11/01/2017

Emissoras de rádio da Noruega passam a ser todas digitais a partir de hoje

Shot 001

Em novembro de 2016 o presidente Michel Temer assinou autorização para que mais 240 rádios AM migrem para FM. A autorização é um aditivo a um processo de substituição tecnológica que começou em 2013 e, segundo o governo federal, 1.386 das 1.781 estações AM do país já aderiram ao processo de migração.

Apesar disso, calculam os experts no assunto que o Brasil ainda terá a obsoleta transmissão AM por mais uns 10 anos.

Enquanto isso, na Noruega, começa hoje (11) o processo de migração de todas as rádios FM para transmissão digital. Com isso, o país passa a ser o primeiro do mundo a abolir a “obsoleta” transmissão FM.

A Noruega, aliás, desde 1995 aboliu a transmissão AM e uma lei determinou que as FM passassem a providenciar o modelo digital, pois em 11.01.2017 o modo FM também seria extinto.

Os noruegueses, principalmente os mais idosos, peticionaram, todavia, que o processo não seja abrupto, pois 66% dos ouvintes ainda têm aparelhos que recebem apenas FM e teriam que substituir por aparelhos digitais.

O Reino Unido também já determinou o fim da transmissão FM. A legislação britânica foi inteligente na transição ao estabelecer um gatilho: quando 50% da população possuir receptor digital, as emissoras que ainda transmitem em FM terão 3 anos para iniciar o modelo digital. Hoje esse percentual está em 35%.

Nos EUA o processo ocorre por força da competitividade do mercado e cerca de 28% das cerca de 30 mil estações do país já são digitais.

No Brasil, o processo está em discussão desde 2005 e até agora não se conseguiu definir sequer o padrão digital a ser adotado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.