Pular para o conteúdo principal

Folhetim saxônico

Ben e Dawn em foto do MirrorDesde os 2 anos, o inglês Ben Smith perdeu contanto com o pai.

 

Passados 16 anos, Ben já aos 18, resolveu procurar o pai e os dois se reencontraram em Londres.

 

O pai de Ben, Andrew, com 38 anos, já houvera se separado da sua mãe e vivia com Dawn, de 34 anos.

 

Ben, que estava desempregado, foi morar com Andrew e Dawn.

 

Como o amor acontece na vida, Ben e Dawn se apaixonaram: o filho virou amante da madrasta.

 

Andrew, ao descobrir que seu filho e sua companheira faziam sexo na cama do casal, expulsou-os da casa. Eles agora planejam casar e ter filhos.

 

"As pessoas podem me ver como uma madrasta megera, mas eu amo Ben e ele me ama. Ele faz com que eu me sinta mais segura, mais amada e cuidada do que o pai dele fazia. Ele me deu uma nova vida e eu quero ser a esposa dele", declarou Dawn.

 

Isto é melhor que as peças do Nelson Rodrigues pelo simples fato de ser verdade: a notícia é do portal inglês “Mirror”.

Comentários