18/10/2014

iVeiga: Helder lidera o segundo turno com 53,7% dos votos válidos

o iVeiga publicou hoje (18) a sua segunda pesquisa do segundo turno das eleições para o governo do Pará, que aponta o candidato do PMDB Helder, 7,4 pontos percentuais acima do seu adversário, o governador Simão Jatene:

Shot

linha

Shot 004

Os números da pesquisa estimulada, quando removidos do cálculo percentual os votos brancos e nulos, conforme metodologia do Tribunal Superior Eleitoral para proclamar os resultados da eleição, apontam que o peemedebista bateria Jatene com uma vantagem de 7,4 pontos percentuais, seguramente acima da margem de erro:

Shot 005

A pesquisa, registrada no TRE/PA sob o n° 00050/2014, ouviu 1200 eleitores no período de 13/10/2014 a 17/10/2014, em todo o Pará. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

6 comentários:

  1. Ricardo, o algoz18/10/2014 16:33

    Dá-lhe Barbalhinho, mas só não indica este parasita de erário para o Tribunal de Contas

    ResponderExcluir
  2. iVeiga (pode confiar) Instituto de pesquisas da terra, realizado por profissionais, mesmo estudantes, sob o comando de um cientista política humilde, mas competente. Diferente do DOXA e do Perspectiva (o liberal), que são manipulados. E por isso do desespero do bode velho.

    ResponderExcluir
  3. Pode ganhar, mas que Helder Barbalho é incompetente isso é. Gostaria que o Jader Barbalho se licenciasse do Senado e viesse ser o governador de fato que tanto o Pará precisa. Há essa possibilidade Parsifal?

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo você terá uma surpresa tão grande em relação ao Helder, pense, essa será a oportunidade para que ele cultive o mesmo amor no coração da maioria dos paraenses como seu pai o fez e até hoje sempre que necessita colhe o que plantou, tolo sei que ele não é, quanto aos inimigos.................!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Deputado, o senador não precisa de licença ele já administra sem isso. Porque não é preguiçoso, sempre trabalhou que é sua marca. Gostei de ver que deixou o filho caminhar e mostrar que vai trabalhar, diferente do pescador que só g.z. com a dos outros.

    ResponderExcluir
  6. É Helder,é 15,chega de amarelo

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.