20/12/2014

Negócio de família

Shot 009

O governo do Pará, na tal reforma administrativa arrancada da Alepa a fórceps, extinguiu 13 órgãos e criou 15, e ainda alardeia que o estupro foi para enxugar a máquina.

A respeito da extinção de vários órgãos ligados à cultura, o artista plástico, Armando Sobral, diz o seguinte no seu facebook:

div

“O PARÁ VIROU UM NEGÓCIO DE FAMÍLIA

Afinal, o que está por trás de toda essa estupidez em determinar extintos o mais importante instituto e fundação de fomento à cultura do estado e de complementação à formação de jovens e adolescentes?

Primeiro, pela vaidade típica do populista barato em deixar seu símbolo de gestão que, no caso, é o obscuro Pró-Paz, uma entidade assistencialista administrada pela filha.

Outra, mais perversa, é concentrar na tal Fundação Pró-Paz todas as negociatas do governo, acabando com as ‘concorrentes’  IAP [Instituto de Artes do Pará] e FCV [Fundação Curro Velho].

Como todos sabem, uma fundação, além de contar com orçamento direto previsto no PPA, pode amealhar milhões em contratos diretos com o setor privado.

Resumo da ópera, a filha do governador concentrará recurso que deveriam ser direcionados para as missões dos órgãos extintos, continuará com o programa básico de oficinas e bolsas do IAP pra disfarçar a tal reengenharia e dar a entender que suas missões continuam, mas o que vai acontecer, de fato, é o gradual desmonte desses grandes projetos para favorecer a super Fundação da filha do Jatene, que administrará um volume fabuloso de recursos. Adeus IAP e FCV.”

div

11 comentários:

  1. Esse pessoal da oposição ainda não engoliu a derrota pro Simão!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que é o contrário: você ainda não conseguiu engolir a vitória do Simão. A eleição já passou, o Simão é o governador e será criticado duramente por todas as ações e omissões que a oposição julgar perniciosas, esse é o papel da oposição. Vencer não significa, nas democracias, calar a oposição.
      Mas se você não tem outro argumento diante da traquinagem a não ser voltar à campanha, continue nela como consolo.

      Excluir
    2. Brilhante resposta, Deputado

      Excluir
    3. O pessoal do PMDB do Jader ainda não assimilou a derrota para o Jatene. O lugar certo para chorar e a cama que é o lugar quente. O resto tudo papo de perdedor.

      Excluir
    4. Outro que ainda não saiu da campanha... Periférico, a eleição já passou. Ou você ainda não ficou bom do porre que celebrou a vitória?

      Excluir
  2. Logo...... logo... vamos ter uma ideia do que é reeleição e tri eleição, será uma pior que a outra com certeza.

    ResponderExcluir
  3. Deputado bom dia!
    Gostaria de saber se na tal reforma administrativa, pra não dizer enganação administrativa a Pol$cia M$l$tar e os Bombe$ros saíram da Secretaria de Segurança e foram pras asas do Governador? Agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava, mas foi modificado, permanecendo na Segup.

      Excluir
    2. Qual o motivo da modificação?

      Excluir
    3. A Polícia Militar é instituição de segurança pública e o gabinete governamental é órgão de administração, portanto, a lógica institucional determina que a PM esteja vinculada à Segup. O governador já é, por imposição constitucional, o chefe maior da PM.

      Excluir
  4. Muito obrigado! Desejando para o senhor e sua família um Feliz Natal e Ano Novo cheio de energias para 2015. Com saúde, felicidade, paz.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.