26/10/2014

Dilma vence no Brasil. Jatene vence no Pará

> Aos petistas do Brasil

Shot

> Aos tucanos do Pará

Shot 001

Duas vitórias apertadamente parecidas, mas nas democracias presidencialistas as coisas funcionam como naquele hit dos anos 80, escrito por Björn Ulvaeus e interpretado pelo saudoso ABBA, “The winner takes it all”, em tradução livre, “quem vence leva tudo”.

Parabéns, portanto, aos vencedores.

58 comentários:

  1. Tu deves agora lembrar o q te falei aqui: Vcs não estão fazendo Campanha pra Dilma. te custou caro não levar em consideração o que este "aprediz de feiticeiro" te falou.
    eis mais um desabafo:"Se socializa-se a campanha com a militância petista, com certeza estaria eleito, bem que gostaríamos de ter feito melhor campanha, faltou oportunidade e condições a todos, enquanto outros falsos militantes políticos da coligação esbanjaram oportunidade com campanha imperfeita!"

    ResponderExcluir
  2. As duas vitórias causaram o mesmo impacto aos que não votaram pela reeleição - esta coisa horrível que o Fernando Henrique reinventou para a vida dos brasileiros. No plano federal a grande engrenagem da corrupção continua, embora haja garantia de distribuição do maná aos pobres e de promessas de ingresso e/ou promoção social para a classe C - aquela que em alguns casos chega a pagar o mesmo percentual de imposto de renda que os ricos pagam (27,5%) por serviços públicos de má qualidade. No plano estadual, refeitos do "filminho de terror", dirigido pelo "rei da empulhação", e que mais assustou as pessoas em todos os tempos - a divisão do Pará - elegeram e entronizaram no poder uma oligarquia patrimonialista que deverá dominar o Pará por pelo menos mais umas 2 eleições, acumulando fortunas. Nos dois casos ganhou a manipulação das massas e perdeu... perdeu muito... o voto consciente, que amedronta os políticos, o voto livre. Eu perdi, mas me consolo em haver feito escolhas livres, totalmente livres, sem a obrigação de fazer parte do "curral eleitoral" da minha igreja; sem acreditar numa vírgula daquilo que os grandes veículos de comunicações produziram; sem me deixar levar pelos boatos, ou por promessas ilusórias.

    ResponderExcluir
  3. É agora mané?

    ResponderExcluir
  4. por onde anda o iveiga

    ResponderExcluir
  5. No Pará venceu a verdade!

    No Brasil continua a mentira prevalecendo! Seja como for, a consciência política brasileira deu o recado: as maracutaias dos PTralhas serão fiscalizadas e forçadas a ir a público... e a justiça tem que puní-los.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Parsifal..... a elegancia nas derrotas e vitórias na caminhada da vida são uma das tuas marcas...Bom dia e vida que segue...

    ResponderExcluir
  7. Dois fatores foram determinantes para a derrota do Helder: a) sobrenome Barbalho; b) incompetência do Helder em Ananindeua.
    No mais, a Coordenação da Campanha do Pmedebista está de parabéns, jogou o jogo que tinha que ser jogado, com sangue nos olhos, chute na canela, dedo nos olhos, puxão de cabelo etc.
    O IVeiga perdeu um pouco a credibilidade que já era baixa em razão do histórico do seu proprietário.
    Jatene sai forte nessa eleição porque conseguiu tirar do seu lado alguns dos sangue sugas do poder, em que novos tenham chegados.

    ResponderExcluir
  8. A verdade no final sempre prevalece. Voces plantaram mentiras, foram baixos, agiram de má fé, foram cínicos mas Deus que tudo vê, tudo ouve e sempre ajuda a quem merece, com sua infinita bondade e justiça, determinou a vitória de Jatene para o bem do Pará. Nas próximas eleições, em que lado estejam, sejam mais descentes. Viva o Pará!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. plantaram mentira?? qual??

      Excluir
  9. A derrota de Helder: Votei no candidato, o sul do Pará e o Oeste do Pará com o Vice, corresponderam acima da expectativa. Mas o Helder perdeu, porque teve um desempenho fraco em Ananindeua, onde foi Prefeito por 08 anos, com uma equipe fraca e despreparada, que só olhavam para si mesmo e para os seus bolsos. E que sirva de lição para o mesmo, agir em tudo com seriedade e competência, daqui para frente, se quiser ser bem sucedido no futuro.

