23/04/2014

Sobre as fotografias dos destroços do bimotor encontrado em Jacareacanga

O blog “Espaço Aberto” publicou essa manhã (23) duas fotografias do bimotor que caiu há 35 dias nas matas de Jacareacanga. Um garimpeiro encontrou os destroços da aeronave, a cerca de 28 quilômetros da referida cidade.

Como o acesso à área é difícil, ainda são especulações as condições em que se encontraram os destroços, mas notícias de blogs e portais são de que “não foram encontrados corpos ou sobreviventes.”.

Especulo sobre as fotografias e a parte do texto que me chamou atenção: “não foram encontrados corpos ou sobreviventes”.

Se corpos não foram encontrados no local, é dedutível que todos sobreviveram e abandonaram o local em busca de socorro.

De fato, a foto abaixo, extraída do blog citado, mostra o corpo do avião em condições que autorizam crer em sobreviventes:

01

Mas a segunda fotografia, abaixo, também extraída do blog referido, posta uma incongruência: as duas fotografias não são da mesma aeronave, pois a pintura e o prefixo são diferentes:

02

A postagem do “Espaço Aberto” diz que “o avião foi encontrado com uma parte enterrada ao chão, o que demonstra que ele tenha caído de bico”, donde se deduz que apenas a segunda foto é a da aeronave encontrada e se assim for, é fato que dificilmente alguém conseguiu escapar com vida.

A segunda fotografia é a única que os portais do “Diário do Pará” e “ORM News” postaram, donde se conclui que pode ter havido equivoco do “Espaço Aberto” ao postar a primeira, de outra aeronave.

É preciso aguardar o resultado oficial, mas é relativo alívio para as famílias o fato de ter sido encontrado o que se buscava.

9 comentários:

  1. Mas é um perito esse jornalista...
    Fez deduções do nível de um agente da CIA.
    Meu caro, basta ler o prefixo do avião da primeira foto. Vê se está está escrito nele as letras PR-LMN?
    Já a segunda foto dá para ler PR-L....
    Agora adivinha pro Titio aqui... qual das fotos é do avião encontrado em Jacareacanga?

    ResponderExcluir
  2. Parsifal, somente a segunda fotografia diz respeito ao sinistro. O prefixo do avião acidentado é PR-LMN.

    João paxiúba

    ResponderExcluir
  3. Totalmente equivocados Qual é a foto vedadeira do bimotor Q falta de responsabilidade quem ve a 1ª foto acredita q todos sobreviveram

    ResponderExcluir
  4. A foto correspondente à aeronave sinistrada é a segunda. O Espaço Aberto já retificou a postagem.
    A imprensa já noticiou que os corpos foram encontrados dentro da aeronave que, de fato, enterrou-se na queda, não dando chances de sobrevivência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sim, até mesmo pq os modelos King Air e Beechcraft BE 58 Baron e seus prefixos são muito diferentes. Porém, agora só falta redefinir a página. abçs!!!

      Excluir
  5. Conforme as mídias sérias, a 2ª foto é a do (Beechcraft BE 58 Baron) o avião em questão, nada havendo com a 1ª um King Air. Sem falar dos prefixos diferentes. Sou Profissional da saúde e também muito ligado a aviação. Lamento profundamente, como sei que muitos lamentam tamanha perda não só para as familias e amigos, mas para o Brasil. ( Só acho que veículos de comunicação sem critério deveriam ser mais cuidados nas suas divulgações).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O próprio jornalista que publicou as fotos já retificou a matéria e eu, aqui, também esclareci. A diferença de prefixo e de pintura da aeronave foi exatamente o motivo da minha postagem, mostrando a incongruência da matéria do Espaço Aberto.

      Excluir
  6. Conforme as mídias sérias, a 2ª foto é a do (Beechcraft BE 58 Baron) o avião em questão, nada havendo com a 1ª um King Air. Sem falar dos prefixos diferentes. Sou Profissional da saúde e também muito ligado a aviação. Lamento profundamente, como sei que muitos lamentam tamanha perda não só para as familias e amigos, mas para o Brasil. ( Só acho que veículos de comunicação sem critério deveriam ser mais cuidados nas suas divulgações).

    ResponderExcluir
  7. Nada que um certo diário do pará já não tenha feito. Rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir

Comentários em CAIXA ALTA são convertidos para minúsculas. Há um filtro que glosa termos indevidos, substituindo-os por asteriscos.