26/08/2015

Juízo catequético e apuração seletiva

aecio

O “extremamente grave”, mesmo, é que o ministro Gilmar Mendes usa uma métrica bêbada na sua medida, ao arrotar exação apenas nas contas de campanha da presidente Dilma Rousseff.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) declarou nas suas contas de campanha de 2014, ter recebido, pelo menos, R$ 20 milhões de seis das nove empreiteiras apanhadas na Lava Jato.

São elas: Odebrecht, OAS, UTC, Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa.

As mesmas empreiteiras doaram à campanha da presidente Dilma Rousseff e é esse o motivo do pedido de investigação do ministro Mendes, que deve achar que o dinheiro doado pelas indigitadas, quando foi à conta de Dilma Rousseff, lá chegava cheio de pecados, mas aquele pago à Aécio Neves passava antes pelo purgatório, de onde saia igual a Virgem Maria: sem pecado original.

O juízo de Mendes, pelo visto, além de catequético, não é erga omnes, mas erga singulum.

8 comentários:

  1. Que negócio é esse de investigar se veio dinheiro das empresas com contrato com a Petrobrás e investigadas na "operação lava jato" para para a campanha presidencial? As doações não foram declaradas? Ou seja, já não se sabe que elas doaram de fato? E para quase todos os partidos e até em maior maior valor para o candidato que disputou contra o candidato do governo? . Será que eu sou um idiota de marca maior? Quem será que quem manipula quem? Será que o PSDB manipula a imprensa, o Gilmar Mendes ou esses são o próprio PSDB?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa é do PT, se copiaram muitas das mazelas do PSDB, porque não copiaram também a capacidade dos Tucanos, quando no poder, de manipular a imprensa e o judiciário? Aliás o poder judiciário é uma das mais corruptas instituições do Brasil, com um agravante: Os Juízes não são eleitos, não são fiscalizados pela sociedade organizada, exercem cargos vitalícios e são julgados pelos seus próprios pares. É brincadeira...

      Excluir
    2. Não manipular, mas alicia (esqueceu o MPE). Pelo menos o PSDB é competente em 01 (uma) coisa.

      Excluir
  2. Pois é..assim se desmoralizam as ações chamadas de moralizadoras.

    ResponderExcluir
  3. A "métrica bêbada" está no "modus operandi" das nossas instituições. O corpo técnico do TSE, repito, o corpo técnico ante as diversas irregularidades verificadas na prestação de contas da Presidanta recomendou a rejeição das contas. O Ministro Gilmar Mendes como Relator , nessa "métrica bêbada", deu seu voto pela aprovação com ressalvas, mas manteve o processo aberto para novas verificações. No curso das verificações confirmou-se que as prestações de contas continham todo tipo de irregularidades, entre elas: utilização de empresas de fachada, notas fiscais frias, doação "legais" oriundas de desvios ocorridos em empresas controladas pela União e, também, mediante extorsão. Aliás, alguém tem dúvidas de que isso tudo ocorreu? De um modo geral se as análise das prestações de contas fossem realizadas de modo mais profícuo, nenhum candidato teria a sua aprovada. Eles precisão contratar um bom contador.

    ResponderExcluir
  4. O senhor poderia nos informar o que recomendou o corpo técnico do TSE nas prestações de contas de campanha do Aécio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sequer se ouviu falar. Deve ter sido aprovada com louvor e vai constar nos anais do TSE que será exemplo para todas as prestações de contas que haverão de vir.

      Excluir
  5. Fico imaginando a turma do PSDB quando lê cada post do Parsifal. Devem ficar rindo, pois no final sempre sobra um gracejo que diz, em outras palavras, o mesmo que: eu sei o que voces fazem e faremos (PMDB) ou melhor do que voces. De qualquer forma obrigado pela aula.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.