19/07/2016

Olimpicamente falando

Shot006

Ao que revela a pesquisa do Datafolha publicada nesta terça (19), escaldado do logro da Copa Mundial de Futebol, cujo “legado” era vendido como o elixir de todos os males nacionais, mas que só encheu os bolsos de poucos e dos cartolas da Fifa, deixando um rastro de bilionário de passivos, metade dos brasileiros caiu na real.

A pesquisa, realizada em 14 e 15 de julho, revela que 50% são contra as Olimpíadas, e 63% acredita que o evento trará mais prejuízos que benefícios ao Brasil. 40% são favoráveis porque “vai ser legal” e 9% não estão nem aí.

Embora isso possa ser um avanço na mentalidade fiscal do cidadão, ainda é duro intuir que 40% “acha legal” torrar, nestas alturas do campeonato, cerca de R$ 30 bilhões em algo que vai durar 17 dias, ou seja, R$ 1,76 bilhão por dia (alguém aí ainda acredita no tal de legado?).

Mais duro ainda é constatar que 9% não está nem aí para isso. Esse deve ser o verdadeiro espírito olímpico.

Claro fique que nada tenho contra os jogos olímpicos e até paro para assistir algumas modalidades. Enquizilo, todavia, com a despesa de uma festa que um mínimo de responsabilidade fiscal proibiria no momento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.