23/09/2015

China Railway International desiste de ferrovia no Brasil e vai investir nos EUA

Shot011

A China Railway International até que tentou investir alguns dólares por aqui em alguma linha ferroviária que o governo brasileiro quisesse conceder (o trecho da Norte-Sul dentro do Pará, por exemplo, poderia ser uma opção), mas a legislação brasileira referente e os mais diversos órgãos de governo que tratam até das vírgulas das concessões são tão babélicos que até Hércules desistiria se vislumbrasse algo menos maçante.

Foi o que o ocorreu com a chinesa: arrumou as malas e partiu para os EUA, onde, na Califórnia, associou-se com a XpressWest e já estão em processo de contratação para a construção de um trem de alta velocidade conectando Los Angeles a Las Vegas.

Desde a chegada da China Railway International, passando pela aprovação dos governos dos estados da Califórnia e Nevada de todos os requisitos legais e ambientais para a empreitada, passaram-se oito meses, coisa que no Brasil, se muito ligeiro, levaria quatro anos, caso o Ministério Público Federal não entrasse com nenhuma ação.

Segundo o consórcio, o trem, que viajara a uma velocidade média de 240 km/h e fará o trajeto de 435 km em 80 minutos, com duas paradas, custará entre US$ 150 e US$ 200 milhões e valor similar será despendido nos trilhos.

Digamos que a obra pronta e acabada deverá custar US$ 1 bilhão. Com esse valor, no Brasil, nem Maria Fumaça desce a serra, pois os 300 km do sonho Rio de Janeiro-São Paulo foram avaliados em R$ 30 bilhões.

10 comentários:

  1. burocracia em parte é um eufemismo, muitas vezes é corrupção, é corrupção, é corrupção, é irresponsabilidade, é falta de noção de dever. Esses problemas a educação não resove... até contribui para agravar. Quanto mais pessoas se formam em cursos superiores, mais aumentam exigencias para fazer projetos, todos querem forçar a necessidade de seus serviços.
    A respeito de problemas com os chineses, as vezes leio sobre a linha para belo monte, uma empresa chinesa ganhou uma concorrencia mas quer usar 100% de trabalhadores chineses, contrariando a lei. Em principio, penso que se ela não começa no prazo e respeitando as leis brasileiras, ela deveria ser desclassificada e ser chamado quem está em segundo lugar para fazer a linha, pois se fosse a norma poder trabalhar com 100% de estrangeiros, os outros concorrentes tb teriam feito propostas menores.

    Caro, Parsifal, em outro post seu entendo que o senhor falou com o Levy, foi isso mesmo?
    Sobre o dólar, uma frase sua passou o recado de que o bc quiz essa alta. Sendo verdade, é caso para execução de todos os participantes e coniventes. Estamos nos afastando da dinamarca e nos aproximando de bangla desh em temos de nivel de salarios e de vida, além de nos aproximarmos cada dia mais da hiperinflação. Aumento no pastel de 11% isso não é coisa de pais decente. Parabéns a globo qu está explicando a patuléia que o aumento do dólar se reflete no preço da carne. Ela deve estar sendo esmagada com uma divida em dolar, eu penso. Está fazendo o que deveria ter feito há mais tempo em defesa do povo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O BC não "quer" alta do dólar, pois isso não é uma questão de “querer”. A política cambial adotada pelo Brasil é de livre flutuação administrada e o BC só entra quando a moeda sai do intervalo administrado, para tentar corrigir inconformidades fora das leis do mercado.
      O BC aquilata que, dada a conjuntura econômica atual, com o Brasil exibindo pouco margem de confiança macroeconômica, a retração anunciada do PIB e a previsão do déficit nas contas públicas no orçamento de 2016, o dólar entre R$ 4 e R$ 4,5 estaria dentro do intervalo a ser administrado, mesmo sob a ameaça de execução dos “coniventes”. Para que esse intervalo sofra realinhamento a conjuntura precisa mudar.
      Claro que a Globo, como várias outras empresas, devem em dólar.
      O que precisa ser feito em defesa do povo é o ajuste fiscal, ou vamos ficar feito senoide em intervalos cíclicos até cair de podre e ter que começar do zero.

      Excluir
    2. na pratica todos sabemos que a desvalorização cambial é uma questão decidida pelo governo central. O candidato Aecio teria alguma legitimidade, algum rascunho de direito moral de fazer alguma desvalorização maior porque seu discruso ia nesse sentido, já a candidata Dilma prmeteu o contrario, é uma coisa seria. O banco central tem como incumbencia zelar pelo valor e estabilidade da moeda.

