03/02/2017

O custo do crime

Shot

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) publicou o relatório do custo da violência no mundo para os governos.

No Brasil, baseado em relatórios oficiais de 2014, o custo da violência alcançou US$ 91,38 bilhões, o equivalente a R$ 258,3 bilhões, ou o que vem a ser 3,78% do PIB daquele ano.

Como o PIB caiu desde 2014 e os índices de violência aumentaram, é razoável concluir que o percentual que a escaramuça diária do crime já nos consome mais de 4% do PIB nacional.

Só para equivaler o tamanho da inconsequência de que querer derrubar uma árvore arrancando-lhe as folhas, 4% do PIB é quanto o Brasil, quando muito, consegue investir em infraestrutura.

2 comentários:

  1. não entendi bem sua opinião, não entendi o quem quer arrancar uma arvore tirando-lhe as folhas.
    Eu penso que o custo da violencia é muito maior do que 4% do pib. Há 30 anos atras havia muitas alternativas baratas para jantar, hoje de noite só tem jantar de luxo. A causa é que quem tem porta para a rua e é pequeno demais para contratar vigilancia não abre de noite.
    Vi na tv que na suecia há bibliotecas que funcionam 24 horas, os usuarios entram com um cartão. Aqui também já tem biblioteca com cartão, mas fecham as 18:30. Mesmo havendo gente no predio durante o horario do almoço, fecham a biblioteca porque nã querem deixa-la um minuto sem funcionaria. Q que os brasileiros deixaram de criar por as bibliotecas estarem a maior parte do tempo fechadas? dificil de calcular.
    Em termos de felicidade, suponho que as perdas pela violencia são maiores do que 40% (quarenta por cento).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você for derrubar uma árvore e começar arrancado cada uma das suas folhas, quando você estiver na metade do trabalho a outra metade já terá brotado novamente e você perderá sempre o seu trabalho em um ciclo sem fim.
      O relatório aponta apenas o custo direto com a violência, que são o aparato policial, o sistema prisional e outros referentes. Não calcula as perdas que o país e as pessoas sofrem com os altos índices de insegurança.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.