Pular para o conteúdo principal

Buracos e capim

estr

O jornal “Diário do Pará”, em sua coluna “Repórter Diário”, traz um torpedo do vereador de Belém, Ademir Andrade:

 

“Nossas estradas são piores que as do Piauí. Não têm sinalização, não possuem nem 10 cm de acostamento e o capim toma conta da pista com buracos surpresa.”

 

Ademir Andrade é do PSB, que faz parte da movediça base aliada do governo.

 

É isto que eu quero dizer quando escrevo que o este governo é “uma prosopopéia das divergências internas, no acostamento da falta de comando externo”.

 

Mas, meu caro Ademir, se tu fores demandar à governadora melhoria nas estradas, ela vai responder que tapará os buracos assim que a Assembléia Legislativa aprovar o empréstimo de R$ 366 milhões.

Comentários

  1. Não sei porque a crítica, o ademir e seu psb são subservientes a ana júlia, se começarem a querer ter vida prórpia , a ana tira a secretaria de justiça do partido, aí todos os amigos do ademir que estão encostados na SJUDH vão ficar chorando e chupando o dedo. Ademnir você é situação, não queira dar uma de crítico só porque as eleições estão chegando.

    ResponderExcluir
  2. Deputado Parsifal:
    Em Tucuruí, os servidores do Hospital Regional não receberam o pagamento da gratificação de Desempenho Institucional "GDI", o valor está empenhado mas ainda não tem o financeiro disponível.
    Não disseram ainda, mas não tardará a dizerem que depende do famigerado "366".

    ResponderExcluir
  3. dep. este cara o sr. e eu conhecemos muito bem, ele hoje vive de fazer chantagen contra o governo e o pior de tudo que ele usa o filho que e dep. porque não tem mais prestigio. falo isso porque convivi com ele mais de 25 anos, so que demorou muinto para a mascara cair. hoje estou vacinado contra politico malandro.

    ResponderExcluir
  4. Olá Pacheco,

    O 366 virou o elixir paregórico do governo.

    ResponderExcluir
  5. Olá Ponês,

    Por anda você rapaz?

    ResponderExcluir
  6. dep.aqui em tucuruí tem muita gente que gosta de vc e do governo ana júlia pare de queimar este governo.pois vc brevemente estará pedindo voto para ela e vai ficar feio.

    ResponderExcluir
  7. Ao anônimo das 23:51:00

    Considero que o PMDB cometeu um erro ao compor com Ana Julia, ajudando-a na eleição: não é ela quem governa e sim um grupo de rapazes imaturos politicamente que fizeram dela refém. Agora, outro grupo, tomou-a da meninada e ela é refém destes.
    Não posso, portanto, estar mais nisto. Caso o PMDB, o que eu considero muito improvável, venha a apoiá-la, fico embaixo do palanque.

    ResponderExcluir
  8. Se depende do PMDB que esta mas interessado em eleger o Jader senador,sebe quando as estradas serão melhoradas nunca. Pois o infelizmente o PMDB esta ficando adepto do quanto pior melhor.

    Dep. Se Temer, enquadrar o PMDB em cima da hora o Srº fica debaixo do palanque que estiverem : Jader, Ana , Priante Dilma e Lula?

    ResponderExcluir
  9. Eu não tenho problema algum em apoiar a Dilma, e sou um admirador do Presidente Lula, a quem eu credito valor.
    O meu problema é com a inépcia do governo do Pará. Aliás, meu caro, já disse várias vezes que se o PT trocar o candidato a governo, também não terei problema em apoiar. Menos pela Ana Júlia e mais pela meninada que a levou a estar na situação em que está.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.

Postagens mais visitadas deste blog

Mateus, primeiro os teus

Convalescendo da implantação de um stent , o governador Simão Jatene (PSDB-PA) foi apanhado, ainda no Hospital do Coração (SP), na manhã de ontem (03), por uma desagradável matéria da “Folha de S. Paulo” reportando que “ao menos sete familiares, além da ex-mulher e da ex-cunhada” de Jatene exercem cargos de confiança no Executivo, no Legislativo e no Judiciário do Pará. A reportagem declara que, somados, os salários dos familiares do governador “ultrapassam R$ 100 mil mensais”. > Sem incidência de nepotismo As averiguações já foram matérias em blogs locais. Quando me foi perguntado se feriam a Súmula 13 do STF (nepotismo), opinei que não, o que foi agora ratificado pela reportagem da “Folha” que, ouvindo “especialistas” declarou que os “casos não se enquadram diretamente na súmula vinculante do STF”. Nenhum dos parentes ou afins relacionados pela “Folha” está a cargo de órgãos vinculados ao executivo estadual e a matéria não demonstra a existência de cargos ocupados, no Poder

O HIV em ação

A equipe do cientista russo Ivan Konstantinov arrebatou o primeiro lugar no “International Science and Engineering Visualization Challenge”, um concurso que premia imagens científicas da forma mais verossímeis e didáticas possíveis. Abaixo, a imagem em 3D do mortal vírus da Aids (HIV), em laranja, atacando uma célula do sistema imunológico, em cinza. A tática do HIV é se estabelecer dentro da célula, sem destruí-la. Na imagem abaixo foi feito um corte para mostrar o HIV já estabelecido no núcleo da célula imunológica, usando-a para se reproduzir, expelindo mais vírus que atacarão mais células imunológicas para torna-las hospedeiras, por isto o sistema imunológico do portador do HIV fica reduzido. As imagens foram retiradas do portal russo Visual Science .

Ninho de galáxias

A imagem acima foi liberada pela NASA e elaborada a partir de dados colhidos do telescópio VLT do Chile, o maior do mundo.   É o conglomerado de galáxias JKCS041, que vem a ser o mais distante ponto do universo visualizado até hoje: está a 10,2 bilhões de anos-luz da Terra.   1 ano luz é a distância que a luz percorre em uma ano, ou seja, se já tivéssemos tecnologia para viajar à velocidade da luz, a nave que nos poderia levar até a JKCS041 demoraria 10,2 bilhões de anos para chegar lá.   Mas, o que o VLT viu, não é o presente, e sim o passado: a luz emitida pelo conglomerado que agora chegou aos portões da Via Láctea, o nosso endereço no universo, saiu de lá há 10,2 bilhões de anos.   Passado este lapso de tempo, as coisas devem estar bem diferentes por lá.   Mas, o que eu quero mesmo é dar uma de Carl Sagan : na Via Láctea há milhões de sistemas, com milhares de planetas em cada um deles.   O JKCS041 é um conglomerado de milhares de galáxias, com milhões de s