      Resolveram que os exportadores ganharão fortunas faceis e que os trabalhadores serão explorados. No contexto mundial, os brasileiros serão já estão sendo trabalhadores de segunda classe, é um sim para a farofa e um não para frango e iogurte.

      Parece que todos os cursos que o senhor fez podem ser considerados anti educação pois o senhor desaprendeu obviedades importantes.
      Essa questão do achincalhamento da moeda nacional e do nosso poder aquisitivo para mim é uma questão bastante seria, seus efeitos são piores que os roubos na petrobras, que tb não são coisa pequena.

      No rio estão batendo em jovens que vem de onibus sem dinheiro por serem suspeitos de ser assaltantes, incrivel que se permita a alguem examinar se outrem tem dinheiro, o pessoal que está fazendo isso deveria agir em brasilia. Não é brincadeira.

      Esse governo pelas promessas que fez não tem direito a fazer ajuste fiscal.
      Se eu prometo tratar o cão do Parsifal sem fazer anestesia, e depois me convenço de que não consigo tratá-lo sem fazer anestesia, eu tenho que avisar o Parsifal e pedir licença, lhe dar a oportunidade de procurar outro profissional que possa ser mais competente.

      Excluir
    3. É, eu devo ser um "anti educado", mas o pior não é isso. O pior é que a anti educação premia no Brasil e no mundo, pois eu saí do interior do Pará e já dei aulas nos EUA, que também anti educa seus cidadãos. O pior ainda, é que eu não tenho cão.
      O pior ainda é que eu também devo em dólar. E o pior ainda é que o meu credor não quer renegociar a dívida.
      Mas o pior de tudo acima é que, um anti educado, não quero executar ninguém.
      Sou, além de anti educado, um néscio.

      Excluir
    4. néscio o senhor não é.

      em todo o mundo, inclusive nos paises de livre flutuação cambial, o governo não é indiferente a cotação da moeda. O nobre politico mencionou que o bc pode intervir para corrigir incomformidades fora das leis de mercado. Na minha opinião, há mais casos em que o bc deve intervir no brasil, e mais casos em que intervem no mundo mais desenvolvido. Lembro da interferencia governamental no Japão descrita no livreo "o japão e seu novo imperio financeiro" de Burnstein.
      Ontem o sr. Tombini declarou qeu as reservs cambiais podem ser usadas para coibir altas do dolar. Foi o suficiente para que o dolar recuasse rapidamente durante a tarde, de mais de 4,20 para menos de 4. É importante esse fato mostra como as autoridades podem influir no cambio. As pessoas com muitos cursos, e intelectualmente sofisticadas, devem prestar atenção na episodio da "banda endógena" do professor Chico Lopes.
      As pessoas que não veem problema nessa alta do dolar a meu ver estão adotando uma postura estilo Maria Antonieta.

      Excluir
    5. Sim, eu disse que o BC pode intervir para corrigir. Foi o que ocorreu, pois se o BC não avisasse aos ratos que o gato estaria chegando o porre iria aumentar no salão.
      Eu tenho muitos cursos, passei e passo a vida estudando, mas não sou intelectualmente e nem pessoalmente sofisticado: ainda me considero um caboclo do interior, pois adoro as minhas origens.
      A banda endógena é uma temeridade para o Brasil (e não deu certo quando Chico Lopes tentou aplicá-la) pois as nossas reservas cambiais, embora razoáveis, não aguentariam um mercado ensandecido.
      E quem não vê problema com a alta do dólar? Se você conhecer alguém que não enxergue, não tem problema em executar, pois já deve estar morto.
      O fato de não concordarem com a sua abordagem na solução da equação não quer dizer que não enxergam o problema que ela propõe. Há vários caminhos para ir à Roma. O encontrado por você, ou por mim, não significa automaticamente que é o mais perto, pode até ter um abismo no trajeto de ambos e ser preciso trilhar o de um terceiro.
      A ciência só sai da curva quando ao invés de você tentar mudar a mistura você quer quebrar o tubo de ensaio ou tirar a cabeça da Maria Antonieta porque ela gosta de brioches.

      Excluir
    6. o pastel subiu 11,x% de uma só vez (de 4,25 para 4,75), quem não fez uso de sua capacidade de reclamação antes disso fez o papel de Maria Antonieta. Parto do principio que tem tudo para ser verdadeiro de que o caso do pastel foi a regra e não a exceção, o pão não tenho ideia tão clara mas subiu muitas vezes nas ultimas semanas. As pessoas contaminadas pela anti educação economica que aprendem no exterior (ou quem sabe os mentirosos contumazes) estão dizendo que a alta do dolar não vai ser repassada aos preços por causa da recessao, isso pode ser verdade em chicago, mas não é o que ocorre no brasil com os generos alimenticeos, aqui o passado e os costumes são outros.

      para conferir: foi numa época dificil na frança, alguém avisou a maria antonieta que o povo estava sem dinheiro para comprar pão (ou faltava pão?) então ela respondeu: por que então não comem brioches?
      os brioches, que além de trigo contem manteiga e ovos, e até uma bebida de luxo, com certeza eram bem mais caros do que o pão.

