28/10/2014

O voo do tucano

tucano

43 comentários:

  1. Se a Dilma não cuidar da saúde dela, ela não termina o mandato. Anotem!

    ResponderExcluir
  2. Adoooorei deputado. Ainda mas quando a Estrela é Dilma. Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Depende se ela for cadente, é o caso da estrela dos PTralhas!!!!! Somando os votos do Aécio (PSDB) com os votos nulos em branco e abstenção temos a grande maioria de votos pra tirar todo esse Lixo que está infectando o Brasil e o povo brasileiro de Bem....e isso vai acontecer!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A regra vale para o Pará também... Aqui também vai acontecer...

      Excluir
    2. Ronaldo Gomes29/10/2014 16:20

      E fazendo a soma inversamente contabilizaremos os cerca de 56 MILHÕES de votos para a Dilma com brancos e nulos, o PSDB tomou um sacode de tamanho do mundo. É tucano depenado pra todo canto. Faz melhor, te enrola na bandeira do Pará e vai protestar na Av. Paulista! Vais sentir o que é a solidariedade paulista com teu choro!

      Excluir
  4. Ontem ouvi de uma amiga a seguinte história: Ela sempre assina a carteira de empregadas que trabalham na casa dela. Recentemente ela precisou contratar uma e quando entrevistou uma candidata a mesma não aceitou trabalhar de carteira assinada. Quando minha amiga perguntou o porque, ela simplesmente respondeu que era pra não perder o bolsa família. Ou seja, a mesma preferiu ficar sem o emprego do que perder essa "ajudinha".

    Outro fato: Eis que chego hoje no trabalho a a auxiliar de serviços gerais tava feliz da vida, comemorando a vitória de Dilma e dizendo em alto e bom som que votou nela porque na casa dela tem 3 tv's compradas com a ajuda do bolsa família.

    Resumo da ópera: O bolsa família é a única coisa que mantém o PT no governo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leitura equivocada. Não recebo bolsa família, e ninguem da minha família, e votei na Dilma. Vários "mal informados" não recebem bolsa-família e votaram na Dilma. Se continuarem pensando assim, continuarão perdendo as eleições. Fica a dica.

      Jorge alves

      Excluir
    2. Apenas narrei dois fatos em que dois eleitores da Dilma afirmaram que votaram nela por causa do bolsa família. Onde está a leitura equivocada?

      Excluir
    3. Bem simples, use a matemática. Não há beneficiados da bolsa familia suficientes para eleger a Dilma. Outra coisa qual o problema de adquirirem
      TV com o dinheiro? Vão continuar perdendo as eleiçoes

      Excluir
    4. há beneficiarios do bolsa familia para eleger a dilma sim!! são 50milhoes de beneficiados e ela recebeu 54...e o mal informado ai de cima, meus pesamos pra nós! vc contribuiu com a piora do nosso país

      Excluir
    5. Ei Anonimo,
      Deixa de recalque!Essa tua miopia politica em acreditar que o psdbandidos seriam a salvação da lavoura é fruto da tua falta de leitura de um bom livro de história.Faz o seguinte: pega tuas malas e vai fazer companhia com o Lobão em Miami.

      Excluir
  5. E o Aécio ainda estará vivo e sóbrio em 2018? rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Lula até hoje se encontra, porque com o Aécio vai ser diferente?!

      Excluir
  6. Ainda bem que no Pará temos um Tucano diferenciado, que além de alcançar a estrela e as estrelinhas (PT, PMDB e demais coligados) a engoliu por inteiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Pará o PT não perdeu. Elegemos o senador Paulo Rocha (PT) e Dilma (PT) presidente. Quem perdeu foi o PMDB.

      Excluir
    2. voces estão a mingua e nao sabem...3 estaduais 2 federais...

      Excluir
  7. o problema e que a estrela ta se apagando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Completaria ainda mais; a estrela dos PTralhas há muito tempo já não tem o mesmo brilho do seu início.

      Excluir
    2. Aguarde 2018 é Lulalaaa

      Excluir
    3. Ronaldo Gomes29/10/2014 16:24

      Com 56 milhões de votos??? quer brilho melhor??

      Excluir
    4. É através do Bolsa Esmola, que esse "brilho" se mantem as custas de muita lamparina ou vela como queira. Quem no passado já teve o dobro desses votos, percebesse muito claramente que a estrela dos PTralhas mas parece com o brilho do charuto do Fidel bem próximo de apagar!!!!!!!

      Excluir
  8. “A vantagem da reeleição é que o País não precisa esperar os dois meses que separam a eleição da posse nem os tradicionais primeiros 100 dias de governo para conferir se a figura do candidato se encaixa na pessoa do presidente. Ou melhor: se o que foi feito para ganhar combina com o que será feito para governar.”
    Este texto foi retirado da coluna do jornal “O Estado de São Paulo”, escrita pela jornalista Dora Kramer. Creio que serve também ao governo do Pará. Aguardemos!

    ResponderExcluir
  9. O jogo ainda não terminou, crianças . Aliás, ele NUNCA termina ......

    ResponderExcluir
  10. Francisco Marcio28/10/2014 12:47

    Se o tucano não alcança, imagina o PMDB!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O PMDB, há muito descobriu que é melhor "ser amigo do rei" do que ser o "rei".
      Não quer alcançar estrelas...quer apenas usufruir de seu brilho.
      Fica apenas com os bônus e deixar os ônus para o rei resolver

      Excluir
  11. Para quem está atolado no desespero, qualquer porcaria serve!

