30/12/2014

Dar voz de prisão virou moda e agora até tenente apela para o artifício porque perdeu o voo

Shot 001

Parece que as autoridades nacionais decidiram que há um só meio para resolver os casos fortuitos em que se encontram: dar voz de prisão a quem eles acham ser a imediata causa dos seus infortúnios.

Dar voz de prisão avacalhou-se a tal ponto que agora até um tenente da Aeronáutica, acometido de um chilique, deu voz de prisão a um funcionário da TAM, no Aeroporto Internacional de Brasília, ontem (29).

O tenente, cujo nome a imprensa ainda não declinou, e a esposa perderam o voo porque a TAM mudou o portão de embarque (o que é fato corriqueiro) e afirma que assim agiu porque o funcionário da TAM “fez chacota da situação deles”. O funcionário nega e retruca que foi humilhado pelo tenente.

Perder um voo, em qualquer circunstância, é um tormento singular, mas não consta na legislação nacional, e nem em qualquer compêndio de direito comparado no planeta Terra, que sofrer “chacota” autoriza quem quer que seja a emitir voz de prisão a quem quer seja.

É uma pena que essa moda viceje quando o meu mandato é crepuscular. É que alguns indivíduos vivem a me chacotear (inclusive aqui no blog) e eu não vou poder dar voz de prisão a eles.

Deve ser uma sensação de poder muito grande dar voz de prisão a alguém...

6 comentários:

  1. Deputado, tem muitos timbres de voz de prisão.Há vozes sonolentas como dos magistrados, agora a voz de prisão de um tenente é uma voz afônica, provavelmente fanhosa. Todavia com esses rumores dos aficionados do Aécio Neves m restaurar a ditadura militar, os tenentes poderiam engrossar a voz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, o "teje" preso do juiz é mais amedrontador que do tenente.
      Até que os tenentes tomem o país, quando isso ocorrer, até os juízes ouvirão tal ordem.

      Excluir
  2. Pois é... De alguma forma isso reflete a degradação moral que vivemos, essa arrogância de entes públicos que se julgam acima dos pobres mortais. Acima da Lei, em geral, eles são mesmo. Fazem o que querem, sempre protegidos por corporativismo odioso. Encastelados no pódio da degradação moral, da arrogância criminosa e da chacota que fazem com a sociedade, uma vasta casta de políticos deveria receber da sociedade esse " teje preso " Se não encarcerados por aleivosias mil, posto que eles mesmos fazem Leis já resguardando uma brechinha que lhes garanta penas leves. Chegamos ao ridículo de a Presidente do País dizer que consultaria o Procurador Geral da República sobre nomes de candidatos ao seu Ministério estar na mira da Justiça nesse, ou naquele escândalo. Isso é ridículo! Como a senhora Presidente é muito ocupada e não teve tempo de ver a quantas anda a vida pregressa de suas excelências, eu que não tenho uma ABIN informo a Dona Dilma que o senhor George Hilton, do PRB das Gerais foi pego pela PF com uma grana preta num avião. George Hilton, entre outros, são de prontuário que causaria inveja a qualquer bandido que está na Papuda - lá tem muitos bandidos - ou em qualquer presídio federal. Degradação pouca é bobagem.

    ResponderExcluir
  3. a coisa realmente ta penosa um cabo da pm ,por pouco nao me disse teje preso,simplesmente porque eu nao pude da uma carona para um soldado dle que havia perdido o onibus.

    ResponderExcluir
  4. Parsifal, é verdade que serás Secretário Adjunto do talho do peixe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Eu desisti de Brasília quando renunciei a candidatura de deputado federal.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.