27/05/2014

Deputado federal do PMDB de MG declara que o PSDB lhe ofertou R$ 20 milhões para coligar

O ex-ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff, deputado federal Antônio Andrade (PMDB-MG), ateou fogo na pré-campanha mineira: afirmou ontem (26), em entrevista coletiva, que o presidente do PSDB de Minas, deputado federal Marcus Pestana, ofereceu a ele R$ 20 milhões, e a vaga do Senado, para que o PMDB coligasse com o PSDB no estado.

Shot004

O PMDB já está fechado com o PT em Minas e, segundo Andrade, a intenção do PSDB ao fazer a oferta era isolar o PT no Estado.

"A declaração é uma mistura de irresponsabilidade, delírio e leviandade. Nosso padrão ético é diferente e ele que não venha nos medir com a régua e compasso de suas medidas, que não são a nossa", reagiu Pestana, ao saber das declarações de Andrade.

Shot005

As declarações de Andrade não são inverossímeis: não raro, e até frequentemente, as articulações partidárias passam por argumentos impressos na Casa da Moeda.

Crível, idem é, que Andrade tenha aumentado, ou até inventado a trolha, pois embora se diga que “o povo aumenta, mas não inventa”, não é isso vero na política, onde se aumenta e se inventa.

Uma coisa, porém, na frase de Pestana, ao norte escrita, não é verdade: o padrão ético do PSDB não é diferente coisíssima nenhuma, pois na política a régua que mede o metro é a mesma que toma o comprimento do centímetro, e a única coisa que muda na prova da roupa é o tamanho da contabilidade.

Os ranfastídeos adoram fingir que são éticos. O pior é que alguns acreditam que o são, o que passa a ser cinismo. E aí mora um grande problema, pois com disse Alphonse Allais, “o cinismo destrói a eficácia. ”.

21 comentários:

  1. Deputado, por favor, então nos revele como foi a "conver$a" com o PT do Pará para que o mesmo viesse puxado pelo beiço para o PMDB.....por favor, nos conte.
    JacintoLama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas coisas só ocorrem quando um dos lados está no governo, o que não é o caso do PT e do PMDB no Pará. Ou você acha que alguém tira algo do próprio bolso?

      Excluir
    2. Mas o PMDB tá no governo, não no do Pará, mas em um bem melhor: o de Brasília. E no caso do PMDB daqui, quer dizer, o Jader, existe fonte pra isso, sim e se chama Eletronorte, Basa e Correios, cujas diretorias são todas escolhidas por ele. Dinheiro é o que não falta.

      Excluir
  2. amargando 5% pra o senado de minas o deputado antonio andrade, se desespera e mostra um pouco do que e o pmdb.fico pensando quanto o partido recebeu pra apoiar o pt para o governo federal,levando em conta ,que la o acerto e feito com sarney,renan e o badalado jader barbalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saia da mesmice. Você não prefere ficar pensando em quanto o FHC pagou para aprovar a reeleição em causa própria? As cifras vão de R$ 200 a R$ 500 milhões. Ou em quanto o Serjão arrecadou nas privatizações? As cifras vão de R$ 500 a R$ 1 bilhão. Ou em quanto o propinoduto tucano arrecadou com a máfia, de 20 anos, dos trens do metrô em SP? As cifras vão de R$ 1 a R$ 2,5 bilhões. Ou de quanto o mensalão mineiro, feito com o mesmo operador do mensalão do PT, arrecadou para a campanha de Eduardo Azeredo? As cifras vão de R$ 40 a R$ 80 milhões. Ou de quanto o PSDB do Pará arrecadou com o esquema Cerpasa? As cifras vão de 15 a R$ 25 milhões. Isso é só um pouco do que o PSDB, e seus badalados príncipes, são.

      Excluir
    2. Segundo o Alacid Nunes, quando o governo da época achacava os donos de ônibus, o Jáder Barbalho lhe disse que "não se faz política sem dinheiro" e por isso o coronel se afastou dele para sempre... Tudo bem?

      Excluir
    3. Tudo bem. Ele se afastou com bastante dinheiro e depois, inclusive, foi um dos malas pretas da campanha em que Almir Gabriel venceu a sua primeira eleição, cujo vice era o filho dele. Dependendo do humor do final de semana, você poderá a ler sobre isso nesse domingo. Mas eu, por exemplo, sou contra retalia-lo contando-lhe os podres - que todos os que militaram na política têm - pois credito-lhe a fala à senilidade.

      Excluir
  3. O País inteiro sabe o "padrão ético" do PMDB - no Pará não se difere - certamente o Pestana (PSDB) não ofereceu o suficiente para saciar o apetite do nobre deputado do PMDB.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, talvez o deputado Pestana recebeu do erário mineiro o triplo, no meio da viagem ficou com 2/3 e ofereceu o 1/3 restante ao Andrade, pois o padrão ético do PSDB é sempre ficar com a maior parte. Veja só a que ponto nós chegamos: ficar apostando quem tunga mais o erário.

