Pular para o conteúdo principal

A Belém que foi demolida

bar

Este era, no início do século XX, o Teatro Bar Paraense, em Belém do Pará: um dos pontos mais freqüentados pelos artistas e intelectuais da época.

Ficava na atual Avenida Magalhães Barata, quase chegando em São Braz: esta jóia arabesca foi totalmente demolida.

Comentários

  1. QUE FIASCO O COMICÍO ONTEM EM TUCURUÍ EM DEPUTADO?

    ResponderExcluir
  2. Deputado, o senhor sabe dizer como isto aconteceu?? Quem foi o autor desse verdadeiro crime contra a memória de Belém??

    ResponderExcluir
  3. SIMÃO JATENE TEM 59%, REVELA PESQUISA DA UFPA

    Postado por Ronaldo Brasiliense
    Sex, 17 de Setembro de 2010 11:44

    No detalhamento da pesquisa LCP/UFPA/Veritate divulgado hoje, o candidato da coligação Juntos com o Povo ao governo do Pará, Simão Jatene (PSDB) aparece com 59% das preferências do eleitorado, paraense, descontados os votos brancos e nulos.

    A pesquisa mostra claramente que Jatene vence a eleição já no primeiro turno: ele tem 41.6% de intenções de votos. Todos os demais candidatos somados têm 32.6%.

    Então, podemos afirmar de que se a eleição fosse hoje não teria segundo turno, afirma o cientists político Edir Veiga, da UFPa, que coordenou a pesquisa.

    ResponderExcluir
  4. Diário do Pará, edição de hoje, Caderno B, página B-6, PAINEL POLÍTICO:

    "PRONTO FALEI

    No comício em Belém, Lula disse que vai à capital paraense desde a década de 80, e que todos os governadores que conheceu até 2006, quando Ana Júlia(PT) foi eleita, são "farinha do mesmo saco".

    EM TEMPO

    No clube mencionado por Lula se inclui Jáder Barbalho (PMDB), hoje líder nas pesquisas para o Senado e cujo apoio é considerado fundamental para a vitória de Ana Júlia num eventual segundo turno."

    ResponderExcluir
  5. Do site do Cláudio Humberto:
    "Esse Pedro Álvares...
    Como a coisa está preta, Lula foi a Belém tentar salvar a petista Ana Júlia Carepa, que tem 40% de rejeição no eleitorado. Não poupou nem os descobridores, dizendo que “eles” (oposição) governaram o país por 500 anos. E que não se pode culpar Ana Júlia por tudo de ruim. Anrã."

    ResponderExcluir
  6. Da Coluna "Repórter Diário" do Jornal Diário do Pará, edição de ontem (17/09), transcreve-se a seguinte notícia:

    "PRESSÃO

    (...). Debateu-se a reorientação da comunicação de campanha majoritária COM BASE EM PESQUISA DO PRÓPRIO PT INDICANDO A POSSIBILIDADE DE UMA VITÓRIA DO CANDIDATO TUCANO AO GOVERNO, SIMÃO JATENE, AINDA NO PRIMEIRO TURNO."

    ResponderExcluir
  7. Da Coluna "REPÓRTER DIÁRIO" do Jornal DIÁRIO DO PARÁ, edição de ontem (17/09), transcreve-se a seguinte notícia:

    " PRESSÃO

    (...) com base em pesquisa do próprio PT indicando a possibilidade de uma vitória do candidato tucano, SIMÃO JATENE, ainda no primeiro turno."

    ResponderExcluir
  8. Dep.me tire uma duvida,é permitido servidor público efetivo,aparecer em propaganda eleitoral pedindo voto para determinado candidato?
    Pois bem,tem um servidor que está aparecendo no horário de Paulo Rocha pedindo voto para o candidato Paulo Rocha,é só investigar.
    Eu sei o nome e o cargo.

    ResponderExcluir
  9. Quando a prefeitura discutia o que fazer com o "buraco da Palmeira", lugar que lembra muito a minha infância, escrevi uma carta ao prefeito sugerindo: reconstrua-a!! claro que nunca obtive resposta. Por que não tentar fazer o mesmo com outros prédios subtraídos de nosso patrimônio histórico? com toda tecnologia que a engenharia dispõe isto seria mel na chupeta. Que tal Vossa Senhoria encabeçar esta campanha no próximo mandato??

    ResponderExcluir
  10. 09:45:00,

    Obrigado por ter estado lá. Eu achei ótimo.

    ResponderExcluir
  11. 11:23:00,

    Falta de compromisso histórico e visão arquitetônico parca dos órgãos responsáveis. Infelizmente Belém perdeu, por conta disto, seus mais belos prédios de época.

    ResponderExcluir
  12. 18:10:00,

    Desculpe-me argumentar que não seria uma boa idéia, pois os prédios assim feitos seriam apenas edificações plásticas, sem a história que os que foram demolidos guardavam. Os locais, também, na maior parte, abrigam edificios que não poderiam ser removidos.
    Estas coisas, quando se vão, jamais voltam. Temos que cuidar do pouco que sobrou do terremoto de insensibilidade.

    ResponderExcluir
  13. 16:06:00,

    Não constitui crime eleitoral servidor público, dar depoimentos a favor, ou contra, candidatos, em propaganda eleitoral. O que é vedado ao servidor público é fazer campanha em seu horário de trabalho.

    ResponderExcluir
  14. O servidor temporário OSVALDO PARAGUASSU e a servidora comissionada VERA COELHO, ambos da Assembleia Legislativa, em pleno horário de trabalho e nas suas respectivas lotações, fizeram campanha para o candidato DOMINGOS JUVENIL, por meio de depoimentos que foram gravados e apresentados no programa eleitoral do candidato.

    Neste caso, houve crime eleitoral?

    ResponderExcluir
  15. Servidor público dar depoimento para propaganda eleitoral não constitui conduta vedada. A conduta vedada ao funcionário público é fazer campanha em seu horário de trabalho.
    As atividades de campanha, assim entendidas pela Justiça Eleitoral, não incluem dar um depoimento a favor, ou contra, um candidato.

    ResponderExcluir
  16. 18/09/2010 18:10:00 <>

    Gafanhotos não constroem, só roem e destroem. O povo botou um gafanhoto na prefeitura se lembra?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.