31/07/2015

Fora da nova ordem mundial

Shot 010

Pesquisa do Datafolha, contrata pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, publicada na terça-feira (28), revela que o temor da população de sofrer violência praticada pela Polícia Militar aumentou.

O resultado mostra que “62% dos moradores de cidades com mais de 100 mil habitantes têm medo de sofrer agressão da Polícia Militar”.

Em 2012, pesquisa semelhante, com a diferença da base de amostragem que eram cidades com mais de 15 habitantes, revelou que 48% dos habitantes tinham o mesmo temor.

Na atual pesquisa, entre os que relatam ter medo da PM, a maioria são jovens, pobres, autodeclarados pretos e moradores do Nordeste.

A mesma pergunta também foi feita em relação à Policia Civil, cujo resultado foi ligeiramente menor: 53% da população tem medo de sofrer violência da Polícia Civil.

Sobre que tipo de temor as pessoas têm em relação às duas policias, 81% dos entrevistados responderam que temem “ser assassinados”. Em 2012 esse percentual era de 65%.

Shot 009

Por outro lado, um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado ontem (30), revela que 75% dos policiais, civis e/ou militares, já sofreram ameaças devido ao seu trabalho.

Os resultados revelam o nível de pressão a que está submetido o cidadão ao andar nas ruas, que temem tanto ser vítimas de bandidos quanto de policiais, e similar pressão sofrida pelos policiais, que, idem, acabam vendo no cidadão uma ameaça a sua integridade física, no exercício da sua função.

Como diz aquela modinha do Caetano, “alguma coisa está fora da ordem. Fora da nova ordem mundial”.

5 comentários:

  1. o pessoal espera demais das policias.
    a esquerda espera demais da educação, do emprego, da economia, etc.

    o furo está nos dotô, nos dotô da justiça e do congresso.

    a respeito dos limites d educação, li a história de um bilionario que construiu sua fortuna na frança. Ele é sirio, passou lá em extrema pobreza, era um bom estudante, os colegas tinham muita inveja dele porque ia bem nos extudos. Um dia enterraram-no vivo, mas ele conseguiu se safar. Então os colegas de aula queriam matá-lo, o acesso a educação não impediu que cometessem tamanha barbaridade. Li no site da folha.

    pelo fato de os dotô do congresso falzer leis que favorecem quadrilhas, os dotô da justiça tb serem generosos demais com os delinquentes, a carga sobre as policias é grande demais.

    tem que prender quem furta galinhas, quem furta aboboras, quem furta mandioca, quem furta pequenos artigos de supermercado, tem que prender sim senhor, como não prendem eles vão se acostumando mal.

    delinquente tem que ficar com a certeza que se for preso já era. Tem que fazer convenio com a mongolia, com a indonesia, garanto que aceitam presos daqui por menos que mil reais por mes (com direito a coloca-los a trabalhar onde eles (os indonesios, os mongois, não os delinquentes ) quiserem, ha ha ha.






    ResponderExcluir
  2. A demonização da autoridade policial só beneficia os bandidos. A imprensa deveria noticiar os maus policiais, e seus crimes como já faz a exaustão.
    Porém, a boa polícia não encontra espaço na mídia, e a morte de policiais por bandidos, não merece uma linha na imprensa escrita.
    Na escola as crianças deveriam ser ensinadas que a polícia é o mocinho e bandido é o bandido, pois, hoje a opinião da população se baseia nos noticiários policiais, que se limita a destruir a reputação da autoridade policial

    ResponderExcluir
  3. eem 2003 houve uma mudança muito importante que auxilou os bandidos profisionais, e naturalmente piorou a segurança publica e aumenta o trabalho da policia.
    Antes dessa lamentavel atitude do congresso, para um preso progredir de regime era necessario um laudo de dois especialistas, depois dessa medida basta uma declaração de bom comportamento do chefe da penitenciaria.

    Muitos crimes foram cometidos graças a essa facilitação.

    ResponderExcluir
  4. O FBSP també realizou um pesquisa acerca da Vitimização e a Percepção do Risco entre os profissionais de Segurança Pública. Certamente, o resultado contribui para entender um pouco daquilo que vem ocorrendo com esses profissionais; isto é, o outro lado da moeda...

    ResponderExcluir
  5. Portanto, como eu já dissera outras vezes: Vivemos num país muito ESQUISITO.
    (SIM: ALGUMA COISA ESTÁ COMPLETAMENTE FORA DE/DA "ORDEM")

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.