    ResponderExcluir
  12. Propostas que aguardam análise na Câmara dos Deputados, que poderiam comprovar a “boa” relação da base aliada de Dilma, com os petistas.
    Eis algumas:
    Proposta que concede aposentadoria integral para o servidor que se aposentar por invalidez e outra que recupera o número de salários mínimos a que tinha direito o aposentado na concessão do benefício. Também podem ser votados o aumento de repasses do Fundo de Participação dos Municípios e o adicional noturno para policiais e para bombeiros.

    ResponderExcluir
  13. Fico pensando que a Fafá vai cantar mais 4 Círios. Chorar pelo cachê $$$$ recebido e trazer globais boca livre que em nada influenciam o Turismo no estado.

    ResponderExcluir
  14. Não vi a militância do PT nas ruas em Belém. O que houve, quem pretendia enganar quem. Já era briga por cargos? Os tucanos vão continuar sem os cargos federais. Otimo

    ResponderExcluir
  15. E agora, com essa constituinte, o PT vai querer engolir os outros partidos, a começar pelo PMDB, rumo ao projeto bolivariano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não te esqueça das nossas forças Armadas; o Brasil não Repúbliqueta das Bananas....não subestime o Povo Brasileiro !!!!!!!!!!

      Excluir
  16. Direto do blog do Jeso:
    Governador reeleito, Simão Jatene (PSDB) caminha para encerrar o seu segundo mandato – e iniciar o terceiro a partir de 1º de janeiro de 2015 – com a implosão de dois mitos na política paraense.

    1º) De que para vencer eleição para governador no Pará seria imprescindível, uma espécie de condição sine qua non, o apoio do gigante PMDB.

    Jatene não só derrotou o Golias nas urnas, como impôs a derrota ao filho do dono do partido no estado – o mítico Jader Barbalho, com todo o seu império midiático perfilado na campanha.

    2º) Que para governar o Pará seria necessário, para não trilhar numa propalada insegurança política, fazer do PMDB um partido aliado, entregando-lhe, se assim Jader Barbalho exigisse, a presidência da Alepa (Assembleia Legislativa do Pará).

    Jatene, há mais de 2 anos, dirige o estado com o PMDB fazendo a mais selvagem e encarniçada oposição, sem que isso tenha colocado em risco, a qualquer momento, a governabilidade do Pará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rapaz a politica e endiabrada mesmo, como e que o simao conseguiu takiar numa lapada so ,lula jader dilma lira o intragavel geovanne queiroz e um monte de aspone.parabens simao voce e o cara.

      Excluir
  17. Drops de kiwi

    Após as eleições algumas pessoas ainda continuam contando as moedas: Jeferson Lima, Edir Veiga e até o Perito Molina.

    Um coordenador de campanha, agora, pode parafrasear Getúlio Vargas: saio da política para entrar para história. Afinal, perder de virada é um fato histórico no Pará.


    As associadas da Associação das Senhoras Barrigudinhas do Guamá e Terra Firme estão felizes da vida, pois após balaçarem um mês uma bandeira azul, ganhando R$50,00, vão conseguir comprar TV nova e ainda sobrou pano para fazer toalha de mesa.

    Queima de fogos da festa de encerramento do Círio 2014 foi a maior já vista na história, a turma perdedora das eleições aproveitou a oportunidade para acabar com os fogos estocados para a vitória que não veio.

    Helder Barbalho não pode se candidatar a nenhuma prefeitura com mais de 100 mil eleitores sob pena de prejudicar seu projeto para chegar ao governo do estado, caPTou?

    ResponderExcluir
  18. A paixão cega. Dos quatro candidatos mais votados no Pará dois são do PT, inclusive Dilma foi a mais votada, com mais votos do que o Jatene. Há tempos escrevi que o PMDB precisava de um novo candidato e não um novo Barbalho.

    ResponderExcluir
  19. Exatamente o Simão é o Cara!!!!!! Colocou a Corja toda no Bolso!!!!!! Dá-lhe Simão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. noa só a corja...botou, bota e vai continuar botando muiiiiiiiiitas outras coisas no bolso...nao é nao beto?!

      Excluir
  20. Nobre Deputado,
    Pior que os sete que tomamos da Alemanha será aguentar oito de Dilma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, essa desgraça de governador preguiçoso vai matar por mais quatro anos os servidores.Aff!.Não queria nada não...só que um raio caisse na hora da pescaria...

      Excluir
  21. Daqui a pouco vou entender que o nobre deputado tá virando PT de carteirinha. Foi assim com o PSB, hoje ainda no ninho dos Barbalhos, rs.

    ResponderExcluir
  22. E o ranking de votação ficou assim. Resultado do 2º Turno tem Dilma em primeiro com 2.103.829 votos (com nada na rua); Jatene em segundo com 1.858.869 votos (250.000 a menos e com tudo na rua); Helder em terceiro com 1.795.992 (colado no Jeferson); Paulo Rocha no primeiro turno com 1.566.350 (disputando com outros três candidatos); e Aécio no segundo turno com 1.560.470 votos (contando com o apoio fiel do PSDB local). Quem sai fortalecido dessa eleição no Pará???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Partindo do pressuposto que o deputado estará sem mandato a partir de 01 de janeiro e também da existência de um vácuo na liderança do Partido dos Trabalhadores no estado do Pará. Um campo propício para um trabalho em conjunto com o senador Paulo Rocha. É de se pensar, porque nesse PMDB onde se utiliza adesivo de um candidato e vota-se em outro, vide Sarney, não dá mais.

      Excluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.