10/05/2016

Maranhão dá o dito por não dito, apaga o que está escrito e revoga a própria decisão

Diante da absoluta inépcia do seu ato e da forte pressão dos líderes da Câmara Federal, que convocaram uma sessão para hoje (10), tendo como pauta a anulação, pelo plenário, do decreto que anulava as sessões do impeachment, o presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu no final da noite de ontem (9) revogar a sua própria decisão.

Pesou, idem, no seu recuo, o início de processo da sua expulsão do PP, que fechou questão pelo impedimento da presidente Dilma.

A comunicação da revogação, abaixo colada, foi enviada ontem mesmo ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que já havia negado vigência ao decreto e mantido o cronograma da votação do recebimento da denúncia pelo Senado, a ocorrer amanhã (11).

Shot

A tropa de choque do governo ainda tentou convencer Maranhão a manter a decisão, mas a incursão não surtiu efeito.

Como, na ocasião, não é aconselhável perder a piada, dentre a inúmeras que surgiram com o episódio, recebi um texto do advogado Ismael Moraes, ao qual ele não credita autoria, que é uma espécie de paráfrase de Zé Simão, que abaixo transcrevo:

“Após anular o impeachment e os títulos do Santos e do Vasco, o presidente da Câmara, Waldir Maranhão, anunciou a suspensão da Lei da Gravidade. “Ninguém mais cai nesse país! ”, discursou, inflamado, enquanto flutuava.

“Estou ainda avaliando outras leis da Física que não foram despachadas por Eduardo Cunha”, relatou. Em seguida, determinou que dois corpos podem ocupar o mesmo espaço, e deu o exemplo cabal: “Lula e Dilma”.

Está mantido o uso de Viagra e equivalentes, pois está proibido cair qualquer coisa...

Maranhão revelou que colocará em pauta a anulação do 7x1, o uso indiscriminado dos calçados Crocs e o botão “gratidão” recém implementado no Facebook. “É preciso consertar esse país”, esclareceu.

Indomável, Waldir Maranhão determinou a depilação imediata do bigode de Merval Pereira. “Não podemos nos confundir com a oposição”, decretou.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.