      Excluir
    7. Tente colocar o seu pensamento e as suas argumentações sem a indelicadeza de acusar que o único certo é você é que todos os outros que pensam diferente são “anti educados” ou “mentirosos contumazes”. Isso impede o seu interlocutor de raciocinar sobre o que você tenta construir. É um princípio básico de boa educação tratar o tema e não a pessoa com a qual se discute.
      A ciência econômica é uma só tanto em Chicago quanto em Bangladesh, o que mudam são as aplicações das suas bases e as eventuais conjunturas do momento da aplicação da medida.
      A Maria Antonieta jamais disse isso, assim como Charles De Gaulle nunca disse que o Brasil não é um país sério, assim como Bill Gates jamais disse que 1 MB era suficiente para a memória de um computador.
      Não se sabe sequer qual foi a princesa que pronunciou a frase erroneamente creditada a Maria Antonieta. O equívoco da autoria se deu porque Jean-Jacques Rousseau, na sua obra “Confissões”, atribui a frase a uma “grande princesa”. A certeza de que essa “grande princesa” não foi Maria Antonieta é porque na época em que Rousseau publicou o livro, 1766, ela tinha apenas 10 anos e vivia em Viena.
      Mas da feita que essas espécies de boutades “fundamentosas” caem no cotidiano, ninguém mais acredita que elas não foram pronunciadas.
      Mas é verdade que a Maria Antonieta adorava brioches (e eu também), que o De Gaulle era empertigado e que o Bill Gates é um bilionário.

      Excluir
  2. é que eu sou do povo, e tenho ódio pelo que estão fazendo lá em cima.
    essa ideia que me causou revolta, a de que a recessão vai impedir que a alta do dólar vai se refletir na inflação eu li na imprensa, não li aqui, mas parece que o nobre politico resolveu encampar essa tese.

    se acontecesse por algum motivo uma desvalorização do moeda norte americana tal como ocorreu no brasil, seria perfeitamente razoavel esperar que se a cotação da moeda se recuperasse, os preços cairiam, mas aqui no brasil isso não acontece, a maioria não baixa seus preços, especialmente os artigos de primeira necessidade. Daí a importancia de um combate rapido a alta do dolar para não voltarmos a ter uma inflação estilo sarney.
    No caso da maria antonieta, imaginando que o nobre deputado tenha razão quanto a autoria da frase, os seus conhecimentos foram usados para fugir ao tema.

    Os que estudam muito podem se distanciar demais dos problemas e da cultura popular.
    Uma piadinha da revista seleções:

    uma empresa pediu para todos os funcionarios assinarem um documento. Todos assimaram menos um. Então os advogados tentaram convence-lo das vantagens de assinar o documento, mas apesar de mujito falarem e argumentarem o sujeito não assinava. Então um amigo pediu para que o deixassem falar brevemente com ele. Ele entrou na sala, se aproximou dele, cochichou um pouco ao ouvido e ele imediatamente assinou.
    Admirados, o pessoal de nivel superior perguntou o que ele havia dito.
    Ele respondeu. O que ele havia dito foi: assine logo se não vc vai pra rua.

    Os que muito estudam podem pensar que a alta do dolar não vai para os preços, enganam-se. Os que já aumentaram os preços não recuarão jamais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Controle o ódio, pois ele turva a inteligência e prejudica o raciocínio. Eu também sou desse povo aí. Não sou de outro planeta, não moro em Oslo e tomo café com pão na padaria. Isso não quer dizer que eu não goste de brioches.
      Você está equivocado. Nem a equipe econômica do governo, nem eu, e nem ninguém que tenha estudado tabuada uma vez na vida, pode achar que a alta do dólar não se rebate na inflação. Quem pensa assim está absolutamente equivocado, pois preço de moeda, em qualquer economia do mudo, é uma das âncoras inflacionárias.
      Eu não cheguei onde estou fugindo. Sempre enfrentei todos os desafios que se colocaram a minha frente: perdi muitos, ganhei alguns, mas enfrentei todos.
      A cultura popular é fonte importantíssima em qualquer estudo científico. A ciência é uma coisa só. A departamentalização dos seus elementos é meramente didática e uma forma de sistematizar a sua aplicação. É lúdico tentar demonstrar como verdadeira uma tese sobre o grau de salinidade do mar, acusando de não saber nadar quem tem uma tese diferente da sua.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.