18/11/2014

Cumpram-se as leis

Shot 001

Na escada rolante do Petrolão, Maria das Graças Foster, presidente da Petrobras, inaugurou ontem (17) o mais novo número do Febeapa nacional, ao anunciar que a petroleira vai criar mais uma diretoria.

A sétima diretoria da empresa, cuja criação foi aprovada por unanimidade pelo conselho de administração, vai ter a seguinte finalidade: assegurar que a Petrobras cumpra as leis do Brasil e os regulamentos internos e externos dela mesma.

Eu achei que não era necessário haver uma diretoria para que qualquer empresa cumpra as leis... E para assegurar-lhes o cumprimento já há algo chamado controle interno.

Mas se essa é a resposta da Petrobras ao estouro da plataforma, faço à presidente Dilma a sugestão de, mirando-se no exemplo da Senhora Foster, criar mais um ministério dos tantos que já há: o Ministério do Cumprimento das Leis, que providenciará que todos os outros andem na linha.

Melhor que essa só mesmo as originais do impagável Stanislaw Ponte Preta no seu Festival de Besteiras que Assola o País (Febeapa), que começa por transcrever a fala do deputado Índio do Brasil, na Assembleia do Rio de Janeiro, a devanear sobre os problemas nacionais: "O mal do Brasil é ter sido descoberto por estrangeiros".

5 comentários:

  1. Em que ponto chegamos, meu Deus!!!

    ResponderExcluir
  2. Deputado, é verdade que o senador está doente em são paulo? A boataria na cidade está grande. Falam em hemodiálise em casa e agora problema no cérebro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O senador esteve em São Paulo fazendo um checkup. Fora uma glicose alterada, o resto está tudo bem.

      Excluir
  3. Nobre Deputado,
    Complementando sua postagem, Josias de Souza escreveu hoje que esta iniciativa é vendida como “a mais importante das ações” da estatal para superar a crise, a provável criação do novo cargo se assemelha à ordem do maestro do Titanic para que a orquestra continuasse tocando enquanto o transatlântico afundava.

    ResponderExcluir
  4. Prezado Deputado e Jornalista / Blogueiro Parsifal:
    O que está sendo noticiado sobre os esquemas de obras na Petrobrás já é feito no Pará há muito tempo. Sob o comando à época do senador flexa ribeiro, da engeplan, haviam reuniões prévias às licitações para saber que era o "sorteado" da vez. E o que era decidido era cumprido religiosamente. Não havia sacanagem. Há o relato do acontecido em uma reunião em que foi anunciado o nome do "felizardo" vencedor da licitação. Tendo a maioria dos votos, flexa ribeiro, da engeplan, tentou "dar a Elza" na pequena empresa vencedora para a execução da obra. Mas os "punguistas" foram denunciados e quase houve muita porrada na reunião. O engenheiro Abdias Arruda do Amaral, da SOERGA, gente boa, irônico, inteligente e ferrenho defensor do cumprimento do estatuto das "prévias", registrou a seguinte "pérola": PORRA, FLEXA, É A SEGUNDA VEZ QUE TU TENTAS "NÃO DEVOLVER OS DÍZIMOS A DEUS". ISTO É GATUNAGEM SÉRIA. TODOS AQUI SABEM QUE "NA CORRUPTA EU SOU HONESTO". TÚ NEM NA CORRUPTA TEM HOMBRIDADE. SE ACONTECER DE NOVO VOU PEDIR TUA EXCLUSÃO DESTE GRUPO BENEFICENTE.
    ATÉ HOJE O SENADOR FLEXA RIBEIRO TEM A ALCUNHA DE "NACORRUPTA".
    O processo dele no STF, que ele, com ajuda do Sarney, conseguiu arquivar, é igualzinho; poderia entrar até na relação para julgamento.
    Há outras histórias. De vez em quando vou contar uma.
    Parsifal, aquele abraço amigo,

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.