19/06/2014

Minhas condolências a Serey Die

Serey Die, 29 anos, o volante da Costa do Marfim, caiu em ais convulsos durante o hino de seu país, antes de iniciar a partida com a Colômbia, no estádio Mané Garrincha, essa tarde (19).

Shot011

Os lamentos não foram apenas emoção pelo hino da pátria amada: Serey soube, instantes antes de entrar em campo que, na Costa do Marfim, seu pai acabara de falecer.

Os colegas o consolaram após o final do hino, antes de começar a liça que terminou com a vitória da Colômbia, por 2 X1.

ATUALIZAÇÃO ÀS 19H26M

Comentaristas avisaram que Serey, em seu Instagram, desmentiu a notícia de que o seu choro tenha sido pela morte do pai que, na verdade, faleceu em 2004.

Olá, apenas quero dizer que é errado o que todos dizem, que me emocionei por causa do meu pai, porque ele morreu em 2004. Foi apenas a emoção por estar em uma Copa do Mundo e servir o meu país, a Costa do Marfim. Nunca pensei um dia estar nesse nível de competição”, disse Die.

Eis a fluidez da rede em ação: uma notícia equivocada, em 90% dos casos, não dura mais que um dia. Nesse caso não durou duas horas.

3 comentários:

  1. Deputado não é verdade, seu pai faleceu em 2004. Motivo seria emoção mesmo.

    ResponderExcluir
  2. O jogador ja esclareceu no seu insta que o pai dele morreu em 2004, ele diz que chorou pelo emoçao de representar seu país em uma copetição desse nível http://instagram.com/p/pb_i-fkvOz/

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, já fiz a atualização no Frontpage.

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.