17/11/2016

Extorsão a prazo

Shot004

Eu já disse aqui que as altas tarifas da telefonia celular no Brasil financiam os baixos planos além-mar, pois as operadoras são globais.

A mesma lógica é usada pelas operadoras de cartão de crédito: a extorsão praticada no Brasil financia os baixos juros cobrados nos EUA e Europa.

Prova isso o recente levantamento da Proteste para a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, cujo universo de pesquisa, para não descompensar o cardápio, restringiu-se aos nossos seis vizinhos da América Latina.

As operadoras de cartão de crédito no Brasil descarregam no cliente 10 vezes mais juros do que cobra o segundo colocado no ranking, que é o Peru, onde os juros médios cobrados do consumidor que entra no rotativo do cartão são de 43,7% ao ano, contra 436% no Brasil.

É isso mesmo. Se você fizer uma compra no cartão de crédito e aceitar aquela bondade da operadora de ficar pagando só o valor mínimo, em 12 meses você terá pagado de juros uma média de 436%!

Talvez o único negócio melhor que o das operadoras de cartão de crédito no Brasil, seja o tráfico de drogas, mas em compensação é uma atividade muito mais perigosa, já que a droga dos juros extorsivos é uma atividade legal.

A Proteste, sem divulgar qual o cartão, simulou uma dívida de R$ 1 mil feita naquele que tem a maior taxa de juros do mercado. Caso o desditado resolva pagar apenas o mínimo, regra geral 15% do valor total da fatura, em um ano terá pago R$ 10 mil, o que vem a ser um juro de 1.158% ao ano.

Shot001

É que ninguém resolveu até hoje contestar a agiotagem na justiça. A prova da discrepância reside na simples consulta da taxa Selic (a taxa básica de juros), que está em 14% ao ano.

É até aceitável que alguém cobre juros acima do piso, mas o que as operadoras de cartão de crédito cobram é acima do que poderia ser qualquer cumeeira.

Em nota, a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) defendeu-se afirmado que

“a maioria das transações com cartão de crédito não tem juros, pois os brasileiros financiam suas compras por meio do parcelado sem juros. Além disso, 85% pagam a sua fatura em dia e apenas um entre dez usa o crédito rotativo. E, quando entra nessa situação, fica em média 12 dias”.

Tem algo errado nessas estatísticas da Abecs, pois eu coloquei os números em uma matriz de peixeiro aqui na minha planilha de noves fora, e as probabilidades, ao rumo delas, era de eu não conhecer mais de 10 pessoas que se encaixassem em alguma das hipóteses apontadas e só na na última eu conheço mais de 10.

3 comentários:

  1. Funcionários Terceirizados https://www.cdp.com.br/servidores-e-empregados (essas pessoas são realmente necessárias na cia)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As funções são necessárias ao funcionamento jurídico-administrativo da empresa. Elas são determinadas em lei e a quantidade por acórdão do Tribunal de Contas da União, que faz a planilha por metro quadrado de área a ser servida. Se uma inspeção do Ministério do Trabalho constatar funcionário a mais ou a menos na área respectiva multa a empresa e a prestadora.
      Aí reside a diferença da administração privada da pública: naquela você pode fazer tudo que não esteja proibido em lei e nesta você tem que fazer tudo o que a lei determina.
      Na terceirização reside a economia da empresa pública. Se a CDP fizesse concurso público para contratar esses funcionários e fazer esses serviços que as empresas terceirizadas fazem, o custo seria o triplo. Um guarda portuário, por exemplo, que a Justiça decidiu que a CDP não pode terceirizar, custa até quatro vezes mais do que se fosse contratada uma empresa de vigilância.

      Excluir
  2. http://laurochammacorreia.jusbrasil.com.br/noticias/405742547/beneficiario-do-inss-deve-romper-vinculo-trabalhista-para-receber-complementacao-de-previdencia-privada

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.