25/10/2015

As joias das mulheres do Omo

As tribos do Omo, na Etiópia, sempre colheram elementos da natureza para adornos pessoais, mas com o avanço da cultura ocidental e a escassez dos recursos naturais dos quais lançavam mão para confeccionar suas joias, as mulheres do Omo usaram a criatividade com o lixo da civilização moderna, como tampas de refrigerantes e outros descartes.

Abaixo, algumas belas fotografias de Eric Lafforgue, das vaidosas omoenses.

4 comentários:

  1. Esse pessoal da Africa é insuperável na ARTE que os aproxima e os integra ao mundo que vivem. Natural ou como vemos agora no não natural.

    ResponderExcluir
  2. Como diz (sempre) o Sebastião Salgado: 'imagem é uma coisa e fotografia é outra'. O lixo não está na cabeça delas, e sim no nosso conceito (ou preconceito).

    ResponderExcluir
  3. http://upliftconnect.com/plants-communicate-using-an-internet-of-fungi/

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.