30/07/2015

Podes crer, amizade

Shot004

A foto acima é da montagem do “Hemp Plane”, em tradução livre, “Avião de Maconha”.

A empresa que está nesse baseado é a canadense Hempearth, que desenvolve o avião com 75% de materiais derivados da maconha, segundo as especificações do fabricante, “tão resistente e durável quanto a fibra de vidro”, tradicionalmente usada em aeronaves de pequeno porte.

Shot002

O Hemp Plane será equipado com dois motores movidos por biocombustível feito a partir da maconha, terá capacidade para transportar quatro pessoas a uma velocidade de cruzeiro de 340 km/h e será concluído até 2016.

A Hempearth precisa de US$ 500 mil para concluir o projeto e abriu uma campanha de crowfunding. Se você quiser ajudar a colocar o Hemp Plane nas nuvens, faça uma doação aqui. Quem sabe você será agraciado com uma viagem, numa boa...

Shot003

8 comentários:

  1. esse admirável e louco mundo novo, para velhos como alguns de nós não envelhecermos

    ResponderExcluir
  2. Deputado,parabéns por tomar posse da CDP e lhe desejo uma admistração com muitas realizações.

    sds,

    Gilberto Rodrigues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabens e tenho certeza que mais uma vez irás contribuir positivamente! Voce e o Pará se merecem!

      Excluir
  3. Sera que serve para fazer a esquadrilha da fumaça?

    ResponderExcluir
  4. li que antigamente se usava muito as fibras de canhamo na construção de navios, para as velas por exemplo. Existem variedades que não tem as propriedades hoje em dia tão apreciadas... Na europa em alguns paises derivados de canhamo são usados para artesanato e produção de roupas, calçados, diversos artigos, todos tem preço altissimo.

    ResponderExcluir
  5. o tabaco acho q só serve pra fumar, né? nao bate barato e faz mais mal que nossa amiga aí...vai entender $

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.