    ResponderExcluir
  10. Parsifal, tem ideia do porque do Helder ter tido menos votos agora do que no 1º turno? Isso aí é muito estranho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é estranho veja a quantidade de votos que a Dilma teve e os que o Helder teve o estranho era imaginar que seriam as mesmas quantidades ou pelo menos parecidas , se quem votou no Jatene votasse no Aécio ambos teriam 51% ou se quem votou na Dilma votasse no Helder ambos teriam 53% , se o Jatene teve 51 e o Aécio 47 alguém do PSDB votou na Dilma ou foi Alguém que votou na Dilma que não votou no Helder?

      Excluir
  11. E agora Deputado será que aquela vaga de Conselheiro do TCM ou TCE, ainda estarão a sua disposição.

    ResponderExcluir
  12. Hélder agora ficou sem nada, sem mandato, sem sobrenome, voltará aos tempos de outrora, de radialista. Graças a Deus os Barbalhos não conseguiram concluir a empreitada delituosa, Jatene de novo. aos prefeitos do sul do Pará, meus pêsames, especialmente ao de Tucumã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o de Redenção que pulou no barco pmdbista na última hora.?

      Excluir
  13. Parsifal e vc agora sem mandato ano que vem vai fazer o que? vai voltar a trabalhar como advogado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podes começar a defender o Helder Barbalho nas várias ações contra ele. Ou associar-se ao Carlos Kayath que enxovalhou todos que eram contra o Helder, fazendo pilhérias e contando vitória.

      Excluir
  14. Um conselho para o Sr. : Conclua seu mandato, tire férias e acabe com seu blog de mentiras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dois primeiros pedidos estão deferidos. O último está indeferido. Principalmente porque pedido por uma mentira, pois todo anônimo desaforado é um covarde mentiroso, que nega a identidade do próprio desaforo.

      Excluir
  15. Fico a me perguntar como o Helder Barabalho vai conseguir manter a mansão do Lago Azul e comprar as roupas da Dudalina pra esposa, afinal, sem mandato, o Diário do Pará é distribuído de graça, será que as propagandas da ótica Pro-Visão dão tanto dinheiro assim?

    ResponderExcluir
  16. Pois é, né? Não adiantou de nada a campanha mentirosa do grupo RBA. Jornalistas apelando para a baixaria e perderam a credibilidade. E o PT foi o grande prejudicado com essa aliança que acabou com o partido no Pará. Vai ter que juntar os cacos e aprender a deixar de ser ganancioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. qual ofi a mentira??

      Excluir
  17. Deputado, independentemente das nossas posições políticas, pois eu apoie e votei em Jatene, parabéns pelo desempenho na campanha pois é muito difícil levar o nome Barbalho onde o senhor ajudou a levar.
    Trabalho na Alepa há 20 anos e o senhor é um dos melhores deputados que já passou pela Casa, se não o melhor, mais equilibrado e com certeza o mais inteligente de todos. Pena que esteve sempre do lado errado, mas isso não diminui a minha admiração pessoal pelo senhor.
    A Alepa perdeu um dos seus grandes deputados.

    ResponderExcluir
  18. Foi uma verdadeira mudança de de 360 graus. Ou seja, permaneceremos na mesma merda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. perfeito! infelismente as duas mudanças apresentadas davam esse mesmo giro(360)...

      Excluir
  19. Francisco Marcio27/10/2014 16:24

    Meu nobre amigo e ainda, deputado, Parsifal de Jesus. Louvável sua atitude de abandonar uma candidatura à Câmara Federal ( apesar da minha dúvida quanto à sua eleição )para assumir a campanha do PMDB estadual. A vida é feita de incertezas, dentre elas a de eleger um jovem com 35 anos, disputando com o governo atual, organizações ORM, prefeitos da RMB e etc...
    Foi por muito pouco, pouquíssimo ( 49,88%, no 1* turno ) que Sua Excelência não obteve êxito. Pergunto ao nobre deputado, o que ocorreu? Mesmo com apoio ( gratuito ?!?) do Jeferson Lima, Zé Carlos... O que ocorreu?
    Mas, sua Excelência como um homem crédulo em Deus, sabe que Deus está comando. Vamos imaginar um filho de um influente político, já foi eleito vereador, deputado, prefeito, na primeira vez que concorre ao governo é eleito, como seria seu comportamento?
    À sua Excelência deixo: "É agora José, a festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou..."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que me perguntam o que ocorreu para surtir derrotas eleitorais a minha resposta é o óbvio: o adversário teve mais votos. Posto dessa mera forma, afastamos o risco de ferir suscetibilidades de quem labutou pela vitória e não logrou êxito. A narrativa da dança virá.
      Tem outra festa daqui a dois anos. Na política, as vitórias e as derrotas não são definitivas e só perde quem desiste.