      Excluir
  4. Deputado o senhor aprendeu bem a técnica do Barbalhao jogar lama na cara dos outros para disfarçar a dele que esta borrada de estrume.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não disfarço cara de ninguém e não jogo lama em ninguém. Apenas sei qual cara está imunda e retiro a máscara para que todos vejam que por trás do cal está a podridão do túmulo.
      Creio que presto, com isso, um enorme serviço à República. Não existe rei belo sem a roupa.

      Excluir
  5. Francisco Marcio27/05/2014 13:34

    Com essas suas afirmações do (sub)mundo da política, Vossa Excelência ainda tem coragem de pedir votos?!? Tudo bem, a quase totalidade dos partidos navegam por essa mesma carta náutica que Vossa Excelência expõe, mas, sendo assim, peça pra sair Deputado. Afinal, Vossa Excelência nao precisa desse dinheiro para fazer a feira. Ou precisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não preciso. E adoro estar na política sem precisar de favores de ninguém para fazer a minha feira, pois isso me faz sentir livre, o que é a prerrogativa mais cara do ser humano. Sou livre até para não ser candidato.
      Não saio não, ou não concluo o meu livro, rasgando a cortina dos que posam de mocinhos e são mais bandidos que aqueles que acusam, pelo simples fato de posarem de virgens quando eu sei que frequentam os mais avacalhados prostibulos.
      Vire-se para viver mais uns 20 anos. Será um best seller.

      Excluir
    2. Francisco Márcio27/05/2014 16:02

      Considerando que daqui há 20 anos Vossa Excelência terá 75 anos, quando da publicação do livro ( se não mudar e recuar ), as ações que irá responder terão o benefício da prescrição reduzida. Assim sendo, não economize nas tintas. Se o seu livro for ao menos próximo do Código da Vida - Saulo Ramos -, já me dou por satisfeito. Não esqueça: lá ele chamou Ministro do STF de Ministro de M... desanca o Lula e infelizmente, enaltece o Sarney ( não vale copiá-lo e fazer o mesmo com seu chefe ).
      Em arremate, tenho grandes chance de lê-lo, sou mais novo que Vossa Excelência, mais de uma década...

      Excluir
    3. O Saulo escreveu um livro censura livre. O meu será proibido para menores de 21 anos.
      Todos têm pontos a serem enaltecidos e todos têm defeitos a serem criticados, mas eu não vou nessa linha: eu não faço textos e nem julgamentos morais, apenas, como na trova do Cônego Batista Campos, "eu conto o caso como o caso foi".

      Excluir
    4. Francisco Marcio27/05/2014 21:24

      Deputado daqui há 20 anos, Vossa Excelência estará com 75 anos, assim sendo, as ações que Sua Excelência responderá, terá o beneficio da prescrição pela metade. Nao encomize nas tintas ( se nao desistir e recuar ), se serve como paradigma, O Código da Vida - Saulo Ramos - é um excelente livro. Lá ele chama um Ministro do STF de m..., desanca com o Lula, mas como nada é perfeito, enaltece o Sarney. Por favor, nao vá copiar essa parte e rasgar seda para o seu chefe atual.
      Para sua tristeza, apesar da vida árdua de plebeu, sou mais jovem que Vossa Excelência mais de uma década, assim, certamente, lhe enterrarei.

      Excluir
    5. Aí está de novo. O outro estava preso, não sei o porquê. Não serei enterrado: serei cremado. Vá que me enterrem e eu brote...

      Excluir
  6. Antonio Cardoso27/05/2014 18:02

    Fico pensando de como um homem ético, nobre, honesto e de princípios que é o Senador Jader Barbalho, fez para ser algemado pela PF? Deve ser o final dos tempos meu Deus !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gaste os seus neurônios com isso. Leia todos os tratados sobre política, desde os clássicos gregos, passando pelos estoicos romanos até os escribas e fariseus contemporâneos e você encontrará uma unanimidade em todos os tratados: ética e política não se misturam. São ciências diversas e incomunicáveis, pois uma tem os seus fundamentos nos ideais humanos e a outra no real. É aquilo que os cientista políticos russos definiram como real politik.
      Não se apoquente. O final dos tempos não será conduzido por políticas e nem pela PF: isso é outro departamento.
      Mas você já notou como o senador Jader Barbalho sobrevive a 50 anos sob fogo cruzado? Ninguém esquece dele e eu aqui sou o que menos dele, ou sobre ele falo. Ele virou uma psicose.

      Excluir
  7. Pode ser o mesmo que o Senador Flexa Ribeiro fez.

    ResponderExcluir
  8. Nobre Deputado
    Como diria Roberto Jeferson este tema desperta os "instintos mais primitivos que existem em cada ser humano" .

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.