Pular para o conteúdo principal

Passando do ponto




Os 144 passageiros do vôo 188 da Northwest Airlines, bem que notaram que a viagem de ontem, de San Diego a Minneapolis estava demorando mais que o habitual. Mas, como o céu estava de brigadeiro, não se apoquentaram.

De fato, o vôo demorou mais que o habitual em cerca de 1 hora: os pilotos se esqueceram de pousar, segundo eles, devido a "uma acalorada discussão sobre a política da empresa aérea".

Durante cerca de 40 minutos os pilotos, distraídos na discussão, sequer mantiveram contanto com a torre de controle, que, em sendo debalde as tentativas, mas vendo que a aeronave voava normalmente, desconfiaram de sequestro e acionaram a Força Aérea Americana.

A Agência Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA, todavia, desconfia que, devido à enorme atividade em que vivem os pilotos, pode o navegador ter dormido e passado do ponto de descida.

Aqui no Brasil, anos atrás, o descuido de navegação deu em tragédia: uma aeronave da VARIG saiu de Marabá para Belém, e tomando rumo totalmente diverso, teve que pousar na floresta, matando vários passageiros.

Comentários