      Excluir
  20. Como manter a mansão do Lago Azul e as roupas Dudalina da esposa sem mandato?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se preocupe com esses detalhes pequenos burgueses.

      Excluir
    2. Parsifal;

      Minha percepção da derrota do Helder começou a se formar após os dois últimos debates. É simplesmente decepcionante ouvir de um oponente de Simão Jatene tão minguados argumentos. Certa vez você respondeu (com uma leve ironia) a um de meus comentários que a assessoria de Edmilson deveria ter recebido a minha ajuda para desconstruir a imagem do Zeraldo em 2012; mas hoje eu digo que o mesmo pode-se dizer do Helder em 2014.
      Helder poderia ter ganho no primeiro turno se não fosse tanta falta de comunicação com os eleitores indecisos. Em nenhum momento sintonizou com as demandas do funcionalismo público estadual; em nenhum momento rebateu as bazófias do Pioneiro (que tem mais mansões no Lago Azul que o próprio Helder); em nenhum momento esmiuçou a fragilidade do sistema de saúde pública (de nada adiantou os leitores mandarem tanta informação a este blog durante os ultimos 4 anos); e outras e outras questões em que o governo Jatene foi, e deverá continuar, totalmente distante. Por favor tome este comentário com todo o respeito e a admiração que você merece.

      Excluir
  21. Francisco Marcio27/10/2014 17:36

    Excelência, conte aos milhares de leitores seus ( eu não sou, mas outros são seus eleitores ) sua percepção desta derrota, sei que Vossa Excelência guardou algumas linhas para o seu livro de memórias, mas em homenagem a audiência deste blog, conte-nos... Não guarde no peito isoladamente esses sentimentos, ao menos um pouco. Alianças, adesões, dissidentes, apoio$, conte-nos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei que você era meu leitor. Como só conto para os meus leitores e se eu contar aqui você, que não é meu leitor, vai ler, portanto eu não conto.

      Excluir
    2. Francisco Marcio28/10/2014 08:20

      Ok. Me expressei errado. Sou sim, seu leitor. O que não sou, é seu eleitor, mas tem centenas (?!?) deles aqui. Conte-nos...
      À propósito Sua Excelência dormiu na noite de domingo. Ou está tomando Rivotril, ainda?

      Excluir
    3. Então eu corrijo: só conto para os meus eleitores.
      Nada me provoca insônia pois eu a porto desde o ventre materno. E para mim ela é um bem, pois como a maior parte da população passa a terça parte da vida dormindo, eu que só durmo a metade desse terço estou sempre essa exata metade na frente, o que para uma vida curta como é a dos humanos, é um bom pedaço de estrada.
      Rivotril é para os fracos.

      Excluir
    4. Francisco Marcio28/10/2014 12:53

      Bom, então só daqui há 2 anos, se Vossa Excelência vir candidato à vereador por Belem e, eu resolver votar no Senhor -o que é pouquíssimo provável - ficarei sabendo.
      Por enquanto, resta-lhe, 2 anos de ostracismo. Vossa Excelência perdeu a farinha e a cumbuca....

      Excluir
    5. Tenho a impressão que "Sua Excelência" é da mesma laia de também "Sua Excelência" Jeferson Lima.

      Excluir
  22. A derrota do Helder se deu a traição dele para com o PT, nos últimos 10 dias de campanha era grande a quantidade de carros com o cartaz do Helder e de Aécio!!! Dilma no Pará teve um pouco mais de 2,1 milhões de votos e o Helder não passou dos 1,7 milhão de votos!! A militância local cobrou a fatura!!

    De quem foi a infeliz ideia meu caro Parsifal??

    Raimundo Rodrigues

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No 1º Turno o Paulo era candidato ao senado no segundo turno o Paulo já era candidato ao governo do Para em 2018 note que existiu o voto camarão e te garanto que não foi o PMDB ou outros partidos que votaram para presidente e não votaram para governador e essa historia de Aecio e Helder é papo furado o que houve foi tornar mais facil o Paulo conseguir ser governador, talvez disputando com Pioneiro ou o Flexa!

      Excluir
    2. leitura interessante

      Excluir
  23. Deputado, quando você vai lançar seu livro de memórias? estou ansioso para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando tudo o que está escrito lá prescrever.

      Excluir
    2. mas ai é sacanagem conosco...as dessas eleição só prescreverao em muito tempo!! faça assim: vá lançando em volumes...atualizando de acordo com as prescriçoes!! ehehe abraços, deputado.

