21/04/2014

De como um fotógrafo e sucateiro chinês virou um montador bilionário

Eu sabia que em 2002 a Ford comprou a Volvo, uma das marcas mais tradicionais de automóveis do mundo. Mas fui saber apenas ontem que, em 2010, a Ford vendeu a Volvo para a chinesa Zhejiang Geely, ou seja, a Volvo, que já não era mais sueca, agora é chinesa.

A surpresa não parou aí. Na mesma matéria, assinada por Richard Milne para o Financial Times, descobri que a Manganese Bronze, montadora daqueles táxis pretos londrinos, também foi adquirida pela Zhejiang Geely, ou seja, os sisudos táxis londrinos não são mais ingleses e sim chineses.

O dono da Zhejiang Geely é o bilionário chinês Li Shufu, 51 anos, chamado por Milne de uma versão chinesa de Henry Ford.

li

Eu discordo da comparação, pois Ford foi mais que um montador ou comprador do que estava montado. Ford foi o idealizador do fordismo que, bem ou mal, moldou o conceito de produção e produtividade como o vemos hoje e consolidou a sociedade de consumo desvairada como a temos hoje.

Ford completou a revolução industrial e foi para ela o que Coco Chanel foi para as vestes femininas: Chanel não lançou moda, pois essa é passageira; lançou um estilo e esse é permanente. Chanel arrebentou o espartilho e libertou a mulher da prisão que eram as vestes antes dela.

Mas isso é outra história: voltemos ao tal Li Shufu. O danado começou como fotógrafo. Montou, ele mesmo, desde a própria câmera até a iluminação e a mobília, tudo copiado de um estúdio ocidental: Li Shufu foi um dos precursores do mantra chinês de que tudo pode ser copiado.

Daí, aos 23 anos, virou comprador de sucata eletrônica. Tirava delas as borras de ouro e prata e o resto reciclava para fazer peças para geladeiras. Logo já fabricava refrigeradores. Tudo copiado de um refrigerador que importou. É a tal engenharia reversa: tudo que é montado pode ser desmontado, replicado, e montado.

Em 1993 adivinhem que criou a primeira montadora chinesa de motocicletas? Ele mesmo. E daí para se transformar em um montador de carros foi um pulo.

Desde 1997, Li Shufu é o controlador da primeira montadora de veículos não estatal da China, a Zhejiang Geely, ou simplesmente Geely, dona da Volvo, da Manganese Bronze e da montadora chinesa da sul-coreana Daewoo. A Geely faturou, em 2013, US$ 4,7 bilhões, o equivalente a R$ 10,5 bilhões.

2 comentários:

  1. Chinês

    Incrível. Ele agora esta entrando em outro negócio. Vender água potável. Será que vai ganhar dinheiro?
    Agenor Garcia
    jornalista

    ResponderExcluir
  2. Chinês

    Incrível. Ele agora esta entrando em outro negócio. Vender água potável. Será que vai ganhar dinheiro?
    Agenor Garcia
    jornalista

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.