24/08/2013

Steve Ballmer anuncia aposentadoria

O caricato e competente Steve Ballmer anunciou ontem (23) que, em 12 meses, vai se aposentar de um dos empregos mais bem pagos do mundo: CEO (Presidente Executivo) da Microsoft.

Shot002

Steve Ballmer comanda a empresa desde 2000, quando o fundador, Bill Gates, aposentou-se para se dedicar à filantropia.

Com uma fortuna de US$ 17,2 bilhões, Ballmer, desde 2000, pagou US$ 150 bilhões em dividendos para os seus investidores.

Há rumores, no entanto, que ele teria abreviado a sua aposentadoria por desinteligências com o board de acionistas majoritários, que recomendam abortar o projeto “Surface”, que teria causado deságio de 17% no pagamento de dividendos.

Shot003

Embora o Surface seja um dos melhores tablets do mundo, parece que o usuário não quer saber de usar o Windows em telas pequenas.

Eu “avisei”, em postagem aqui, que a Microsoft jamais deveria entrar no negócio de hardware.

Bill Gates anunciou que no próximo mês constituirá um comitê especial para escolher o próximo CEO.

2 comentários:

  1. Parsifal,

    o blog do barata publicou hoje:

    O juiz Elder Lisboa Ferreira da Costa rejeitou a ação judicial ajuizada pelo Ministério Público do Pará contra o senador Mário Couto (PSDB/PA) (segunda foto, à dir.), sob a acusação de improbidade administrativa, com ressarcimento de danos causados ao erário, cumulada com responsabilização por ato de improbidade administrativa. O magistrado acatou a acusação contra os demais oito suspeitos arrolados na ação.
    O processo, que leva o nº 0002355-69.2012.814.0301, trata de parte das falcatruas rastreadas pelo Ministério Público na Alepa, a Assembleia Legislativa do Pará. Mais especificamente da contratação irregular de pessoal, inclusão de pessoas na folha de servidores para apropriação de seus vencimentos, aumento de vencimentos de servidores de forma fraudulenta, dentre outros ilícitos.

    Um notório bicheiro, casca grossa e truculento, quando presidente da Alepa, Mário Couto se notabilizou, dentre outros ilícitos, pela suposta compra de farinha de tapioca, para justificar a flagrante pilhagem ao erário, conforme revelaram as investigações do Ministério Público sobre as falcatruas registradas no Palácio Cabanagem. Daí ser hoje conhecido, jocosamente, como Senador Tapioca.

    vc poderia investigar isso ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há o que investigar: foi um decisão lamentável e escatológica do juiz Elder Lisboa. Creio que o MP deve recorrer disso.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.