23/05/2016

Jucá, sai daí rapidinho!

O senador Romero Jucá (PMDB), alçado a um dos ministérios mais importantes da República, o Planejamento, se Michel Temer tiver um pingo de juízo, deve ser o primeiro ministro a ser exonerado “a pedido”, da presidência interina que sequer uma quinzena fez ainda.

Shot 003

As gravações publicitadas hoje (23), nas quais Jucá é flagrado em conversas com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, sugerindo que, em suma, uma "mudança no governo federal resultaria em um pacto para estancar a Operação Lava Jato onde estava”, é a carta de demissão que Romero precisa assinar imediatamente, se não quiser inviabilizar o governo interino de Temer.

É claro que, desde que a carruagem começou a andar, mesmo que Jucá acreditasse na bravata que proferia a Machado – e foi esse tipo de bravata que levou Delcídio do Amaral à cadeia – sabe-se que não há força política capaz de deter a Lava Jato, antes porque a operação não é um caso de política e sim um caso de polícia e Justiça, com graves repercussões no mundo político.

As investigações da Lava Jato conseguiram vida própria, na base do salve-se quem puder e, pelo visto, cada vez menos, alguém que chafurdou nela, pode se salvar.

Portanto, se Jucá deseja um mínimo de sucesso a Temer, tem que sair do governo “rapidinho”.

Abaixo, trechos das gravações:

10 comentários:

  1. O Temer já se mostrou bastante suscetível a pressões. Vejo que é muito fraco politicamente, não chegará ao final do mandato.

    ResponderExcluir
  2. francisco Márcio23/05/2016 16:21

    Esta frase profética o Roberto Jefferson (aquele, meu bandido preferido... )disse ao José Dirceu e, veja no que deu: sua mais nova condenação foi 23 anos.

    V.Exa que desfila com a maestria de um bailarino de Bolshoi, pode esclarecer uma dúvida a este plebeu? A FOLHA diz: gravação em poder dos investigadores relatam... Essa gravação/interceptação foi autorizada? Foi clandestina? Quem gravou foi o Sérgio machado? O que aconteceu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o Bob Jeff tem direitos autorais sobre a frase.
      Quem gravou a conversa foi o próprio Machado, que entregou ao Janot, como uma amostra grátis do que tem, em negociação de delação premiada. Correm burburinhos em Brasília, que Machado também gravou Renan e Sarney.

      Excluir
  3. O governo Temer, tão corrupto quanto ao da Dilma/Lula, deve mesmo ter o respeito ao Brasil, exonerar todos esses lularápios; Lava Jato neles!

    ResponderExcluir
  4. Francisco Márcio23/05/2016 18:00

    Eu não resisto... se gravou Renan, Sarney... será que tem mais algum senador ( cacique ) do PMDB, conhecido por estas bandas?

    Eu sei que V.Exa não vai responder, mas vou perguntar: como V.Exa sabe que foi o Machado que gravou e entregou ao Janot?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brasília é muito pequena e sem muros. Todo mundo sabe de tudo. Essas gravações eram esperadas desde abril. Pelo menos o que se comenta é que há mais delas com Renan e com Sarney somente.

      Excluir
  5. Politico tem que falar doravante na linguagem de sinais.

    ResponderExcluir
  6. ... e longe das câmeras...

    ResponderExcluir
  7. Parsifal;

    Saiu a presidente da república, saiu o presidente da câmara federal, se sair o presidente do senado e os ministros do Temer, a coisa complica. Só uma nova eleição.

    ResponderExcluir
  8. conheço um politico que quando trata determinados assuntos é na piscina de sunga kkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.