29/05/2017

China inaugura a maior usina solar flutuante do mundo

Shot 001

A cidade de Huainan, na China, conhecida por seu terreno rico em carvão, ganhou uma usina solar flutuante de 40 MW, a maior do mundo nessa categoria.

A China é o país que mais gera energia solar em todo o mundo, com uma capacidade instalada de 77 gigawatts. Eles planejam adicionar mais 110 GW até 2020, com um investimento que somará US$ 360 bilhões ao longo dos próximos três anos.

A China, que tem como meta obter 20% da energia gerada no país a partir de fontes renováveis, já projeta a maior usina solar do mundo, com seis milhões de painéis fotovoltaicos e capacidade de 2 gigawatts, a um custo de US$ 2,3 bilhões.

4 comentários:

  1. Enquanto isso investimos em termo-elétricas e no absurdo total de Belo Monte..não damos conta da nossa estupidez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. !!nossa...? Isso é coisas de burguês.

      Excluir
    2. o anonimo é petista com certeza:
      1 - usa a palavra burgues
      2 - quem decidiu construir belo monte foi o partido que ele apoia, mas agora ele poe o corpo fora

      Excluir
  2. Parsifal, vc ficou de escrever algo sobre energias eólica e solar, emprestando suas lustrosas letras sobre um tema que toma vulto maior a cada dia.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.