResponderExcluir
  2. Meu nobre deputado, não me leve a mal, o senhor fala de bilionários, depois fala de um luxo o qual gente como nos paraenses nunca poderemos ter acesso pelo valor salvo alguns que podem ser contados em menos de duas centenas!

    Será que o senhor não vislumbra algo mais ao nosso alcance tipo, a saúde em Camatiskistam da exemplo para ser usado no Para ou as estradas em um pais com a renda per capita de U$ 21,75 que é a Petriskivania da exemplo para o nosso estado imitar!

    Não é mais interessante o senhor mostrar quem esta na pior para que agente se sinta conformado com nossa atual situação, lisos lesos e loucos comprando fiado e pedindo o troco?

    Alias esta difícil achar alguém pior do que nos pois até os governos dos estados do Piauí e de Sergipe estão em dia com seus empréstimos e contas enquanto aqui quando tem ao menos o do custeio é comemorado com bolo de fubá e vela que sobrou de macumba!

    Se o senhor ver alguma dessas marcas sendo usada por um de seus eleitores é pirataria chinesa e eu estou incluído nessa pois uso um Mont Blanc fajuta mais que até a carga e igualzinha a original !

    Tenha pena de nos

    ResponderExcluir
  3. Como disse Somerset Maugham, "a realidade seria insuportável se não fosse o sonho", portanto, sonhemos um pouco.

    ResponderExcluir
  4. 02:34:00,

    Se você acha mesmo que CPIs honram alguma coisa, de fato, seria necessário torna-las nuas para que "o povo", que é tão usado nestas horas, soubesse o que elas são e como ocorrem.
    Se você quer mesmo apuração, deveria iniciar um movimento para fortalecer a ação do MPE e MPF que já estão com todos os elementos para de fato honrar.
    Já coloquei aqui a minha posição. Além do mais, pertenço a um partido e quem tem que decidir é o partido. Mas, mesmo que o partido decida assinar, não acredito em CPIs.

    ResponderExcluir
  5. Isso Parsifal, mostra quem tu és para os idiotas que votaram em ti. Mostra o Dior, e continua sonhando, pois pelo andar da carruagem, teus sonhos vão se tornar um pesadelo.

    ResponderExcluir
  6. Carlos Eduardo23/05/2011 13:46

    Ou seja, tens medo de encarar a verdade! Ou de descobrirem algum envolvimento da tua parte, ou seja, quando tu vai na tv pra pedir voto, queres que o eleitor vote em ti, mas quando acontece algo dessa envergadura tu tem que consultar o partido? Nossa, se arrependimento matasse...

    ResponderExcluir
  7. Carlos,

    Se você está entre os que torcem para me ver envolvido nisto, gaste energia negativa com outra coisa: não estou.
    Quanto a consultar o partido, todos os parlamentares precisam da decisão partidária para assinar CPIs e deliberar votos: é o que determina a Lei da Fidelidade Partidária, segundo entendimento do TSE e do STF desde 2006, quando decidiram que o mandato pertence ao partido.
    Mas, para que você não ache que estou jogando ao partido a decisão por comodidade ou conveniência, deixo, mais uma vez, clara a minha posição, defendida sempre: não acredito em CPIs.
    Lembro-lhe que, mesmo como mais ferrenho adversário da ex-goveranadora Ana Júlia, não assinei quatro CPIs que foram propostas contra o governo dela e defendi, no partido, que as denuncias fossem levadas ao MPE e MPF, portanto, a minha posição conceitual não é de agora e se você tivesse as acompanhado há 4 anos, saberia o que penso sobre o assunto, pois me pronunciei mais de uma vez sobre isto na tribuna da ALEPA.

    ResponderExcluir
  8. 12:05:00,

    Segundo Somerset, a realidade para você deve ser insuportável ao me ver com capacidade sonhar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.