      Excluir
  24. Francisco Marcio27/10/2014 21:50

    Ok. Eu me expressei errado. Sou sim, seu leitor, assíduo inclusive ( motivo de ciúme, aqui em casa ), o que eu não sou, é seu eleitor, mas tem centenas ( eleitores?!?) deles aqui.
    Agora deixe de ser sabão e conte-nos...
    À propósito, conseguiu dormir ontem? Ou foi a base de Rivotril?

    ResponderExcluir
  25. O grande perdedor dessas eleições não foi nem o Helder, mas sim o Jeferson Lima. Além de eliminar qualquer chance de conseguir a prefeitura, já que o seu eleitorado tá em Belém, que é anti-Jader (em 2016, o Zenaldo só vai precisar exibir o vídeo dele com o Helder), ficou sem a boquinha que tinham prometido no governo estadual. Ele mesmo se sabotou.

    E eu acho isso ótimo. Quem se acha mais esperto que os outros tem que se ferrar mesmo. O cara entrou na política ontem é já acha que sabe mais que os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade ele tentou dar um passo maior do que a perna. Não quis começar de baixo. Depois de perder uma eleição pra vereador quis logo encaixar uma prefeitura e depois um senado. Se tivesse se candidatado pra deputado teria sido eleito com toda a certeza. Depois resolveu trair Jatene, seu partido e sua igreja (que tinha o vice de Jatene). Isso, o povo evangélico, sobretudo e os outros eleitores da RMB não perdoaram. Vai ficar na história da política paraense esse pulado de cerca. Tenho a leve impressão que ele foi decisivo para a derrota de Helder. Eu mesmo acreditava mais na vitória de Helder do que na de Dilma.

      Excluir
    2. A decisão gananciosa do Jeferson lima de abandonar o navio achado que ele iria afundar, foi decisiva para a vitória de jatene. Foi o melhor presente que o governador poderia ter recebido sem perceber naquele momento. Todos nós estamos muito agradecidos a esse espertalhão. "Muito obrigado" Jeferson, você sem querer salvou o Pará e não deixou que a raposa tomasse conta do galinheiro.

      Excluir
  26. Como explicar ter menos votos de que no primeiro turno?estava tão perto a vitória,na sua opinião vcs erraram no finalzinho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 90% da defecção foi na região metropolitana e Nordeste, devido ao bombardeio da mídia adversária de que Helder dividiria o Pará. Os outros 10% foi pela abstenção em áreas nas quais os proporcionais não mais estavam para conduzir o eleitor, principalmente no Marajó.

      Excluir
    2. Dizer a verdade é mentira? Porque o seu candidato nunca disse quando perguntado se ele era a favor da divisão ou não?

      Excluir
  27. Ontem, na Record, Jatene já afirmou que não prometeu nada, não vai fazer muita coisa, que nào tem mais aquele ímpeto para mudar as coisas, e que agora só quer viajar com os filhos e netos, vai lamber as crias por quatro anos. A segurança quer deixar nas mãos das igrejas, pasmem! O Pará vai ficar à deriva!

    ResponderExcluir
  28. O grande vencedor dessas eleições, entre outros, foi o Jeferson Lima. Agora ele tem grandes chances de ser candidato a prefeito de Belém com o apoio de um grupo político forte. Zenaldo não vai resolver todos os problemas de Belém. E quanto aos empregos para os perdedores, que muitos estão preocupados, o governo federal os tem. O Jeferson será a oposição mais importante ao Zenaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá em que mundo cidadão? O tal grupo político que você faz referência perdeu de lavada em Belém e em todos os municípios da RMB. Perdeu até em Castanhal que tem um prefeito do PMDB. E pra seu governo, Jefferson Lima foi fundamental para a derrota de Helder.

      Excluir
  29. Deputado o Senhor como é amigo dos "omis" dava para avisar aos orgãos da RBA que ja terminaram as eleições e perderam e ao perdedor só resta meter a viola no saco.

    ResponderExcluir
  30. e o edir me enrola,o sujeitinho mentiroso tambem quem e o dono desse instituto de enrolacaõ.chupa elder barbalho.

    ResponderExcluir
  31. Deputado não votei no Helder. Sou leitor assíduo do seu blog e, logo que acordo, todos os dias acesso seu blog. Já votei no sr, mas não no seu candidato. Parabéns pela condução do blog.

    ResponderExcluir
  32. Deputado, o sr. não gostaria de pensar em mudar para o outro lado? peça aconselhamento ao Jeferson Lima, ele sabe tudo de política e tendências futuras.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.