Pular para o conteúdo principal

A SEPOF atrapalhada

agor

O titular da SEPOF, José Julio Lima, que sempre se manteve discreto na impúbere equipe do governo petista, resolveu derramar pesporrência.

Na coluna "Repórter 70", de "O Liberal", regurgita José Julio que "Deputados e partidos que deliberadamente retardaram a aprovação da aprovação de credito de R$ 366 milhões prejudicaram os municípios e a população paraense".

Ele teve ter sido obrigado pelos alfas da alcateia a escorrer a gastrite do governo, ulcerada pela própria inapetência da SEPOF: a administração petista é o suprassumo do mais atrapalhado pastelão que algum cretino produtor jamais ousou dirigir.

Se o governo tivesse, em outubro do ano passado, tratado o pedido de autorização a serio, enviando à ALEPA as planilhas do que pretendia fazer com os recursos, este seria aprovado com a mesma expediência que o foram os outros dois bilhões de reais que o governo recebeu e, até agora, não disse onde usou.

Como os protuberantes queriam por a mão no erário sem maiores explicações, os deputados se recusaram a aprovar: não queriam, com a autorização, assinar atestados de irresponsabilidade contra si mesmos.

Tanto queriam os sicários o dinheiro livre para esbanjar ao seu bel prazer que, mesmo depois de acordar uma planilha, não resistiu a governadora a praticar a perfídia que lhe marca a personalidade, e vetou a parte que lhe determinava aplicar: quer livrar mais de R$ 150 milhões para serem usados livremente por ela e seus valetes, sob a alegação inverídica de que seria imposição do órgão financiador.

Portanto, que se vire o governo para pagar a conta aos prefeitos que lhe batem a porta. Como eu já escrevi aqui, os aríetes não estão protocolando ações de investigação de paternidade: eles querem o dinheiro prometido nos convênios.

Desculpas rotas, e tentativa de colar chifres em cabeças de cavalos não serão resolutivas.

Que não perca tempo o titular da SEPOF com declarações levianas e subterfúgios hipócritas. Eu sei de tudo o que foi feito no verão passado e o que se está fazendo neste.

Entregaram muito doce a quem lhes apetecia, como ao prefeito de Xinguara, por exemplo, que é do PT, e deixaram outros na rua da amargura.

Que o secretário curta agora a leniência que a SEPOF sempre praticou ou amargue o fel que o governo lhe obrigou a sorver neste episodio lamacento.

Comentários

  1. A-do-ro seus textos, ó Parsifal! Vc coloca tudo às claras, dá nome aos bois, senta a peia que é uma beleza.
    Pode publicar isso sem ficar encabulado...seu blog é ótimo.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei tonto por vários motivos:
    1. A gravidade do relato (em países sérios daria caça às bruxas, no Japão pelo menos uns cinco teriam se suicidado)
    2. A quantidade de adjetivos
    3. A escolha de palavras (ainda estou consultando o dicionário online para poder comentar)..:-)
    Enfim, santa ira - muito justa, dada a situação.
    Fique com trecho da 5a das Cartas Chilenas só para lembrar que o mundo roda e as mazelas se repetem:
    "Os grandes desconcertos, que executam os homens que governam, só motivam, na pessoa composta, horror e tédio".

    Ass. Mapinguari da Serra Pelada, composto, cansado e horrorizado dessa rotina que não muda.

    ResponderExcluir
  3. José Júlio é pau mandado (desculpa os termos), não sabe tomar nenhuma decisão sem falar antes com o Carrascosa, Fernando Moraes, mente que nem sente, a cuúpula do governo faz acordos que não cumprem, enganam todos e todo mundo. A rejeição da Ana júlia está estampada em cada esquina, pois a grande maioria das pessoas não querem nem ver essa cidadã por perto, o que diga o interior do Estado, pois aonde ela passa, leva uma retumbante vaia. O descontentamento é geral, passando pelos próprios partidos que compõem a coligação emcabeçada pelo PT, passando pelos servidores públicos e a sociedade em geral.
    Um governo inoperante e incompetente, passa por cima de todas as leis, não cumpre medidas judiciais, falava mal do Dudu e da maioria dos partidos que compõem a própria coligação, não sabe o que fazer com o Detran (Martinho Carmona ou PDT?), enganou a Alepa no conto dos 366, deixou a copa de 2014 escapar por pura incompetência, não fez uma única obra estrutural, não houve avanço na segurança pública, muito pelo contrário, a situação piorou, a educação é a pior de todos os tempos, entrega o Hospital Metropolitano a um pedófilo. Isso é um verdadeiro desgoverno. E pelo Bem do Pará, essa molecada toda deverá ser expulsa da Administração do Estado do Pará. PT nunca mais!!!

    ResponderExcluir
  4. Excelente comentário, deputado!!! Parabéns!!!

    Gostei, sobretudo, do termo - aliás, bastante adequado ao caso analisado - "impúbere equipe"...

    ResponderExcluir
  5. Deputado

    Conta tudo o que entregaram ao prefeito de Xinguara. (sem subterfugios)

    Esse PT privilegiado e os outros sem nada...

    conta

    ResponderExcluir
  6. Olá Mapinguari,

    Ótimas as aspas das "Cartas Chilenas".

    ResponderExcluir
  7. 16:16:00,

    Obrigado. Volte sempre.

    ResponderExcluir
  8. Deputado, pare com isso. O senhor já leu o que o Secretário Farias afirmou: estão obrigando os aliados a manifestar descontentamento que não existe. Dessa forma, ao criticar a SEPOF desta forma, vai colocar em maus lençóis quem obrigou o Dep. Faleiro a qualificar os técnicos de secretaria, no seu próprio twitter, de "rasgadores de votos".

    Fernando Bernardo

    ResponderExcluir
  9. Em sendo assim, vamos obrigar este pessoal a perder a eleição em outubro.

    ResponderExcluir
  10. Leviandade e hipocrisia, meu caro deputado, é tudo o que o governo petista sabe fazer com requintes de perfeição. O incompetente Zé júlio deveria era tentar explicar por que só o dinheiro dos municípios governados pelo PT foram para a conta. Caras de pau! Sórdidos! E a senhora Ana ainda vem com discurso de que trata todos igualmente... O que é isso? Vai ter o que merece em outubro...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.