06/09/2016

Olha ele aí de novo!

Shot007

O peculiar Newton Ishii, agente da Polícia Federal que ficou famoso como o "Japonês da Federal", preso em junho desse ano (2016), por condenação transitada em julgado, por facilitação de contrabando, deu o ar da sua graça novamente, nas operações da PF.

Ishii cumpre pena em “regime semiaberto harmonizado” - eu não sabia que existe esse regime “harmonizado”. Pensei que isso era coisa de enólogo – ou seja, trabalha durante o dia e não precisa dormir na prisão. Se um dia eu for condenado, quero um “regime semiaberto harmonizado”.

A condenação não permite que Ishii ultrapassasse os limites da Região Metropolitana de Curitiba, onde a pena é cumprida, por isso não mais tivemos o prazer de ver o dito cujo conduzindo os meliantes Brasil afora.

Mas eis que Ishii foi designado para recepcionar ontem (5), no aeroporto de Curitiba, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro e hoje (6) o pecuarista José Carlos Bumlai, ambos conduzidos presos a Curitiba. Como Moro não tem mais muitos para prender, ele está mandando “reprender” quem já soltou.

Shot005

Nada é ilegal a designação de Ishii para a tarefa. Ele é um policial federal e a pena lhe permite trabalhar na função, mas bem que a PF poderia evitar essa idiossincrasia, afinal, a imagem é de um condenado por corrupção conduzindo à cadeia um processado por corrupção.

E a solércia do procedimento é que ao fazer isso, assim como o ladrão que rouba o outro tem o perdão centenário, Ishii estará diminuindo a própria pena com o trabalho.

Eu sempre digo que sexo é ótimo, mas não precisa ir fazer no meio da praça ao meio-dia.

Um comentário:

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.