Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Ou deixamos como está ou mudamos para ver como fica

A comissão especial da Câmara Federal, criada para analisar a PEC que propõe mudanças nas eleições, aprovou na quinta-feira (10) duas alterações nucleares no sistema eleitoral: 1 . Eleições majoritárias para deputados estaduais e federais, elegendo os mais votados em cada estado da Federação, o chamado “Distritão”. 2 . O financiamento público das campanhas, com a criação de um fundo público de R$ 3,6 bilhões. As duas propostas, que deverão ir ao plenário da Câmara Federal na semana que vem, dividem opiniões. Matéria da Folha de São Paulo repercute a fala de Diogo Rais, pesquisador da FGV e professor da Mackenzie, que investe contra o fundo público: "Todos os brasileiros doarão compulsoriamente, enquanto há uma crise econômica e déficits enormes em recursos para saúde e educação". Já o cientista político Jairo Nicolau, da UFRJ, argumenta que: "O modelo fundo mais distritão favorece quem já está lá: eles são políticos conhecidos e terão financiamento garantido. É um sistem

A Hidra de Lerna

Em 30 de dezembro de 2006 Saddam Hussein foi executado por enforcamento, três anos depois de sua captura. O tribunal que o condenou não teria legitimidade para julgá-lo em uma democracia, pois na sua maioria era composto por xiitas, inimigos mortais dos sunitas, que tinham em Saddam Hussein o seu maior líder. O veredito, portanto, independentemente da culpa ou do merecimento da forca, era previsível: os xiitas jamais perderiam a oportunidade de quebrar o pescoço do seu arquirrival e opressor por mais de três décadas e fizeram o trabalho encomendado pelos EUA, que queriam Saddam morto, mas não queriam aparecer na foto colocando-lhe a corda no pescoço. Contam os que presenciaram a execução que Saddam, em nenhum momento, demonstrou medo e, como Jacques De Molay, o último grão-mestre dos Templários, quando foi incinerado por Felipe IV, o Belo, ainda rogou praga aos desafetos. O vídeo da execução revela a praga esbravejada antes do cadafalso se abrir: “ Morte aos Estados Unidos! Morte a Isr