20/10/2016

Apesar de tudo…

Shot 003

Embora enfrente uma rebordosa “nunca dantes vista na história do Brasil” contra um ex-presidente da República, Lula ainda lidera nos mais diversos cenários de primeiro turno para a eleição de presidente da República em 2018.

Quem diz isso é a mais recente pesquisa da CNT/MDA, realizada de 13 a 16 de outubro e publicada ontem (19) nos principais portais do país.

Abaixo, os resultados auferidos na pesquisa espontânea:

1°. Lula (PT): 11,4%
2°. Jair Bolsonaro (PSC): 3,3%
3°. Aécio Neves (PSDB): 3,1%
4°. Michel Temer (PMDB): 3%
5°. Marina Silva (Rede): 2,4%

Na pesquisa estimulada, Lula também é o favorito em todos os cenários apresentados ao eleitor.

No cenário 1

1°. Lula (PT): 24,8%
2°. Aécio Neves (PSDB): 15,7%
3°. Marina Silva (Rede): 13,3%

No cenário 2

1°. Lula (PT): 25,3%
2°. Marina Silva (Rede): 14%
3°. Geraldo Alckmin (PSDB): 13,4%

No cenário 3

1°. Lula (PT): 27,6%
2°. Aécio Neves (PSDB): 18,9%
3°. Marina Silva (Rede): 16,5%
4°. Jair Bolsonaro (PSC): 7,9%

Mas é no segundo turno que o ex-presidente Lula, pela pesquisa, terá que roer uma macaúba verde para lograr êxito, pois perde a liderança, e portando perderia a eleição, em todos os cenários apresentados, exceto se a disputa fosse entre ele o atual presidente Michel Temer.

Cenário 1

1°. Aécio Neves (PSDB): 37,1%
2°. Lula (PT): 33,8%

Cenário 2

1°. Aécio Neves (PSDB): 38,2%
2°. Michel Temer (PMDB): 16,4%

Cenário 3

1°. Aécio Neves (PSDB): 35,4%
2°. Marina Silva (Rede): 29,5%

Cenário 4

1°. Marina Silva (Rede): 35,8%
2°. Lula (PT): 33,2%

Cenário 5

1°. Lula (PT): 37,3%
2°. Michel Temer (PMDB): 28,5%

Como se vê, em que pese o desgaste sofrido diuturnamente, Lula continua firme no jogo eleitoral: ganha quando a bola se divide entre mais de dois candidatos, e em uma disputa tete a tete, quando perde, não o faz por diferença que o coloque fora do baralho, o que é índice de que pode ainda alavancar tentos, por isso prepara o seu papel de vítima injustiçada.

A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

Um comentário:

  1. Se absolvido, Lula seria eleito, com certeza, então, mãos a obra para prendê-lo. Todavia, ainda vejo o Alckimin com maior possibilidade de vir a ser presidente da república.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.